1. ArchDaily
  2. Arquitetura Sustentável

Arquitetura Sustentável: O mais recente de arquitetura e notícia

Casa Logie Point / Guz Architects

© Patrick Bingham-Hall© Patrick Bingham-Hall© Patrick Bingham-Hall© Patrick Bingham-Hall+ 14

  • Arquitetos: Guz Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1425
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AutoDesk, Door Entry IP, Lummel GmBH & Co.KG, Solar Strategies, Trimble Navigation

Complexo empresarial sustentável projetado pelo MVRDV em Amsterdã começa a ser construído

O MVRDV acaba de dar início à construção do Matrix 1, um complexo de escritórios e laboratórios sustentáveis na cidade de Amsterdã. Implantado no coração do Parque das Ciências, na região leste da capital holandesa, o projeto foi concebido no contexto do chamado Centro de Inovação Matrix, “o qual será virtualmente neutro em seu balanço energético além de utilizar um sistema construtivo completamente desmontável e reciclável”.

Cortesia de MVRDVCortesia de MVRDVCortesia de MVRDVCortesia de MVRDV+ 9

Residência Chalé Tropical / G8A Architecture & Urban Planning

© Hiroyuki Oki© Hiroyuki Oki© Hiroyuki Oki© Hiroyuki Oki+ 16

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  385
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AutoDesk, Hafele, Legrand, Malloca, Trimble Navigation

Uma visão da construção vernacular vietnamita: casas rurais de 1+1>2 Architects

© Hoang Thuc Hao© Hoang Thuc Hao, Nguyen Duy Thanh© Hoang Thuc Hao, Vu Xuan Son, Pham Duy Tung© Vu Xuan Son+ 17

Este ano, a Organização das Nações Unidas para o Turismo (OMT) procurou abordar o turismo como uma forma de criar empregos e oportunidades nas áreas rurais sob a bandeira do Turismo e Desenvolvimento Rural.

A arquitetura de base rural e suas edificações tradicionais desempenham um papel importante para o patrimônio local. Elas também podem oferecer empregos e perspectivas mais além das grandes cidades, especialmente para as pequenas comunidades, geralmente em desvantagem econômica.

Casas brasileiras: 10 residências com materiais reciclados

Segundo uma pesquisa realizada pela ABRECON (Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição), houve, nos últimos anos, um crescimento na reciclagem de resíduos de construção e demolição (RCD) no Brasil. Segundo o relatório de 2015, o percentual de RCD reciclados no país naquele ano foi de 21%, enquanto em 2013 este total correspondeu a 19%.

O cenário, apesar de otimista, ainda não é ideal, e o crescimento de RCDs reciclados ainda é considerado pequeno. No Brasil, os resíduos da construção civil podem representar entre 50% e 70% da massa dos resíduos sólidos urbanos. Ou seja, ainda é preciso defender uma prática comum de reciclagem e de reuso de materiais na arquitetura, sobretudo no contexto brasileiro.

Casa Michelle / Yuri Vasconcelos Arquitetura. Imagem: © Alexandre Santos LimaCasa Pacheco Leão AL / Ateliê de Arquitetura. Imagem: © André NazarethCasa em Samambaia / Rodrigo Simão Arquitetura. Imagem: © André NazarethCasa Flamboyant / Perkins+Will. Imagem: © Nelson Kon+ 11

Reduzir, reutilizar e reciclar: o princípio dos 3 R's aplicado à arquitetura

Com o aumento dos níveis de emissão de poluentes ao longo dos anos, tem crescido também a preocupação sobre as ações que podem ser tomadas para minimizar os danos causados ao planeta. Como forma de promover a redução ou não-geração de resíduos, surge o princípio dos 3 R's: reduzir, reutilizar e reciclar. Estas ações, unidas à adoção de padrões de consumo sustentável, têm sido promovidas como forma de proteger os recursos naturais e minimizar o desperdício.

