O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

7 Universidades brasileiras na lista das 10 melhores da América Latina, segundo a Times Higher Education

14:00 - 19 Julho, 2018
7 Universidades brasileiras na lista das 10 melhores da América Latina, segundo a Times Higher Education, © <a href="//commons.wikimedia.org/wiki/User:The_Photographer">The Photographer</a>, licença <a href="http://creativecommons.org/publicdomain/zero/1.0/deed.en">CC0</a>. Teatro Municipal de São Paulo, cidade que abriga o maior número de universidades destacadas pelo ranking regional da Times Higher Universities
© The Photographer, licença CC0. Teatro Municipal de São Paulo, cidade que abriga o maior número de universidades destacadas pelo ranking regional da Times Higher Universities

A Times Higher Education (THE) divulgou a classificação das melhores universidades da América Latina e do Caribe, com base nos 13 mesmos indicadores de seu ranking global, mas com algumas modificações para "refletir melhor as características das universidades latino-americanas". 

A edição de 2018 deste ranking regional inclui 129 universidades de 10 países, avaliadas nas categorias de ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectivas internacionais. Deve-se notar que essa avaliação é uma média total de cada universidade, estabelecida a partir das medições de cada curso oferecido, da mesma forma que a QS faz em seu ranking anual.

Amplamente dominado por instituições brasileiras, apresentamos a seguir o ranking das 10 melhores universidades da América Latina, segundo a THE. 

O que influencia na qualidade de vida dos ambientes urbanos?

12:00 - 19 Julho, 2018
O que influencia na qualidade de vida dos ambientes urbanos?, © Yves Bachmann
© Yves Bachmann

Ao sair pelas ruas de Zurique, após participar de uma conferência sobre qualidade de vida, me deparei com o exemplo vivo do que havia acabado de escutar. Virei a esquina e me senti dentro de uma renderização arquitetônica: as árvores estavam podadas e verdes, não havia fios elétricos por todos os lados e os meios-fios subiam e desciam conformando rampas. Ciclistas trafegavam elegantemente pelas ciclovias, o bonde se deslocava silencioso e pontual e banhistas desfrutavam o verão nos rios e lagos no centro da cidade. Para minha surpresa, caminhei sob um viaduto e percebi que até locais como esse podem ser qualificados e seguros. Em seguida, tomei um café sabendo que quem me atendeu recebe um salário justo e não precisa se desdobrar em três empregos para pagar as contas (é claro que o café não saiu barato…). São essas pequenas constatações, quase mundanas para alguns, que juntas proporcionam um bem-estar difícil de mensurar.

Desconstrução Civil

14:00 - 18 Julho, 2018
Desconstrução Civil, Fundo neutro. Image © Andrea Brown
Fundo neutro. Image © Andrea Brown

A construção civil consome mais recursos que qualquer outro setor e o peso da Tecnosfera, estrato urbano e planetário de tudo que produzimos, alcança 30 trilhões de toneladas. Engenheiros, arquitetos e designers estão no cerne do Antropoceno.

Como projetar para a terceira idade

12:00 - 18 Julho, 2018
Como projetar para a terceira idade, Lar de Idosos Peter Rosegger / Dietger Wissounig Architekten. Image © Paul Ott
Lar de Idosos Peter Rosegger / Dietger Wissounig Architekten. Image © Paul Ott

O fenômeno do aumento do envelhecimento da população é algo que ocorre no mundo todo. Falamos em fenômeno porque todas as pirâmides etárias estão se invertendo. Ou seja, a taxa de natalidade tem reduzido constantemente ao longo dos anos e ao mesmo tempo a expectativa de vida tem aumentado. A conseqüência disto é que o número de pessoas idosas está ficando maior que o número de crianças, por exemplo.

De acordo com o IBGE, em 2017, este número chega a mais de 30 milhões de pessoas acima do 60 anos no Brasil, correspondendo a 14,6% da população. Para termos uma noção do montante deste volume basta comparar com a população total do México que está em torno de 28 milhões, assim como da Austrália e Nova Zelândia juntas. Ou mesmo com as populações do Peru e da Venezuela que está em torno dos 31 milhões de habitantes. Estamos falando de uma população idosa no Brasil do tamanho de um país.

