1. ArchDaily
  2. Arquitetura Sustentável

Arquitetura Sustentável: O mais recente de arquitetura e notícia

A preparação de Paris para os Jogos Olímpicos de 2024

À medida que a contagem regressiva para os XXXIII Jogos Olímpicos em Paris chega ao fim, a cidade se prepara para uma transformação completa de sua paisagem urbana e infraestrutura. Previstos para serem o maior evento já organizado na França, os jogos começarão em 26 de julho e irão até 11 de agosto de 2024. Faltando menos de 200 dias, o Conselho Municipal de Paris aprovou cerca de 43 novas iniciativas que atuam como catalisadores para a transformação da cidade, visando uma Paris mais verde, saudável e móvel. Desde a limpeza do rio Sena até a construção de uma ciclovia, passando pela ativação de uma linha de transporte e proibição do tráfego não essencial na cidade, o coração da capital francesa está em uma missão contra o tempo para requalificar seu centro histórico.

A preparação de Paris para os Jogos Olímpicos de 2024 - Image 1 of 4A preparação de Paris para os Jogos Olímpicos de 2024 - Image 2 of 4A preparação de Paris para os Jogos Olímpicos de 2024 - Image 3 of 4A preparação de Paris para os Jogos Olímpicos de 2024 - Image 4 of 4A preparação de Paris para os Jogos Olímpicos de 2024 - Mais Imagens

Pátios: o coração das casas indianas multigeracionais

A arquitetura residencial na Índia é um reflexo direto das práticas étnicas e estilos de vida de seus cidadãos. As primeiras casas foram desenvolvidas como unidades de assentamentos comunitários maiores. A arquitetura das residências indianas está profundamente emaranhada com valores culturais, frequentemente centrados nas ideias de família e relações comunitárias. Geralmente, uma única casa abriga uma grande família e atende às necessidades de várias faixas etárias sob o mesmo teto. A vida multigeracional exige uma sintaxe espacial específica para possibilitar conexões.

Pátios: o coração das casas indianas multigeracionais - Image 1 of 4Pátios: o coração das casas indianas multigeracionais - Image 2 of 4Pátios: o coração das casas indianas multigeracionais - Image 3 of 4Pátios: o coração das casas indianas multigeracionais - Image 4 of 4Pátios: o coração das casas indianas multigeracionais - Mais Imagens+ 4

MVRDV e Space Encounters trabalham juntos para criar um novo modelo de sustentabilidade em Amsterdã

A proposta do MVRDV e do Space Encounters para uma torre residencial de 22 andares está prestes a ser implementada no bairro de Sluisbuurt, em Amsterdã. Com o objetivo de fortalecer a comunidade, o edifício possui uma estrutura de madeira, uma fachada que gera energia e muitos espaços comunitários. O projeto busca servir como um modelo de sustentabilidade ambiental.

MVRDV e Space Encounters trabalham juntos para criar um novo modelo de sustentabilidade em Amsterdã - Image 1 of 4MVRDV e Space Encounters trabalham juntos para criar um novo modelo de sustentabilidade em Amsterdã - Image 2 of 4MVRDV e Space Encounters trabalham juntos para criar um novo modelo de sustentabilidade em Amsterdã - Image 3 of 4MVRDV e Space Encounters trabalham juntos para criar um novo modelo de sustentabilidade em Amsterdã - Image 4 of 4MVRDV e Space Encounters trabalham juntos para criar um novo modelo de sustentabilidade em Amsterdã - Mais Imagens

Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023

A Fundação Holcim para Construção Sustentável revelou os projetos vencedores da competição Holcim Awards 2023, assim como os prêmios de prata, bronze e menção honrosa, em uma cerimônia realizada em 18 de novembro em Veneza, Itália. Avaliados por um júri composto por cinco painéis de especialistas independentes de todo o mundo, esses projetos foram escolhidos por destacar abordagens contextuais e práticas para a construção sustentável, mostrando diversidade em termos de escalas, orçamentos, geografias e formas. Houve também a participação de Francis Kéré, vencedor do Holcim Gold Global em 2012 e laureado com o Prêmio Pritzker de Arquitetura em 2022, que subiu ao palco para falar sobre a influência do Holcim Award em sua carreira.

