Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Meio Ambiente

Meio Ambiente: O mais recente de arquitetura e notícia

Simpósio "Arquitetura e Desafios Ambientais"

16:30 - 24 Abril, 2019
Simpósio "Arquitetura e Desafios Ambientais"

PLATAFORMA DA ESCOLA DA CIDADE PROMOVE SIMPÓSIO SOBRE DESAFIOS AMBIENTAIS

Encontro que acontece em maio discute a responsabilidade ambiental na decisão de projeto de arquitetura e urbanismo. Inscrições abertas

O Simpósio 'Arquitetura e Desafios Ambientais' acontece de 13 a 17 de maio, e visa contribuir para a conscientização, por parte dos agentes transformadores da cidade (arquitetos, construtores, incorporadores e investidores), sobre o impacto da ação do homem no globo e a necessidade de mudança na maneira como construímos e vivemos. Para tanto, são convidados para debater alguns representantes de diferentes formações, com várias entradas quanto ao grande tema dos Desafios Ambientais. O

Por um meio ambiente mais arRUAdor

07:00 - 24 Abril, 2019
Por um meio ambiente mais arRUAdor, A cidade na construção do meio ambiente: “Um lugar para estranhos" ou um lugar que só deixa de ser neutro e abstrato quando pintado por cada um de nós? Imagem de Paulo Pacheco
A cidade na construção do meio ambiente: “Um lugar para estranhos" ou um lugar que só deixa de ser neutro e abstrato quando pintado por cada um de nós? Imagem de Paulo Pacheco

Porventura não haverá conceito tão mais genérico e abrangente quanto impessoal e difícil de consensualizar como o meio ambiente (fixando a atenção na própria definição de meio ambiente da Conferência das Nações Unidas – o meio ambiente é o conjunto de componentes físicas, químicas, biológicas e sociais capazes de causar efeitos diretos e indiretos, em prazo curto ou longo, sobre os seres vivos e as atividades humanas – e descobrimos, de imediato, que a pacificação de um suporte conceitual comum e assertivo é difícil de atingir e de generalizar o seu reconhecimento…)

Roda-gigante de Balneário Camboriú viola legislação ambiental, diz Ministério Público de SC

12:00 - 15 Março, 2019
Roda-gigante de Balneário Camboriú viola legislação ambiental, diz Ministério Público de SC, Imagem: Big Wheel S.A./Reprodução
Imagem: Big Wheel S.A./Reprodução

O projeto que propõe a construção da maior roda-gigante da América do Sul em Balneário Camboriú (SC) passou por mais uma audiência pública nesta segunda-feira (11), desta vez para apresentação do Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) da obra, que prevê a construção de um complexo com 57,2 mil m² na região da Praia do Coco.

Alemanha sugere transporte público gratuito para reduzir poluição

07:00 - 12 Maio, 2018
Alemanha sugere transporte público gratuito para reduzir poluição, Cortesia de Ciclo Vivo
Cortesia de Ciclo Vivo

Até o final de 2018, ao menos cinco cidades na Alemanha poderão testar uma maneira exemplar de combater a poluição. O teste consistirá no desestímulo ao veículo privado ao passo que o transporte público será de graça. Uma solução que hoje é adotada em poucos lugares.

Bonn, Essen, Herrenberg, Reutlingen e Mannheim são as cidades alemãs que fazem parte da proposta elaborada pelo governo federal. “Estamos considerando disponibilizar transporte público gratuito para reduzir o número de carros particulares”, afirmam ministros alemãs em uma carta enviada à Comissão Europeia. “A luta contra a poluição do ar efetivamente sem atrasos desnecessários é a maior prioridade para a Alemanha”, diz ainda o documento.  

8 Materiais biodegradáveis que o setor da construção civil precisa conhecer

12:00 - 7 Maio, 2018
8 Materiais biodegradáveis que o setor da construção civil precisa conhecer

Na arquitetura, estamos tão envolvidos na criação de coisas novas que muitas vezes esquecemos o que acontece no final do ciclo de vida de um edifício - a infeliz e inevitável demolição. Podemos querer que nossos prédios sejam atemporais e vivam para sempre, mas a dura realidade é que eles não são. Então, para onde espera-se que todo o lixo vá?

Assim como a maioria dos resíduos não recicláveis, eles acabam nos aterros e, como a terra necessária para esse tipo de infraestrutura torna-se um recurso cada vez mais escasso, precisamos encontrar soluções alternativas. Todos os anos, apenas no Reino Unido, 70 a 105 milhões de toneladas de resíduos são criados a partir da demolição de edifícios, e apenas 20% disso é biodegradável, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Cardiff. Com um projeto inteligente e uma melhor percepção dos materiais biodegradáveis disponíveis na construção, cabe a nós, arquitetos, tomarmos as decisões corretas durante toda a vida útil de um edifício.

