O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. tecnologia

Tecnologia

Como incorporar a domótica na arquitetura?

15:00 - 11 Dezembro, 2018
Como incorporar a domótica na arquitetura?, Kit Domótica Inmobiliario | AveChile. Image Cortesía de AveChile
Kit Domótica Inmobiliario | AveChile. Image Cortesía de AveChile

Domótica = Domus ('casa' em latim) + Autônomo ('quem se governa' em grego)

Como o nome indica, a domótica permite que um lar possa funcionar de forma inteligente, respondendo aos requisitos e necessidades de seus usuários por meio de sistemas automatizados que melhoram a habitabilidade e o conforto de seus espaços, aumentando sua segurança e aprimorando, a longo prazo, a economia de energia e de dinheiro.

Usando sensores, sistemas motorizados, tecnologias sem fio e integração direta com telefones celulares ou tablets, a domótica veio para ficar e você pode integrá-la em seus projetos de arquitetura - desde o estágio inicial - por meio de diferentes sistemas automatizados. Mas como fazer isso? Analise uma série de soluções classificadas por seus benefícios: economia de energia, conforto, acessibilidade e segurança.

Software especializados para el control y monitoreo de la iluminación Quantum® | Lutron. Image Cortesía de Lutron Soluciones en Sistemas de Conectividad | Teckrum. Image Cortesía de Teckrum Sistemas de Seguridad | Teckrum. Image Cortesía de Teckrum Home Automation | GIRA. Image Cortesía de GIRA + 22

Casas inteligentes que utilizam Domótica para melhorar a qualidade de vida de seus habitantes

12:00 - 22 Novembro, 2018
© Paul Finkel
© Paul Finkel

A domótica é um conjunto de tecnologias aplicadas ao controle e automação inteligente de uma obra de arquitetura. Seus diferentes sistemas permitem uma gestão eficiente do consumo de energia, segurança, acessibilidade e conforto geral do edifício, tornando-se uma questão importante a considerar ao projetar, construir e habitar.

Os sistemas domóticos são baseados na coleta de dados por sensores, que logo são processados para emitir ordens precisas aos executores, variando a qualidade ambiental de cada espaço de acordo com as necessidades do usuário. O ritmo da vida atual e os avanços tecnológicos que experimentamos nos últimos anos levaram a novas formas de viver, motivando o projeto de residências e edifícios mais humanos, multifuncionais e flexíveis.

Este artigo recolhe diferentes referências de habitação onde a domótica tem sido utilizada, o que deixou de ser um luxo para se tornar uma solução viável e eficaz para todos os tipos de projetos.

© Kingkien © Beer Singnoi © Kingkien © Günther Richard Wett + 25

Modelagem Paramétrica e Fabricação Digital com Grasshopper

14:00 - 18 Setembro, 2018
Modelagem Paramétrica e Fabricação Digital com Grasshopper

DESCRIÇÃO
Não perca a última edição do nosso curso em São Paulo!

SOBRE O CURSO:
Vamos abordar o desenvolvimento, controle, viabilização e fabricação de geometrias complexas através da associação de parâmetros do projeto usando Grasshopper, o mais avançado software de modelagem generativa para Arquitetura e Design.

QUEM PODE FAZER?
O curso é introdutório, então arquitetos, designers, engenheiros ou qualquer pessoa interessada em ferramentas de modelagem paramétrica poderá acompanhar sem precisar de conhecimento prévio!

Venha aprender a projetar e fabricar seu protótipo do início ao fim!

Além das diretrizes básicas de modelagem paramétrica, os alunos terão a oportunidade de desenvolver e fabricar em escala um protótipo de própria

Por que arquitetos se dão tão bem com startups

07:00 - 18 Agosto, 2018
Por que arquitetos se dão tão bem com startups, Roupa para dormir de Forrest Jessee. Imagem © Forrest Jessee
Roupa para dormir de Forrest Jessee. Imagem © Forrest Jessee

Este artigo foi originalmente publicado por Jude Fulton no Medium sob o título "Why Architects are Super Well-Suited for Startups". Você pode ver a postagem original aqui.

