1. ArchDaily
  2. Fachada

Fachada: O mais recente de arquitetura e notícia

Fachadas leves: Como o drywall e as chapas cimentícias funcionam?

Os sistemas de construção leve são basicamente constituídos por uma estrutura base de perfis de aço galvanizado, que pode ser coberta com painéis de gesso ou cimento. Dependendo de suas características particulares, cada painel permite que o sistema adicione maior resistência à umidade e ao fogo, além de diferentes níveis de isolamento térmico e acústico. Por que eles são eficazes quando aplicados em fachadas? Que possibilidades eles oferecem de acordo com sua composição? 

Criando jardins verticais e fachadas verdes com cabos de aço

Com a alta densidade populacional das cidades e o apetite voraz do mercado por cada metro quadrado, não é incomum que a vegetação urbana seja algo deixado de lado. É por essa razão que florestas, hortas e jardins verticais venham despertando tanto interesse e figurado em propostas diversas. Utilizar o plano vertical para manter plantas parece uma saída coerente e de bom senso, sobretudo quando não há possibilidade de trazer o verde para o nível das pessoas, nas ruas.

Greenpeace Brasil / +K Arquitetos. Image © Ana Mello Cortesia de Jakob Cortesia de Jakob Images courtesy of Frasers Property Australia and Sekisui House Australia. Image © Simon Wood + 22

Baixe arquivos CAD para o seu projeto: painéis de fachada

Uma fachada deve, antes de tudo, atender a requisitos extremos, por ser a primeira pele a proteger um edifício, seus interiores e ocupantes. Além de ter que ser resistente às intempéries e durável, a aparência externa de uma fachada é igualmente vital para um projeto de arquitetura. Painéis pré-fabricados proporcionam um acabamento limpo, preciso e sofisticado às edificações, e contam com uma enorme versatilidade de padrões e formatos.

Kfar Saba Primary School / Regavim + architects. Image © Peled Studios 3 Cube Residential Complex / POLYGON. Image © Daniel Annenkov Jade Residence / E/L Studio. Image © Pepper Watkins Muk / Ma hoRe. Image Cortesia de Ma hoRe + 15

MaoHaus / AntiStatics Architecture

Vista Externa MaoHaus. Imagem © Xia Zhi
Vista Externa MaoHaus. Imagem © Xia Zhi

Vista Noturna MaoHaus. Imagem © Xia Zhi Vista Externa MaoHaus. Imagem © Xia Zhi Detalhe MaoHaus. Imagem © Xia Zhi Terreno MaoHaus. Imagem © Xia Zhi + 52

Pequim, China

A versatilidade do revestimento cerâmico em 6 projetos contemporâneos

Revestimentos cerâmicos são usualmente empregados nas áreas molhadas internas de projetos residenciais e comerciais - cozinhas, banheiros, áreas de serviço, entre outros -, contudo, cada vez mais arquitetos têm provado que este material tem grande potencial gráfico, estético e, sobretudo, técnico, quando empregado em fachadas.

Por sua resistência às intempéries, o material exige pouca ou nenhuma manutenção, além disso, a variedade de cores, dimensões, textura e padrões encontrados no mercado permitem uma infinidade de usos e combinações. 

As 10 melhores tipografias para projeto de arquitetura

Você já ficou mais de uma hora rolando a barrinha para escolher uma fonte que combinasse com seu trabalho? Antes de começar um projeto já pensa em qual tipografia vai usar? Fica irritado quando lê uma mensagem importante escrita em Comic Sans? Ou se sente ofendido quando uma sentença banal é escrita em caixa alta? Fique tranquilo, você não está sozinho.

Arquitetos e designers apropriam-se constantemente de elementos gráficos como meios expressivos na esquematização de seus trabalhos. Dentre eles, o mais comum são os desenhos, numa variedade constante entre técnicas, estilos e padrões. Mas entre os elementos que compõem as pranchas, painéis e desenhos, técnicas e modelos, há um fragmento particular que os ajuda na composição e identidade: o uso da Tipografia.

Detalhes construtivos de arquitetura em aço corten

As características do aço corten são respeitadas por todos os arquitetos, tanto por sua resistência como por sua cor particular. Corresponde a um tipo de aço manufaturado com uma composição química que proporciona uma oxidação que protege a peça, praticamente sem alterar suas características mecânicas. Os detalhes construtivos de arquitetura em aço corten apresentam uma diversidade de situações e junções, que não apenas evidenciam um fator construtivo, como também concede um valor estético à arquitetura.

