1. ArchDaily
  2. Oriente Médio

Oriente Médio: O mais recente de arquitetura e notícia

Novas histórias: repensando a habitação tradicional no Kuwait

A arquitetura moderna está conectada à história cultural. No Kuwait, o ambiente construído e a habitação do país foram remodelados por movimentos econômicos e culturais maiores. Após a descoberta do petróleo, o país experimentou um crescimento econômico que impulsionou o desenvolvimento em diversos mercados e transformou a maneira como os cidadãos vivem hoje.

© Nelson Garrido© Nelson Garrido© Nelson Garrido© Nelson Garrido+ 12

Anunciadas as vencedoras do Prêmio Mulheres na Arquitetura e Construção 2019

O Tamayouz Excellence Award divulgou as vencedoras do Women in Architecture and Construction Award 2019, um prêmio que homenageia as realizações de arquitetas no Oriente Próximo e Norte da África, em duas categorias: Rising Star e Woman of Outstanding Achievement. 

O que as cidades africanas podem aprender com a experiência de Dubai?

Ao longo das últimas três décadas, Dubai floresceu em meio a um deserto desabitado para transformar-se em um centro urbano estratégico para o mundo dos negócios e do turismo. Como uma das diversas reações decorrentes deste novo fenômeno, várias cidades ao redor do mundo passaram a replicar esse modelo de desenvolvimento urbano - um urbanismo amplamente baseado no automóvel, arranha-céus luxuosos, centros comerciais gigantescos e tecnologias e sistemas "inteligentes" e "sustentáveis", tudo isso, à partir do zero. Surpreendentemente, estes novos empreendimentos tem se espalhado rapidamente pelo continente africano, assumindo nomes como Eko Atlantic City Nigéria, Vision City em Ruanda, Ebene Cyber City nas Ilhas Maurício; Konza Technology City no Quênia; Safari City na Tanzânia; Le Cite du Fleuve na República Democrática do Congo, entre vários outros. Ao que tudo indica, todas estas cidades parecem apenas meras tentativas de imitação daquilo que representa a cidade de Dubai.

As tendências da arquitetura em 2019

Este é o momento no qual nos projetamos ao futuro para definir as metas e focos de nossa carreira ao longo do ano que começa. Com o objetivo de ajudar os arquitetos que consultam o ArchDaily diariamente, realizamos a seguinte lista com as ideias que mais ecoaram durante 2018 e que, portanto, serão os temas que devem seguir desenvolvendo-se durante 2019.

Apenas no ano passado, mais de 130 milhões de usuários descobriram no ArchDaily novas referências, materiais e ferramentas que permitem aprimorar o desenvolvimento da arquitetura e melhorar a qualidade de vida de nossas cidades e entornos construídos. Quando nossos usuários começam a coincidir em suas buscas de informação ou demonstram maior interesse por um tema em relação a outros, estes tópicos passam a ser uma tendência.

"Manhattan do deserto": Shibam, a antiga cidade de arranha-céus do Iêmen

Caminhando pelas ruelas estreitas e caóticas, diminuído pelas altas torres, poucos poderiam estimar que a cidade de Shibam, no Iêmen, tem quase 1.700 anos. Localizada no distrito central do país, chamado Hadhramaut, Shibam tem suas origens no período pré-islâmico e evidências de construção que datam do século IX.

Shibam é conhecida por ser a primeira cidade do mundo a ter um masterplan vertical. Sítio protegido pela UNESCO desde 1982, a cidade apresenta edifícios adensados que variam de quatro a oito pavimentos, construídos a partir do ano 300 d.C, mas a maioria posterior a 1532. Graças à muralha que a circunda, a cidade sobreviveu quase dois mil anos apesar de sua desafortunada localização adjacente à planície de inundação do rio Wadi.

Adentre as antigas muralhas de Shibam, a seguir.

© Wikimedia CC user Aiman titiCoberturas de Shibam. Image © Flickr CC user maartenF© Wikimedia CC user Jialiang GaoMesquita Haroon Alrashid em Shibam. Imagem © Flickr CC user Najeeb Musallam+ 6

Sou Fujimoto propõe masterplan para cidade no Oriente Médio

Water Plaza. Image © Sou Fujimoto Architects
Water Plaza. Image © Sou Fujimoto Architects

O escritório Sou Fujimoto Architects divulgou detalhes de um masterplan conceitual para um complexo comercial em uma proeminente, porém ainda desconhecida, cidade no Oriente Médio. Localizado entre um centro educacional e outro financeiro, o complexo modular reinterpreta a "vibrante atmosfera de um tradicional mercado" bem como a "inerente beleza da arquitetura vernacular islâmica" para criar um marco "atemporal" em uma região atualmente subutilizada da cidade.

Casa Rechter / Pitsou Kedem Architects

Os ganhadores do Holcim Awards 2011 / África e Medio Oriente