Museus hiperconectados: Como os museus vêm se moldando à tecnologia?

12:00 - 27 Julho, 2018
Museus hiperconectados: Como os museus vêm se moldando à tecnologia?, Instalação Yǔzhòu. Image © Imagen Subliminal
Instalação Yǔzhòu. Image © Imagen Subliminal

Nas últimas duas décadas as tecnologias digitais vêm mudando a maneira como utilizamos e nos relacionamos com os espaços, sobretudo os públicos, potencialmente mediados por redes e dispositivos que permitem colocar-nos em novas posições. Em maio deste ano, durante a semana mundial de eventos do Museum Day, promovida pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM) foi adotada a temática Hyperconnected museums: New approaches, new publics como mote para o ciclo de debates da edição 2018, que se propôs a discutir o relacionamento dos museus enquanto instituição à sociedade a partir da conectividade digital, tanto no que diz respeito à organização do espaço físico quanto à interação com o público.

No desdobramento do ciclo de debates que ocorreu em museus de todo o mundo, o que se percebeu foi que as instituições estão cada vez mais focadas em criar uma rede junto a seu público, o que é possível através da tecnologia. O fato é que imaginar uma exposição, bem como o museu enquanto objeto no ambiente urbano, é também imaginar as possibilidades de interação do público, tornando-se inevitável efetuar comparações à maneira como os expectadores relacionavam-se com as obras antigamente e como isso tem se modificado na chamada “Era da selfie”.

Instalação "Driver Less Vision" questiona o papel da inteligência artificial no planejamento de nossas cidades

16:00 - 22 Julho, 2018
Instalação "Driver Less Vision" questiona o papel da inteligência artificial no planejamento de nossas cidades, Cortesia de Guillermo Fernandez-Abascal, Urtzi Grau e Daniel Perlin
Cortesia de Guillermo Fernandez-Abascal, Urtzi Grau e Daniel Perlin

Driver Less Vision é uma instalação feita por Guillermo Fernandez-Abascal, Urtzi Grau e Daniel Perlin especialmente para a Bienal de Arquitetura e Urbanismo de Seul de 2017. Concebida para proporcionar uma experiência imersiva em três dimensões, a instalação é composta por uma série de imagens em movimento da cidade de Seul, as quais são projetadas em uma cúpula especial de oito metros de diâmetro. Junto com um sistema de áudio surround, os visitantes são transportados para dentro de um veículo autônomo que percorre as ruas de uma futura Seul. Os passageiros deste veículo auto-guiado podem então relaxar enquanto vislumbram uma nova perspectiva de como poderemos nos deslocar através dos centros urbanos no futuro.

Cortesia de Guillermo Fernandez-Abascal, Urtzi Grau e Daniel Perlin Cortesia de Guillermo Fernandez-Abascal, Urtzi Grau e Daniel Perlin Cortesia de Guillermo Fernandez-Abascal, Urtzi Grau e Daniel Perlin Cortesia de Guillermo Fernandez-Abascal, Urtzi Grau e Daniel Perlin + 9

Carlo Ratti e Sidewalk Labs propõem calçamento de rua modular e reconfigurável

10:00 - 22 Julho, 2018
Carlo Ratti e Sidewalk Labs propõem calçamento de rua modular e reconfigurável, © Carlo Ratti Associati
© Carlo Ratti Associati

O escritório Carlo Ratti Associati, em colaboração com o Sidewalk Labs da Alphabet, divulgou uma proposta de sistema de pavimentação modular chamado “Dynamic Street.” Buscando tornar as ruas “reconfiguráveis, mais seguras e mais acessíveis aos pedestres, ciclistas e futuros veículos autônomos”, o projeto estará em exibição no espaço de experimentações da Sidewalk Lab em Toroto nos próximos meses.

