Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. New York

New York: O mais recente de arquitetura e notícia

Arranha-céu de Rafael Viñoly passa a ser o edifício residencial mais alto de Nova Iorque

O novíssimo arranha-céu projetado pelo arquiteto uruguaio Rafael Viñoly em Nova Iorque, acaba de concretar sua última lage, atingindo finalmente seu ponto mais alto. Implantado no número 125 da Greenwich Street, o edifício assumirá o título de mais alto arranha-céu residencial do centro de Manhattan. A luxuosa e esbelta torre de 278 metros de altura contará com oitenta e oito pavimentos e uma fachada de vidro em 360 graus, permitindo vistas fantásticas para a paisagem do rio Hudson, para a Estátua da Liberdade, o complexo do World Trade Center e para todos os arredores da cidade de Nova Iorque.

125 Greenwich Street. Imagem cortesia de Bizzi & Partners 125 Greenwich Street. Imagem cortesia de Bizzi & Partners 125 Greenwich Street. Imagem cortesia de Bizzi & Partners 125 Greenwich Street. Imagem cortesia de Bizzi & Partners + 11

WOJR projeta santuário contemplativo em meio à floresta

A arquitetura, tal como a arte, possui a capacidade intrínseca de inspirar e emocionar as pessoas. Muitas vezes, edifícios e espaços nos deixam marcas tão profundas que as carregamos conosco ao longo de nossas vidas, especialmente quando a arquitetura transforma e ecoa as memórias de um lugar. 

The Mask é um espaço de contemplação, um refúgio arquitetônico e um retiro espiritual. Concebido pelos arquitetos da WOJR, o edifício foi projetado para um indivíduo que perdeu seu irmão mais novo, afogado em um lago em Ithaca, Nova Iorque. Depois da tragédia, o lago tornou-se um sinônimo de luto e reflexão, um espaço contemplativo em memória do falecido irmão.

© Alexis Nicolas Basso © Alexis Nicolas Basso © Alexis Nicolas Basso © Alexis Nicolas Basso + 19

H.Stern Nova Iorque / Studio Arthur Casas

© Ricardo Labougle © Ricardo Labougle © Ricardo Labougle © Ricardo Labougle + 22

New York, Estados Unidos
  • Arquitetos: Studio Arthur Casas
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 215.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2015

Projeto de reforma do aeroporto JFK em Nova Iorque custará US$ 13 bilhões

Andrew Cuomo, governador de Nova Iorque, liberou o projeto de $13 bilhões para atualizar o John F. Kennedy International Airport, destacando sua importância como um aeroporto de primeira linha: "O projeto visa adicionar dois terminais internacionais, um na ala norte e outro na ala sul, aumentando a capacidade do aeroporto em mais de 300 mil metros quadrados e 15 milhões de passageiros por ano".

O projeto deriva de um masterplan de 2017 proposto pelos escritórios Grimshaw Architects e Mott MacDonald, que busca combinar oito terminais segregados do aeroporto em um sistema unificado.

via Governor of New York via Governor of New York via Governor of New York via Governor of New York + 18

Fragmentos de Nova Iorque: arquitetos brasileiros ganham menção honrosa em concurso internacional

Descrição enviada pela equipe de projeto. Nova Iorque pode ser definida como a cidade símbolo do progresso profissional, dos sonhos, das ambições e inovações. Apesar disso, a cidade que é o oposto da monotonia, ainda lida com a existência de espaços de trabalho repetitivos e maçantes em grande parte de suas edificações. A partir disso, surge o questionamento: estaria a arquitetura em descompasso com a imagem da cidade?  Como lidar com essa contradição?

O concurso “New York Vertical City Pro” organizado pelo Archmedium tinha como objetivo a elaboração de uma nova torre de uso misto em Nova Iorque, que deveria contar com escritórios, moradias temporárias, espaços culturais e de lazer. Os arquitetos deveriam solucionar uma pequena “cidade vertical” do século XXI.

Documentário apresenta o WTC Hub de Santiago Calatrava em Nova Iorque

Neste recente episódio da série Private View, a Nowness lançou um documentário curta-metragem sobre Santiago Calatrava. No filme, Calatrava discute sua visão como artista e arquiteto, além de seu processo criativo, com destaque para o projeto para o World Trade Center Transit Hub.

"Veja, o primeiro objetivo neste projeto era criar algo belo onde ocorrera algo tão feio', diz Calatrava no filme. "Criar algo otimista que vislumbra o futuro onde houve tanta tristeza e depressão". 

