1. ArchDaily
  2. Housing

Housing: O mais recente de arquitetura e notícia

Blocos Habitacionais Puukuokka / OOPEAA

Blocos Habitacionais Puukuokka / OOPEAABlocos Habitacionais Puukuokka / OOPEAABlocos Habitacionais Puukuokka / OOPEAABlocos Habitacionais Puukuokka / OOPEAA+ 47

Jyväskylä, Finlândia
  • Arquitetos: OOPEAA; OOPEAA, Juha Pakkala (construction stage),
 Iida Hedberg (design process stage), Jussi-Pekka Vesala (master plan stage)
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  18650
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2015
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Kone, Lumon, Parmarine, Profin, Siparila, +1

Vídeo: Habitação através dos séculos

Da casa Cobb à primeira residência feita a partir de impressão 3D, essa breve animação ilustra a história da habitação de 25.000 a.C até os dias de hoje. Produzido por Jackie Lay e publicado originalmente no The Atlantic, veja no vídeo acima a evolução dos espaços de morar através dos séculos.

Quatro Casas / SHAPE Architecture

Quatro Casas / SHAPE ArchitectureQuatro Casas / SHAPE ArchitectureQuatro Casas / SHAPE ArchitectureQuatro Casas / SHAPE Architecture+ 19

Quatro passos para solucionar o déficit mundial de habitação acessível

Projeto Mirador do MVRDV na Espanha se alinha às metas de McKinsey para habitações aessíveis. Imagem © Flickr User Wojtek Gurak; Licenciado via Creative Commons
Projeto Mirador do MVRDV na Espanha se alinha às metas de McKinsey para habitações aessíveis. Imagem © Flickr User Wojtek Gurak; Licenciado via Creative Commons

De acordo com a empresa de consultoria global McKinsey & Company, o custo estimado da construção de habitações acessíveis para 330 milhões de famílias em todo o mundo que vivem hoje em moradias abaixo do padrão mínimo é de US$ 16 trilhões. O mais relatório mais recente da empresa, A Blueprint for Addressing the Global Affordable Housing Challenge, aborda meios críticos de proporcionar habitação para famílias de diversos contextos sócio-econômicos e nacionalidades. Segundo o relatório, uma habitação adequada e acessível poderia ser garantida para mais de 1,6 bilhões de pessoas dentro de uma década. O estudo examina tudo, da renda ao custo do aquecimento, diluindo os dados em quatro pontos para solucionar a crise global de habitação.

A solução proposta apresenta metas ascendentes, similar à hierarquia de necessidades de Maslow, com um plano em quatro etapas voltado para famílias que ganham 80% ou menos da renda média de qualquer região. O programa foi concebido para responder ao 2025 Housing Challenge da McKinsey, que busca garantir moradia para 440 milhões de famílias de todo o mundo em dez anos através do engajamento comunitário, angariamento de fundos, desenvolvimento de modelos habitacionais adequados, e da criação de infraestrutura estatal de apoio às habitações.

Saiba mais sobre os quatro passos para solucionar o déficit mundial de habitação acessível, a seguir.

TED Talk: Como reinventar o edifício de apartamentos / Moshe Safdie

Quase 50 anos após projetar o Habitat ’67, num momento em que a necessidade de habitação acessível e de qualidade continua em alta, Moshe Safdie está expandindo suas ideias desenvolvidas no utópico projeto em Montreal para descobrir como a luz natural e a sensação de abertura podem ser alcançadas nas megalópoles de hoje em dia. Assista a Safdie argumentar contra os edifícios em altura no TED Talk acima.

CEMEX divulga os finalistas internacionais do XXIII Building Awards

A CEMEX divulgou os finalistas internacionais do XXIII Building Awards, que tem como objetivo reconhecer internacionalmente os melhores projetos de arquitetura e construções. Divididos em três categorias, os prêmios abrangem projetos habitacionais, institucionais/industriais e de infraestrutura de grande escala, construídos no ano de 2013 e que se destacam por suas soluções construtivas, estética e técnicas inovadoras.

Os vencedores dos prêmios internacional e nacional serão anunciados no dia 05 de novembro. Conheça a seguir os finalistas internacionais e veja os finalistas nacionais (mexicanos) do XXIII Building Awards aqui.

Concluído o grande mercado coberto do MVRDV em Roterdã

© Nico Saieh
© Nico Saieh

Com sede em Roterdã, o escritório MVRDV acaba de concluir o primeiro mercado coberto dos Países Baixos: o Markhal Rotterdam. Diferentemente de outros mercados no mundo, o Markhal é um híbrido urbano que combina um átrio comercial com unidades de habitação.

No núcleo vazio do edifício residencial de 228 unidades em forma de "ferradura" se encontra um grande mercado público de 40 metros de comprimento, abrigando 96 quiosques de alimentos frescos, 8 restaurantes e um supermercado. Murais coloridos cobrem o arco interno, que apresenta pequenas aberturas que se voltam para o interior e para a maior fachada de vidro estruturada por cabos da Europa.

Esse sentido de transparência e abertura era essencial, já que o Markhal é um edifício que busca ajudar a revigorar a área de Laurenskwartier, atraindo milhares de visitantes todos os anos.

Dê uma olhada nas fotos do edifício, a seguir.

