1. ArchDaily
  2. Arquitetura

Arquitetura: O mais recente de arquitetura e notícia

Pavilhão dos Países Baixos desconstrói os conceitos de espaço público na Bienal de Veneza 2021

Intitulado Who is We?, o Pavilhão dos Países Baixos na 17ª Exposição Internacional de Arquitetura - La Biennale di Venezia desconstrói conceitos normais de espaço, visualizando o que muitas vezes é esquecido por trás das estruturas que tipicamente definem os espaços urbanos. Com curadoria de uma equipe liderada por Francien van Westrenen, o pavilhão permanece em exibição até 21 de novembro de 2021.

Portraits of Soil Praxis, Debra Solomon/Urbaniahoeve, 2020 in collaboration with ... the Amsterdam Zuidoost Food Forest Community of Praxis and the Amsterdam Zuidoost Food Forest soil organism, (Mama Aisa Island, 30x30cm). Imagem © Debra SolomonPortraits of Soil Praxis, Debra Solomon/Urbaniahoeve, 2016 in collaboration with ... the Amsterdam Zuidoost Food Forest Community of Praxis and the Amsterdam Zuidoost Food Forest soil organism (Mama Aisa Island, 30x30cm) . Imagem © Debra SolomonThe Amsterdam Zuidoost Food Forest, in collaboration with Urbaniahoeve and the Amsterdam Zuidoost Food Forest Community of Praxis . Imagem © Johannes SchwarzRadical Observation, Juan Arturo García, 2020 in collaboration with Urbaniahoeve and the Amsterdam Zuidoost Food Forest Community of Praxis. Imagem © Juan Arturo Garcia+ 7

Estratégias de iluminação artificial em projetos de interiores

A iluminação, seja ela natural ou artificial, é um dos elementos mais importantes da arquitetura, impactando diretamente na percepção dos espaços em geral. É a partir dela que se entende a relação entre dimensão, proporção e contrastes. É na ação dela que podemos ler as texturas, definir volumes e enfatizar cores. A arquitetura tem como um de seus desafios moldar espaços a partir da luz e sombra, sendo que muitas vezes é necessário conduzir a iluminação para além da natural, introduzindo e controlando outras fontes de luz.

 Loft Solar / Talita Nogueira Arquitetura. Image © Eduardo MacariosLoja Fast Shop Lifestyle Ibirapuera / Kengo Kuma & Associates. Image © Nelson KonClínica MJanson Ortodontia / Caracho Arquitetos. Image © Daniel SantoLoja Conceito da Dengo Chocolates / Matheus Farah + Manoel Maia Arquitetura. Image © Fran Parente+ 26

Como o ensino da arquitetura pode se manter relevante em tempos de mudanças?

Este artigo foi publicado originalmente em Common Edge.

No artigo do Commom Edge desta semana, Duo Dickinson faz uma análise de seu percurso como arquiteto, das salas de aula à prática profissional e finalmente, a volta à escola de arquitetura como professor. Explorando a fundo as transformações na prática da arquitetura ao longo destes anos, Dickinson afirma que “ninguém mais acredita que as nossas escolas de arquitetura estejam hoje preparadas para educar os profissionais que a arquitetura precisará daqui a dez anos”. Nesta jornada, o autor explica como o ensino da arquitetura evoluiu ao longo do tempo, apontando possíveis direções para garantir que o ensino da arquitetura permanece relevante no futuro. 

Concurso de projeto para o portal de entrada de Cataguases - MG

Arquitetas e arquitetos,

A Prefeitura de Cataguases, por meio do Governo do Estado, iniciou no dia 24/05 as inscrições para o Concurso Público de Arquitetura do portal da entrada da cidade na Avenida Nicolau Siervi.

O objetivo da construção é valorizar a entrada de Cataguases, deixando-a mais atrativa através da verba estadual disponibilizada exclusivamente para este propósito.

Os portais anunciam boas-vindas aos visitantes e moradores, e também representam um todo do que é Cataguases, um dos 68 municípios com perímetro tombado pelo IPHAN e cidade com especial interesse em arquitetura modernista pela DOCOMOMO.

Edital e maiores informações: http://cataguases.mg.gov.br.gestormunicipal.online/transparencia/do-municipal/

Data e número da licitação:

Permeabilidade na arquitetura: 20 projetos que reinterpretam os tradicionais muxarabis

Frequentemente, existe uma relação intrincada entre a arquitetura e o ambiente. Cada parte do mundo definiu suas próprias técnicas arquitetônicas com base em suas condições climáticas únicas. No entanto, as preocupações ambientais no século 21 provocaram novas técnicas, implementando soluções para preservar os recursos naturais e proporcionar conforto térmico. Enquanto alguns optaram por uma abordagem futurista com soluções mecânicas e tecnologicamente avançadas, outros decidiram voltar no tempo e explorar como as civilizações protegiam seu povo, arquitetura e meio ambiente quando não tinham mais nada a que recorrer a não ser o próprio meio natural. Neste artigo, veremos como os muxarabis encontraram seu caminho de volta à arquitetura moderna. 

