1. ArchDaily
  2. Arranha Céu

Arranha Céu: O mais recente de arquitetura e notícia

Rem Koolhaas sobre o fenômeno dos arranha-céus e o potencial dos Emirados de reinventar a urbanização

Rem Koolhaas, co-fundador do Office for Metropolitan Architecture (OMA), ganhador do Prêmio Pritzker em 2000 e um dos mais proeminentes teóricos do urbanismo hoje em dia, foi um dos primeiros a questionar o fenômeno dos arranha-céus e sua influência na transformação da cidade. Particularmente intrigado com a região do Golfo Pérsico e as ambições urbanas desta área, em 2009, durante a 9ª edição da Bienal de Sharjah, fez uma palestra sobre o potencial de reinventar a urbanização nos Emirados Árabes Unidos.

Por ocasião do jubileu de ouro dos Emirados Árabes Unidos, marcando 50 anos desde que foram fundados em 1971, 50U, publicado pela Archis, explora os diferentes desenvolvimentos no Golfo, esta região que "testemunhou a transformação de uma cidade parcialmente nômade, parcialmente baseada na comunidade em uma sociedade metropolitana globalmente ativa”. Depois de Al Manakh, em 2007, seguido em 2010 por Al Manakh Cont’d, 50U conta a história dos Emirados Árabes Unidos por meio de 50 retratos de pessoas, plantas e lugares. O livro também compartilha um trecho da palestra de Koolhaas em 2009 que reflete sobre as condições contemporâneas, focando especificamente em sua leitura de Dubai, seu envolvimento arquitetônico e suas previsões urbanas futuras.

Álvaro Siza conclui seu primeiro arranha-céu em Nova Iorque, o 611 West 56th Street

© João Morgado
© João Morgado

A densa paisagem de Manhattan acaba de receber mais um arranha-céu, desta vez projetado por um Pritzker português. Com 137 metros de altura e 35 pavimentos, o 611 West 56th Street, primeiro edifício de Álvaro Siza em Nova Iorque, foi externamente concluído. O condomínio de luxo, que é também a primeira obra de Siza nos Estados Unidos, conta, ainda, com diversos equipamentos para seus residentes, como uma piscina, um spa, uma academia, um playground para crianças e espaços para eventos.

Álvaro Siza conclui seu primeiro arranha-céu em Nova Iorque, o 611 West 56th StreetÁlvaro Siza conclui seu primeiro arranha-céu em Nova Iorque, o 611 West 56th StreetÁlvaro Siza conclui seu primeiro arranha-céu em Nova Iorque, o 611 West 56th StreetÁlvaro Siza conclui seu primeiro arranha-céu em Nova Iorque, o 611 West 56th Street+ 25

Lições do único arranha-céu de Frank Lloyd Wright, válidas até hoje

A Price Tower é o único edifício de grande altura feito pelo famoso arquiteto americano Frank Lloyd Wright e um de seus únicos projetos orientados verticalmente. Localizado em Bartlesville Plains, Oklahoma e encomendado pela empresa local de petróleo e produtos químicos H.C. Price Company, a torre de uso misto é significativa não só pela sua singularidade dentro da obra do arquiteto, mas também pelos seus materiais e desenho estrutural. Algumas das inovações desenvolvidas por Wright, que surgiram pela primeira vez em meados do século 20, ainda são úteis e eficazes até hoje.

Futuro da Tour Triangle projetada por Herzog & de Meuron em Paris segue incerto

Depois de mais de uma década de tentativas frustradas, problemas econômicos e disputas legais além de muita resistência por parte da comunidade local, a Tour Triangle (Triangle Tower) projetada pela Herzog & de Meuron finalmente parece estar caminhando para um final a medida que tudo parece indicar que as obras serão iniciadas muito em breve em um terreno próximo ao Parque de Exposições Porte de Versailles no 15º distrito municipal de Paris. Entretanto, enquanto as máquinas ainda estão esquentando os motores, esforços estão sendo feitos para barrar o projeto de forma definitiva.

Adjaye Associates a um passo de ver seu primeiro arranha-céu construído em Manhattan

A Adjaye Associates revelou recentemente imagens do seu projeto desenvolvido para um dos últimos terrenos vazios no centro de Manhattan. Localizado em frente ao Jacob K. Javits Center, entre as ruas West 35th e 36th, este poderia ser o edifício mais alto construído pelo escritório de David Adjaye até o momento.

Segundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na Rússia

O escritório de arquitetura escocês Kettle Collective divulgou seu projeto para um arranha-céu de 703 metros de altura em São Petersburgo, Rússia, que será o segundo edifício mais alto do mundo depois do Burj Khalifa de Dubai. O Lakhta Center II será construído ao lado do Lakhta Center, atualmente o edifício mais alto da Europa e sede da empresa de energia Gazprom.

Segundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na RússiaSegundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na RússiaSegundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na RússiaSegundo arranha-céu mais alto do mundo será construído na Rússia+ 5

Como o boom da arquitetura pode se tornar um rombo na economia?

É inútil dizer que a arquitetura é uma profissão que flutua de acordo com a economia. Todos nós conhecemos histórias ou até sentimos na pele as consequências de um período de recessão. Para a industria da construção civil, a depressão econômica se traduz em um estado de espera, na escassez de novos projetos e portanto, em um impacto negativo considerável em termos de novos contratos e vínculos empregatícios—sem mencionar as terríveis consequências para a massa de trabalhadores informais, entre eles, arquitetos e arquitetas. É evidente que a economia opera em ciclos, ora com períodos de vacas magras, ora com momentos de vacas gordas. Quando no entanto, uma mal temporada coincide com uma situação de crise na qual a população global continua a crescer rapidamente e o valor da terra a atingir níveis exorbitantes, é inegável que a arquitetura não passará ilesa por tal momento. Ainda assim, existem aqueles que, ao invés de culpar a economia pelos altos e baixos da profissão da arquitetura e da industria da construção civil, afirmam que é ela a principal responsável pelas principias crises econômicas globais.

Como o boom da arquitetura pode se tornar um rombo na economia?Como o boom da arquitetura pode se tornar um rombo na economia?Como o boom da arquitetura pode se tornar um rombo na economia?Como o boom da arquitetura pode se tornar um rombo na economia?+ 7

50 Hudson Yards de Foster + Partners tem sua estrutura concluída em Nova Iorque

O arranha-céu 50 Hudson Yards da Foster + Partners atingiu o topo da sua construção na cidade de Nova Iorque. Como um dos maiores edifícios de escritórios da cidade, o projeto se tornou a quarta maior torre de escritórios em metros quadrados. A torre de 58 andares inclui plantas muito grandes, para até 500 funcionários, em cada andar. Ela é a última de uma série de projetos que completam o Hudson Yards, na extremidade oeste de Manhattan.

50 Hudson Yards de Foster + Partners tem sua estrutura concluída em Nova Iorque50 Hudson Yards de Foster + Partners tem sua estrutura concluída em Nova Iorque50 Hudson Yards de Foster + Partners tem sua estrutura concluída em Nova Iorque50 Hudson Yards de Foster + Partners tem sua estrutura concluída em Nova Iorque+ 5

Arranha-céu de 300 metros de altura projetado pelo BIG em Nova Iorque tem sua estrutura concluída

Chamado Spiral, o novo arranha-céu projetado pelo Bjarke Ingels Group em Hudson Yards, Nova Iorque, teve sua estrutura concluída. Com 66 pavimentos, o projeto tem mais de 300 metros de altura e conta com uma série de terraços escalonados que envolvem toda a torre. O edifício terá 280 mil metros quadrados de espaço para escritórios e um térreo dedicado a estabelecimentos comerciais.

Sou Fujimoto divulga projeto para a Torch Tower em Tóquio

O escritório japonês Sou Fujimoto Architects divulgou sua proposta para o arranha-céu mais alto do Japão, a Torch Tower em Tóquio. Desenvolvido em colaboração com a Mitsubishi Estate Company e a Mitsubishi Jisho Sekkei, o projeto eleva-se 390 metros acima do solo e tem conclusão prevista para 2027.

Foster + Partners projeta quatro arranha-céus em novo distrito financeiro no Catar

O escritório britânico Foster + Partners divulgou seu mais recente projeto para o Catar, um empreendimento histórico de 1,1 milhão de metros quadrados que consiste em quatro edificios em altura. Parte de um plano diretor também projetado pelo escritório, a ser concluído antes da Copa do Mundo de Futebol de 2022, as Lusail Towers são vistas como um “catalisador para um novo distrito central de negócios na cidade”.

