1. ArchDaily
  2. Luz natural

Luz natural: O mais recente de arquitetura e notícia

Analisando a Casa Batlló de Antoni Gaudí a partir da neuroarquitetura

A Casa Batlló, localizada na icônica Passeig de Gràcia em Barcelona, Espanha, é uma obra-prima arquitetônica que materializa uma síntese entre criatividade, inovação e a profunda conexão do arquiteto Antoni Gaudí com a natureza. Construída entre 1904 e 1906, essa residência é uma atração turística da cidade e uma contribuição importante para a história da arquitetura. Aqui, analisaremos a Casa Batlló a partir de conceitos envolvidos no campo da neuroarquitetura.

Analisando a Casa Batlló de Antoni Gaudí a partir da neuroarquitetura - Image 1 of 4Analisando a Casa Batlló de Antoni Gaudí a partir da neuroarquitetura - Image 2 of 4Analisando a Casa Batlló de Antoni Gaudí a partir da neuroarquitetura - Image 3 of 4Analisando a Casa Batlló de Antoni Gaudí a partir da neuroarquitetura - Image 4 of 4Analisando a Casa Batlló de Antoni Gaudí a partir da neuroarquitetura - Mais Imagens+ 1

Foster + Partners começa obras da sede da BENCH em Manila

O projeto da Foster + Partners para a BENCH, uma das maiores marcas de roupas das Filipinas, começou a ser construído em Manila. O edifício de 24 pavimentos abrigará escritórios, estúdios de design, espaços para eventos e todas os equipamentos necessários para criar um ambiente agradável para os funcionários da empresa, afirmam os arquitetos. Localizado no eixo leste-oeste da Bonifacio Global City, o edifício se abre no térreo para criar uma conexão visual com o espaço verde do entorno.

Foster + Partners começa obras da sede da BENCH em Manila - Image 1 of 4Foster + Partners começa obras da sede da BENCH em Manila - Image 2 of 4Foster + Partners começa obras da sede da BENCH em Manila - Image 3 of 4Foster + Partners começa obras da sede da BENCH em Manila - Image 4 of 4Foster + Partners começa obras da sede da BENCH em Manila - Mais Imagens

Fachadas envidraçadas: aumentando o acesso à luz natural com superfícies transparentes

A luz do sol tem sido parte integrante da vida desde que o sol e a terra começaram sua dança. O bem-estar proporcionado pela luz natural é um tema recorrente na cultura humana, percorrendo a música popular, a moda, a fotografia e até os nossos ambientes mais luxuosos.

Mas o desejo de nossos corpos pela luz solar é mais do que apenas um sentimento. Pesquisas científicas provaram que ela ajuda nosso corpo a produzir mais melatonina, que ajuda a dormir e reduz o estresse, que a vitamina D melhora a imunidade e fortalece os ossos, e a serotonina combate a depressão. Além de nos ajudar a levar vidas mais saudáveis e felizes, as pesquisas sugerem que o sol também nos ajuda a viver durante mais tempo.

Fachadas envidraçadas: aumentando o acesso à luz natural com superfícies transparentes - Image 1 of 4Fachadas envidraçadas: aumentando o acesso à luz natural com superfícies transparentes - Image 2 of 4Fachadas envidraçadas: aumentando o acesso à luz natural com superfícies transparentes - Image 3 of 4Fachadas envidraçadas: aumentando o acesso à luz natural com superfícies transparentes - Image 4 of 4Fachadas envidraçadas: aumentando o acesso à luz natural com superfícies transparentes - Mais Imagens+ 23

Circadia: "A luz na arquitetura deve nos acompanhar para promover um equilíbrio físico e emocional"

A história da luz experimentou várias mudanças ao longo dos séculos, sua relação intrínseca com a própria arquitetura desencadeou manifestações e críticas. Além de servir como ferramenta para iluminar o mundo habitado, ela influencia diretamente a percepção do mesmo e a produção de objetos construídos. Cada tipo de projeto de iluminação se relaciona diretamente com um entendimento particular de qualidade, classe, interpretação, intenção e significado.