Sengal House / Play/ Saketh Singh. Image © Nancy Peter, Jaya SriramResidência Cave Canem / Juliano Barros Arquiteto. Image © Juliano BarrosHouse for a Daughter / Khuon Studio. Image © Hiroyuki OkiCasa da Tranquilidade / Tal Goldsmith Fish Design Studio. Image © Gif+ 28

A COVID e a cidade, no Brasil e em Brasília

No momento em que escrevo este artigo, o Brasil está na mais grave crise humanitária de sua história — não apenas uma “crise sanitária”, como se costuma comentar. A pandemia da COVID-19 matou, até 30 de abril de 2021, 411.854 de pessoas e, apenas nos últimos dias, a média móvel de mortes começou novamente a arrefecer — tendo chegado ao máximo de 3.125 em abril.

Epidemiologistas, microbiologistas, infectologistas etc. observam que o impacto da pandemia nas cidades brasileiras é fortemente idiossincrático: cada qual tem condições peculiares a considerar, antes de podermos ousar generalizações. Por outro lado, estima-se uma alta subnotificação (até um décimo dos casos reais), que, inclusive, varia entre cidades. Contudo, feitas as reservas, o que podemos observar no quadro geral? 

Reflexões sobre arquitetura: Paulo Mendes da Rocha em 5 conversas

Na madrugada do dia 23 de maio, Paulo Mendes da Rocha, arquiteto capixaba que conquistou as maiores honrarias da arquitetura mundial, nos deixou. Com um pensamento afiado e crítico, toda sua trajetória é seguida por um forte ode à cidade e ao olhar humanista. Felizmente, algumas de suas inspiradoras falas foram gravadas e, aqui, selecionamos cinco vídeos realizados na última década nos quais é possível compreender como ele refletia sobre o campo da arquitetura e urbanismo, e suas obras.

Elo com o vivido: a memória e suas espacialidades

Tudo aquilo que é construído, pela força e trabalho físico e intelectual do homem, tem significado. É na matéria que encontramos resquícios de antigas civilizações, e a partir desses registros entendemos suas características, as tecnologias envolvidas e sua organização social. As cidades e os grandes centros urbanos têm camadas e camadas de acontecimentos que ficam registrados em suas ruas, edifícios, praças e parques. Muitas vezes, a depender do desenvolvimento do lugar, essas evidências vão sendo apagadas, desconsideradas e alteradas. 

Exposição do Kwame Akoto Bamfo noMemorial Nacional pela Paz e Justiça. Image © Equal Justice Initiative  Human PicturesMemorial das vítimas de feminicídio em uma cerca em frente ao Palácio Nacional da Cidade do México (2021). Image © Ixchel Cisneros SolteroA Clareira - Memorial em Utøya / 3RW Arkitekter. Image © Martin Slottemo LyngstadMuseu da Memória e dos Direitos Humanos / Mario Figueroa, Lucas Fehr e Carlos Dias. Image © Nico Saieh+ 20

Expo 2020 Dubai prestes a ser inaugurada

Faltando menos de meio ano para a inauguração, a Expo Dubai 2020 liberou uma série de imagens dos locais que irão receber o evento. A Expo Dubai 2020 irá trazer 192 pavilhões de nacionalidades diferentes, bem como instituições educacionais e empresariais. Devido a pandemia de COVID-19, o evento foi atrasado por um ano, e portanto, maior parte das construções já está completa, esperando a abertura em 1 de Outubro de 2021.

Pavilhão de Sustentabilidade. Imagem © Expo 2020 DubaiExpo Thematic District. Imagem © Expo 2020 DubaiPortal de Acesso Imagem © Expo 2020 DubaiExpo Thematic District. Imagem © Expo 2020 Dubai+ 10

Bjarke Ingels Group utiliza princípios de sustentabilidade em projeto de usina metalúrgica

O premiado escritório de arquitetura Bjarke Ingels Group se juntou à empresa Metal Company, que busca uma atuação de baixo impacto na produção de baterias, para imaginar o tradicional processo de produção de baterias considerando um contexto sustentável. O projeto, uma indústria circular que funciona sem produzir resíduo sólido, inclui instalações de manufatura, processamento e armazenamento, junto com escritórios, centro de visitantes e instalações de inovação.