Centro Comunitário da Vila Sen / Vo Trong Nghia Architects. Imagem: © Quang TranPavilhão dos Resíduos / Cloud-floor. Imagem: © Ketsiree WongwanQuiosque Third Wave / Tony Hobba Architects. Imagem: © Rory GardinerResidência na Prosperina / Fabrica Nativa Arquitectura. Cortesia de Fabrica Nativa Arquitectura+ 15

Escola Primária Maple Street / Barker Associates Architecture Office + 4Mativ Design Studio

© Lesley Unruh© Lesley Unruh© Lesley Unruh© Lesley Unruh+ 15

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  3300
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Armstrong Ceilings, ASI Architectural, Abet Laminati, Amkel, Architectural Surfaces, +11

Estádio de madeira de Zaha Hadid Architects recebe autorização para ser construído

O estádio de futebol mais "verde" do mundo, projetado por Zaha Hadid Architects, será construído em Gloucestershire, Inglaterra, após o concelho local ter finalmente assinado a autorização para o início das obras.

Projetos de escolas e creches para diferentes climas

Crianças europeias passam aproximadamente 200 dias por ano nas suas escolas primárias. Ainda que grande parte do mundo não tenha toda essa carga letiva, depois da própria casa, geralmente o local em que as crianças e adolescentes passam mais tempos são nas instituições educacionais. Podem ser locais de aprendizado, brincadeiras e convívio. E, por mais triste que possa ser, também podem ser os locais seguros, de oportunidades e mesmo de alimentação para crianças que vivem em ambientes de abandono, fome e violência. Através de uma pesquisa ampla no Reino Unido, concluiu-se que as diferenças nas características físicas das salas de aula explicavam 16% da variação no progresso da aprendizagem ao longo de um ano. Ou seja, quanto mais bem projetada a sala de aula, mais bem as crianças se dão academicamente. Ainda segundo o estudo, os fatores que mais influenciam são a luz solar, a qualidade do ar interno, o ambiente acústico, a temperatura, o projeto da própria sala de aula e a estimulação dentro dela.

30 Esquemas e Detalhes Construtivos para uma Arquitetura Sustentável

A concepção do sustentável na arquitetura é fundamentada a partir do ambiente. Os múltiplos focos que são abordados em projetos a partir do conceito de sustentabilidade permitiram configurar uma diversidade de espaços habitáveis com melhores rendimentos quando comparados com outros tipos de aproximações projetuais.

Os benefícios da incorporação de vegetação - tanto em fachadas como em coberturas - e os estudos em relação ao desenho de conforto térmico e os sistemas construtivos - respeito ao material e sua manufatura - outorgam uma série de questões que permitem considerar o desenho sustentável como um fator determinante na busca de edificações que melhoram as condições de vida e respeitam seu entorno natural.

Veja uma seleção de 30 esquemas e detalhes construtivos de projetos que se destacam por sua abordagem sustentável.

6º Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura - Habitat Sustentável: Inscrições prorrogadas

Que tal terminar o ano com chance de receber uma das mais importantes premiações voltadas para a área de Arquitetura? O 6º Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura – Habitat Sustentável resolveu dar mais uma oportunidade para aqueles que ainda não inscreveram seus projetos e o prazo foi prorrogado até o dia 28 de novembro. Para participar, basta acessar o site www.premiosaintgobain.com.br. As cinco primeiras edições contaram com mais de 2 mil inscrições, sendo 57% de profissionais e 43% de estudantes de Arquitetura.

Os diversos confortos de uma edificação ‒ térmico, acústico, visual, modular e de saúde ‒ são temas centrais do

Como funciona um banheiro seco, sistema alternativo de saneamento

O banheiro seco cumpre todas as funções de um sanitário convencional sem utilizar água em seu sistema, além de produzir insumos que podem ser utilizados para fertilização de plantações e agroflorestas. Com diversos modelos possíveis de construção, vê-se nessa tecnologia social mais do que um sistema alternativo de saneamento. Se encarado como solução dentro de uma realidade fechada como vivemos, pode ser a resposta para diversos problemas relacionados ao saneamento público, pois em uma única tecnologia evita-se contaminação do solo e da água.

