Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Arranha Céus

Arranha Céus: O mais recente de arquitetura e notícia

Restrições aos arranha-céus de vidro em Nova Iorque. Que materiais alternativos poderiam tomar seu lugar?

Em abril passado, o prefeito Bill de Blasio, de Nova iorque, anunciou planos para introduzir um projeto de lei que proibiria a construção de novos edifícios totalmente envidraçados. Parte de um esforço maior para reduzir as emissões de gases do efeito estufa em 30% da cidade, outras iniciativas incluíram o uso de energia limpa para abastecer as operações da cidade, a reciclagem obrigatória de resíduos orgânicos e a redução da compra de plásticos descartáveis e carne processada. O anúncio ocorreu logo após a aprovação da Lei de Mobilização Climática, uma resposta abrangente ao Acordo Climático de Paris que incluía telhados verdes necessários em novas construções e reduções de emissões em edifícios existentes.

Maior edifício residencial do país é concluído em Balneário Camboriú

Balneário Camboriú é a cidade que concentra o maior número dos edifícios que estão entre os mais altos do Brasil. Grande parte deles, no entanto, ainda está em fase de obra, o que faz do Infinity Coast Tower, inaugurado no dia 14 deste mês, o primeiro residencial do país com obras concluídas a constar nesta lista.

KPF projeta a torre CITIC, o edifício mais alto de Pequim

A torre CITIC, de 528 metros, foi inaugurada, sendo o prédio mais alto de Pequim até hoje. Projetada pela Kohn Pedersen Fox Associates (KPF), a arquitetura inovadora permanece culturalmente apropriada, inspirando-se no “zun”, um vaso tradicional originário da China na Idade do Bronze.

© KPF © KPF © KPF © KPF + 17

Arquiteto reimagina a construção vernacular iraniana a partir de ideias futuristas

Aldeias e cidades no Irã sempre tiveram um gabarito baixo e homogêneo devido às especificidades técnicas daquela produção vernacular. Embora algumas cidades já tenham adotado estilos contemporâneos e construído arranha-céus, a maioria permanece comprometida com as técnicas construtivas tradicionais.

O arquiteto iraniano Mohammad Hassan Forouzanfar decidiu dar à arquitetura tradicional iraniana uma espécie de "atualização" estrutural, mas manteve suas principais características estéticas. Em suas imagens conceituais, o arquiteto parte de casas tradicionais e, em seguida, introduz ideias modernas e contemporêneas, como a construção em altura e a experimentação formal, mesclando estilos e tempos distintos. 

© Mohammad Hassan Forouzanfar © Mohammad Hassan Forouzanfar © Mohammad Hassan Forouzanfar © Mohammad Hassan Forouzanfar + 10

Primeiro arranha-céu residencial de Adjaye Associates nos EUA tem sua estrutura concluída

130 William, da Adjaye Associates, chegou ao topo em Manhattan, a 240 metros altura. O primeiro arranha-céu residencial nos EUA projetado pela empresa, com arquitetura exterior icônica, apresenta uma fachada personalizada com janelas arqueadas rítmicas de grande escala e detalhes em bronze. Feita para remeter ao tecido histórico da cidade de Nova York do século XIX e início do século XX, a torre incluirá 242 novos condomínios de luxo no Distrito Financeiro, com mais de 66 pavimentos.

Série de fotografias mostra o andamento das obras da 111 W 57 Tower projetada pelo SHoP Architects

Paul Clemence compartilhou conosco mais uma série de fotografias, desta vez, mostrando o andamento das obras do arranha-céu 111 W 57 Tower, projetado pelo escritório SHoP Architects em Nova Iorque. Nas imagens, a fachada de vidro e terracota parece praticamente concluída. Com inauguração prevista para este ano, a torre se elevará acima do famoso Empire State Building, oferecendo vistas inigualáveis para o skyline da cidade.

© Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence + 8

Gensler projeta a segunda maior torre do mundo ocidental em Nova Iorque

A Gensler divulgou detalhes de seu projeto para a Tower Fifth, em Nova Iorque. Se for construído, o edifício de 474 metros de altura será o segundo edifício mais alto não apenas da cidade, mas do mundo ocidental. Localizada a leste da Fifth Avenue, entre as ruas 51 e 52, a torre se localiza ao lado da Catedral de St. Patrick.

De acordo com a Gensler, que desenvolveu o projeto em parceria com a incorporadora Harry Macklowe, a torre "cria um novo paradigma de como uma estrutura em altura se conecta com a rua e interage com seus vizinhos."

MVRDV projeta duas torres com fachadas interativas em Taipei

Vista distante. Imagem Cortesia de MVRDV
Vista distante. Imagem Cortesia de MVRDV

O MVRDV divulgou imagens de seu projeto ambicioso para as Torres Gêmeas de Taipei, que devem revitalizar a área da estação central da capital taiwanesa. As duas torres são caracterizadas por uma “pilha de blocos” que criam um bairro urbano vertical com fachadas de mídia interativa.

