1. ArchDaily
  2. Mulheres Na Arquitetura

Mulheres Na Arquitetura: O mais recente de arquitetura e notícia

Femingas: Construção participativa com perspectiva de gênero no Equador

No campo do projeto e da construção, a questão de gênero é um ponto de conflito: quem tem a possibilidade de construir? Quais são as alternativas para nós profissionais da arquitetura? Estas são as perguntas que o Taller General busca (re)pensar. Foi a partir dessas questões que surgiu Femingas, uma jornada de construção participativa com uma perspectiva de gênero. Estas se manifestam como uma alternativa à construção de "mingas", jornadas de trabalho conjunto entre os membros de uma comunidade para alcançar um bem comum.

Femingas: Construção participativa com perspectiva de gênero no EquadorFemingas: Construção participativa com perspectiva de gênero no EquadorFemingas: Construção participativa com perspectiva de gênero no EquadorFemingas: Construção participativa com perspectiva de gênero no Equador+ 21

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023

De 20 de maio a 26 de novembro de 2023, a 18ª Exposição Internacional de Arquitetura ocupará os espaços do Giardini, Arsenale e outros locais de Veneza. Intitulada O Laboratório do Futuro, a mostra foi anunciada hoje pelo presidente da Biennale di Venezia, Roberto Cicutto, e pela curadora da exposição, Lesley Lokko.

O tema e título desta edição considerará o continente africano como protagonista do futuro. “Há um lugar neste planeta onde todas essas questões de equidade, raça, esperança e medo convergem e se unem. África. A nível antropológico, somos todos africanos. E o que acontece na África acontece com todos nós”, explica Lokko.

O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023O Laboratório do Futuro: Bienal de Arquitetura de Veneza anuncia tema da edição de 2023+ 14

5 Arquitetos icônicos que desenharam móveis: Aalto, Gray, Le Corbusier, Van der Rohe e Panton

O século XX é o período mais importante quando se trata de ícones de design de interiores. A lista de protagonistas que contribuíram para fazer essa era de design tão grandiosa é certamente muito grande para realmente fazer justiça a todos eles e seus designs clássicos de móveis. Por esse motivo, aqui apresentamos apenas uma pequena seleção de arquitetos e designers como Eileen Gray, Le Corbusier e Verner Panton, que escreveram a história do design ao longo do século passado, e que ainda continuam impressionando até hoje - todos os quais podem ser encontrados no Architonic. Nossa jornada inclui talentos extraordinários de todos os cantos do mundo: um olhar para o mundo dos móveis do passado, futuro e que no presente continua de destaque com a atemporalidade de sempre.

Mariam Kamara pode mudar profundamente a pedagogia do design em qualquer lugar

A arquiteta Mariam Kamara - fundadora do escritório Atelier Masōmī, sediado em Niamey, no Níger - é contrária à pedagogia do design como a que é amplamente praticada hoje. Para Kamara, moderno não é sinônimo de formas europeias, arquitetura não é apenas para os ocidentais, e o chamado cânone dos grandes edifícios na verdade ignora a maior parte do mundo construído. O escritório de rápido crescimento da arquiteta sediada no Níger influenciou uma série de palestras que ela deu recentemente no MIT, na Columbia University GSAPP, no African Futures Institute em Gana e em Harvard GSD.

Mariam Kamara pode mudar profundamente a pedagogia do design em qualquer lugarMariam Kamara pode mudar profundamente a pedagogia do design em qualquer lugarMariam Kamara pode mudar profundamente a pedagogia do design em qualquer lugarMariam Kamara pode mudar profundamente a pedagogia do design em qualquer lugar+ 13

Como seriam as cidades se fossem projetadas por mulheres?

Foto © Thiago Silva
Foto © Thiago Silva

Você já parou para pensar que, praticamente todas as cidades do mundo, desde os primórdios da humanidade, foram e continuam sendo criadas e pensadas por homens? Do planejamento urbano ao desenho dos edifícios, dos transportes públicos às cadeiras – as mulheres pouco fizeram parte do processo de criação de tudo que nos rodeia.

Entendendo as contribuições de Ray Eames ao design

Na esteira do aniversário de 80 anos do Eames Office, data marcada por uma exposição e por sneakers inspirados em Ray, o diretor Eames Demetrios falou ao Metropolis sobre a matriarca que continua inspirando o design.

Entendendo as contribuições de Ray Eames ao designEntendendo as contribuições de Ray Eames ao designEntendendo as contribuições de Ray Eames ao designEntendendo as contribuições de Ray Eames ao design+ 12

O legado das mulheres no design

Por muito tempo mulheres tiveram suas produções excluídas e apagadas em áreas com como engenharia, arquitetura e design. Há e sempre existiram mulheres arquitetas, planejadoras e políticas urbanas inspiradoras, mas em todo o mundo, as profissões de ambiente construído – e em particular seus escalões superiores – permanecem fortemente dominadas por homens, mais do que outras esferas, como educação ou saúde.