Cortesia de Bjarke Ingels GroupCortesia de Bjarke Ingels GroupCortesia de Bjarke Ingels GroupCortesia de Bjarke Ingels Group+ 40

Arquitetura eslovena contemporânea em oito projetos residenciais

A arquitetura eslovena contemporânea nasce da fusão entre tradição e modernidade, entre arquitetura e paisagem. Profundamente enraizada na cultura local, a arquitetura contemporânea eslovena emerge em meio a uma paisagem tão vasta quando pinturesca. A geografia do país moldou ao longo dos séculos uma arquitetura híbrida tanto em forma quanto em conteúdo. Como um desdobramento da arquitetura modernista produzida por alguns dos mais importantes arquitetos do país, entre eles Max Fabiani, Ivan Vurnik e Jože Plečnik, a arquitetura contemporânea eslovena procura expandir continuamente suas raízes, arraigadas profundamente a esse território.

© Miran Kambič© Matjaž Tančič & Klemen Ilovar© MIHA BRATINA© Bor Dobrin+ 11

Por que nós, arquitetos, devemos entender e nos preocupar com o carbono?

Sim, eu sei. Temos falado muito sobre carbono. E não só aqui, mas por todo lado lemos sobre efeito estufa, dióxido de carbono, combustíveis fósseis, sequestro de carbono e diversos outros termos que têm entrado, cada vez mais, nos nossos cotidianos. Mas por que o carbono é tão importante e o que nós, arquitetos, estudantes de arquitetura ou entusiastas do tema, temos a ver com algo que parece tão intangível?

Estantes divisórias: funcionalidade e estética na arquitetura de interiores

Pamplona Apartment / Zoom Urbanismo Arquitetura e Design. Foto: © Maíra AcayabaCasa C / Studio Arthur Casas. Foto: © Fernando Guerra | FG+SGCasa Panamericana / Bernardes Arquitetura + Sala2 Arquitetura. Foto: © Evelyn MullerApartamento Acervo / Sala2 Arquitetura. Foto: © Evelyn Muller+ 31

Para trazer uma escala mais aconchegante em grandes espaços abertos ou abrigar usos diversos sob um mesmo teto, a solução de delimitar áreas através do desenho de mobiliário se tornou bastante eficaz. Funcional, ao servir como lugar de armazenamento ou, até mesmo, expositivo, as estantes que também exercem o papel de divisórias podem gerar novas perspectivas, ditar circulações e uma maior permeabilidade entre distintos ambientes.

O potencial dos arquitetos como empreendedores

No mundo globalizado de hoje, a arquitetura parece se reinventar a cada dia. Novas e inovadoras tecnologias aplicadas à construção civil estão transformando a prática da arquitetura a uma velocidade jamais vista. Ainda assim, de certa forma, grande parte dos profissionais da indústria da construção civil estão muito defasados em relação aos métodos e ferramentas utilizados em seus processos de projeto. Acontece que, toda mudança demanda tempo, energia e dinheiro — e muitos arquitetos e arquitetas dependem de seus honorários para administrar e manter seus escritórios de arquitetura. Como consequência da popularização de novas start-ups no setor da tecnologia e o aumento da competitividade no mercado de trabalho em uma economia cada dia mais globalizada, arquitetos e arquitetas estão procurando reinventar-se a todo momento, optando principalmente por ampliar seu campo de atuação e firmando-se como uns dos profissionais mais empreendedores disponíveis no mercado de trabalho.

via CupClubvia CupClubvia TestFit© Trent Bell+ 8

Serpentine Pavilion projetado por Counterspace é inaugurado em Londres

A 20ª edição do Serpentine Pavilion, projetado pelo escritório sul-africano Counterspace, dirigido pela arquiteta Sumayya Vally, inaugura hoje, 11 de junho de 2021, após ser adiado por um ano. Em exibição até 17 de outubro de 2021 em Kensington Gardens, o projeto foi registrado por Mark Hazeldine. Confira a série de fotografias, a seguir.

© Mark Hazeldine Photography© Mark Hazeldine Photography© Mark Hazeldine Photography© Mark Hazeldine Photography+ 18

As melhores cidades do mundo para se viver em 2021

A cidade neozelandesa de Auckland lidera a classificação geral na pesquisa anual das melhores cidades para se viver da Economist Intelligence Unit (EIU). Listando 140 cidades, as quais foram avaliadas segundo cinco diferentes categorias, incluindo estabilidade, saúde, cultura e meio ambiente, educação e infraestrutura, a edição da EIU deste ano foi totalmente influenciada pela pandemia de COVID-19. Austrália, Japão e Nova Zelândia assumiram as primeiras posições, disparadas na frente de outras cidades e países que costumam figurar entre as melhores colocadas do ranking.

Tokyo, Japan. Image via ShutterstockAuckland, New Zealand. Image via Shutterstock/ By Maurizio De MatteiZurich, Switzerland. Image via Shutterstock/ By Maykova GalinaAdelaide, Australia . Image via Shutterstock/ By myphotobank.com.au+ 12