Através de uma série de placas de pavimentação modulares hexagonais, o projeto explora os padrões que podem ser criados através da reconfiguração desses módulos, “permitindo que a rua crie uma faixa extra durante a hora do rush, ou transforme-se em uma praça para pedestres à noite."

© Carlo Ratti Associati © Carlo Ratti Associati © David Pike © David Pike + 13

Modelagem Paramétrica com Grasshopper

08:00 - 17 Julho, 2018
Modelagem Paramétrica com Grasshopper

Esse curso é uma introdução sobre o desenvolvimento, controle e viabilização de geometrias complexas através da associação de parâmetros do projeto usando Grasshopper, o mais avançado software de modelagem generativa para Arquitetura e Design.
Grasshopper é um plugin do Rhinoceros 3D que opera como uma interface gráfica de edição de algorítimos. Essa função faz com que seja possível criar uma receita do seu projeto que descreve passo a passo uma modelagem 3D que regula cada decisão tomada.
O controle sobre cada etapa de modelagem é responsável pela capacidade de fazer variações infinitas dos mesmo comandos, alterando apenas os paramêtros!
Destina-se a arquitetos, designers,

Inscrições para Pós-Graduação Escola da Cidade

08:00 - 12 Julho, 2018
Inscrições para Pós-Graduação Escola da Cidade,  Inscrições abertas. Entre eles, estão dois novos cursos de Pós, um de mobilidade e outro de tecnologia.
Inscrições abertas. Entre eles, estão dois novos cursos de Pós, um de mobilidade e outro de tecnologia.

Escola da Cidade abre inscrições para cursos de pós-graduação no 2º semestre. 

Pedra, vidro e bambu: nova loja da Apple em Macau por Foster + Partners

15:00 - 7 Julho, 2018
Pedra, vidro e bambu: nova loja da Apple em Macau por Foster + Partners, Apple Store, Sands Cotai Central, Macau - exterior à noite com o cubo iluminado e plantação de bambu emoldurando a entrada com as pessoas. Imagem Cortesia deNigel Young, Foster + Partners
Apple Store, Sands Cotai Central, Macau - exterior à noite com o cubo iluminado e plantação de bambu emoldurando a entrada com as pessoas. Imagem Cortesia deNigel Young, Foster + Partners

Foster + Partners publicou imagens da sua recém-inaugurada Apple Store em Macau, destinada a ser um "novo oásis de calma" contra a agitação da cidade. A loja, inaugurada em 29 de junho, foi projetada em resposta a um requerimento por "um espaço convidativo e contemplativo, onde a tecnologia, o entretenimento e as artes se unem para dar uma contribuição positiva à cidade".

A Apple Cotai Central foi projetada em uma estreita colaboração entre Foster + Partners e o diretor de design da Apple, Sir Jonathan Ive, uma colaboração que anteriormente produziu as lojas da Apple na Michigan Avenue em Chicago e na Regent Street em Londres.

Apple Store, Sands Cotai Central, Macau -  interior com bambu subindo através do cubo. Imagem Cortesia de Nigel Young, Foster + Partners Apple Store, Macau, Sands Cotai. Olhando para a lanterna de luz emoldurada com bambu densamente plantado. Imagem Cortesia de Nigel Young, Foster + Partners Apple Store, Sands Cotai Central, Macau - interior com escadas de pedra que descem do cubo. Imagem Cortesia de Nigel Young, Foster + Partners Apple Store, Sands Cotai Central, Macau - piso de varejo dentro do cubo com bambu subindo abaixo. Imagem Cortesia de Nigel Young, Foster + Partners + 8

Donghua Chen & Partners projeta uma "ilha das ciências" na Lituânia

16:00 - 27 Junho, 2018
Donghua Chen & Partners projeta uma "ilha das ciências" na Lituânia, Cortesia de Donghua Chen & Partners
Cortesia de Donghua Chen & Partners

Donghua Chen & Partners divulgou detalhes de sua proposta para o Centro Nacional de Ciência e Inovação da Lituânia, uma iniciativa conhecida como “Ilha da Ciência”. A competição contou com 144 equipes, tornando-se o maior concurso de arquitetura já realizado na Lituânia. A Donghua Chen & Partners foi uma das três finalistas para a competição, com SMAR Architecture Studio sendo finalmente escolhido para realização.