Veja uma seleção de detalhes construtivos que se destacam pelo uso do aço corten.

Conheça a versatilidade do policarbonato através de 17 obras

© Spaceshift Studio © José Hévia © Yuta Oseto © Akira Nakamura + 20

Geralmente utilizado em telhados e revestimentos industriais, o policarbonato é um material que, graças à sua resistência, leveza, fácil instalação e permeabilidade ilumínica, tem ampliado seu espectro de usos tanto na arquitetura residencial como educacional.

Apresentamos uma seleção de 17 obras que são excelentes exemplos do uso do policarbonato. Habitações, escolas, escritórios, indústrias e bibliotecas que evidenciam essa tendência global.

Fachadas de borracha: arquitetura maleável e uniforme

Na maioria das vezes, a borracha não é considerada um material de construção convencional - pelo menos não na mesma extensão que materiais como madeira, concreto ou vidro. Mas a borracha é comumente usada em interiores para pisos de cores ou brilho extraordinários, e ainda mais inesperadamente para fachadas com aspectos exclusivos ou efeitos de acolchoamento. Essa funcionalidade é motivada por vantagens exclusivas, como suavidade, elasticidade, durabilidade e consistência de cores.

Dapstudio’s Music Center Theater Teca. Image © Filippo Romano Benthem Crouwel Architects’ Rubber Holiday Home. Image © Jannes Linders Lenne Office / Kamp Arhitektid. Image © Terje Ugandi Chanel Mobile Art Pavilion / Zaha Hadid Architects. Image © Stefan Tuchila + 18

O que é exatamente uma fachada translúcida de policarbonato?

As fachadas translúcidas são painéis leves usados nos exteriores de edifícios, protegendo-os de intempéries climáticas, umidade e erosão. Sua composição de microcélulas de policarbonato fornece uma luz suave e naturalmente difusa, com uma ampla gama de cores, brilho e opacidades disponíveis.

Ao fixá-las no lugar, com juntas ocultas, é possível ocultar elementos de construção desagradáveis e ajudar a proteger as pessoas dos raios UV prejudiciais, garantindo também a condução térmica máxima. Os indivíduos que os utilizam perceberão uma redução nas contas de energia uma vez que a luz natural do sol poderá aquecer e iluminar edifícios, criando condições ambientais internas muito atraentes para diferentes usos.

MZ Kitchen / QdL Arquitectos. Image © María González Nathalie Mauclair Gymnasium / Schemaa. Image © David Foessel Nathalie Mauclair Gymnasium / Schemaa. Image © David Foessel Option Coffee Bar / TOUCH Architect. Image © Metipat Prommomate + 25

Nem todo prédio espelhado é ruim: 15 soluções em várias escalas

Solução recorrente em edifícios comerciais e corporativos, as fachadas espelhadas costumam despertar sentimentos variados entre arquitetos, frequentemente negativos. Argumentos contra esta opção não faltam e geralmente fazem sentido, citando desde a falência da arquitetura moderna e massificação de suas fachadas de vidro até aspectos relativos ao clima e a negligência às especificidades locais que transparece nessas superfícies espelhadas. 

Orgânica, leve e resistente: A tecnologia dos termofixos para arquitetura

Criado inicialmente para fins aeroespaciais, os materiais baseados em tecnologia avançada de termofixos reforçados com fibras estão sendo cada vez mais considerados não apenas para fabricar elementos específicos de construção, mas também para mudar a forma como os edifícios são concebidos, projetados e construídos. Apesar de serem incrivelmente resistentes - quase seis vezes mais fortes que o aço - os materiais reforçados com fibras são leves e fáceis de manusear, permitindo a criação de projetos arquitetônicos complexos, mas eficientes.

Conversamos com especialistas da ShapeShift, os criadores do produto ShapeShell, para aprofundar nossa compreensão dessa tecnologia e aprender mais sobre como podemos aproveitar suas possibilidades em nossos futuros projetos.