Concluído o grande mercado coberto do MVRDV em RoterdãConcluído o grande mercado coberto do MVRDV em RoterdãConcluído o grande mercado coberto do MVRDV em RoterdãConcluído o grande mercado coberto do MVRDV em Roterdã+ 32

11 moradias em Murtal / ARX Portugal

11 moradias em Murtal / ARX Portugal11 moradias em Murtal / ARX Portugal11 moradias em Murtal / ARX Portugal11 moradias em Murtal / ARX Portugal+ 33

  • Arquitetos: ARX Portugal; ARX
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2004

Complexo Comercial Hangzhou Duolan / BAU Brearley Architects + Urbanists

Complexo Comercial Hangzhou Duolan / BAU Brearley Architects + UrbanistsComplexo Comercial Hangzhou Duolan / BAU Brearley Architects + UrbanistsComplexo Comercial Hangzhou Duolan / BAU Brearley Architects + UrbanistsComplexo Comercial Hangzhou Duolan / BAU Brearley Architects + Urbanists+ 14

Organização Make It Right divulga 5 novos projetos habitacionais na Reserva Fort Peck

Make It Right, a organização fundada por Brad Pitt que tem como objetivo proporcionar moradia para aqueles que necessitam, divulgou 5 projetos de sua iniciativa na Reserva Indígena Fort Peck, no estado de Montana, EUA. Os projetos - de GRAFT, Sustainable Native Communities Collaborative, Architecture for Humanity, Method Homes e Living Homes - são inspirados em princípios biomiméticos, terão classificação LEED Platina e foram concebidos através de consultas com as tribos Sioux e Assiniboine que habitam Fort Peck.

A organização planeja construir 20 novas casas na reserva, além de desenvolver um masterplan sustentável para toda a área; o início da construção está previsto para o final deste ano.

Mais sobre a iniciativa de Make It Right para o Fort Peck, a seguir.

Organização Make It Right divulga 5 novos projetos habitacionais na Reserva Fort PeckOrganização Make It Right divulga 5 novos projetos habitacionais na Reserva Fort PeckOrganização Make It Right divulga 5 novos projetos habitacionais na Reserva Fort PeckOrganização Make It Right divulga 5 novos projetos habitacionais na Reserva Fort Peck+ 5

Tammo Prinz Architects propõe uma torre modular de concreto em Lima

O projeto do escritório Tammo Prinz para uma competição que tinha como objetivo a construção de uma nova torre residencial em Lima, Peru, propõe o uso de sólidos geométricos para gerar uma combinação dramática de espaços internos e externos.

A estrutura em dodecaedros de concreto define a forma do projeto, ao passo que volumes cúbicos menores são estrategicamente colocados, gerando áreas de estar externas. A relação entre estas qualidades espaciais, interna e externa, revela uma série de espaços únicos que podem ser usados como extensões das áreas internas.

Edifício Residencial Zug Schleife / Valerio Olgiati

Edifício Residencial Zug Schleife / Valerio OlgiatiEdifício Residencial Zug Schleife / Valerio OlgiatiEdifício Residencial Zug Schleife / Valerio OlgiatiEdifício Residencial Zug Schleife / Valerio Olgiati+ 16

  • Arquitetos: Valerio Olgiati; Valerio Olgiati
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  13100
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2012

Residência Estudantil / Lacroix Chessex

Residência Estudantil / Lacroix ChessexResidência Estudantil / Lacroix ChessexResidência Estudantil / Lacroix ChessexResidência Estudantil / Lacroix Chessex+ 43

18 habitações sociais em Iznajar / Gabriel Verd Arquitectos

18 habitações sociais em Iznajar / Gabriel Verd Arquitectos18 habitações sociais em Iznajar / Gabriel Verd Arquitectos18 habitações sociais em Iznajar / Gabriel Verd Arquitectos18 habitações sociais em Iznajar / Gabriel Verd Arquitectos+ 20

Comunidade Sweetwater Spectrum / LMS Architects

Comunidade Sweetwater Spectrum / LMS ArchitectsComunidade Sweetwater Spectrum / LMS ArchitectsComunidade Sweetwater Spectrum / LMS ArchitectsComunidade Sweetwater Spectrum / LMS Architects+ 28

DMAA vence competição para Complexo Cultural em Munique

O escritório vienense Delugan Meissl Associated Architects (DMAA) foi escolhido como vencedor da competição para um complexo cultural de uso misto em Munique. Apelidado de Hanns Seidel Platz, o complexo de 40.500 m² contará com uma torre residencial de 160 unidades, espaços para escritórios, um centro cívico, uma sala para concertos e uma grande praça pública para o distrito de Neuperlach.

Esta proposta foi desenvolvida em colaboração com o escritório de arquitetura Wimmer un Partner. A conclusão está prevista para 2019.

Divulgado o arranha-céu de Herzog & de Meuron para o empreendimento no New Canary Wharf

A empresa londrina Allies and Morrison apresentou o planejamento para uma área de 9.23 hectares de uso misto a ser desenvolvida ao leste do Canary Wharf em Londres. Apelidado de Wood Wharf (cais de madeira), o novo bairro irá incluir mais de 3.000 casas, 240 mil metros quadrados de espaços de comércio, 100 lojas de varejo, hotelaria e outros programas – tudo conectado por uma rede de 3.6 hectares de espaços públicos.

O arranha-céu cilíndrico de 56 andares projetado por Herzog & de Meuron será um dos três edifícios residenciais previstos para a primeira fase do programa, concebido em colaboração com Stanton Williams. Allies and Morrison, a empresa que fez a revisão do plano diretor para Canary Wharf Group irá projetar os primeiros dois blocos de escritórios direcionados para empresas de base tecnológica.

Rua MacKenzie 33 / Elenberg Fraser

© Peter Clarke
© Peter Clarke

Rua MacKenzie 33 / Elenberg FraserRua MacKenzie 33 / Elenberg FraserRua MacKenzie 33 / Elenberg FraserRua MacKenzie 33 / Elenberg Fraser+ 34