SeaGlass Carousel em Nova Iorque, pelas lentes de Danica O. Kus

Em sua mais recente série de fotografias, a fotógrafa de arquitetura Danica O. Kus direciona suas lentes para dentro do Carrossel SeaGlass de Nova Iorque, projetado pela WXY Architecture + Urban Design em parceria com o artista George Tsypin. Concluído em meados de 2015, o pavilhão em forma de náutilo, de 250 metros quadrados, tornou-se a nova atração em Battery Park, oferecendo aos visitantes uma experiência imersiva em LED e áudio inspirada em organismos bioluminescentes encontrados no fundo do oceano.

© Danica O. Kus © Danica O. Kus © Danica O. Kus © Danica O. Kus + 15

Por dentro do terminal de transporte WTC de Santiago Calatrava

© Michael Muraz
© Michael Muraz

O fotógrafo de arquitetura Michael Muraz compartilhou conosco algumas das primeiras imagens dos interiores do World Trade Center Transportation Hub, projeto de Santiago Calatrava em Nova Iorque que está prestes a ser concluído. Com inauguração prevista para este ano, a impressionante estrutura em forma de pássaro exibe um "Oculus" automatizado de 105 metros de comprimento - "uma fatia do céu de Nova Iorque que inunda o interior do terminal com luz natural, 18 metros abaixo no nível da rua."

Embora o projeto tenha sido criticado pelo grande atraso na construção e por ter extrapolado o orçamento inicial em US$ 2 bilhões (tornando-se o terminal de transporte mais caro do mundo), a obra concluída está atraindo os olhares do público e da crítica. Tire suas próprias conclusões a partir das imagens de Muraz mostradas a seguir.

© Michael Muraz © Michael Muraz © Michael Muraz © Michael Muraz + 10

Andrés Jaque filtra as águas de Nova Iorque com COSMO

A photo posted by Andrés Jaque (@andres_jaque) on

Recentemente, COSMO iniciou sua missão de filtrar mais de 42 mil galões de água em Nova Iorque durante o festival MoMA PS1's Summer Warm Up. 16ª instalação construída como parte do programa anual Young Architect's Program (YAP), COSMO é um purificador de água portátil projetado por Andrés Jaque / Office for Political Innovation para combater a crise de água potável no mundo e, ao mesmo tempo, servir de cenário para as festas do PS1.

Assista a uma entrevista com Jaque, a seguir.

Projeto Lowline de Nova Iorque lança campanha para criar o primeiro parque subterrâneo do mundo

O projeto Lowline de Nova Iorque, anunciado pela primeira vez em 2011 e reacendido ano passado, acaba de lançar uma campanha no Kickstarter para concretizar seu sonho de usar energia solar para "transformar um antigo terminal de bondes no primeiro parque subterrâneo do mundo". A proposta, que visa abrir o potencial dos espaços urbanos subterrâneos em desuso, pretende criar um espaço público verde e vibrante sob as ruas de Nova Iorque. Os idealizadores estão atualmente buscando financiamento para construir um laboratório de testes para o dispositivo de energia solar e uma exibição pública para apresentar suas ideias.

via Kickstarter via Kickstarter via Kickstarter via Kickstarter + 4

Vídeo: Renzo Piano revela a história por trás do Whitney Museum

Considerado o museu mais aguardado do século XXI, o novo Whitney Museum of American Art de Renzo Piano abriu oficialmente suas portas em maio após 30 anos de esforços para expandir sua capacidade. Uma situação improvável, Charlie Rose se reuniu com Piano e o diretor do museu, Adam Weinberg, para discutir a "extraordinária história" por trás da expansão e como o projeto incorpora - o que Piano acredita ser - sete elementos que representam a essência da arquitetura: vida social, urbanidade, invenção, construção, tecnologia, poesia e luz.

Assista, acima, ao resumo da conversa e acompanhe, a seguir, a discussão completa.

Renzo Piano é contratado para projetar sua primeira torre residencial nos EUA

De acordo com o New York Post, o arquiteto Renzo Piano foi contratado por Michael Shvo e Bizzi & Partners para projetar sua primeira torre residencial nos EUA. Previsto para ser construído no distrito do Soho, na região sul de Manhattan, o edifício de Piano terá aproximadamente 28 mil metros quadrados de área ocupada pelo programa residencial e atingirá quase 90 metros de altura. O projeto contará também com "garagens privativas" e um "estacionamento automatizado". Em breve publicaremos mais informações sobre o projeto, fique de olho.

Uma Nova Iorque que não existiu: Projetos de Gaudí, Gehry e Wright nunca construídos em Manhattan

Desde sua explosão vertical no final do século XIX e início do século XX, Manhattan se tornou um ícone da construção em todo o mundo, com estimativas recentes apontando mais de 47 mil edifícios construídos na ilha. No entanto, projetos concluídos são apenas a ponta do iceberg: Manhattan também é o lar de milhares de propostas renegadas, incompletas e absolutamente impossíveis que nunca chegaram a ser realizadas na "Grande Maçã".