Curso explica os impactos das tecnologias digitais no ambiente

08:00 - 26 Abril, 2018
Curso explica os impactos das tecnologias digitais no ambiente, um novo meio ambiente - imagem: Lucas Girard e Gustavo Wierman
um novo meio ambiente - imagem: Lucas Girard e Gustavo Wierman

Esse curso oferece um panorama histórico do desenvolvimento das tecnologias de comunicação digitais e sua relação com o espaço urbano. Também iremos entender por que hoje existe um movimento chamado "cidades inteligentes" e quais as implicações e limites da distribuição dessa "inteligência" nas cidades.
Nosso objetivo é fornecer aos cursantes ferramentas críticas para interpretação e intervenção em ambientes urbanos hiperconectados.
O curso é relevante para arquitetos, urbanistas, designers, comunicadores, professores, e todos aqueles que estão buscando entender os impactos socioambientais das tecnologias digitais.

A próxima crise da sustentabilidade: nós estamos usando tanta areia que ela pode realmente acabar

19:00 - 23 Abril, 2018
Objects made of Finite, a material developed by students from Imperial College London using desert sand. Image © Finite
Objects made of Finite, a material developed by students from Imperial College London using desert sand. Image © Finite

A areia é o recurso natural mais consumido no mundo depois da água e do ar. Cidades modernas são construídas a partir dela. Somente na indústria da construção, estima-se que 25 bilhões de toneladas de areia e cascalho sejam utilizados a cada ano. Isso pode soar muito, mas não é um número surpreendente quando você considerar como quase tudo o que está ao seu redor provavelmente tem o material em sua constituição.

Mas está se esgotando.

Este é um fato assustador para se pensar quando você percebe que a areia é necessária para fazer tanto concreto como asfalto, para não mencionar todos os vidros do planeta. O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente descobriu que de 2011 a 2013, somente a China usou-se mais cimento do que os Estados Unidos usaram em todo o século 20 e em 2012, o mundo usou concreto suficiente para construir uma parede ao redor da Linha do Equador com 27 metros de altura e 27 metros de espessura.

Maior purificador de ar do mundo é testado na cidade de Xi'an na China

15:00 - 26 Janeiro, 2018
Maior purificador de ar do mundo é testado na cidade de Xi'an na China, A torre de purificação de ar de 100 metros de altura em Xi'an, na China - acreditava ser o maior purificador de ar do mundo. Imagem via South China Morning Post
A torre de purificação de ar de 100 metros de altura em Xi'an, na China - acreditava ser o maior purificador de ar do mundo. Imagem via South China Morning Post

A torre de purificação de ar de 100 metros de altura construída na cidade de Xi'an na China - considerada o maior purificador de ar do mundo - melhorou consideravelmente a qualidade do ar da cidade, como sugerem os dados que estão sendo avaliados desde o início de sua operação.

Segundo pesquisadores do Institute of Earth Environment da Academia Chinesa de Ciências, a estrutura é capaz de filtrar até 10 milhões de metros cúbicos de ar por dia. Uma área de observação de 10 quilômetros quadrados está sendo monitorada. Os níveis de smog foram reduzidos à níveis moderados, até mesmo nos piores dias, uma considerável melhora em relação às péssimas condições as quais a cidade tem sido submetida ao longo dos últimos anos.

Nova Iorque é a primeira cidade a exigir que edifícios reduzam emissões de gases de efeito estufa

07:00 - 27 Outubro, 2017
Nova Iorque é a primeira cidade a exigir que edifícios reduzam emissões de gases de efeito estufa, © iStock por Getty Images. Via CicloVivo
© iStock por Getty Images. Via CicloVivo

Recentemente, o prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio, anunciou novas regras para reduzir drasticamente as emissões de gases de efeito estufa da cidade. A ideia é fazer com que os proprietários dos edifícios modernizem seus prédios com projetos que visem a redução do impacto ambiental.

A queima de combustíveis fósseis utilizados para disponibilizar calefação e água quente em edifícios é a maior fonte de emissão de gases de efeito estufa da cidade de Nova Iorque. Em breve, espera-se que haja melhorias em aquecedores de água quente, telhados e janelas, caldeiras e sistemas de distribuição de calor.

