Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Habitação

Habitação: O mais recente de arquitetura e notícia

Quais as cidades que mais constroem moradia?

Um dos principais objetivos deste site é disseminar ideias que permitam que cidades tenham moradia mais acessível. Há alguns indicadores que podem ser úteis na observação e na análise do mercado habitacional de uma cidade, como a razão entre preço de imóveis e renda, que cobrimos em artigo anterior. Nenhum indicador será perfeito, mas pode servir de orientação em relação à escala de grandeza ou à direção que um determinado mercado imobiliário está indo.

Cortar, dobrar e empilhar: casas alemãs construídas com precisão

O design alemão tornou-se sinônimo de exatidão, eficiência e precisão. Embora o estereótipo tenha raízes na geografia e na cultura local, o ambiente construído no país reflete uma afinidade por estrutura, privacidade e ordem. Combinada com influências de toda a Europa, a arquitetura contemporânea da Alemanha apresenta formas refinadas e ênfase na habilidade técnica.

© Pieters Kers & Patrick Voigt © Martin Geyer - EMILBLAU © Brigida González © Brigida González + 13

Concreto e pedra: a nova arquitetura contemporânea do Chipre

A arquitetura do Chipre tem sido influenciada por diversos vetores geopolíticos ao longo de sua vasta história. Localizado no Mediterrâneo Oriental, o país insular foi moldado física e socialmente pelo chamado conflito cipriota. Datando da idade do bronze e do ferro, sua arquitetura tem sido influenciada pelos gregos, assírios, egípcios, persas e romanos. Hoje, a arquitetura contemporânea cipriota nasce da reinterpretação dos tradicionais métodos de construção e seus materiais.

© Stelios Kallinikou © Creative Photo Room © Creative Photo Room © Christos Papantoniou + 15

Habitação Social: 45 exemplos em planta

Habitação Social é um dos principais temas quando pensamos o direito à cidade, pois fornecer moradia digna à todos em zonas urbanas de boa conexão é fundamental para a construção de territórios mais democráticos. 

Infelizmente, em muitos países o termo "Habitação Social" ainda é visto como um empreendimento imobiliário que busca construir o maior número possível de unidades, com os materiais mais baratos e sem preocupação com a qualidade de vida de seus moradores - se fechando em um objeto imobiliário ao invés de servir à urbe e às pessoas.  Embora este fato seja recorrente, existem diversos exemplos que retrataram o oposto desta ideia, nos quais arquitetos ao desenhar manifestam seu ponto de vista político através de projetos excepcionais em suas diferentes soluções e que também aprimoram a experiência urbana.

A fim de ressaltar estes projetos, reunimos aqui 45 exemplos que retratam diversos modos de habitação social, a diversa seleção começa com residências unifamiliares de menor escala e que integram programas de subsídios públicos de interesse social até grandes empreendimentos públicos de conjuntos habitacionais multifamiliares. Conheça todos, a seguir. 

© Tim Crocker © Guy Wenborne © Sergio Grazia © Takuji Shimmura + 91

Ressignificando o passado: 7 projetos de reabilitação de edifícios habitacionais do pós-guerra

No ano passado, o Prêmio Mies van der Rohe foi outorgado a um projeto de reforma de um edifício de habitação social, trazendo à tona a relevância da reabilitação física e moral dos blocos habitacionais construídos no período do pós-guerra em praticamente todas as cidades da Europa.

Novo conjunto habitacional do SANAA em Paris, pelas lentes de Vincent Hecht

O complexo de moradias sociais recentemente concluído da SANAA em Paris foi registrado em uma série de fotografias de Vincent Hecht. Iniciativa da Paris Habitat, a maior empresa de habitação social da França, o projeto compreende quatro edifícios que acomodam mais de 100 unidades de habitação social.

© Vincent Hecht © Vincent Hecht © Vincent Hecht © Vincent Hecht + 20

Airbnb lança concurso de US$ 1 milhão para as "ideias mais loucas de casa"

O Airbnb lançou um fundo de projeto de US$ 1 milhão para financiar 10 casas "não convencionais e incomuns". Procurando as “ideias mais loucas para habitações”, o programa, chamado de Unique Airbnb Fund, terá a estrutura de um concurso e terá como jurados o ator Billy Porter, o sócio do MVRDV, Fokke Moerel, e a super anfitriã do Airbnb, Kristie Wolfe. Cada um dos finalistas receberá uma quantia para tornar realidade suas excêntricas propostas.

Cortesia de Airbnb Cortesia de Airbnb Cortesia de Airbnb Cortesia de Airbnb + 13

Nossa política habitacional precisa superar o paradigma da casa própria

Um dos problemas estruturais da sociedade brasileira é o crescimento excessivo da mancha urbana das cidades, comumente denominado de “espraiamento”, que resulta em uma ocupação urbana de baixa densidade. Essa ocupação dispersa dificulta a provisão de serviços públicos e compromete a qualidade de vida dos moradores, pois não gera demanda suficiente para o transporte de massa e induz à adoção do automóvel particular como modo de deslocamento. Para reverter esse quadro, a política urbana procura aumentar a densidade da cidade existente, seja construindo edificações novas nos lotes ociosos, seja recuperando edificações degradadas nas áreas centrais. No entanto, tal como atualmente concebida, a política habitacional favorece o espraiamento urbano.