Cursos online de Revit para usuários iniciantes e avançados

10:00 - 18 Julho, 2018
Cursos online de Revit para usuários iniciantes e avançados, Curso: "Revit 2019: Essential Training for Architecture (Imperial)". Imagem © Lynda.com
Curso: "Revit 2019: Essential Training for Architecture (Imperial)". Imagem © Lynda.com

Sendo um dos produtos de software BIM mais utilizados em todo o mundo, há um grande número de tutoriais e cursos online que nos ajudam a começar a usar o Revit, ou a se tornar um usuário avançado e aproveitar suas diversas ferramentas. Você quer apenas se familiarizar com a interface para começar a utilizar o software em seus projetos? Quer aprender como vinculá-lo ao AutoCAD ou ao 3ds Max? Não sabe como renderizar ou apresentar seus modelos? Os cursos a seguir podem lhe ensinar.

Dicionário trilíngue de termos arquitetônicos

07:00 - 18 Julho, 2018
Dicionário trilíngue de termos arquitetônicos, Biblioteca José Vasconcelos / Alberto Kalach. Imagem cortesia de Alberto Kalach
Biblioteca José Vasconcelos / Alberto Kalach. Imagem cortesia de Alberto Kalach

O estabelecimento de uma linguagem de desenho arquitetônico ao longo da história é uma ferramenta que permite, por exemplo, que um arquiteto japonês possa pensar um projeto para um edifício no Brasil, ou que seja possível, ao demorar-se sobre plantas, cortes e elevações, imaginar a espacialidade e caráter de um projeto que ainda não foi construído. Isso significa que, apesar das singularidades locais, em termos de leitura gráfica, o campo da arquitetura conseguiu estabelecer-se de forma comum e internacional enquanto linguagem.

Em defesa do edifício Emoji e da arquitetura poder ser divertida, às vezes

12:00 - 17 Julho, 2018
Em defesa do edifício Emoji e da arquitetura poder ser divertida, às vezes, © Bart van Hoek
© Bart van Hoek

É sempre fascinante quando a arquitetura rompe os limites da profissão e torna-se um tópico de debate no campo mais amplo. Felizmente, graças à internet, não faltam ocasiões como essa: seja o artigo que se espalhou tanto que encontrou um cliente para um improvável projeto de uma casa em um penhasco ou fóruns que de repente decidiram que a arquitetura moderna parece “malvada”, os virais garantem que há muitas oportunidades para o leigo oferecer suas contribuições na produção de nossa profissão.

A sensação do verão de 2017 foi a Fachada Emoticon de Attika Architekten. Este edifício cuidadosamente sensato e educado chamou a atenção do público graças à inclusão de adições decorativas em forma de emojis. Enquanto a maioria da internet respondeu com olhos de coração, não faltaram pessoas que consideraram que estes emojis esculpidos são uma indicação clara de que a arquitetura, e por extensão a sociedade, e por extensão toda a vida como a conhecemos, está condenada, e nunca se recuperará. Tal opinião é legitimada por artigos como este em Wired, de Sam Lubell, que, ao reportar sobre o edifício, encontrou dois especialistas dispostos a fazer um grande e velho sorriso amarelo para a obra de Attika Architekten. Dado o papel que esses especialistas desempenham na condução da conversa entre o público, seus argumentos foram aqui analisados.

Armários, estantes e prateleiras: 33 espaços de armazenamento

10:00 - 17 Julho, 2018
Armários, estantes e prateleiras: 33 espaços de armazenamento, © Federico Villa
© Federico Villa

© Hey! Cheese © Kat Lu © Hey! Cheese © Kai Nakamura + 34

A falta de espaços de armazenamento é um problema recorrente no projeto de uma casa. Na maioria dos casos, espaços residuais ou cantos desconfortáveis são usados para resolver a falta de prateleiras, gavetas e armários. A seguir, 33 exemplos de espaços de armazenamento que podem servir de inspiração para seus próximos projetos. 

Centro de Artes em Liangzhu de Tadao Ando, pelas lentes de Zheng Shi

07:00 - 15 Julho, 2018
Centro de Artes em Liangzhu de Tadao Ando, pelas lentes de Zheng Shi, © Zheng Shi
© Zheng Shi

A histórica vila de Liangzhu em Hangzhou, China, tem um novo centro cultural monumental projetado pelo arquiteto japonês Tadao Ando. Inaugurado em 2016, o edifício se uniu ao Museu Liangzhu, de David Chipperfield, inaugurado há uma década, como ponto cultural popular na aldeia. 