Leveza e precisão: conhecendo a obra de Carla Juaçaba

Precisão técnica aliada à preocupação ambiental e caráter exploratório e investigativo fazem de Carla Juaçaba uma das grandes representantes da arquitetura latino-americana na atualidade. Carioca, nascida em 1976, Carla Juaçaba frequentou a Universidade de Santa Úrsula e atribui à essa instituição de ensino muito do seu estilo experimental e interdisciplinar. Não é à tona que durante a sua formação acadêmica seus grandes mestres inspiradores foram o arquiteto Sergio Bernardes e a artista plástica Lygia Pape, insinuando seu interesse pelas múltiplas ramificações disciplinares que podem compor a arquitetura. Nesse sentido, ainda na graduação, Carla trabalhou em conjunto com arquiteta Gisela Magalhães, da geração de Oscar Niemeyer, em projetos de cenografia e expografia.

Leveza e precisão: conhecendo a obra de Carla JuaçabaLeveza e precisão: conhecendo a obra de Carla JuaçabaLeveza e precisão: conhecendo a obra de Carla JuaçabaLeveza e precisão: conhecendo a obra de Carla Juaçaba+ 14

Frida Escobedo projetará nova ala de arte moderna e contemporânea no Museu Met de Nova York

O Museu Metropolitan de Nova York escolheu a arquiteta mexicana Frida Escobedo para projetar sua nova ala de arte moderna e contemporânea no valor de 500 milhões de dólares.. O espaço foi bastante debatido no mundo da arte já que, até agora, o museu não conta com uma área temática que abriga obras correspondentes a tais períodos.

Mulheres na gestão urbana: seis nomes que mudaram o jogo

Em diferentes partes do mundo as mulheres estão transformando as cidades e ocupando espaços no planejamento e na gestão urbana como nunca havia acontecido. Paris, Barcelona e Roma, por exemplo, além de serem cidades onde quase qualquer pessoa gostaria de viver, são, hoje, cidades gerenciadas por mulheres pela primeira vez em sua história, ambas em seu segundo mandato. Grandes mudanças e planos celebrados atualmente, como a “cidade de 15 minutos”, em Paris, a abertura da Times Square para as pessoas, em Nova Iorque, e a digitalização urbana de Barcelona como cidade inteligente, foram capitaneadas por mulheres.

O peixe morto na praia: o problema das “mulheres na arquitetura”

Conheça um nova geração de arquitetas que lidera escritórios em todo o mundo

"Onde estão as mulheres arquitetas?" Lamenta a professora e historiadora da arquitetura Despina Stratigakos em seu livro. O sentimento certamente ecoou e foi bem compreendido por muitas mulheres que trabalham na profissão e têm que romper diariamente algumas barreiras estabelecidas por uma disciplina, infelizmente, dominada por homens. Sabemos que o número de mulheres na prática da arquitetura é pequeno, e fica ainda menor quanto mais alto subirmos nas hierarquias da profissão.

Dez arquitetas desprestigiadas pela história

Buscando na história da arquitetura, você poderia ser perdoado por pensar que as mulheres eram uma invenção da década de 1950 no ramo, mas isso isso está longe de ser verdade. Grandes nomes como Le Corbusier, Mies, Wright e Kahn, muitas vezes tinha igualmente inspiradores pares femininos, mas a estrutura rígida da sociedade fez com que suas contribuições fossem esquecidas. 

Arquiteta vence prêmio de mobilidade com aplicativo que melhora a segurança das mulheres nas cidades

O aplicativo de segurança Malalai, criado pela arquiteta e urbanista Priscila Gama, cuja função é tornar as cidades e as diversas formas de deslocamento mais seguras para mulheres, foi o grande homenageado do prêmio GOL Novos Tempos. A premiação celebra iniciativas que buscam democratizar a mobilidade.

Universidade Federal de Alagoas concede à arquiteta Zélia Maia Nobre o título de Doutora Honoris Causa

A Universidade Federal de Alagoas, aprovou, por unanimidade, o Título de Doutora Honoris Causa à arquiteta Zélia de Melo Maia Nobre. Em um momento histórico para a arquitetura nordestina, a “dama do traço elegante”, ícone do movimento moderno regional, foi citada como a “primeira mulher a receber o título de Doutora Honoris Causa da UFAL”, nas palavras da Reitora Valéria Correia, presidente do Conselho Universitário.