What Design Can Do São Paulo aponta saídas para a bolha climática

18:00 - 10 Outubro, 2017
What Design Can Do São Paulo aponta saídas para a bolha climática, Terceira edição do evento internacional em São Paulo está marcada para dias 22 e 23 de novembro, na FAAP, com a presença de importantes nomes como Patricia Espinosa, Naresh Ramchandani, Guto Requena e Marcelo Ebrard
Terceira edição do evento internacional em São Paulo está marcada para dias 22 e 23 de novembro, na FAAP, com a presença de importantes nomes como Patricia Espinosa, Naresh Ramchandani, Guto Requena e Marcelo Ebrard

O What Design Can Do São Paulo – WDCD SP volta ao Brasil destacando o impacto social do design. A conferência anual se dedicará à questão mais importante de nosso tempo: as mudanças climáticas. Palestrantes de renome de todas as disciplinas do design farão parte do evento e irão explorar o papel que o design pode cumprir. Em paralelo, a Violência contra a Mulher segue sendo tema de pesquisa do evento.

Neste ano, a conferência será mais dinâmica do que nunca, com um expressivo conjunto de palestrantes do Brasil e do mundo. Incluindo o designer de comunicação Naresh Ramchandani (Pentagram

Concurso Nacional de Ideias para o Parque do Cocó

18:00 - 14 Julho, 2017
Concurso Nacional de Ideias para o Parque do Cocó

O Concurso Nacional de Ideias para o recém-regulamentado Parque Estadual do Cocó foi lançado oficialmente no dia 5 de julho, no Centro de Referência do equipamento, pelo governador do Ceará, Camilo Santana, pelo Presidente do IAB-CE, Custódio Santos e pelo Secretário Estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno.

O concurso visa selecionar, entre arquitetos nacionais e estrangeiros, a melhor proposta urbanística, paisagística e arquitetônica para as áreas disponíveis. O intuito é dotar o Cocó de equipamentos de contemplação, lazer, esporte e educação ambiental.

Como fazer um estudo de impacto ambiental apenas com software livre

10:00 - 26 Junho, 2017
Como fazer um estudo de impacto ambiental apenas com software livre, Cortesia de Gidahatari
Cortesia de Gidahatari

O estudo do meio ambiente, dos processos dos ciclos hídrico e atmosférico e da interação entre os ecossistemas aquáticos e terrestres, tão importante e necessário para algumas obras de engenharia e urbanismo, necessita de ferramentas avançadas de análise. É necessário compreender o funcionamento dos ecossistemas e qual o impacto de nossos projetos em cenários futuros. Isso vai além de um enfoque legislativo, e exige uma constante pesquisa e evolução dos códigos e modelos.

Os softwares necessários para estas análises, entretanto, não são tão populares quanto os tradicionais programas de projeto, desenho e representação usados na arquitetura. São variados, cada qual para uma finalidade específica, e para usá-los, geralmente é preciso pagar licenças bastante onerosas.

Os acordos do Fórum Latino-Americano de Prefeitos do C40 para reduzir a poluição ambiental

07:00 - 11 Maio, 2016
Os acordos do Fórum Latino-Americano de Prefeitos do C40 para reduzir a poluição ambiental, © C40
© C40

Em 2005, quando Ken Livingstone era prefeito de Londres,  os líderes de 18 megacidades foram convocados para definir quais medidas poderiam ser adotadas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa e os riscos climáticos. 

No ano seguinte, a iniciativa se uniu à Fundação Clinton, que fez com que o número de cidades participantes aumentasse para 40, dando origem à rede conhecida como C40, que elegeu as seguintes cidades para seu Comitê Diretor: Berlim, Hong Kong, Joanesburgo, Los Angeles, Londres, Nova Iorque, São Paulo, Seul, Tóquio e Jacarta.

Há algumas semanas, os membros deste grupo se reuniram em Buenos Aires, onde anunciaram uma Declaração de Cidades Latino-Americanas sobre o Pacto de Prefeitos e uma Declaração de Intenções.

Saiba, a seguir, o que diz cada declaração.

Inaugurada a primeira torre de descontaminação atmosférica em Roterdã

07:00 - 27 Fevereiro, 2016

No final do ano passado publicamos um projeto do Studio Roosegaarde, dos Países Baixos, que tinha como objetivo construir uma torre, conhecida como Smog Free Tower, que permitia purificar o ar das cidades e, assim, diminuir sua contaminação atmosférica

A iniciativa se tornou mundialmente conhecida após o escritório lançar uma campanha de financiamento coletivo no Kickstarter para construir a torre. Em pouco mais de um mês, a equipe arrecadou mais que o dobro da meta inicial de 50 mil euros, o que tornou possível que a primeira torre esteja hoje em funcionamento em Roterdã.

