Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

José Tomás Franco

Arquiteto formado pela Pontifícia Universidade Católica do Chile e Editor de Plataforma Arquitectura. Interessado na eficiência através do ponto de vista do desenho justo, que responda diretamente às necessidades de seus usuários. Instagram @josetomasfr

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Sem luz natural não há boa arquitetura: como desenvolver projetos moldados e nutridos pela luz?

Os habitantes do planeta Terra passam quase 90% do tempo em espaços internos; aproximadamente 20 horas por dia em salas fechadas e 9 horas por dia em nossos próprios quartos. As configurações arquitetônicas desses espaços não são aleatórias, ou seja, foram projetadas ou pensadas por alguém, ou pelo menos um pouco "guiadas" pelas condições de seus habitantes e seus entornos. Alguns, com sorte, habitam espaços especialmente criados de acordo com suas necessidades e gostos, enquanto outros adaptam e se apropriam do design projetado para outra pessoa, talvez desenvolvido décadas antes de nascerem. Em ambos os casos, a qualidade de vida pode ser melhor ou pior, dependendo das decisões tomadas. 

Entender a importância de projetar cuidadosamente nossos interiores, priorizando o acesso e o aproveitamento da luz natural, foi o objetivo do 8º Simpósio VELUX Daylight, realizado entre 9 e 10 de outubro de 2019 em Paris. Desta vez, mais de 600 pesquisadores e profissionais reafirmaram sua importância, apresentando uma série de ferramentas concretas que podem nos ajudar a quantificar e qualificar a luz, projetando sua entrada, gerenciamento e controle com maior profundidade e responsabilidade.

Trailer / Invisible Studio. Image © Jim Stephenson Cortesía de Ruetemple NOKKEN Kindergarten / Christensen & Co Architects. Image © Bo Bolther © Jackie Meiring + 25

Arquitetura com blocos de concreto: como construir com este material modular e de baixo custo?

O bloco de concreto é um material pré-fabricado utilizado, sobretudo, para a construção de paredes e muros. Como os tijolos comuns, os blocos funcionam em conjunto quando empilhados e quando unidos com argamassa. Para realizar esta união, os blocos têm um interior oco que permite a passagem de barras de aço e enchimento de argamassa.

Há uma grande variedade de dimensões e texturas, desde as superfícies lisas mais tradicionais até os acabamentos ondulados ou rugosos. Existem unidades especiais para cantos ou blocos próprios para receberem armaduras longitudinais. Suas dimensões variam entre o clássico 8x8x16 polegadas (aproximadamente 19x19x39 cm), para uso estrutural e outras versões mais finas para partições, com dimensões próximas a 8x3,5x39 polegadas (aproximadamente 19x9x39 cm). Mas como incorporá-los de forma criativa em nossos projetos?

Vila Matilde House / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Image © Pedro Kok Casa + Estudio / Terra e Tuma Arquitetos Associados. Image © Pedro Kok Silent house / Takao Shiotsuka Atelier. Image © Takao Shiotsuka Atelier Casa entre Bloques / Natura Futura Arquitectura. Image © JAG Studio + 24

Arquitetura por camadas: O que é a fabricação aditiva?

Fabricação aditiva (AM) é o termo usado para identificar os processos de fabricação comumente executados pela impressão 3D, por meio do processamento em camadas. Além de evitar a geração de resíduos - trabalhando com geometrias precisas e usando a quantidade exata de material - esses processos controlados podem ser muito mais rápidos que os processos tradicionais, pois não exigem instrumentos ou outras ferramentas.

A fabricação aditiva é feita com base em um modelo digital, em um fluxo que começa em um desenho CAD ou na digitalização tridimensional e, em seguida, converte essa forma em um objeto dividido em seções, permitindo a impressão. Seu uso se estendeu do desenho industrial à réplica de objetos arqueológicos, passando pela fabricação de órgãos e tecidos humanos artificiais, entre muitos outros usos.

Chuveiros sem box: dicas e exemplos

Sem incluir uma banheira e sem a necessidade de portas, telas ou cortinas, os chuveiros sem box ou desníveis - também chamados de walk-in - permitem aumentar visualmente o espaço ao projetar banheiros, dando a eles uma imagem limpa e reduzida ao essencial.

No entanto, algumas precauções devem ser tomadas para seu desenho. A coisa mais importante: o chuveiro não pode ser completamente aberto, mesmo que pareça à primeira vista. A maioria dos projetos incorpora um vidro temperado que evita que a água "salte" para fora do espaço do banheiro, fechando sutilmente o espaço. Quando essa divisão transparente não possui marcos, é menos provável a aparência de fungos devido ao acúmulo de água e umidade.

