5 Motivos para as cidades incluírem as árvores nas ações pelo clima

Cidades e comunidades no mundo todo estão avançando para reduzir as emissões de gases do efeito estufa (GEE) e prevenir os impactos mais perigosos das mudanças climáticas. Em geral, as estratégias focam na redução de emissões em setores como transportes, energia, habitação e resíduos. Mas existe outro setor que muitas comunidades têm subestimado em seus planos climáticos: árvores e florestas.

5 Motivos para as cidades incluírem as árvores nas ações pelo clima5 Motivos para as cidades incluírem as árvores nas ações pelo clima5 Motivos para as cidades incluírem as árvores nas ações pelo clima5 Motivos para as cidades incluírem as árvores nas ações pelo clima+ 5

Praça Sóller / BARRIO PERAIRE Arquitectes

Praça Sóller / BARRIO PERAIRE ArquitectesPraça Sóller / BARRIO PERAIRE ArquitectesPraça Sóller / BARRIO PERAIRE ArquitectesPraça Sóller / BARRIO PERAIRE Arquitectes+ 41

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  201800
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Arqteria, Construcciones Casado, ESAN Pavimentos, ESCOFET, Egoin, +7

Residência Emei Gaoqiao / Super Normal Design

Residência Emei Gaoqiao / Super Normal DesignResidência Emei Gaoqiao / Super Normal DesignResidência Emei Gaoqiao / Super Normal DesignResidência Emei Gaoqiao / Super Normal Design+ 40

Emeishan, China
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  820
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020

Como o Japão usa os hotéis cápsula para combinar funcionalidade e sofisticação

O hotel cápsula é tipicamente representativo quando se pensa no Japão, combinando o uso denso do espaço, engenhosidade técnica e uma vibração futurista. Os hotéis cápsula são um dos tipos de hospedagem mais conhecidos e exclusivos no país. Normalmente localizados em torno dos principais centros de transporte público em grandes cidades metropolitanas, eles têm como alvo indivíduos que procuram estadia de uma noite e de baixo custo.

Como o Japão usa os hotéis cápsula para combinar funcionalidade e sofisticação Como o Japão usa os hotéis cápsula para combinar funcionalidade e sofisticação Como o Japão usa os hotéis cápsula para combinar funcionalidade e sofisticação Como o Japão usa os hotéis cápsula para combinar funcionalidade e sofisticação + 22

Cafeteria Pejaten / Arti Design Studio

Cafeteria Pejaten / Arti Design StudioCafeteria Pejaten / Arti Design StudioCafeteria Pejaten / Arti Design StudioCafeteria Pejaten / Arti Design Studio+ 28

  • Arquitetos: Arti Design Studio
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  250
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Asahimas, BATA GAPIT, Dekson, Ha Wood, Tmac, +1

Casa Cânhamo / Bach Mühle Fuchs + Ljubica Arsić

Casa Cânhamo  / Bach Mühle Fuchs + Ljubica ArsićCasa Cânhamo  / Bach Mühle Fuchs + Ljubica ArsićCasa Cânhamo  / Bach Mühle Fuchs + Ljubica ArsićCasa Cânhamo  / Bach Mühle Fuchs + Ljubica Arsić+ 24

Bliznak, Sérvia

Descanso e contemplação: 21 projetos no México que usam redes para definir os espaços

Um dos elementos não fixos mais representativos das zonas tropicais do México são as redes, pois elas fazem parte da história e da vida cotidiana, representando uma importante peça de mobiliário nas casas. Embora seja verdade que a rede não é originária do México, especula-se que possa ter chegado ao país pela Península de Yucatan e foi adotada em todo o sudeste em áreas cuja temperatura e umidade exigem uma espécie de cama flutuante. No caso da região maia, as redes eram inicialmente feitas de casca de árvore Hamack. Mais tarde, tanto na região mexicana quanto no resto da América Central, a planta de sisal, com fibras mais macias e elásticas, começou a ser utilizada.

Conviver na Amazônia no século XXI: guia de planejamento e desenho urbano para as cidades da floresta peruana

Dirigindo-se ao universo da maior floresta tropical do mundo, o livro "Convivir en la Amazonía en el Siglo XXI: Guía de Planificación y Diseño Urbano para las ciudades en la selva baja peruana" ( em português, "Conviver na Amazônia do Século XXI: Guia de planejamento e desenho urbano para as cidades da selva baixa peruana"), foi selecionado como finalista na categoria de publicações da XII Bienal Iberoamericana de Arquitetura e Urbanismo. A edição, publicada em 2019 como parte das Publicações de Arquitetura PUCP, no âmbito do projeto CASA [Ciudades Auto-Sostenibles Amazónicas] da iniciativa Ciudades Resilientes al Clima do IDRC, FFLA e CDKN, concentra suas pesquisas no departamento de Loreto, apresentando-se como "um guia para arquitetura e desenho urbano, para assentamentos na floresta amazônica, incluindo os processos sociais a serem considerados".