Como a torre funciona e quais são os primeiros resultados? Saiba mais a seguir.

OMS cita Curitiba e Porto Alegre como exemplos de redução da poluição

12:00 - 10 Novembro, 2015
OMS cita Curitiba e Porto Alegre como exemplos de redução da poluição, Ponto de ônibus em Curitiba. Image via  Wikimedia Commons / CC0
Ponto de ônibus em Curitiba. Image via Wikimedia Commons / CC0

Em um documento divulgado recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) destacou a necessidade de reduzir as emissões de poluentes como o carbono negro, o ozônio, o metano e o dióxido de carbono, que não só contribuem para as mudanças climáticas, como também provocam mais de 7 milhões de mortes associadas à poluição do ar por ano.

No relatório, publicado no último 22 de outubro, a agência da ONU citou as cidades brasileiras de Curitiba e Porto Alegre como exemplos bem-sucedidos de planejamento urbano orientado para a redução da poluição.

Proposta visa transformar uma ilha abandonada em centro de estudos na Filadélfia

07:00 - 30 Outubro, 2015
Proposta visa transformar uma ilha abandonada em centro de estudos na Filadélfia, © Centro de Arquitectura de Filadelfia
© Centro de Arquitectura de Filadelfia

O "Better Philadelphial Challenge" é um evento internacional organizado desde 2006 pelo Centro de Arquitetura local, filiado ao AIA, que convida estudantes universitários a propor soluções de desenho urbano a serem implementadas na Filadélfia e, possivelmente, em outras cidades.

Este ano o projeto vencedor foi "Delaware Valley Foodworx”, uma proposta elaborada por uma equipe da Universidade de Cornell que pretende converter a pequena ilha Petty, que é atualmente usada como depósito de containers e tanques de petróleo, e, um "paraíso sustentável".

Conheça a proposta, a seguir.

Instituto Terra: a ONG de Sebastião Salgado no Vale do Rio Doce

06:00 - 14 Agosto, 2015
Instituto Terra: a ONG de Sebastião Salgado no Vale do Rio Doce, © Instituto Terra
© Instituto Terra

Por Geraldo Benicio da Fonseca e Henrique Felício Pereira

A região do Médio Rio Doce reflete um longo período de violenta exploração de seus recursos naturais. A ocupação deste território seguiu um processo típico de desmatamento e manejo inadequado, que hoje se reflete em uma paisagem empobrecida e ressequida, cenário de declínio econômico e de recursos hídricos cada vez mais escassos. Mas a pequena cidade de Aimorés é palco de uma iniciativa que espera mudar este quadro: o Instituto Terra. Esta ONG foi fundada em 1998 por Sebastião Salgado e Lélia Wanick Salgado para promover programas e ações de conservação, recuperação, gestão e educação ambiental. Sua meta inicial era criar um modelo de recuperação ambiental associado a atividades educacionais, a ser replicado em propriedades no Vale do Rio Doce e outras regiões da Mata Atlântica.

Arte urbana: 12 murais que mostram o impacto da humanidade no meio ambiente

07:00 - 6 Agosto, 2015
Arte urbana: 12 murais que mostram o impacto da humanidade no meio ambiente, Mural realizado por Blu e Os Gemeos para o Festival Crono em Lisboa, Portugal
Mural realizado por Blu e Os Gemeos para o Festival Crono em Lisboa, Portugal

O impacto dos seres humanos no meio ambiente é um tema que está sendo abordado por especialistas de diversas áreas do conhecimento devido à necessidade em mudar nosso modo de vida, sobretudo em relação ao consumo. Esse sentido de urgência é potencializado por estimativas da ONU que apontam que, até o ano de 2050, o planeta deverá suprir as demandas de 9,6 bilhões de pessoas.

Na última comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente, realizada no dia 5 de junho, a organização concentrou seus esforços em demonstrar a necessidade de cuidar de nossos recursos naturais, sobretudo de três deles: a água, a energia e os alimentos.

Sua importância faz com que artistas de todo o mundo apresentem diferentes abordagens ao tema, usando suas habilidades e os muros das cidades para criar mensagens que deixam bastante claro que não podemos continuar explorando o meio ambiente indiscriminadamente.

Veja, a seguir, uma seleção realizada pelo site Novenus que inclui murais realizados por artistas como Banksy, Blu e Os Gemeos.