© Zheng Shi © Zheng Shi © Zheng Shi © Zheng Shi + 39

Por que estádios em madeira podem ser a próxima grande inovação na arquitetura esportiva

10:00 - 14 Julho, 2018
Por que estádios em madeira podem ser a próxima grande inovação na arquitetura esportiva, Render de um estádio concebido com o sistema construtivo modular de madeira da Bear Stadiums e Rubner Holzbau. Imagem cortesia de Rubner Holzbau.
Render de um estádio concebido com o sistema construtivo modular de madeira da Bear Stadiums e Rubner Holzbau. Imagem cortesia de Rubner Holzbau.

Este artigo foi originalmente publicado pela Autodesk como parte da série Redshift com o título "Could Modular Wood Stadium Construction Be a Game Changer?"

Imagine um estádio de futebol com uma estrutura que pudesse ser ampliada e reduzida de acordo com a variação do número de sócios e dos investimentos feitos a cada temporada, ou que pudesse ser transportada e adaptada ao campo de outro clube em apenas algumas semanas.

Historicamente, os donos das principais equipes esportivas profissionais nem sempre se importaram muito com seus torcedores. Construir estruturas móveis para seus estádios não acarretaria, a princípio, grandes avanços dentro e fora de campo, mas com certeza, resultaria em um avanço inegável para a tecnologia da construção de arenas esportivas. Modular, expansível e de baixo impacto ambiental, este sistema construtivo de baixa emissão de carbono concebido pelo fabricante de estruturas de madeira Rubner Holzbau, muito em breve poderá ser construído ao redor de qualquer campo de futebol.

Cachorros como protagonistas de fotografias de arquitetura

07:00 - 14 Julho, 2018
Cachorros como protagonistas de fotografias de arquitetura, Casa Dox / Mjölk architekti. Imagem © BoysPlayNice
Casa Dox / Mjölk architekti. Imagem © BoysPlayNice

Casa La Quinta / Pablo Pérez Palacios, Alfonso de la Concha Rojas, Miguel Vargas, Blas Treviño, Jorge Quiroga . Imagem © Rafael Gamo Casas Catalinas / Agustín Lozada. Imagem © Gonzalo Viramonte MK5 House / ORTRAUM. Imagem © Marc Goodwin Unleashed Dog Spa / Square One Interiors. Imagem © Ihor Pona + 33

É pouco comum encontrarmos animais nas fotografias de arquitetura, por isso, quando vemos um cachorro ou gato em alguma foto, ela rapidamente prende nossa atenção. Já realizamos uma compilação de fotografias de arquitetura com gatos, portanto, agora selecionamos algumas imagens que têm como protagonista nossos fiéis amigos caninos. Veja nossa seleção, a seguir.

Espécies e dicas para cultivos de plantas nos interiores

12:00 - 13 Julho, 2018
Espécies e dicas para cultivos de plantas nos interiores, Mipibu House / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Image © Nelson Kon
Mipibu House / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Image © Nelson Kon

Plantas e espécies vegetais são excelentes elementos para compor a arquitetura e espaços construídos. Entretanto, quando se trata de ambientes internos – áreas que geralmente recebem menor quantidade de luz e ventilação natural – certas espécies apresentam resistência à adaptação.

Por isso, ao pensar em espécies vegetais para interiores - seja uma casa, apartamento ou um espaço comercial - algumas espécies são mais indicadas e se adaptam melhor. Compilamos, a seguir, 13 espécies com boa adaptação a ambientes internos.

As possibilidades da iluminação artificial para melhorar (ou piorar) a arquitetura

12:00 - 12 Julho, 2018

Das diferentes etapas que regem o trabalho em arquitetura ou interiores, a iluminação é algo capaz de valorizar ou destruir visualmente um espaço concebido. Isso porque existem diferentes possibilidades de iluminação artificial e fontes de luz pensadas para as mais diferentes tarefas, ambientes e finalidades dentro de um espaço interno ou mesmo, externos, como em fachadas e projetos paisagísticos. Pensemos em dois ambientes com as mesmas dimensões e layout. Suponhamos que no primeiro, fosse aplicado apenas um ponto de luz – geral no caso – enquanto no segundo fosse realizado um projeto luminotécnico considerando cada um dos usos do espaço, valorizando determinados aspectos. Sem dúvidas, a segunda opção constitui-se de um espaço mais agradável. Da mesma forma que um projeto luminotécnico equivocado pode estragar um espaço. Mas como é possível atingir esses diferentes resultados?