Conviver na Amazônia no século XXI: guia de planejamento e desenho urbano para as cidades da floresta peruanaConviver na Amazônia no século XXI: guia de planejamento e desenho urbano para as cidades da floresta peruanaConviver na Amazônia no século XXI: guia de planejamento e desenho urbano para as cidades da floresta peruanaConviver na Amazônia no século XXI: guia de planejamento e desenho urbano para as cidades da floresta peruana+ 7

Casa Vila Madalena / Mandril Arquitetura

Casa Vila Madalena / Mandril ArquiteturaCasa Vila Madalena / Mandril ArquiteturaCasa Vila Madalena / Mandril ArquiteturaCasa Vila Madalena / Mandril Arquitetura+ 26

São Paulo, Brasil
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  250
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Agury Tec, Cecilia Dale, Cerlem Revestimentos, Ceusa, Clami, +15

Atelier SZ / Anil Atelier

Atelier SZ / Anil AtelierAtelier SZ / Anil AtelierAtelier SZ / Anil AtelierAtelier SZ / Anil Atelier+ 17

  • Arquitetos: Anil Atelier
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  100
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  De Carli Selected Stones, Divisa Brasil, Reflexa Cortinas e Persianas, Schwalm Decorações, Tarkett

Grupo Tagwató Imarangatu e Associação Cânions Paulistas projetam Centro Cultural Indígena em Barão de Antonina

O grupo Tagwató Imarangatu (Gavião Sagrado) e a Associação Cânions Paulistas desenvolveram o projeto de arquitetura para um Centro Cultural Indígena, que pretende ser um dos principais marcos da história e identidade Tupi-Guarani no Sudoeste Paulista. Situada em Barão de Antonina, a aldeia Txondaros Tekoa Mbaé foi reconhecida e delimitada como território indígena pela Funai em 2011, fazendo parte de um importante e necessário processo de retomada das terras ocupadas originalmente pelos povos indígenas.

Grupo Tagwató Imarangatu e Associação Cânions Paulistas projetam Centro Cultural Indígena em Barão de AntoninaGrupo Tagwató Imarangatu e Associação Cânions Paulistas projetam Centro Cultural Indígena em Barão de AntoninaGrupo Tagwató Imarangatu e Associação Cânions Paulistas projetam Centro Cultural Indígena em Barão de AntoninaGrupo Tagwató Imarangatu e Associação Cânions Paulistas projetam Centro Cultural Indígena em Barão de Antonina+ 25

Tecnologia, BIM e práticas sustentáveis: 60 anos de aflalo/gasperini arquitetos

Em um novo episódio de entrevistas, o Arquicast conversa com um dos escritórios mais renomados e consolidados da arquitetura brasileira. Em 2022, aflalo/gasperini arquitetos comemoram 60 anos de uma prática que acompanhou a evolução arquitetônica nacional. A preocupação com o empenho em edificações é parte essencial do trabalho desenvolvido, bem como a busca pelo uso da mais avançada tecnologia disponível para uma prática sustentável, tudo isso, comprovado por edifícios mais antigos que ganharam certificações internacionais.

Tecnologia, BIM e práticas sustentáveis: 60 anos de aflalo/gasperini arquitetosTecnologia, BIM e práticas sustentáveis: 60 anos de aflalo/gasperini arquitetosTecnologia, BIM e práticas sustentáveis: 60 anos de aflalo/gasperini arquitetosTecnologia, BIM e práticas sustentáveis: 60 anos de aflalo/gasperini arquitetos+ 6

Apartamento Santana / Degradê Arquitetura

Apartamento Santana / Degradê ArquiteturaApartamento Santana / Degradê ArquiteturaApartamento Santana / Degradê ArquiteturaApartamento Santana / Degradê Arquitetura+ 24

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  68
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  By Kamy, Casa da Cortiça, Deca, Differenza Revestimentos, Estar Móveis, +13

Ampliação da Escola Weissenstein e Ginásio de Esportes / Ernst Niklaus Fausch Partner

Ampliação da Escola Weissenstein e Ginásio de Esportes / Ernst Niklaus Fausch PartnerAmpliação da Escola Weissenstein e Ginásio de Esportes / Ernst Niklaus Fausch PartnerAmpliação da Escola Weissenstein e Ginásio de Esportes / Ernst Niklaus Fausch PartnerAmpliação da Escola Weissenstein e Ginásio de Esportes / Ernst Niklaus Fausch Partner+ 37

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  5670
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  ComputerWorks, Embru-Werke, FACO Systeme, Geze Schweiz, Novex, +3

Quando a arquitetura embarcou na era dourada da aviação

Ilustração TWA. Imagem © Domínio público, via Wikimedia Commons
Ilustração TWA. Imagem © Domínio público, via Wikimedia Commons

Quando os primeiros aviões comerciais decolaram, o mesmo aconteceu com a arquitetura. Como muitos outros momentos de avanço tecnológico, o fascínio por voar pelos céus foi uma forte influência para os movimentos de design dos últimos cinquenta anos. Não apenas em termos de como projetamos aeroportos e pensamos na experiência dos passageiros das companhias aéreas, mas na estética da aviação, e como os tecidos, texturas e detalhes sofisticados influenciariam nossas vidas no solo.

Casa da Ponte / Kister Architects

Casa da Ponte / Kister ArchitectsCasa da Ponte / Kister ArchitectsCasa da Ponte / Kister ArchitectsCasa da Ponte / Kister Architects+ 33

  • Arquitetos: Kister Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  375
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2021
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  AWL, Anthony Lynch, Artedomus, Bellevue Architectural, Byzantine, +23

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.