Atualmente, o local é ocupado pela principal estação da cidade, contendo linhas ferroviárias, linhas de aeroportos, redes de metrô, parques e praças subutilizados. De acordo com o projeto do MVRDV, as duas torres serão construídas no topo da estação, oferecendo comércios, escritórios, dois cinemas, dois hotéis e a unificação e desenvolvimento de praças vizinhas.

Vista aérea. Imagem Cortesia de MVRDV Vista praça. Imagem Cortesia def MVRDV Vista pedestre. Imagem Cortesia de MVRDV Vista evento. Imagem Cortesia de MVRDV + 14

KPF conclui o terceiro maior edifício de Shenzhen com 400 metros de altura

A Kohn Pedersen Fox Associates (KPF) acaba de inaugurar seu mais novo edifício, o terceiro arranha-céu mais alto da cidade de Shenzhen. Sede da China Resources, a torre de escritórios de 400 metros de altura é um enorme complexo multi-uso, abrigando espaços comerciais, residenciais além dos já mencionados escritórios da empresa.

Implantado em uma área de 2.000 metros quadrados de espaços públicos, o mais novo arranha-céu da cidade de Shenzhen teve seu projeto inspirado na forma de um broto de bambu. Muito mais do que um ícone urbano, o majestoso edifício projetado pela Kuhn Pedersen Fox procura "resgatar a urbanidade da região central de Shenzhen, ao mesmo tempo em que atende a demanda de uma das principais empresas do país, criando um ícone que reflete tanta a história quanto o atual momento de crescimento e pujança da empresa".

© Kohn Pedersen Fox Associates © Tim Griffith © Tim Griffith © Tim Griffith + 5

Foster + Partners divulga os últimos detalhes de suas torres em Shenzhen

A Foster + Partners divulgou os últimos detalhes do seu projeto para a sede da China Merchants Bank em Shenzhen. A imponente torre de 350 metros será o novo destino de mais de 13 mil trabalhadores do banco enquanto uma outra torre menor, de 180 metros de altura, receberá as instalações de um hotel de luxo além de espaços comerciais e de escritórios.

A estrutura mais alta, a qual abrigará os escritórios da empresa, é composta por pavimentos completamente livres de pilares, contando com uma estrutura perimetral além dos núcleos verticais rígidos. A fachada de vidro foi concebida de tal forma para evitar as correntes descendentes de ar tão comuns nas proximidades de arranha-céus deste tipo, tornando os espaços abertos no entorno do edifício mais confortáveis para as pessoas que frequentam esta região de Shenzhen.

China Merchants Taiza Bay, Shenzhen. Imagem Cortesia de Foster + Partners China Merchants Taiza Bay, Shenzhen. Imagem Cortesia de Foster + Partners China Merchants Taiza Bay, Shenzhen. Imagem Cortesia de Foster + Partners China Merchants Taiza Bay, Shenzhen. Imagem Cortesia de Foster + Partners + 5

Dupla de arranha-céus projetada por Zaha Hadid Architects em Londres recebe aprovação

O projeto de Zaha Hadid Architects para a Vauxhall Cross Island Towers acaba de ser aprovado pela prefeitura da cidade de Londres. As duas torres receberam luz verde para o início das obras, o par de arranha-céus será implantado junto à Estação Vauxhall, um terminal intermodal em pleno centro da capital britânica. O projeto que havia sido revelado publicamente há praticamente um ano (19 de janeiro de 2018), será o primeiro projeto no Reino Unido desenvolvido para um cliente privado pelo escritório dirigido por Patrik Schumacher.

© Slashcube © Slashcube © Slashcube © Slashcube + 8

Os melhores arranha-céus de 2018

1: Lotte World Tower / Kohn Pedersen Fox Associates with Baum Architects. Image © Tim Griffith
1: Lotte World Tower / Kohn Pedersen Fox Associates with Baum Architects. Image © Tim Griffith

A Emporis anunciou os resultados do seu prêmio Emporis Skyscraper, que reconhece os melhores edifícios em altura construídos no ano anterior. Nesta edição, o prêmio principal foi concedido à Lotte World Tower em Seul, Coreia do Sul, projetada por Kohn Pedersen Fox Associates e Baum Architects. A torre mais alta da Coreia do Sul também conta com o deck de observação com piso de vidro mais alto do mundo, oferecendo uma vertiginosa vista de 555 metros de altura.

15 Razões porquê 2018 foi o ano dos arranha-céus

O CTBUH, Conselho de Edifícios Altos e Habitat Urbano, divulgou sua retrospectiva de 2018, que mostra como este foi o ano para os edifícios em altura. O período foi recorde de construção, com 18 edifícios super altos (aqueles com mais de 300 metros de altura) e outros 143 edifícios com até 200 metros de altura, construídos em todo o mundo.

