1. ArchDaily
  2. Pré Fabricação

Pré Fabricação: O mais recente de arquitetura e notícia

Estudante brasileiro vence concurso com projeto social feito com contêineres

O estudante brasileiro Luan Fontes, da Universidade do Porto, em Portugal, venceu o concurso nacional Casa Saudável, Cidade Saudável com um projeto modular composto por contêineres. A competição, organizada pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul, CAU/RS, em parceria com a UN-Habitat e a Minimum, buscava as melhores soluções arquitetônicas e urbanísticas para inovações ou melhorias em diferentes escalas e espaços de vivência em áreas urbanas, com vistas a propiciar qualidade de vida nas cidades a partir da nova realidade que a pandemia impôs à sociedade.

Casas de madeira são construídas com blocos tipo LEGO na Bélgica

Quem já brincou com blocos de madeira ou com o famoso brinquedo LEGO sabe que é uma delícia imaginar algo e ir construindo sua ideia com as próprias mãos. Na Bélgica, essa ideia ganhou outras proporções. Gabriel Lakatos, especialista em construção, sempre gostou de brincar com blocos e transformou essa paixão em um sistema de construção para casas de madeira. A sua empresa, a Gablok, vende kits para construção de casas de maneira simples e eficiente.

Cortesia de Gablok / DivulgaçãoCortesia de Gablok / DivulgaçãoCortesia de Gablok / DivulgaçãoCortesia de Gablok / Divulgação+ 6

Arquitetura com painéis SIP: casas pré-fabricadas de construção rápida e alto desempenho

Os painéis SIP, assim chamados por seu nome em inglês - Structural Insulated Panels - são painéis autoportantes compostos por um núcleo de espuma rígida localizado entre dois revestimentos estruturais, geralmente placas OSB. Resistentes e leves, os painéis são fabricados de forma controlada na fábrica e posteriormente transferidos para o canteiro de obras, permitindo a montagem rápida de pisos, paredes e tetos, e gerando um envelope térmico e acústico hermético. A espessura do painel corresponderá à soma das espessuras de cada um de seus componentes, e seu peso não deve ultrapassar 20 kg por metro quadrado.

Indo na contramão: escritórios de arquitetura que estão rompendo com o status quo

A arquitetura é uma profissão de longa data, que produziu diversos marcos icônicos que admiramos e reverenciamos em todo o mundo, além de desempenhar um papel na organização das cidades em que vivemos hoje. Esta descrição, no entanto, contempla a arquitetura no sentido tradicional — e há inúmeros exemplos de indivíduos e empresas que desviaram da prática arquitetônica tradicional, seja por meio do aprofundamento em campos adjacentes ou pela exploração de novas tecnologias.

Cortesia de MonographCortesia de Monograph© Joshua PerezCortesia de ICON and New Story+ 12

Arquitetura construída em fábricas? 10 casas pré-fabricadas e seus detalhes construtivos

Casa FENIX / Equipo UTFSM. Image Casa Solís / Fábrica de casas. Image Minimod / MAPA. Image Casa Luanda / Fábrica de casas. Image + 23

Você moraria em uma casa construída em uma fábrica? A evolução tecnológica no projeto e produção arquitetônica está trazendo mudanças inegáveis na maneira como pensamos e construímos a arquitetura. A possibilidade de materializar uma casa através de um sistema de peças fabricadas industrialmente em uma área fora do canteiro final da obra abriu a porta para muitos arquitetos investigarem e experimentarem novos materiais e tecnologias alimentados pela fabricação digital.

Elementos modulares na arquitetura industrial

Terminal de Cruzeiros de Sevilha Fase 2 / Hombre de Piedra Arquitectos + Buró 4. Foto: © Jesús GranadaGalpão Branco / Atelier 111 Architekti. Foto: © Alex Shoots BuildingsPorto Terrestre Mariposa / Jones Studio. Foto: © Bill TimmermanIndústria Palenque Milagrito / Ambrosi I Etchegaray. Foto: © Onnis Luque+ 27

O projeto de arquitetura industrial usualmente exige uma instalação rápida, com elementos de fácil manutenção e um espaço versátil que possa abrigar distintos usos. Portanto, não é difícil encontrar o uso de elementos modulares em suas construções, por se tratar de uma solução que contempla essas premissas, além de adicionar um forte componente na linguagem criada para o edifício. 