O estúdio de Design e Arquitetura DnA recebeu o prêmio de ouro na região da Ásia-Pacífico por um projeto de reuso adaptativo de um edifício histórico, enquanto Husos, Elii, e Ultrazul venceram na Europa com um processo de co-design para a reabilitação de um edifício industrial. Na América Latina, Cano Vera Arquitectura foi eleito pelo projeto de um bosque urbano e um complexo de infraestrutura social, e na região do Oriente Médio e África, Juergen Strohmayer e Glenn DeRoché foram selecionados por uma cooperativa de empoderamento juvenil e turismo responsável. Na América do Norte, a Partisans Architects e a Well-Grounded Real Estate conquistaram o primeiro prêmio com uma solução de habitação modular de alta tecnologia e baixo custo.

Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 1 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 2 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 3 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 4 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Mais Imagens+ 21

Como a tecnologia pode contribuir com a arquitetura vernacular?

A indústria de arquitetura e construção passou por uma transformação com a integração de diversas ferramentas digitais, agora essenciais para o processo de design. A adoção dessas tecnologias tem efetivamente acelerado as operações, aprimorado a eficiência e elevado a qualidade do design. No entanto, essa mudança digital também gerou uma divisão digital que vai além da acessibilidade às ferramentas e softwares. Ela abrange o desafio crucial de integrar comunidades tradicionais e indígenas no contexto do desenvolvimento urbano. Será que a tecnologia avançada pode apoiar o crescimento da arquitetura vernacular? Será que as práticas construtivas indígenas podem encontrar um lugar na visão de um futuro digitalizado?

Como a tecnologia pode contribuir com a arquitetura vernacular? - Image 1 of 4Como a tecnologia pode contribuir com a arquitetura vernacular? - Image 2 of 4Como a tecnologia pode contribuir com a arquitetura vernacular? - Image 3 of 4Como a tecnologia pode contribuir com a arquitetura vernacular? - Image 4 of 4Como a tecnologia pode contribuir com a arquitetura vernacular? - Mais Imagens+ 1

Fundação Holcim para a Construção Sustentável divulga finalistas do Holcim Awards 2023

A Fundação Holcim para a Construção Sustentável divulgou a lista dos 20 finalistas da competição Holcim Awards 2023. O júri, composto por cinco painéis de especialistas de diferentes partes do mundo, selecionou projetos que destacam abordagens contextualmente viáveis e práticas para a construção sustentável, abrangendo uma ampla gama de escalas, orçamentos, geografias e formas. A classificação dos indicados será anunciada na cerimônia oficial do Holcim Awards 2023, que ocorrerá no dia 18 de novembro em Veneza, Itália, durante as últimas semanas da Bienal de Arquitetura 2023.

Fundação Holcim para a Construção Sustentável divulga finalistas do Holcim Awards 2023 - Image 1 of 4Fundação Holcim para a Construção Sustentável divulga finalistas do Holcim Awards 2023 - Image 2 of 4Fundação Holcim para a Construção Sustentável divulga finalistas do Holcim Awards 2023 - Image 3 of 4Fundação Holcim para a Construção Sustentável divulga finalistas do Holcim Awards 2023 - Image 4 of 4Fundação Holcim para a Construção Sustentável divulga finalistas do Holcim Awards 2023 - Mais Imagens+ 16

Edifícios neutros em carbono são caros?

A descarbonização do setor da construção já não é uma escolha, e sim, uma necessidade. À medida que as nações se esforçam para reduzir suas emissões de gases de efeito estufa até 2050, está cada vez mais claro que os padrões de construção atuais não vão longe o suficiente para promover mudanças tangíveis. Alcançar metas climáticas requer que as economias defendam medidas que impulsionem a neutralidade de carbono, ao mesmo tempo em que gerenciam os custos associados de forma eficaz. Como as estratégias de desempenho neutro em carbono impactariam os custos de construção?

Edifícios neutros em carbono são caros? - Image 1 of 4Edifícios neutros em carbono são caros? - Image 2 of 4Edifícios neutros em carbono são caros? - Image 3 of 4Edifícios neutros em carbono são caros? - Image 4 of 4Edifícios neutros em carbono são caros? - Mais Imagens+ 1

Foster + Partners projeta expansão do campus do Ellison Institute of Technology em Oxford

O escritório Foster + Partners divulgou seu projeto para o campus do Ellison Institute of Technology (EIT) em Oxford. Inicialmente estabelecido como centro de pesquisa e desenvolvimento, o campus está ganhando uma expansão significativa. O foco principal e a pesquisa do Instituto giravam em torno de bem-estar e saúde pública em geral, mas agora sua missão está sendo estendida para abranger novos domínios vitais: ciência médica e cuidados de saúde, segurança alimentar, agricultura sustentável, energia limpa, mudanças climáticas e política governamental econômica.