Para quantificar em que medida a arquitetura atingiu os céus este ano, o CTBUH estima que se todos os edifícios em altura concluídos em 2018 fossem empilhados, ultrapassariam a extensão da ilha de Manhattan, cerca de 21,6 quilômetros.

Arranha-céus de 2018: alternativas ao arquétipo da torre de vidro

© Viktor Sukharukov
© Viktor Sukharukov

Seja como um objeto isolado ou parte de um conjunto de edifícios, arranha-céus são ícones excêntricos que habitam os principais centros urbanos do planeta. Uma metáfora da modernidade, do sucesso e da riqueza, arranha-céus são sinônimos da arquitetura das mais vibrantes cidades do mundo como Nova Iorque, Dubai e Singapura.

Cada vez mais altas e onipresentes nos quatro cantos do mundo, ainda há muito para se descobrir e explorar sobre estas estruturas. O ano de 2018 nos apresentou novas abordagens, tecnologias e localizações para a tipologia arquitetônica mais celebrada dos tempos modernos. Passando por novos materiais e formas, os projetos de edifícios em altura começaram a abordar aspectos que vão muito além da simples eficiência e altura, propondo superar novos desafios e explorando novas formas. A seguir apresentaremos alguns dos projetos mais inovadores e as principais tendências em projetos de arranha-céus apresentados ao longo deste ano:

Cortesia de Plompmozes © Rafael de la-Hoz Arquitectos © Virgile Simon Bertrand Cortesia de Zaha Hadid Architects + 13

EID Architecture projeta arranha-céu torcido em Fuzhou, na China

Os arquitetos do EID Architecture foram selecionados como um dos dois finalistas de um concurso internacional para projetar uma torre de 518 metros de altura em Fuzhou, na China. Localizada em um valioso terreno na orla do rio em Fuzhou, a Shimao North Riverfront Tower se tornará a peça central de um novo distrito de negócios da cidade. O projeto explora o que significam as torres super altas atualmente. Em contraste com outros edifícios em altura, a ideia deste marco é integrar arquitetura e engenharia para alcançar um nível de eficiência elevado.

Shimao Fuzhou Tower. Image Courtesy of EID Architecture Shimao Fuzhou Tower. Image Courtesy of EID Architecture Shimao Fuzhou Tower. Image Courtesy of EID Architecture Shimao Fuzhou Tower. Image Courtesy of EID Architecture + 23

Arquitectonica divulga imagens de uma torre de piscinas em Los Angeles

Arquitectonica, escritório com sede em Miami, revelou novas imagens de sua proposta para uma torre de 53 pavimentos no centro de Los Angeles. O edifício poderia ser destinado a duas diferentes finalidades: um condomínio residencial ou um hotel. A cidade de Los Angeles e seu departamento de Planejamento Urbano, publicaram um relatório de impacto ambiental sobre a torre de 240 metros de altura com piscinas em balanço. A torre projetada pelo Arquitectonica é um dos muitos empreendimentos idealizados em torno da Pershing Square.

Torre.  Cortesia de Arquitectonica Torre.  Cortesia de Arquitectonica Torre.  Cortesia de Arquitectonica Torre.  Cortesia de Arquitectonica + 5

100 Anos de mudanças no horizonte de Nova Iorque: 1920 - 2020

Manhattan é conhecida por seu horizonte icônico, repleto de arranha-céus, torres e algumas das arquiteturas mais impressionantes do mundo. Mas nem sempre foi assim; levou centenas de anos para que Nova Iorque se tornasse a cidade mundialmente famosa que é hoje.

Elizabeth de Portzamparc vence concurso em Taiwan com proposta de arranha-céu como um "bairro vertical"

Cortesia de Elizabeth de Portzamparc Architecte
Cortesia de Elizabeth de Portzamparc Architecte

Elizabeth de Portzamparc foi selecionada como vencedora de um concurso internacional para o projeto do novo Centro de Operação de Inteligência Taichung em Taichung, Taiwan. Concebido como um "bairro vertical interconectado", a torre cresce a partir de uma série de terraços na base que se transformam em fachada.

Visto como uma extensão da cidade, os cinco níveis do embasamento serão acessíveis ao público, oferecendo uma variedade de opções de comércio e restaurantes, bem como o acesso ao Centro Cultural Digital de 24 mil metros quadrados. Esses espaços serão conectados por uma série de "ruas verticais" semelhantes a uma fita, passando por espaços amplos e cheios de luz e conectando-se a espaços verdes no telhado.

Cortesia de Elizabeth de Portzamparc Architecte Cortesia de Elizabeth de Portzamparc Architecte Cortesia de Elizabeth de Portzamparc Architecte Cortesia de Elizabeth de Portzamparc Architecte + 13