A proposta de Donghua Chen & Partners chamada “Science Loop” considera uma série de sistemas, incluindo estruturas sociais, skyline, circulação, devolução e reciclagem, organizadas como uma rede integrada.

Cortesia de Donghua Chen & Partners Cortesia de Donghua Chen & Partners Cortesia de Donghua Chen & Partners Cortesia de Donghua Chen & Partners + 22

Uma nova Revolução Industrial? As infinitas possibilidades da impressão 3D

12:00 - 5 Junho, 2018
Uma nova Revolução Industrial? As infinitas possibilidades da impressão 3D , Experience #1. Image Cortesia de Guto Requena
Experience #1. Image Cortesia de Guto Requena

A Primeira Revolução Industrial aconteceu no Reino Unido no final do século 18 com a mecanização da indústria têxtil. Nas décadas seguintes, em vez de construir coisas apenas com as mãos, espalhou-se pelo mundo o uso de máquinas.

A Segunda Revolução Industrial começou nos Estados Unidos no início do século 20 com a linha de produção em série, na chamada Era da Produção em Massa.

Vivemos agora uma nova revolução na indústria, amparada pela cultura e tecnologias digitais, que tem como um de seus importantes catalisadores as impressoras 3D. E, acredite, você ainda vai ter uma. Com preços cada vez mais acessíveis, uma máquina dessas é capaz de imprimir objetos tridimensionais. A técnica mais comum é a que deposita e cola, layer a layer, grãos minúsculos de algum material, como plástico, cerâmica, vidro ou metal.

Arquitetura do limbo: como a tecnologia está transformando a maneira como usamos os espaços "inúteis"

10:00 - 23 Maio, 2018
Arquitetura do limbo: como a tecnologia está transformando a maneira como usamos os espaços "inúteis", © Foto por gdtography de Pexels
© Foto por gdtography de Pexels

Publicado em parceria com o The Greenhouse Talks, o seguinte ensaio de Aaron Betsky examina os "espaços limbo" e as oportunidades que eles ocultam.

Na sala de espera, aguardamos. Ou apenas observamos impacientemente o tio-tac do relógio, o tempo que passa. Qualidades e elementos de uma boa arquitetura parecem se dissolver pelas paredes. Nos aeroportos, edifícios públicos ou consultórios, nos espaços da ociosidade e também nas bolhas que habitamos ou ainda nos espaços sagrados e meditativos onde procuramos nos afastar de tudo e de todos, os limites parecem cada vez menos claros. Cada dia mais estes espaços fazem parte das nossas vidas. Uma espécie de purgatório entre o inferno da realidade cotidiana e o paraíso do espaço social virtual - ou vice versa. Como se revela a arquitetura destes espaços vazios de significado e como deveríamos projetar um espaço que não necessariamente precisa aparecer? O que esses espaços nos revelam sobre o futuro da própria arquitetura?

Arquitetura hackeada? Fachada responde a estímulos e poluição do ar

12:00 - 17 Maio, 2018
Arquitetura hackeada? Fachada responde a estímulos e poluição do ar, © Ayla Hibri
© Ayla Hibri

São Paulo, assim como tantas cidades brasileiras, possui uma arquitetura estandardizada, monótona, cinza, com sua estética definida por incorporadoras e construtoras, com baixíssimo valor arquitetônico.