Como os materiais moldaram as Case Study Houses?

As Case Study Houses (1945-1966), iniciativa patrocinada pela Arts & Architecture Magazine e imortalizada pelas icônicas fotografias em preto e branco de Julius Shulman, pode conter alguns dos exemplos mais famosos da arquitetura americana moderna na história. Projetadas para enfrentar a crise habitacional do pós-guerra com construção rápida e materiais baratos, ao mesmo tempo em que adotavam os princípios do design modernista e tecnologias contemporâneas avançadas, as Case Study Houses foram moldadas por seu foco central em materiais e projeto estrutural. Enquanto cada uma das casas foi projetada por diferentes arquitetos para uma variedade de clientes, esses objetivos compartilhados unificaram os muitos projetos em torno de várias estratégias estéticas e estruturais básicas: plantas abertas, volumes simples, janelas panorâmicas, estruturas de aço e muito mais. Embora alguns dos materiais e estratégias das Case Study Houses tenham ficado desatualizados nas décadas seguintes, esses produtos e recursos exclusivos viriam a definir uma era histórica da arquitetura nos Estados Unidos.

Detalhes construtivos: 6 banheiros modulares pré-fabricados para edifícios de construção rápida

O banheiro é um recinto indispensável para qualquer tipo de construção. A Real Academia Espanhola define-a como a "sala de um edifício, com lavatório, ducha, banheira, vaso sanitário ou outras instalações sanitárias". A definição estabelece que é um espaço funcional com um programa específico e que, consequentemente, pode ser facilmente padronizado. Sendo espaços com dimensões praticamente uniformes, é cada vez mais frequente a instalação de banheiros pré-fabricados em diferentes tipos de edifícios. Estes espaços modulares são apresentadas como uma ótima alternativa quando você deseja optar por uma forma de construção rápida, econômica e eficaz.

Construindo casas com blocos gigantes: U-Build e o futuro da autoconstrução

É difícil encontrar alguém que nunca brincou de LEGO quando criança. E se pensássemos em edifícios como grandes jogos de montar? U-Build é um sistema de construção modular em madeira desenvolvido pelo Studio Bark para ser fácil de construir, agradável de habitar e simples de desconstruir no final da sua vida útil. O sistema remove muitas das dificuldades associadas à construção tradicional, capacitando indivíduos e comunidades a construir suas próprias casas e edifícios. O sistema usa usinagem CNC de precisão para criar um kit de peças, permitindo que a estrutura do edifício seja montada por pessoas com habilidades e experiência limitadas, usando apenas ferramentas manuais simples.

Startup colombiana usa resíduos de café para fabricar casas populares

Entre os problemas sociais que a Colômbia enfrenta, está a falta de moradia digna para boa parte da população. Uma pesquisa do centro de estatística populacional do país revelou que 35% dos colombianos estão dentro da faixa de pobreza, sem acesso à condições de vida adequadas.

Com a construtora Woodpecker, a resposta para este problema pode estar justamente em outra questão que precisa de solução no país: os resíduos da produção de café, já que a Colômbia é um dos maiores produtores mundiais.

Otimização e eficiência da construção modular em projetos de casas brasileiras

Como já explicamos em um artigo publicado anteriormente, o conceito da modulação na arquitetura se traduz na adaptação de um projeto a um módulo definido, seja a partir de uma medida específica utilizada como base ou das dimensões de determinado material construtivo.

Atrelada à esse conceito, mas fundamentada ainda em outras definições, as construções modulares partem do estudo prévio e da previsão de módulos pré-fabricados transportáveis para montagem no local da construção, motivo pelo qual costumam ser concluídas de forma mais ágil e eficiente quando comparadas àquelas tradicionais.