ZHA vence concurso para construir a Torre C na Baía de Shenzhen

Zaha Hadid Architects (ZHA) venceu o concurso de projeto para construir a Torre C na Baía de Shenzhen, China. O projeto vencedor é uma cidade vertical multidimensional de duas torres iluminadas naturalmente que respondem às interseções urbanas da cidade.

ZHA vence concurso para construir a Torre C na Baía de ShenzhenZHA vence concurso para construir a Torre C na Baía de ShenzhenZHA vence concurso para construir a Torre C na Baía de ShenzhenZHA vence concurso para construir a Torre C na Baía de Shenzhen+ 5

Primeiro hotel da América do Norte com estrutura de madeira engenheirada é inaugurado

O Hotel Magdalene é a mais recente incorporação da empresa do setor hoteleiro Bunkhouse Group, a qual se dedica a promover a cultura musical e o estilo de vida característico da cidade de Austin, Texas. Adicionando outros 89 quartos à rede El Cosmico, a qual ficou mundialmente conhecida após se tornar uma febre no instagram, o Hotel Magdalene é o primeiro edifício deste tipo a ser completamente construído em estrutura de madeira engenheirada [Mass Timber] em toda América do Norte.

Carlos Zapata divulga projeto de arranha-céu residencial em Quito

O arquiteto Carlos Zapata apresentou recentemente imagens de uma nova torre residencial com uso misto em Quito, Equador. Localizado no extremo norte do Parque La Carolina, o projeto poderá se tornar um dos edifícios mais altos da cidade, caso venha a ser construído. A torre de 24 pavimentos é caracterizada por uma abertura de três andares que abre espaço para uma piscina comum, área de lazer e jardins verticais.

Carlos Zapata divulga projeto de arranha-céu residencial em QuitoCarlos Zapata divulga projeto de arranha-céu residencial em QuitoCarlos Zapata divulga projeto de arranha-céu residencial em QuitoCarlos Zapata divulga projeto de arranha-céu residencial em Quito+ 16

Arranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper Award

O arranha-céu Lakhta Center, em São Petersburgo, Rússia, foi reconhecido com o Emporis Skyscraper Award. Com 462 metros de altura e projetado pela GORPROJECT e RMJM, este é o décimo quarto edifício mais alto do mundo. Construído em uma latitude de baixas temperaturas, o edifício conta com um sistema de fachada dupla que garante o conforto ambiental em seu interior. O projeto foi selecionado por um júri internacional entre mais de 700 arranha-céus concluídos em 2019 com altura mínima de 100 metros.

Arranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper AwardArranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper AwardArranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper AwardArranha-céu mais alto da Europa é premiado com o Emporis Skyscraper Award+ 9

Herzog & de Meuron projeta nova torre para o complexo da Roche na Suíça

A Herzog & de Meuron acaba de apresentar o projeto de uma terceira torre para o novo complexo da Roche às margens do rio Reno na Basileia. Atualmente em processo de construção, o empreendimento foi concebido para abrigar a nova sede da empresa de biotecnologia na Suíça. As novas adições incluídas no plano diretor incluem uma série espaços verdes abertos ao longo do rio Reno, uma terceira torre de escritórios assim como um novo edifício de recepção.

Herzog & de Meuron projeta nova torre para o complexo da Roche na SuíçaHerzog & de Meuron projeta nova torre para o complexo da Roche na SuíçaHerzog & de Meuron projeta nova torre para o complexo da Roche na SuíçaHerzog & de Meuron projeta nova torre para o complexo da Roche na Suíça+ 7

Foster + Partners começa a construção de torre de escritórios em Buenos Aires

Cortesia de Foster + Partners
Cortesia de Foster + Partners

O escritório Foster + Partners iniciou a construção da Avenida Cordoba 120, uma nova torre de escritórios de 35 pavimentos em Buenos Aires. Situado entre o centro da cidade e a entrada principal da zona portuária de Puerto Madero, o projeto pretende se tornar um marco no horizonte da cidade. Balanceando arquitetura e natureza, a torre busca estabelecer um novo padrão para projetos de escritórios na Argentina e região, afirmam os arquitetos.

Foster + Partners começa a construção de torre de escritórios em Buenos AiresFoster + Partners começa a construção de torre de escritórios em Buenos AiresFoster + Partners começa a construção de torre de escritórios em Buenos AiresFoster + Partners começa a construção de torre de escritórios em Buenos Aires+ 6