Neste artigo já aprendemos como calcular a intensidade de luz necessária para cada ambiente. Aqui, de maneira prática, compilamos a seguir uma lista com alguns dos conceitos-chave para os diferentes tipos de sistemas de iluminação.

A química do azul Kahlo

10:00 - 12 Julho, 2018
A química do azul Kahlo, Collage. Image Cortesía de Danae Santibáñez
Collage. Image Cortesía de Danae Santibáñez

Cortesía de Danae Santibáñez Arte prehispánico. Image Cortesía de Danae Santibáñez Cortesía de Danae Santibáñez Cortesía de Danae Santibáñez + 17

Antes das obras monocromáticas de Yves Klein, que usavam como tema central o International Klein Blue (IKB), na Cidade do México já existia o azul Kahlo.

Buenos Aires vai cobrar de motoristas que quiserem transitar no centro da cidade

07:00 - 12 Julho, 2018
Buenos Aires vai cobrar de motoristas que quiserem transitar no centro da cidade, Avenida de Mayo, em Buenos Aires . Image © Ben Tavener, via Flickr. Licença CC BY 2.0
Avenida de Mayo, em Buenos Aires . Image © Ben Tavener, via Flickr. Licença CC BY 2.0

Poucas cidades do planeta tiveram a coragem de taxar a circulação de veículos – mesmo que os exemplos existentes tenham sido, até aqui, positivos. Coube a Buenos Aires o papel de lançar a primeira política desse tipo na América Latina. A partir de agora, a prefeitura cobrará pelo ganho de tempo dos que insistem em usar o carro no centro histórico (chamado Microcentro) da capital portenha e no bairro de Retiro entre 11h e 16h. A capital portenha soma-se à lista que tem como principais nomes Cingapura, Londres, Estocolmo e Milão.

Escritórios de arquitetura dos Países Baixos, pelas lentes de Marc Goodwin

15:00 - 11 Julho, 2018
Escritórios de arquitetura dos Países Baixos, pelas lentes de Marc Goodwin, Studioninedots. Imagem © Marc Goodwin
Studioninedots. Imagem © Marc Goodwin

O incansável fotógrafo de arquitetura, Marc Goodwin, é conhecido por suas séries fotográficas de escritórios e empresas de arquitetura ao redor do mundo. Através de suas lentes, pudemos conhecer melhor o mundo privado de uma série de arquitetos de Dubai, Londres, Paris, Pequim, Xangai, Seul, da Escandinávia e também de Barcelona. Na mais recente edição, apresentada à seguir, Goodwin viajou até os Países Baixos onde registrou o universo privado de outros dezessete escritórios. São escritórios de diferentes escalas, instalados em antigos edifícios ou espaços anteriormente utilizados como escritórios, bancos ou fábricas. Marc Goodwin nos oferece um vislumbre do cotidiano pessoal destes incríveis arquitetos e de seus ambientes de trabalho.

Olhar para edifícios pode causar dores de cabeça em algumas pessoas, segundo pesquisa

12:00 - 11 Julho, 2018
Olhar para edifícios pode causar dores de cabeça em algumas pessoas, segundo pesquisa, © Nikola Olic
© Nikola Olic

Arquitetura pode lhe dar uma dor de cabeça. Essa frase provavelmente não parece surpreendente para qualquer um que tenha lidado com o estresse de praticar ou estudar arquitetura, mas, cada vez mais, os psicólogos estão começando a entender que você não precisa trabalhar em projetos arquitetônicos de edifícios para causá-la. Em um interessante artigo publicado pela The Conversation, Arnold J. Wilkins, professor de psicologia da Universidade de Essex, discute como desconforto, dores de cabeça e até mesmo enxaquecas podem ser causadas ou agravadas simplesmente por observar certos estímulos visuais - linhas retas e padrões repetitivos de ambientes urbanos são apontados como os principais culpados.