A luz como elemento projetual: maneiras inspiradoras de gerenciar a iluminação natural

A luz como elemento projetual: maneiras inspiradoras de gerenciar a iluminação natural - Imagem de Destaque
© Eugeni PONS

Para a maioria das pessoas, a vida moderna exige passar a maior parte do dia em espaços interiores - na verdade, de acordo com um relatório da Environmental Protection Agency, a pessoa média passa cerca de 90% de sua vida em ambientes fechados. Como resultado, isso implica perder benefícios para a saúde associados à exposição à luz solar, como absorção de vitamina D, regulação dos ritmos circadianos, níveis mais altos de energia e até melhora do humor. Uma opção é aumentar a quantidade de tempo que passamos ao ar livre. Mas como a maioria das funções diárias são realizadas no interior dos edifícios, é crucial incorporar e priorizar a iluminação natural nos interiores.

5 Perguntas comuns de projeto para equilibrar sustentabilidade e custo

Os arquitetos de hoje enfrentam uma tarefa comum que desafia a intuição - como equilibrar o desempenho da construção e metas estritas de carbono e custos. A sustentabilidade nas edificações é certamente uma meta digna e necessária, mas a quantidade de opções pode ser avassaladora e os custos proibitivos, especialmente aos olhos dos proprietários. Como os projetistas podem convencer melhor seus clientes a integrar sustentabilidade em um projeto? Manter os custos baixos e fazer decisões com análise baseada em fatos são os primeiros passos sólidos.

Poética da luz natural para projetos de arquitetura

A Escola Coletiva de Projetos foi idealizada pelo desejo do aprofundamento da reflexão, do debate e da (re)formulação de um pensamento mais crítico em relação à arquitetura, urbanismo e construção, especialmente relacionados ao Nordeste brasileiro, seu clima, seus costumes, seus modos de vida e suas cidades.

O objetivo é trocar experiências, discutir e refletir sobre a arquitetura contemporânea num processo de aprendizado ininterrupto, reunindo arquitetos, urbanistas, engenheiros, artistas e demais profissionais interessados (e interessantes), estudantes ou não, amplificando a formação crítica.

O curso Poética da luz natural para projetos de arquitetura será ministrado pelo arquiteto Leonardo Maia e terá como fio condutor

Que haja luz: indicadores para descrever e projetar o conforto visual

Os arquitetos estão cada vez mais conscientes da influência no bem-estar e boa saúde dos usuários de nossos projetos. A iluminação natural - e como deve ser complementada com iluminação artificial - é um fator essencial a considerar para o conforto visual dos espaços internos. Mas sabemos como lidar com isso corretamente?

Porque Norman Foster esculpe a luz natural em seus edifícios

Enquanto muitos arquitetos pensam em janelas para iluminar os espaços internos, Norman Foster fica intrigado com a luz natural vinda de cima. O famoso arquiteto britânico sempre admirou a obra de Louis Kahn e Alvar Aalto pela forma como lidavam com a luz natural - especialmente no que diz respeito à cobertura. Em particular, grandes edifícios públicos beneficiam-se desta estratégia para criar espaços agradáveis. Portanto, Foster considera a luz natural indispensável quando desenvolve megaestruturas para aeroportos ou arranha-céus corporativos. Mas a luz natural que vem de cima é muito mais do que uma dimensão estética, observa Foster: "Além das qualidades humanísticas e poéticas da luz natural, há também implicações energéticas".

Conheça os vencedores do prêmio internacional VELUX 2018 para estudantes de arquitetura

A cada ano o prêmio internacional VELUX desafia estudantes de arquitetura de todo o mundo a pensar o futuro da luz natural, inspirando-se nas explorações e investigações criativas.

Na sua versão de 2018, o júri formado por Carme Pigém Barceló, Rick Joy, Li Hu, Saša Begovic e Martin Pors Jepsen anunciou os vencedores mundiais: os projetos selecionados, entre os 9 vencedores regionais, foram Light Forms Juggler, de Anastasia Maslova, e Road to Light, de Yuhan Luo, Di Lan, Yuan Liu e Yusong Liu.

Construindo escolas melhores: 6 maneiras de ajudar nossas crianças a aprenderem

Construindo escolas melhores: 6 maneiras de ajudar nossas crianças a aprenderem - Image 5 of 4
© Velux Group

Você sabia que 64 milhões de crianças europeias passam mais tempo na escola do que em qualquer outro lugar que não a sua casa? As crianças europeias passam aproximadamente 200 dias por ano nas suas escolas primárias. Com essas informações, como podemos criar salas de aula mais saudáveis para ambientes de aprendizagem produtivos? Esta questão é talvez mais importante do que nunca, já que esta será a primeira vez desde a década de 1970 que a Europa e o Reino Unido assistirão a um boom na construção e renovação de escolas. Trata-se de uma tremenda oportunidade para os arquitetos e educadores a repensarem o que deve ser uma instalação educacional e como o ambiente físico pode ser projetado para ter um impacto positivo na aprendizagem.