Casa Cambará Container / Saymon Dall Alba Arquiteto + Mégui Dal Bó Arquiteta. Imagem: © Guilherme JordaniCasa ARCA / Atelier Marko Brajovic. © Victor AffaroMINIMOD Catuçaba / MAPA. Imagem: © Fazenda Catuçaba | E. RengadeCasa Praia Vermelha / Nitsche Arquitetos. Imagem: © André Scarpa+ 14

10 Cabanas que inovam com seus materiais e sistemas construtivos

Enquanto a imagem tradicional da cabana é a de uma casa de madeira rústica localizada longe de qualquer vestígio da sociedade, os arquitetos têm refutado tais convenções, experimentando com materiais mais novos e considerações tecnológicas para expandir os limites da "cabana" hoje. Quer seja reimaginando a estética, utilizando técnicas de fabricação avançadas para modernizar o rústico, ou mesmo reconfigurando a cabana de madeira para o cenário da cidade, arquitetos e designers têm transformado integralmente a arquitetura da cabana tradicional para uma existência mais contemporânea. Abaixo, consideramos 10 projetos inovadores que alcançam essa transformação por meio de experimentações com diferentes materiais e tecnologias construtivas. Embora cada uma explore diferentes estratégias e funções, muitas compartilham semelhanças em seu uso de sistemas de pré-fabricação, em sua dedicação à sustentabilidade e em sua atenção e otimização de propriedades específicas de materiais.

"A construção tradicional está condenada a desaparecer": entrevista com o escritório português SUMMARY

Desafios contemporâneos e o aumento da tecnologia inevitavelmente desencadeiam mudanças na forma de projetar e construir nossas cidades. SUMMARY é um estúdio de arquitetura português com foco no desenvolvimento de sistemas construtivos pré-fabricados e modulares. Procurando o equilíbrio entre pragmatismo e experimentalismo, o escritório desenvolve soluções pré-fabricadas com o objetivo de responder a um desafio determinante da arquitetura contemporânea – acelerar e simplificar os processos construtivos. Fundada em 2015 pelo arquiteto Samuel Gonçalves, formado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, o estúdio coleciona publicações, premiações e aparições em eventos de destaque, como a Bienal de Veneza de 2016. Conversamos com Samuel sobre a experiência prática no tema da pré-fabriação e modulação, suas experimentações e incursões na pesquisa.

Cabana em La Juanita / MAPA

© Aldo Lanzi© Aldo Lanzi© Aldo Lanzi© Aldo Lanzi+ 37

  • Arquitetos: MAPA
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Estudio Diario, MadForModern

Casa Lagos / MAPA

© Leonardo Finotti© Leonardo Finotti© Leonardo Finotti© Leonardo Finotti+ 35

Ciudad de la Costa, Uruguai
  • Arquitetos: MAPA
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Alufran, Bosch, Dura, Laviere Vitacca, MOAA, +1

Banheiros modulares: como adaptar espaços pré-fabricados a um projeto de arquitetura?

Monobath: baños industrializados. Image Cortesía de PorcelanosaMonobath: baños industrializados. Image Cortesía de PorcelanosaMonobath: baños industrializados. Image Cortesía de PorcelanosaPorcelanato de gran formato – XLight 6mm. Image Cortesía de Porcelanosa+ 31

Os sistemas pré-fabricados tornaram-se uma opção extremamente eficiente para concluir projetos que requerem soluções modulares padronizadas, como hotéis, hospitais, residências e edifícios habitacionais. As principais vantagens da aplicação de módulos prontos são a redução do tempo de obra, o ótimo controle e a rastreabilidade dos projetos. Embora a questão da funcionalidade destes sistemas seja importante, em termos de sua fácil e rápida execução, se forem feitos de materiais de qualidade isso agrega ainda mais valor ao projeto. Porém, para saber como esses módulos funcionam e são aplicados, é necessário primeiro entender sua origem e processo.

Por que optar por construções modulares?

Como os profissionais do setor sabem, construir pode ser um desafio que custa muito dinheiro e tempo. Atrasos são quase mais frequentes do que construções dentro do prazo e podem ser induzidos por extensos requisitos burocráticos, clima e outras circunstâncias inesperadas, planejamento inadequado, pessoal insuficiente ou uma série de outras causas. Projetos de construção longos também podem impactar negativamente a percepção pública de um projeto antes mesmo de ele ter sido concluído, especialmente se ocorrerem atrasos ou causar inconvenientes para aqueles que moram ou trabalham perto do local de construção. Além disso, alguns projetos simplesmente precisam ser construídos em um cronograma mais enxuto do que normalmente é viável para um projeto de construção tradicional. Felizmente, existe uma solução para quem busca reduzir drasticamente o tempo de obra: construções modulares