Com princípio básico do uso do calor do sol para elevar a temperatura interna do local onde os desejos se depositarão e eliminar quaisquer patógenos nocivos à saúde e originar adubos,  os modelos de saneamento ecológico são opções adaptáveis para cada situação. Contribuem para uma melhor performance ambiental da moradia e dos espaços públicos, são capazes de suprir as necessidades de acordo com o seu uso, além da facilidade na construção e manuseio.

Sistema de "isolamento vegano" oferece uma alternativa para a construção sustentável

O empresário britânico Ehab Syed, dono da empresa Biohm, desenvolveu um sistema de isolamento térmico feito a partir de cogumelos e técnicas que são “completamente naturais, biodegradáveis e veganas”.

De acordo com a Global Construction Review, o material chegará ao mercado nos próximos meses e já despertou o interesse de empresas como a Tata Steel, o Aeroporto Heathrow e algumas das principais construtoras do Reino Unido.

Francis Kéré: Eu desenho em papel, mas prefiro desenhar no solo

Essa frase chamou a atenção durante a palestra de Diébédo Francis Kéré no AAICO (Architecture and Art International Congress), que ocorreu no Porto, em Portugal, entre 3 e 8 de setembro. Após ser introduzido por ninguém menos que Eduardo Souto de Moura, Kéré iniciou sua fala com a simplicidade e humildade que pautam seu trabalho. Suas obras mais conhecidas foram construídas em locais bastante remotos, onde materiais são escassos e a força de trabalho é dos próprios moradores, utilizando os recursos e técnicas locais.

Eco-Habitação modular empurra os limites da construção com papelão

Projetado e desenvolvido pela Fiction Factory, uma empresa de Amsterdã, Wikkelhouse traduz-se vagamente como "casa embrulhada". Esta casa modular sustentável é criada exclusivamente com papelão como seu material de construção principal e é personalizável em tamanho e função.

Wikkelhouse Dordrech. Cortesia de Yvonne WitteCortesia de Yvonne WitteCamadas de papelão. Cortesia de Yvonne WitteInterior. Cortesia de Yvonne Witte+ 12

Pavilhão é construído com molas recicladas de colchões

O escritório Fahed + Architects desenvolveu um pavilhão temporário para o Abwab 2017, destaque da Dubai Design Week, que exibe designers talentosos de todo o Oriente Médio, norte da África e sul da Ásia.

O compromisso com o meio ambiente é o núcleo da filosofia de Fahed + Architects, por isso foi necessário criar uma estrutura a partir de um material 100% reciclado da empresa local de gerenciamento de resíduos, Bee'ah. A pele externa do pavilhão é uma malha de molas de colchões entrelaçadas que naturalmente conforma um volume orgânico, flutuando entre os edifícios circundantes.

Arquitetos peruanos buscam aprender das florestas do mundo: uma viagem pela Indonésia, Camarões, Honduras e Peru

Paradoxalmente, os projetos mais interiorizados com seu país transcendem suas fronteiras. Pois, precisamente, seu trabalho de conexão interna e introspecção com as tradições das comunidades mais antigas e ocultas, leva-os a buscar mais conexões e ressonâncias fora dos limites. Esta viagem dentro-fora nos concerne a todos, vejamos o porquê...

O projeto "A través de las selvas del mundo", da associação peruana sem fins lucrativos Construye Identidad, é um trabalho multidisciplinar que vem sendo desenvolvido há mais de um ano nas comunidades da floresta peruana de Junín, documentando os desafios que enfrenta a arquitetura vernacular e o habitar da selva, na era da globalização e mudanças climáticas.

Agora começou a etapa seguinte, onde a equipe viajará ao longo da Franja Climática Tropical do mundo para visitar as selvas de quatro continentes, um país por continente: Indonésia, Camarões, Honduras e Peru. Estes foram selecionados com base na similaridade das características tanto geográficas como demográficas, os desafios econômicos e da riqueza cultural; a fim de evidenciar as problemáticas compartilhadas ao longo dos bosques tropicais do mundo.