Pavilhão do Brasil na Bienal de Veneza 2018: Muros de Ar - Cartografias

10:00 - 11 Julho, 2018
Pavilhão do Brasil na Bienal de Veneza 2018: Muros de Ar - Cartografias, © Imagen Subliminal
© Imagen Subliminal

O conceito e título Muros de ar foi pensado para responder à proposta Freespace, das curadoras Yvonne Farrell e Shelley McNamara, como uma provocação capaz de questionar: 1. as diferentes formas de muros que constroem, em diversas escalas, o território brasileiro; 2. as fronteiras da própria arquitetura em relação a outras disciplinas.

Assim, partimos para uma reflexão sobre o quanto a arquitetura no Brasil e seus desdobramentos urbanos são de fato, livres. Sem a pretensão de chegar a uma resposta, mas com a ambição de abrir a conversa para um público grande e diverso, optamos por tentar tornar visíveis processos que muitas vezes não são percebidos, em função de sua natureza ou escala. As barreiras imateriais que são erguidas entre pessoas ou bairros, e os processos de urbanização do Brasil em uma escala continental são exemplos de questões sobre as quais nos debruçamos. 

© Imagen Subliminal © Imagen Subliminal © Imagen Subliminal © Riccardo Tosetto / Fundação Bienal + 43

Os edifícios mais famosos que nunca foram construídos

07:00 - 11 Julho, 2018
© Expiatory Temple of the Sagrada Família
© Expiatory Temple of the Sagrada Família

Muitos dos grandes projetos desenvolvidos pelo homem ao longo da história da humanidade, principalmente aqueles em que se almejava uma monumentalidade sem precedentes, acabaram fracassando. Seja por questões de ordem econômica ou de planejamento, o andamento de uma obra pode sofrer inúmeras interferências ao longo do tempo. Algumas vezes, muito esforço é feito para que o resultado final atenda às expectativas iniciais, entretanto, não são raros os casos em que o pior cenário se torna realidade, quando a estrutura inacabada é abandonada ainda durante a fase de construção. Infelizmente, esses "fracassos arquitetônicos" estão longe de ser apenas uma excessão. Fatores econômicos são a causa mais comum pela qual uma obra acaba sendo abandonada, mas também não são poucos os edifícios encalhados por causa de guerras, disputas geopolíticas, epidemias entre outros fatores imprevisíveis. Estas estruturas sombrias acabam se tornando apenas lembranças assustadoras daquilo que um dia poderiam ter se tornado.

Sejam edifícios abandonados ou obras que se arrastam ao longo de décadas (ou ate séculos), estas estruturas inacabadas representam um contraponto à tradicional história do ambiente construído pelo homem. Como ruínas da modernidade, estes espectros edificados retratam a inviabilidade de muitas das ambições humanas em sua eterna busca pela monumentalidade. Diferentes povos e civilizações deixaram obras incompletas que acabaram se tornando grandes expressões de sua imprecisão. A lista a seguir pretende apresentar apenas alguns exemplos dos projetos inacabados mais interessantes e infames da história.

Imagem por Ilya Ilusenko <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Palace_Of_Soviets_8.JPG'>via Wikimedia</a> (public domain) © <a href='https://www.flickr.com/photos/hisgett/4675714481'>Flickr user hisgett</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a> © Raphael Olivier © <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Tourists_posing_at_the_National_Monument_of_Scotland.jpg'>Wikimedia user Colin</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/'>CC BY-SA 4.0</a> + 12

20 Cortes construtivos com fundações

12:00 - 10 Julho, 2018
20 Cortes construtivos com fundações, Museu Internacional do Barroco / Toyo Ito. Image
Museu Internacional do Barroco / Toyo Ito. Image

Definitivamente, as fundações não são os elementos estruturais em que os arquitetos investem mais tempo durante o projeto. Uma vez que geralmente estão abaixo da terra e apresentam somente função técnica, essa é uma decisão geralmente deixada aos engenheiros estruturais. Mas as fundações desempenham um papel importante na obra, já que são os elementos estruturais que transmitem as cargas da edificação para o terreno onde ela está apoiada.