É claro que temos edifícios de grande relevância -entre eles, os clássicos do centro histórico, como o edifício Martinelli, os exemplares modernos de Rino Levi e Artacho Jurado, em Higienópolis, e os experimentos contemporâneos na Vila Madalena, assinados por Isay Weinfeld e a Triptyque. Infelizmente são poucos exemplos, que se reduzem a quase zero quando avançamos para a periferia.

Estou obcecado com a ideia de que podemos mudar essa realidade, hackeando edifícios existentes, estimulando uma nova identidade urbana, elevando a autoestima, melhorando a qualidade de vida e promovendo inovação e sustentabilidade a custos viáveis.

II Jornada Ciência, Tecnologia e Sociedade: geopolítica do conhecimento, dependência e colonialidade na América Latina

08:00 - 16 Maio, 2018
II Jornada Ciência, Tecnologia e Sociedade: geopolítica do conhecimento, dependência e colonialidade na América Latina, cartaz do evento
cartaz do evento

A II Jornada Ciência, Tecnologia e Sociedade, a ser realizada na UNILA/Foz do Iguaçu, nos proximos dias 24 e 25 de maio, tem como eixo temático a geopolítica do conhecimento, dependência e colonialidade na América Latina. Em outras palavras, procuraremos aproximar, na Jornada, o Pensamento Latino-Americano em Ciência, Tecnologia e Sociedade (PLACTS) da perspectiva decolonial, por entendê-la como uma expressão teórica feita pelo Sul e para o Sul, especialmente voltada às temáticas mais pertinentes à América Latina. O pensamento decolonial compreende o mundo através de suas interioridades, de seu espaço geográfico e de seus corpos dissidentes, numa denúncia contundente

OMA entre os vencedores do concurso para o Masterplan de Unicorn Island na China

19:00 - 15 Maio, 2018
OMA entre os vencedores do concurso para o Masterplan de Unicorn Island na China, Cortesia de OMA
Cortesia de OMA

OMA foi anunciado como um dos quatro escritórios que venceram uma concurso internacional para o desenho da Unicorn Island em Chengdu, um "masterplan inovador projetado especificamente para empresas da Nova Economia".

À medida que a China passa de uma economia orientada à produção para uma economia baseada em conhecimento e serviços, o plano visa fornecer uma variedade de condições de trabalho e de vida para empresas iniciantes e locais, com valores superiores a um bilhão de dólares americanos. Juntamente com o OMA, os quatro vencedores também incluíram Morphosis, que foi reconhecida por seu esquema de organização de negócios, infraestrutura ecológica e estilo de vida.

Cortesia de OMA Cortesia de OMA Cortesia de OMA Cortesia de OMA + 13

Benoy vence concurso para o centro de inovação em ciência Yuqiao em Xangai

19:00 - 11 Maio, 2018
Benoy vence concurso para o centro de inovação em ciência Yuqiao em Xangai, Cortesia de Benoy
Cortesia de Benoy

Especialistas em planejamento e arquitetura de mestres internacionais, Benoy venceu a licitação para o Centro de Inovação Científica Yuqiao, de 367.000 metros quadrados. Este centro tecnológico irá trabalhar para o objetivo de Xangai de ser uma cidade de classe mundial até 2040.

Vídeo apresenta proposta de Foster + Partners para uma rede Hyperloop de transporte de carga

16:00 - 4 Maio, 2018
Vídeo apresenta proposta de Foster + Partners para uma rede Hyperloop de transporte de carga, Cortesia de Foster + Partners
Cortesia de Foster + Partners

O escritório Foster + Partners publicou um vídeo mostrando sua proposta para uma futura infraestrutura de transporte de alta velocidade que tira proveito dos avanços recentes da tecnologia de hyperloop. Projetado para a DP World Cargospeed, uma colaboração entre a gigante de carga DP World e a Virgin Hyperloop One, a proposta de Foster + Partners para esta rede de infraestrutura busca criar um novo ecossistema onde os centros urbanos e paisagens rurais estejam interconectados.