Casa de monte / TACO taller de arquitectura contextual. Image © Leo Espinosa Fagerstrom House / Claesson Koivisto Rune. Image © Åke E:son Lindman AUTOHAUS / Matt Fajkus Architecture. Image © Charles Davis Smith Pombal / AZO. Sequeira Arquitectos Associados. Image © Nelson Garrido + 28

A Madeira Laminada Cruzada (CLT) é o concreto do futuro?

O concreto, um material de construção por excelência, nos ofereceu durante décadas a possibilidade de moldar nossas cidades de maneira rápida e eficaz, expandindo-se rapidamente em periferias urbanas ou atingindo alturas antes impensáveis pela humanidade. Atualmente, novas tecnologias de madeira estão começando a oferecer oportunidades semelhantes - e até mesmo superiores - às oferecidas pelo concreto, incluindo a madeira laminada cruzada (também chamada de Cross Laminated Timber ou CLT).

A fim de aprofundar em suas propriedades e benefícios, conversamos com Jorge Calderón, Designer Industrial da Pontifícia Universidade Católica de Valparaíso e Gerente da CRULAMM, que revela algumas das oportunidades promissoras que a CLT poderia oferecer à arquitetura no futuro.

"KITERASU" Edifício modelo em CLT na estação Kuse / ofa. Image © Ken'ichi Suzuki MINIMOD Catuçaba / MAPA. Image © Leonardo Finotti Capilla Sacromonte Landscape Hotel / MAPA Arquitetos. Image © Leonardo Finotti Cortesía de Jorge Calderón + 21

Como as árvores são cortadas para produzir madeira com diferentes aparências e usos

Sendo um dos materiais mais utilizados em todo o mundo, os arquitetos estão acostumados a obter facilmente a madeira serrada. No entanto, pouco se sabe sobre seu processo de fabricação e todas as operações que determinam sua aparência, dimensões, tonalidades e outros aspectos relevantes.

A madeira utilizada para construção civil é extraída do corte de troncos de mais de 2000 espécies de árvores em todo o mundo, cada uma com diferentes densidades e níveis de umidade. Além desses fatores, a maneira como o tronco é cortado é determinante para estabelecer a funcionalidade e as características finais de cada tábua. Vamos rever os cortes mais usados.

Controlar uma casa do celular: Automação pela voz

Isso já está acontecendo: a Internet das coisas permite que muitos artefatos sejam integrados digitalmente em sistemas automatizados para serem manuseados diretamente de nossos telefones celulares. Se um usuário fala ao celular e diz, por exemplo, a palavra "limpeza", a automação doméstica pode levantar as cortinas, acender as luzes e ativar um aspirador robô. A Amazon, com Alexa, e a Google, com Google Home, são alguns dos assistentes virtuais que permitem essa integração; Basta baixar o aplicativo, associar os dispositivos, fazer o pedido ao telefone, e isso ativará as funções necessárias para cumprir uma tarefa específica ou criar um ambiente.

Como projetar uma cozinha acessível: móveis ajustáveis e multifuncionais

A acessibilidade universal na arquitetura, ou seja, a possibilidade de todas as pessoas acessarem e habitarem um espaço independentemente de suas capacidades cognitivas e / ou físicas, é um assunto que não pode mais ser deixado de fora da discussão. E ainda que pequenas operações possam fazer a diferença, o ideal é pensar os espaços desde o início de acordo com as diretrizes do desenho universal.

No caso das cozinhas, uma série de novas tecnologias surgiram para aumentar o conforto e a eficiência de nossos espaços cotidianos, multiplicando suas funções e permitindo um melhor aproveitamento da superfície disponível. Vamos rever as últimas inovações apresentadas por Häfele.

Cortesía de Häfele Cortesía de Häfele Cortesía de Häfele Cortesía de Häfele + 24

16 detalhes construtivos de revestimentos em tijolos

Habitualmente, os tijolos têm sido usados na arquitetura para cumprir uma dupla função: estrutural e estética. Enquanto atuam como uma solução modular eficaz e resistente nas estruturas dos edifícios, suas faces podem ser visíveis para constituir sua imagem arquitetônica, gerando fachadas ricas em textura e cor, graças ao ferro presente na argila que os compõe.

Atualmente, há produtos que permitem mesclar a aparência atraente dos tijolos com outros sistemas estruturais, separando suas funções e entregando a liberdade necessária para que as fachadas possam mover-se criativamente em favor das condições de cada projeto e dos requisitos de seus usuários.

La Géode / ADHOC architectes. Image © Adrien Williams Four51 Marlborough / Hacin + Associates. Image © Trent Bell Photography Bruce C. Bolling Municipal Building / Mecanoo + Sasaki Associates. Image Cortesía de Mecanoo Moody Center for the Arts / Michael Maltzan Architecture. Image © Nash Baker + 21

Como especificar o vidro correto em um projeto de arquitetura

Atualmente, a tecnologia dos vidro evoluiu para fornecer soluções específicas e eficazes para cada projeto arquitetônico. Há tantas opções disponíveis que é necessário estudar as propriedades dos diferentes produtos, bem como as condições particulares que influenciarão as janelas e portas envidraçadas que estamos projetando.