Uma escolha adequada do tipo de fundação no projeto depende de diversos fatores, como as características do solo e os esforços atuantes na edificação e pode influenciar diretamente no projeto arquitetônico. Solos moles exigem fundações profundas, que são bem mais dispendiosas, e o espaçamento entre os pilares deve ser maior para que seja aproveitada a capacidade de carga das estacas. Já os solos resistentes permitem que sejam projetados pilares mais próximos entre si, o que barateia o custo das vigas já que terão de vencer vãos menores. Ainda que as fundações possam abranger até 10% do custo total do edifício, tentar corrigir posteriores problemas pode ser uma enorme dor de cabeça (além de um custo altíssimo). 

Em nossa busca pelos exemplos, compilamos a seguir uma seleção com 20 detalhes construtivos de fundações em alguns projetos já publicados no ArchDaily.

Arquitetura escolar: 70 exemplos em plantas e cortes

07:00 - 10 Julho, 2018
Arquitetura escolar: 70 exemplos em plantas e cortes, © Onnis Luque
© Onnis Luque

Cortesía de Orbe Architecture + Estudio Cavernas + INDA + W.E. Wattanachote + Lasavanich Cortesía de aflalo/gasperini arquitetos Cortesía de Skop Cortesía de Céline Teddé & Jérôme Apack architectes + 211

Escolas e instituições de ensino são estruturas complexas de projetar. Elas devem oferecer uma diversidade de espaços para aprendizado, mas também considerar atividades esportivas e recreacionais. Além de possuírem, geralmente, grandes dimensões, o maior desafio no projeto de edifícios escolares é conceber espaços que fomentem apropriações positivas pelas crianças. A seguir, compilamos 70 projetos escolares acompanhados de seus desenhos que podem servir de inspiração para seus próximos projetos educacionais. 

Arquitetura flexível: uma tenda retrátil em bambu que pode ser facilmente transportada

12:00 - 9 Julho, 2018
Arquitetura flexível: uma tenda retrátil em bambu que pode ser facilmente transportada, © Tommaso Riva
© Tommaso Riva

Tradição e inovação. Esses são as duas palavras que movem as oficinas Bamboo U. Após o estudo de antigas tendas (yurts) da Mongólia, os participantes do Bamboo U, um curso de design e construção em Bali, repetiram a ideia em uma estrutura de bambu que pudesse ser dobrada como um guarda-chuva e pudesse ser instalada em um instante. Sob a orientação do mestre construtor alemão Jörg Stamm, os alunos construíram o primeiro protótipo de tenda retrátil em Bali durante a última edição do Bamboo U em abril.

7 Edifícios incríveis nunca construídos ganham vida com essas renderizações

10:00 - 9 Julho, 2018
7 Edifícios incríveis nunca construídos ganham vida com essas renderizações, Cortesia de Onward by Onstride Financial
Cortesia de Onward by Onstride Financial

Precisa-se apenas de caneta, papel e uma mente criativa para criar projetos inovadores. No entanto, é no momento de concretizar as ideias que surgem os verdadeiros desafios. Enquanto alguns arquitetos podem esbanjar seu virtuosismo e criatividade ao projetar e construir algumas das estruturas mais incríveis que o mundo já viu, outros apenas sonham em um dia construir um de seus mais ambiciosos projetos. Seja devido a limitações econômicas ou tecnológicas, a maioria destes projetos surpreendentes nunca verão a luz do dia.

Embora você nunca tenha visitado essas magníficas estruturas - e provavelmente nunca o fará - elas estão disponíveis para uma visita virtual. Estes sete edifícios poderiam ser os projetos mais icônicos e inovadores que o mundo já viu, e por cortesia da Onward, o blog da Onstride Financial, você pode visita-los sem sair de casa.

Havana, Salvador, Buenos Aires: quais são as 5 cidades mais coloridas das Américas

07:00 - 9 Julho, 2018
Havana, Salvador, Buenos Aires: quais são as 5 cidades mais coloridas das Américas, Havana. Foto: Bigstock. Image Cortesia de HAUS
Havana. Foto: Bigstock. Image Cortesia de HAUS

O cinza do concreto e da poluição está longe de ser a representação de cidade de algumas localidades das Américas. Com construções, ruas e bairros que parecem verdadeiros arco-íris, muitas cidades do novo continente trazem nas cores a vibração que representa seu povo e fazem dos endereços verdadeiros cartões-postais. A HAUS, parceira do ArchDaily, selecionou cinco delas que são exemplo de como as cores podem trazer leveza para o dia a dia das cidades. Veja a seguir!