Courtesy of Shapeshell Victorian Comprehensive Cancer Care Hospital (VCCC) / STHDI+MCR. Image Courtesy of Shapeshell RMIT / ARM (Ashton Raggatt McDougall). Image Courtesy of Shapeshell Parklands Disk, Commonwealth Games Village 2018 / ARM (Ashton Raggatt McDougall). Image Courtesy of Shapeshell + 22

10 Soluções de Fachadas Adaptativas para uma Arquitetura Resiliente

O termo “resiliência” tem sido utilizado para os mais distintos assuntos. Sua definição científica é a capacidade de uma substância ou objeto retornar à forma depois de sofrer algum trauma. Ou seja, é bem diferente da resistência, pois trata-se da capacidade de adaptação e recuperação. Na ecologia, a resiliência trata da capacidade de um ecossistema em responder a uma perturbação ou a distúrbios, resistindo a danos e recuperando-se rapidamente. Já na arquitetura, desenhar algo tendo a resiliência em mente pode levar a diversas abordagens. Um projeto resiliente é sempre localmente específico. Prever os possíveis cenários típicos de uso da edificação e mesmo as situações de desastre que poderiam desafiar a integridade do projeto e dos ocupantes é um importante ponto de partida. Além disso, podemos abordar sobre as estruturas e materiais adaptáveis que podem “aprender” de seus ambientes e se reinventar continuamente. Se pensamos em programas e robôs com logaritmos que aprendem com o contexto, porque não podemos usar o mesmo raciocínio em nossas construções?

Selecionamos 10 materiais e soluções adaptativas que trabalham no conceito da Resiliência na Arquitetura e Construção. A pergunta que fica é se essas soluções algumas dia terão uma aplicação massiva ou serão apenas inovações pontuais.

Image Courtesy of Faulders Studio Image Courtesy of TuDelft and the Spong3d project Image Courtesy of TuDelft. ImageDouble Face © Alejandro Cartagena + 24

15 Projetos que exploram as possibilidades diversas do aço na arquitetura

O uso do aço na arquitetura é considerado um dos desenvolvimentos mais inovadores da história da construção civil, permitindo que os arquitetos criassem estruturas em escalas nunca antes imaginadas. Hoje em dia, o aço continua sendo um dos materiais mais importantes no campo da construção, mas há muito mais neste material do que apenas resistência à tração e durabilidade. Alguns arquitetos estão bem cientes do potencial do aço e o transformaram em uma enorme diversidade de itens, de luminárias e elementos decorativos a fachadas e acabamentos.

Veja, a seguir, 15 projetos que exploram o aço para além de suas qualidades estruturais, buscando aplicações variadas e, por vezes, inesperadas. 

© Ket Kolektif © Markus Hattwig © Juan Alberto Andrade © Edmon Leong + 16

Arquitetura Invisível: 09 Fachadas Reflexivas

Ao pensarmos em fachadas reflexivas, imediatamente nossa mente parece imaginar arranha-céus e seus vidros ultrareflexivos. No entanto, indo além, uma série de outros materiais com acabamento polido, como é o caso do alumínio por exemplo, e espelhos, veem sendo aplicados em projetos arquitetônicos e oportunizado uma gama de estímulos visuais, ora pela ilusão de desaparecimento do objeto arquitetônico no espaço, mimetizando-o através da reflexão da paisagem adjacente, ora  permitindo qualidades óticas. Pensando nisso, reunimos um compilado de nove projetos que utilizam materialidades reflexivas em suas fachadas e que conquistaram resultados surpreendentes. Confira a seguir!

White Arkitekter reinventa a tipologia de caixa d'água através de uma estrutura horizontal de concreto

Cortesia de White Arkitekter
Cortesia de White Arkitekter

Uma série de painéis côncavos de concreto aparecem pairando sobre esbeltas colunas que mais se parecem com escoras de madeira, chamando a atenção em meio à paisagem rural da Suécia. A proposta idealizada pelo grupo White Arkitekter procura redefinir a tipologia de uma estrutura bastante racional, sua proposta para a caixa d'água de Varberg é uma estrutura horizontal e estreita, que foge de qualquer relação com a tradicional concepção de uma estrutura deste tipo, vertical e redonda. Chamada de VÅGA, ela é capaz de armazenar dois grandes tanques d'água, podendo ainda ser adaptada e ampliada de acordo com as necessidades.

Cortesia de White Arkitekter Cortesia de White Arkitekter Cortesia de White Arkitekter Cortesia de White Arkitekter + 6

Duas obras de arte de realidade aumentada ocupam o espaço público de Los Angeles

As artistas colombianas Carolina Caycedo e Gala Porras-Kim chegam ao solo dos Estados Unidos com duas intervenções artísticas por meio de realidade aumentada. Os projetos buscam transmitir problemáticas sociais, econômicas e meio ambientais com obras em realidade aumentada.

Trata-se do projeto “Defining line” (Definindo a linha), o qual combina as vantagens e o alcance da tecnologia ao propor um aplicativo móvel que, de forma gratuita, consegue ser democrático e aproximar-se virtualmente as pessoas das obras de arte.