Quais variáveis devemos considerar e priorizar ao escolher os vidros de nossos projetos? Como equilibrar estética com funcionalidade e eficiência? Conversamos com os especialistas técnicos da Cristales Dialum para mergulhar no complexo mundo do vidro e, assim, entender melhor o caminho que devemos seguir para especificar corretamente e garantir a qualidade de vida das pessoas que habitarão nossos projetos.

Fachadas de espuma de alumínio: textura, porosidade e brilho

CaixaForum Sevilla / Vázquez Consuegra. Image © Jesús Granada
CaixaForum Sevilla / Vázquez Consuegra. Image © Jesús Granada

Habitualmente, os revestimentos modulares para fachadas e envoltórias fornecem soluções rápidas e eficientes, mas muitas vezes carecem de riqueza e caráter para serem repetidos infinitamente, sem entrar em relação com o projeto arquitetônico e suas distintas funções e exigências.

Estes painéis de espuma de alumínio são fabricados mediante um processo de injeção de ar no alumínio fundido, que contém uma fina dispersão de partículas cerâmicas. Essas partículas estabilizam as bolhas de ar e criam painéis que oferecem um nível interessante de detalhes e variabilidade, gerando fachadas exclusivas com diferentes níveis de textura, transparência, brilho e opacidade. Seus painéis ultraleves podem ser usados como pranchas planas, são 100% recicláveis e estão disponíveis em formatos de tamanho padrão de até 3,66 metros de comprimento, embora também existam painéis personalizados mais longos.

Alusion™. Image Cortesía de Cymat Technologies Ltd. Alusion™. Image Cortesía de Cymat Technologies Ltd. Alusion™. Image Cortesía de Cymat Technologies Ltd. Alusion™. Image Cortesía de Cymat Technologies Ltd. + 20

10 maquetes de cimento para representar projetos de arquitetura

Se vens buscando como apresentar o seu último projeto e este caracteriza-se pelo peso de seus elementos, seu caráter monolítico ou por sua textura expressiva, é provável que um modelo de gesso ou cimento seja muito adequado para mostrar suas qualidades.

Proposta para futura escola de música na Itália / ETB Studio. Image © ETB Studio Solo House / Pezo von Ellrichshausen. Image © Pezo von Ellrichshausen Casa Ocho Quebradas / ELEMENTAL. Image © ELEMENTAL <a href='http://wherearchitecturehappens.blogspot.cl/2011_11_01_archive.html'>Cortesía de Enrique Morales Puente</a>. ImageSala de Conferências em Vitra / Accésit IX Concurso Fco. Javier Saenz de Oiza, Cátedra Blanca  + 11

Como projetar e usinar uma estrutura de madeira com uniões ocultas

Novas tecnologias de fabricação digital, particularmente sistemas de comando numérico computadorizado (CNC), estão mudando a forma como projetamos e construímos estruturas em madeira. Seu alto nível de precisão nos permite desenhar montagens perfeitas - sem parafusos ou ferragens visíveis -, gerando estruturas resistentes, montagem rápida e com uma aparência extremamente limpa.

Conversamos com especialistas da Timber sobre aprofundar o processo de mecanização de uma estrutura de madeira, compilando uma série de dicas importantes para um desenho eficiente.

Cortesía de Timber Llaverías y Caballerizas Fundo el Galeno / Peñafiel & Valdivieso Arquitectos. Image © Francisco Croxatto Viviani Casa sobre las Rocas / Schwember García-Huidobro Arquitectos. Image © Nicolás Sánchez Cortesía de Timber + 25

13 Designs da IKEA que tornam a vida das pessoas com deficiência mais fácil (e mais equitativa)

A ignorância geral dos arquitetos sobre as necessidades e requisitos para pessoas com deficiências é preocupante. Além de cumprir as regulamentações obrigatórias (diferentes em cada país), a qualidade de vida das pessoas com diferentes capacidades depende de fatores específicos e cotidianos que vão além de um guarda-corpo ou uma rampa e são muitas vezes deixadas nas mãos de profissionais que nunca lidaram com tais questões.

This Ables, um projeto desenvolvido pela IKEA e pelas organizações sem fins lucrativos Milbat e Access Israel, fornece um excelente recurso para a criação de um design eqüitativo nos menores e mais simples detalhes. De maçanetas que podem ser abertas com um antebraço a um sofá que permite aos usuários sentar e levantar facilmente, esses 13 produtos estão disponíveis para o público em geral em ThisAbles.com. Alguns produtos podem até ser impressos em 3D de forma independente.

Veja o vídeo abaixo para mais detalhes do projeto.