1. ArchDaily
  2. Eduardo Longo

Eduardo Longo: O mais recente de arquitetura e notícia

As residências de Eduardo Longo: utopia e experimentação

Descrever a obra de um arquiteto é, por vezes, um trabalho árduo. Pontuar a produção pelos diferentes quesitos a qual o conjunto está atrelado é sujeito a categorizações no quadro contextual inserido. No caso de Eduardo Longo, parece haver distinção a este aspecto, uma vez que o trabalho do arquiteto apresenta certa negação aos princípios presentes na época na busca por experimentações. Ingressando em 1961 na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, deparou-se com um momento particular da arquitetura brasileira: a formação da chamada “Escola Paulista” e também junto a instabilidade no quadro político nacional, pelo processo inicial da ditadura militar no Brasil e construção da capital do país.

Enquanto estudante, afastou-se dos cânones da Escola Paulista na busca de experimentação e desenvolvimento de novas discussões. É neste cenário que, no quarto ano da academia, Longo desenha a Casa de praia Mar Casado, projeto destinado a seus tios e altamente criticado pelo corpo docente e estudantes, decorrente da “forma independente de interpretar a arquitetura” [1] e conformação estrutural – que incorporava um desenho não ortogonal, com ângulos agudos e obtusos junto à cobertura multifacetada –, não se adequando ao brutalismo paulista. Mesmo em meio às críticas, o projeto viria a ser construído e receber reconhecimento por sua relevância pelo crítico de arte Pietro Maria Bardi em 1967, na Revista Domus em 1968 e instituído ao livro de Yves Bruand em 1981 [2].

Clássicos da Arquitetura: Seis Casas de Arquiteto

Relembre as seis residências de arquiteto que publicamos nas últimas semanas.

Os Clássicos mais vistos de 2014

Confira quais foram os Clássicos da Arquitetura Brasileira mais vistos de 2014.

Palestra com Eduardo Longo no Studio-X Rio

Nesta terça-feira, 23 de setembro, o Studio-X Rio recebe o arquiteto Eduardo Longo para uma palestra sobre sua trajetória profissional. Amplamente conhecido pelo projeto da Casa Bola - descrita por Rem Koolhaas como "uma das experiências arquitetônicas mais fortes da minha vida" - o arquiteto paulista soma cinquenta anos de uma carreira particular, alimentada pela investigação e pelo desafio aos limites da profissão.

VISITA GUIADA: Casa-Bola de Eduardo Longo

Exposição audiovisual sobre a Casa Bola, de Eduardo Longo, construída na década de 70, no Jardim Europa. Com diâmetro de 8 metros, a casa de ferro-cimento serviu como o protótipo para uma produção em série. Moradia do próprio arquiteto, é um contínuo campo de experimentação até hoje e representa um exemplo de radicalidade na arquitetura brasileira.

X Bienal de Arquitetura de São Paulo no MCB apresenta exposições que promovem o debate sobre os modos de habitar

Em sua 10ª edição, a Bienal de Arquitetura de São Paulo ocupa uma rede de espaços culturais para discutir questões urbanísticas sob o tema “Cidade: modos de fazer, modos de usar". O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, integrará o sistema expositivo conectado por meio do transporte público, com programação que promove o debate sobre os modos de habitar.