Evidentemente, os desafios de Nova Iorque são muitos e mesmos arquitetos mundialmente renomados encontram dificuldades para construir na cidade. A seguir, veja três propostas de Antoni Gaudí, Frank Lloyd Wright e Frank Gehry para Nova Iorque que nunca saíram do papel.

Croqui do interior feito por Gaudí. Cortesia de 6sqft Desenhos de Frank Lloyd Wright para o proketo. Imagem © MoMA/Frank Lloyd Wright Foundation Desenhos de Frank Lloyd Wright para o proketo. Imagem © MoMA/Frank Lloyd Wright Foundation Modelo da proposta de Gehry que foi apresentado ao público. Imagem © Carter B. Horsley for The City Review + 8

HFZ Capital Group anuncia a construção do primeiro projeto residencial de David Chipperfield em Nova Iorque

A incorporadora HFZ Capital Group, com sede em Nova Iorque, anunciou recentemente o empreendimento "The Bryant" - primeiro projet residencial de David Chipperfield Architects em Nova Iorque - localizado na 16 West 40th Street. A proposta para o edifício de 32 pavimentos conta com um hotel nos níveis mais baixos e apartamentos de um a quatro quartos entre o 15° e o 32° pavimento, oferecendo aos moradores "a rara oportunidade de viver em uma nova construção próxima ao Bryant Park, que foi completamente restaurado."

Divulgadas as primeiras imagens da torre W57 do BIG em Nova Iorque

A página Field Condition publicou um tour fotográfico pelo primeiro projeto do BIG em Nova Iorque: o West 57th Street, ou simplesmente W57. A torre de 32 pavimentos e 709 unidades é um híbrido de bloco europeu com pátio interno e arranha-céu nova-iorquino. Sua forma tetraédrica, "nascida da lógica", foi projetada para proporcionar a todos os habitantes da Torre Norte vistas para o Rio Hudson, ao passo que também permite que a luz do sol penetre no espaço interno do edifício. Veja mais imagens do projeto, a seguir.

Esquina sudeste do W57 (esquerda) e Helena (direita) a partir da West 57th Street. Imagem © Field Condition © Field Condition Vista para o sul a partir do topo da estrutura. Imagem © Field Condition Esquina nordeste do West 58th Street. Imagem © Field Condition + 7

8 arranha-céus Art Déco por Ralph Thomas Walker

Nenhum arquiteto desempenhou um papel tão importante na definição do skyline de Manhattan no século XX como o Ralph Thomas Walker, vencedor da AIA Centennial Gold Medal e apelidado pelo New York Times de "Arquiteto de Século". [1] Mas um escândalo envolvendo alegações de contratos roubados por um funcionário de seu escritório precipitou sua retirada do mundo da arquitetura e sua queda a um relativo anonimato. Apenas recentemente sua prolífica carreira foi reexaminada e seu trabalho se tornou tema de uma exposição na Walker Tower em 2012.

O One Wall Street Ocupa um dos terrenos mais valiosos do mundo. Cortesia de Wikipedia. Imagem  AT&T Long Distance Building em Nova Iorque, NY. Imagem © Wikipedia user Jim Henderson 60 Hudson Street, antigo edifício Western Union, se tornou um dos hubs de internet mais importantes do leste dos EUA. Imagem © Wikipedia user Beyond my Ken Times Square Building em Rochester, New York. Imagem © Wikipedia user Marduk + 12

Cinco jardins abertos marcam a fachada da nova torre residencial de Perkins+Will em Manhattan

© Perkins+Will / MIR
© Perkins+Will / MIR

A proposta para a torre residencial na East 37th Street, em Nova Iorque, projetada pelo escritório Perkins+Will, foi finalmente divulgada. Exibida ao público pela primeira vez em Cannes, França, durante o MIPIM, onde recebeu o "Future Projects Award", a torre de 210 metros de altura ostenta uma fachada reluzente e angular organizada por cinco núcleos de serviços compartilhados e jardins abertos.

Saiba mais sobre o projeto de Perkins+Will a seguir.

Vídeo: Projeto "Dry Line" do BIG para Manhattan

Uma proposta para proteger Manhattan de futuras tempestades, o projeto "Dry Line" do escritório Bjarke Ingels Group (BIG) pretende criar uma barreira contínua em torno de Manhattan, transformando espaços costeiros subutilizados em um "cinturão protetor" de parques e equipamentos públicos. Embora ambicioso, esse projeto não é impossível; ele foi selecionado como um dos seis vencedores do concurso Rebuild by Design que buscava soluções para proteger a orla de Nova Iorque.