Estudante propõe habitações temporárias para imigrantes venezuelanos

Desenvolvido para o concurso estudantil Habitação temporária para refugiados, o projeto a seguir - de autoria de Rodolfo Cavalcanti e premiado com o segundo lugar no certame - busca oferecer uma solução para os problemas oriundos do fluxo migratório entre Brasil e Venezuela através de uma proposta baseada em modularidade, reprodutibilidade e economia.

Saiba mais sobre o projeto e leia o memorial descritivo enviado pelo autor, a seguir:

Goiânia: a metrópole brasileira que está resolvendo o déficit habitacional

Em um território plano, onde é possível ver o horizonte em todas as direções, edifícios de mais de quarenta andares sobem em regiões diferentes da cidade. Recentemente foi inaugurado um edifício de cinquenta andares, com 191 metros de altura, o mais alto do país. Alguns criticam este modelo de desenvolvimento pelo seu impacto na paisagem e, em uma capital com alto crescimento populacional, esperaríamos que o custo da moradia aumentasse constantemente, assim como o déficit habitacional. Este não é o caso de Goiânia.

Apartamentos Richardson / David Baker + Partners

© Bruce Damonte © Bruce Damonte © Bruce Damonte © Bruce Damonte + 20

San Francisco, Estados Unidos

Quais são as cidades brasileiras com moradia mais acessível?

No livro “Order Without Design”, Alain Bertaud menciona que indicadores são importantes na gestão urbana para que a cidade tenha uma visualização em tempo real do que está acontecendo com a cidade. Um indicador interessante relacionado à acessibilidade da moradia é o chamado “Price/Income Ratio”, ou “Razão Preço/Renda”. É, basicamente, a divisão entre o preço médio de um imóvel na cidade e a renda média de um morador. Ele é um indicador bastante genérico, não levando em consideração as diferenças entre imóveis, como a sua localização, nem aborda imóveis de aluguel (ainda uma minoria no Brasil), mas dá uma noção geral sobre a acessibilidade à moradia em uma cidade.

CAU/RJ e Observatório das Metrópoles lançam revista online gratuita de produção habitacional solidária

A revista Produção Habitacional Solidária: panorama internacional foi lançada nesta segunda-feira, 25 de novembro, na abertura do Seminário Nacional de Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social. A obra reúne as principais contribuições de evento homônimo à publicação, realizado em julho de 2018. Com organização das arquitetas e urbanistas Luciana Ximenes e Thais Velasco, a revista é uma realização do CAU/RJ e do Observatório das Metrópoles (Ippur/UFRJ).

Estudantes brasileiros são premiados em concurso internacional com projeto de habitação pré-fabricada

A equipe de estudantes brasileiros formada por Luiza de Souza Santos, Marcus Barbosa e Gabriel Thomé de Oliveira, da UFMG, foi premiada com menção honrosa no concurso internacional SkyCity Challange 2019, que tinha como objetivo "explorar modos sustentáveis de viver, trabalhar coletivamente e também se divertir". Conheça a proposta dos estudantes, a seguir.

Reavaliando a política habitacional: o acesso à moradia através da infraestrutura

O Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) foi uma das principais bandeiras da política habitacional em nível federal dos últimos governos. O MCMV, que se configura através do financiamento de novas habitações populares, incentiva incorporadoras a desenvolver seus projetos em áreas distantes dos centros urbanos. Isto ocorre pois, em razão das métricas de desempenho considerarem apenas quantidade de unidades entregues, há um forte incentivo econômico às incorporadoras para construir longe dos centros urbanos, onde os terrenos são mais baratos. Isso significa que boa parte dos empreendimentos estão distantes de boas oportunidades de emprego e serviços básicos, assim como isolados das redes públicas de transporte de massa que, por natureza, não têm condições de atender áreas periféricas de baixa densidade urbana.

Parem de construir casas para resolver a falta de moradia

Casas impressas em 3D. Casas pré-fabricadas. Casas “open-source”. Minha Casa, Minha Vida. São inúmeras as soluções, de panaceias tecnológicas a programas governamentais, que vislumbram resolver o déficit de moradia construindo casas. O problema dessa estratégia é que a escassez em moradia não são casas, mas sim apartamentos.

Ao ar livre: a arquitetura residencial contemporânea do Vietnã

O Vietnã tem uma rica história de arquitetura tradicional. Desde as casas de Rong e residências de Trinh Tuong às casas de palafitas do povo Ede, o país mostra uma profundidade de métodos e estilos de construção vernaculares. Hoje, arquitetos reinterpretam as técnicas de construção do passado para criar casas neo-tradicionais baseadas na vida contemporânea.

© Hiroyuki Oki © Hiroyuki Oki © Hiroyuki Oki © Hiroyuki Oki + 13