Foster + Partners projeta expansão do campus do Ellison Institute of Technology em Oxford - Image 1 of 4Foster + Partners projeta expansão do campus do Ellison Institute of Technology em Oxford - Image 2 of 4Foster + Partners projeta expansão do campus do Ellison Institute of Technology em Oxford - Image 3 of 4Foster + Partners projeta expansão do campus do Ellison Institute of Technology em Oxford - Image 4 of 4Foster + Partners projeta expansão do campus do Ellison Institute of Technology em Oxford - Mais Imagens+ 7

Zaha Hadid Architects inaugura hotel inspirado em Hollywood em Macau

O primeiro dos dois hotéis projetados pelo escritório Zaha Hadid Architects em seu resort inspirado em Hollywood, chamado Studio City, acaba de ser aberto ao público. Localizado no distrito de Cotai, em Macau, o resort conta com 557 quartos distribuídos por 40 pavimentos e oferece instalações de lazer, entretenimento e turismo, incluindo um dos maiores parques aquáticos da Ásia.

Zaha Hadid Architects inaugura hotel inspirado em Hollywood em Macau - Image 1 of 4Zaha Hadid Architects inaugura hotel inspirado em Hollywood em Macau - Image 2 of 4Zaha Hadid Architects inaugura hotel inspirado em Hollywood em Macau - Image 3 of 4Zaha Hadid Architects inaugura hotel inspirado em Hollywood em Macau - Image 4 of 4Zaha Hadid Architects inaugura hotel inspirado em Hollywood em Macau - Mais Imagens

UNStudio vence o concurso para projeto de uso misto sustentável em Düsseldorf

O UNStudio foi selecionado o vencedor do concurso internacional para o projeto de um empreendimento de uso misto em Düsseldorf, Alemanha, superando outros escritórios participantes reconhecidos internacionalmente, incluindo 3XN, BIG, David Chipperfield Architect e os finalistas Hadi Teherani Architects, HPP Architekten e Ingenhoven. A proposta do UNStudio é composta por duas torres de uso misto de quase 120 metros de altura e um embasamento de uso semi-público. Além dos espaços residenciais e de escritórios, o projeto também inclui usos e serviços multifuncionais, como esportes, academia, instalações médicas, espaços gastronômicos, um hub de transporte, uma creche e espaços para eventos culturais.

UNStudio vence o concurso para projeto de uso misto sustentável em Düsseldorf - Image 1 of 4UNStudio vence o concurso para projeto de uso misto sustentável em Düsseldorf - Image 2 of 4UNStudio vence o concurso para projeto de uso misto sustentável em Düsseldorf - Image 3 of 4UNStudio vence o concurso para projeto de uso misto sustentável em Düsseldorf - Image 4 of 4UNStudio vence o concurso para projeto de uso misto sustentável em Düsseldorf - Mais Imagens+ 7

Explorando a sabedoria vernacular: uma jornada pela arquitetura enraizada na tradição e na comunidade

Em um momento marcado por desafios ambientais e uma crescente demanda por autenticidade e diversidade cultural, os arquitetos estão recorrendo cada vez mais aos sistemas de conhecimento indígena não apenas como fontes de inspiração, mas como soluções viáveis para se adaptar e responder aos desafios locais e globais. Como guardiãs tradicionais da terra, as comunidades indígenas possuem uma compreensão profunda de seus ecossistemas, materiais disponíveis localmente, normas culturais e restrições sociais. Esse conhecimento é valioso para a arquitetura contemporânea, podendo ajudá-la a se adaptar tanto às pessoas quanto aos seus ambientes.

As práticas vernaculares e indígenas estão surgindo como base para a reimaginação arquitetônica, dando informações sobre disposições espaciais, escolha de materiais e técnicas de construção, ao mesmo tempo em que permite a integração da inovação e da expressão contemporânea. Essa cuidadosa combinação de tradição e modernidade pode ter um impacto significativo em termos de sustentabilidade, pois arquitetos que adotam a abordagem indígena para aproveitar os recursos disponíveis podem não apenas criar estruturas enraizadas em seu contexto, mas também minimizar o impacto ecológico da construção. Além disso, colaborar diretamente com as comunidades indígenas leva a projetos que priorizam a participação comunitária, a sensibilidade cultural e ao desenvolvimento sustentável.