Construindo escolas melhores: 6 maneiras de ajudar nossas crianças a aprenderem - Image 1 of 4Construindo escolas melhores: 6 maneiras de ajudar nossas crianças a aprenderem - Image 2 of 4Construindo escolas melhores: 6 maneiras de ajudar nossas crianças a aprenderem - Image 3 of 4Construindo escolas melhores: 6 maneiras de ajudar nossas crianças a aprenderem - Image 4 of 4Construindo escolas melhores: 6 maneiras de ajudar nossas crianças a aprenderem - Mais Imagens+ 17

Aprendendo com os mestres seis formas de projetar com a luz natural

A luz é uma importante, embora complexa, ferramenta na arquitetura. Não apenas proporciona atmosfera, textura e vitalidade, mas é cada vez mais essencial em uma época onde a tecnologia nos afasta da natureza. Neste trecho do novo livro de Mary Guzowski, The Art of Architectural Daylighting, a autora introduz a ciência e a arte da iluminação natural - e detalha seis maneiras pelas quais os mestres abordam o desafio.

Museu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura

Museu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura  - Image 3 of 4
Cortesia de Ziad Abi Karam para Shiogumo

O Kharayeb Archaeological Museum (KAM) foi projetado pelo escritório Shiogumo nos campos rurais da cidade costeira de Kharayeb, localizada no sul do Líbano. O museu site-specific foi comissionado pelos diretores da exploração arqueológica no sítio, a Dr. Ida Oggiano (Istituto di Studi sul Mediterraneo Antico of CNR, Itália) e o Dr. Wissam Khalil (Universidade Libanesa), para preservar e fortalecer o sentido histórico, cultural e público do lugar.

Museu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura  - Image 1 of 4Museu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura  - Image 2 of 4Museu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura  - Image 3 of 4Museu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura  - Image 4 of 4Museu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura  - Imagem de DestaqueMuseu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura  - Image 5 of 4Museu arqueológico no Líbano incorpora artefatos antigos em sua estrutura  - Mais Imagens+ 22

A luz zenital como solução de iluminação natural em 16 projetos

A diversidade de claraboias significa que elas podem iluminar qualquer espaço. Tanto uma janela como um teto, a natureza híbrida deste elemento o transforma em peça chave de alguns projetos arquitetônicos. Através da sua flexibilidade também vêm oportunidades de expressão, desde a sua forma até o seu ângulo.

Confira 16 exemplos de espaços contemporâneos iluminados por este elemento abaixo:

Light Matters: Aprendendo com janelas vernaculares

Antes dos computadores, simulações de iluminação natural eram usadas para otimizar a atmosfera e a energia nos edifícios, e gerações de construtores desenvolveram princípios simples para criar as melhores janelas para cada situação. Dois especialistas em iluminação estudaram essas tradicionais aberturas em edifícios visando encontrar inspiração para projetos atuais mais sustentáveis. Francesco Anselmo, designer de iluminação da Arup, e John Mardaljevic, professor de simulação de iluminação natural na School of Civil & Building Engineering da Loughborough University, analisaram as variações de sol e iluminação natural em latitudes que vão desde Estocolmo até o Haiti e Abu Dhabi.

Continue lendo para saber mais sobre a variedade de janelas tradicionais em cada região.

Light Matters: Aprendendo com janelas vernaculares - Image 1 of 4Light Matters: Aprendendo com janelas vernaculares - Image 2 of 4Light Matters: Aprendendo com janelas vernaculares - Image 3 of 4Light Matters: Aprendendo com janelas vernaculares - Image 4 of 4Light Matters: Aprendendo com janelas vernaculares - Mais Imagens+ 2

Atelier Archmixing desenvolve um dispositivo de bambu que permite iluminar o interior de um edifício vernacular na China

Lutando contra o desenfreado crescimento das cidades chinesas, os arquitetos do Atelier Archmixing, com sede em Xangai, desenvolveram uma série de propostas para revalorizar os espaços singelos, nos quais o projeto contribui para a melhoria da qualidade de vida de seus usuários.

Nesse projeto, o grupo desenvolveu um interessante dispositivo de iluminação que consiste em uma estrutura de bambu que permite a entrada da luz natural e a ventilação em um antigo edifício vernacular.