O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Habitação Coletiva
  4. Estados Unidos
  5. Leddy Maytum Stacy Architects
  6. 2013
  7. Comunidade Sweetwater Spectrum / LMS Architects

Comunidade Sweetwater Spectrum / LMS Architects

  • 10:00 - 18 Janeiro, 2014
  • Traduzido por Isabela Costa
Comunidade Sweetwater Spectrum / LMS Architects
Comunidade Sweetwater Spectrum / LMS Architects, © Tim Griffith
© Tim Griffith

© Tim Griffith © Tim Griffith © Tim Griffith © Tim Griffith + 28

  • Arquitetos

  • Localização

    Sonoma, CA 95476, EUA
  • Equipe de Projeto

    Marsha Maytum, Bill Leddy, Christopher May, Gregg Novicoff, Vanna Whitney, Claudia Merzario, Andrew Hamblin
  • Empreitera

    Midstate Construction
  • Paisagismo

    Roche + Roche Landscape Architecture
  • Estrutura

    Structural Design Group
  • Ano do projeto

    2013
  • Fotografias

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Descrição enviada pela equipe de projeto. Sweetwater Spectrum é um novo modelo nacional de habitação de apoio para adultos com autismo, oferecendo um modo de vida com propósito e dignidade. Projetado por Leddy Maytum Stacy Architects, o lote de 2.8 acres fornece um lar permanente para 16 adultos e sua equipe de apoio. As quatro casas com quatro dormitórios cada têm aproximadamente 300 m², incluindo as áreas comuns, bem como um dormitório e um banheiro para cada morador. Sweetwater Spectrum também incorpora um centro comunitário de cerca de 215 metros quadrados com espaços para exercícios / atividades e uma cozinha de ensino, uma grande piscina terapêutica e spas, além de uma fazenda urbana, pomar, e estufa.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

O autismo é a incapacidade de desenvolvimento de mais rápido crescimento nos Estados Unidos, afetando 1 em 88 crianças. Na próxima década, até 500.000 crianças com autismo vão atingir a idade adulta, mas existem poucas opções residenciais para eles. Em 2009, um grupo de famílias com crianças autistas, profissionais de autismo, e líderes de comunidade fundaram a organização sem fins lucrativos Sweetwater Spectrum para criar habitações de alta qualidade e de longo prazo para adultos com autismo de uma forma que possa ser replicado em todo o país. A nova comunidade é projetada para lidar com toda a gama de necessidades de indivíduos com transtornos do espectro do autismo, maximizar o desenvolvimento e independência dos moradores.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

A parcela no meio da quadra anteriormente subdesenvolvido fica a poucos quarteirões do histórico Sonoma Town Square, perto das linhas de transporte público e de trilhas de bicicletas. A nova comunidade tinha que ser segura para os moradores e funcionários e também proporcionar o envolvimento adequado com a vizinhança e a comunidade por meio de atividades de voluntariado e projetos de extensão.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

O projeto baseou-se em diretrizes de projeto guiadas por evidências para a criação de habitação para adultos com autismo, como identificado em uma pesquisa realizada pela Arizona State University Stardust Center e a Escola de Arquitetura. A segurança é fundamental, e, materiais duráveis e ​​sadios​​são usados ​​por toda parte. Os indivíduos podem personalizar seus espaços pessoais para acomodar as suas preferências e necessidades específicas. As principais estratégias do projeto incluíram o seguinte:

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Legibilidade: A organização espacial simples e consistente fornece limiares de transição claramente definidas entre o público, o semi-público, o semi-privado, e os espaços privados.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Hierarquia Experiencial: O projeto oferece uma hierarquia experiencial em camadas ou "aninhada", começando com o dormitório individual; expandindo para uma ala residencial, com dois dormitórios e, em seguida, para a casa com quatro moradores, expandindo para fora, para o sub-bairro de duas habitações, o centro comunitário e áreas comuns, e as outras duas casas, e então, finalmente, se estende até a comunidade em geral.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Visualização e retiro: Moradores têm a oportunidade de visualizar espaços e atividades, e eles podem acessar os locais de refúgio para encontrarem silêncio e calmaria.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Previsibilidade: Todas as quatro casas são semelhantes no design para que os moradores se sintam confortáveis em ​​visitar um ao outro ou se mudar para uma casa diferente no lote.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Espaços serenos: Todos os espaços foram projetados para reduzir o estimulo sensorial e para proporcionar um ambiente sereno. As formas são familiares, cores e acabamentos são subjugados, e a iluminação é em sua maioria indireta.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

A gama de estratégias de desenho universal simples permite acomodações generosas e igualdade de acessos para todas as idades e habilidades. Houve um cuidado especial com a seleção dos materiais e sistemas de construção para promover a qualidade saudável do ar interno, controle acústico e sistemas de HVAC super-eficientes e confortáveis​​. Um vez que ventiladores de teto pode ser um estímulo negativo para as pessoas do espectro do autismo, uma laje radiante acomoda ambos sistemas de refrigeração e aquecimento, e é usada com um sistema de ventilação de baixa velocidade.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Sempre com a intenção de atender aos padrões U.S. Green Building Council LEED Gold, o projeto também é PG&E Zero Net Energy Pilot Project e é projetado para produzir no local toda a energia necessária para operar os edifícios.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

O local foi projetado para maximizar a orientação solar passiva, luz do dia, e ventilação natural. Todos os edifícios incorporam painéis solares fotovoltaicos e de água quente solar. Outras estratégias de economia de energia incluem o isolamento de alto valor-R em paredes e telhados; janelas com isolamento de alta performance, telhados "frios" com baixa-reflexividade; claraboias de tubos solares em salas interiores, controle de sol, quando necessário, com saliências, treliças, e brises operáveis; bombas de aquecimento ar-para-água de alta eficiência; luminárias eficientes em termos energéticos; aparelhos Energy Star; cooktops por indução e um sistema de gestão do edifício. No geral, estas estratégias melhoram o desempenho energético em 30% mais que as necessidades energéticas de California 24 Title .

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Encanamentos de baixo fluxo em todo o perímetro reduzir o consumo de água. Um poço no local foi perfurado para abastecer de água a todos os sistemas de irrigação do local, incluindo o paisagismo do local, a fazenda orgânica e pomares. Plantas tolerantes à seca minimizam as necessidades de irrigação, e pavimentação permeável e bioswales gerem as águas pluviais.

© Tim Griffith
© Tim Griffith

Outros aspectos sustentáveis ​​incluem materiais renováveis ​​de construção, baixo-VOC e materiais e acabamentos não tóxicos, bem como a reciclagem dos resíduos de construção.

Planta Pavimento Térreo
Planta Pavimento Térreo
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Comunidade Sweetwater Spectrum / LMS Architects" [Sweetwater Spectrum Community / LMS Architects] 18 Jan 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Costa, Isabela) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/169110/comunidade-sweetwater-spectrum-slash-lms-architects> ISSN 0719-8906