O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Distintas utilidades e aparências conforme o corte do tronco de madeira

Distintas utilidades e aparências conforme o corte do tronco de madeira

Distintas utilidades e aparências conforme o corte do tronco de madeira
Distintas utilidades e aparências conforme o corte do tronco de madeira, © José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Sendo um dos materiais mais utilizados em todo o mundo, os arquitetos estão acostumados a obter facilmente a madeira serrada. No entanto, pouco se sabe sobre seu processo de fabricação e todas as operações que determinam sua aparência, dimensões, tonalidades e outros aspectos relevantes.

A madeira utilizada para construção civil é extraída do corte de troncos de mais de 2000 espécies de árvores em todo o mundo, cada uma com diferentes densidades e níveis de umidade. Além desses fatores, a maneira como o tronco é cortado é determinante para estabelecer a funcionalidade e as características finais de cada tábua. Vamos rever os cortes mais usados.

Partes de um tronco

Um tronco é composto principalmente de fibras de celulose unidas por lignina. De fora para dentro, podemos identificar as seguintes partes:

  • Córtex: é a casca, camada irregular composta de células mortas; protege as camadas internas.
  • Câmbio: camada ao lado do córtex, onde são geradas novas células que aumentam o diâmetro do tronco ano após ano.
  • Alburno: madeira jovem, mais clara e em formação, com muita água e pouca lignina.
  • Cerne: madeira madura e escura, mais rígida e dura devido ao seu alto teor de lignina.
  • Núcleo: parte central do tronco, muito rígida e coesa, sem umidade.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Ao classificar as madeiras de acordo com sua dureza para construir -macias ou duras-, é fundamental definir a proporção entre o alburno e o cerne dentro do tronco. As madeiras macias (provenientes de árvores de crescimento rápido) são mais baratas e mais fáceis de manusear, mas são menos resistentes, enquanto as madeiras duras (extraídas de árvores de crescimento lento) têm maior resistência, mas são mais caras e delicadas.

Os anéis de crescimento, que nos indicam horizontalmente a idade da árvore, e os raios medulares, que movem a seiva ao longo da árvore na direção vertical, também farão diferença na estética e nas características da tábua de madeira resultante.

Formas de serrar um tronco e seus resultados

Embora essas técnicas possam ser diferentes dependendo do uso requerido, há três cortes principais - Radial, Holandês e Paralelo - e uma série de variações que surgem deles:

Corte Radial (ou Rift Sawn)

Este corte é feito perpendicularmente aos anéis de crescimento. Mantém a veia visível e permite evitar empenamentos (deformações que dobram as bordas da tábua) ou fendas (rachaduras longitudinais), mas gera um maior desperdício de material.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Fibras Encontradas (ou Quarter Sawn)

Os cortes são feitos paralelos aos eixos do tronco, obtendo-se peças que não são propensas a empenamentos ou deformações, com um grande número de fibras aparentes.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Cortes Paralelos (ou Flat Sawn)

É um método amplamente utilizado, embora as peças resultantes não sejam da melhor qualidade, uma vez que a maioria inclui uma certa porcentagem de alburno e cerne. A peça central que coincide com o núcleo pode tender a quebrar, enquanto as peças seguintes são propensas a envergarem-se.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Fibras Paralelas

É semelhante ao sistema de 'Cortes Paralelos', mas neste caso são obtidas peças de menor seção, com menos possibilidades de envergamentos transversais.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Método Cantibay

Permite obter tábuas largas sem grandes desperdícios, eliminando o núcleo do tronco.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Corte Holandês

O tronco é cortado em quatro quartos para extrair pedaços de boa qualidade em termos de força e aparência.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Peça Integral

Neste caso, o tronco é utilizado em seu potencial máximo, eliminando a casca até obter uma única peça quadrangular.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Corte em Cruz

Este corte foca na obtenção de peças muito resistentes, totalmente inscritas no cerne do tronco. Do resto, pedaços menores são obtidos.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Corte intertravado

Cortam-se primeiro as tábuas correspondentes ao núcleo do tronco, obtendo-se do resto peças mais finas, mas bastante resistentes às deformações.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Deformações

Quando a madeira - inicialmente úmida - seca, ocorrem contrações diferentes dependendo do corte realizado e da disposição resultante dos anéis de crescimento. Embora isso varie nas diferentes espécies, a deformação é sempre maior na direção tangencial aos anéis, do que em seu sentido radial.

© José Tomás Franco
© José Tomás Franco

Revise todas as obras em madeira publicadas em nosso site aqui.

Sobre este autor
José Tomás Franco
Autor
Cita: Franco, José Tomás. "Distintas utilidades e aparências conforme o corte do tronco de madeira" 14 Mai 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/894421/distintas-utilidades-e-aparencias-conforme-o-corte-do-tronco-de-madeira> ISSN 0719-8906