Urban Radicals explora construção com resíduos em resposta à crescente crise climática

O estúdio Urban Radicals apresentou o pavilhão temporário “A Brick for Venice” (Um tijolo para Veneza) como parte do programa “Time Space Existence” do Centro Cultural Europeu, uma iniciativa paralela à Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023. Todas as paredes do pavilhão foram feitas com barro dos canais da cidade de Veneza. A instalação é o primeiro protótipo para o novo material de construção à base de resíduos desenvolvido pelo estúdio.

Urban Radicals explora construção com resíduos em resposta à crescente crise climática - Image 1 of 4Urban Radicals explora construção com resíduos em resposta à crescente crise climática - Image 2 of 4Urban Radicals explora construção com resíduos em resposta à crescente crise climática - Image 3 of 4Urban Radicals explora construção com resíduos em resposta à crescente crise climática - Image 4 of 4Urban Radicals explora construção com resíduos em resposta à crescente crise climática - Mais Imagens+ 18

Mapeando o futuro da arquitetura e dos materiais de construção derivados do cânhamo

Nos últimos anos, o foco em materiais sustentáveis, alinhados à agenda ecológica e de baixo carbono se intensificou na indústria da arquitetura. Em meio a esse interesse, a arquitetura derivada do cânhamo está gradualmente ganhando força e escala global. Materiais à base de cânhamo surgiram como uma alternativa favorável aos industrializados tradicionais, apresentando uma infinidade de benefícios que poderiam revolucionar a indústria da construção. Apesar de sua grande promessa, vários obstáculos impedem a adoção generalizada do cânhamo, inibindo seu potencial transformador na indústria da construção.

Mapeando o futuro da arquitetura e dos materiais de construção derivados do cânhamo - Image 1 of 4Mapeando o futuro da arquitetura e dos materiais de construção derivados do cânhamo - Image 2 of 4Mapeando o futuro da arquitetura e dos materiais de construção derivados do cânhamo - Image 3 of 4Mapeando o futuro da arquitetura e dos materiais de construção derivados do cânhamo - Image 4 of 4Mapeando o futuro da arquitetura e dos materiais de construção derivados do cânhamo - Mais Imagens

Campanha "Green Obsession" de Stefano Boeri Architetti vence o SDG Action Awards das Nações Unidas

A campanha "Green Obsession" lançada por Stefano Boeri Architetti foi eleita vencedora do SDG Action Awards, o mais importante reconhecimento de projetos que apoiam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. Como parte da Campanha de Ação dos ODS, as Nações Unidas se propuseram a premiar iniciativas que "mobilizam, inspiram e conectam comunidades para promover mudanças positivas". A iniciativa vencedora pretende melhorar a relação entre a natureza e o urbanismo, implementando os princípios da arborização urbana. "Green Obsession" representa uma série de conferências, programas públicos e um livro, Green Obsession: Trees Towards Cities, Humans Towards Forests, publicado em 2021 e apoiado pela Graham Foundation.

Campanha "Green Obsession" de Stefano Boeri Architetti vence o SDG Action Awards das Nações Unidas - Image 1 of 4Campanha "Green Obsession" de Stefano Boeri Architetti vence o SDG Action Awards das Nações Unidas - Image 2 of 4Campanha "Green Obsession" de Stefano Boeri Architetti vence o SDG Action Awards das Nações Unidas - Image 3 of 4Campanha "Green Obsession" de Stefano Boeri Architetti vence o SDG Action Awards das Nações Unidas - Image 4 of 4Campanha Green Obsession de Stefano Boeri Architetti vence o SDG Action Awards das Nações Unidas - Mais Imagens+ 1

Construir sem água: um debate sobre a pegada hídrica (e a água da chuva como novo material)

É possível construir edifícios usando menos água? O ArchDaily abriu o debate sobre o tema dos recursos hídricos na arquitetura durante todo o mês de junho, convidando os nossos leitores a participarem da discussão.

Os dados do uso global da água não são encorajadores e o mercado da construção tem uma grande participação no seu consumo. Está na hora de pensar em formas de reduzir esse impacto. A necessidade de projetar edifícios a partir dessa perspectiva nos proporciona uma oportunidade única para explorar alternativas inovadoras e sustentáveis que minimizem ou até mesmo eliminem completamente o uso de água na construção.