1. ArchDaily
  2. Exposições

Exposições: O mais recente de arquitetura e notícia

Países Baixos em foco: futuros do passado e do presente na arquitetura holandesa

Os Países Baixos são conhecidos internacionamente como uma nação que busca inovação em larga escala, desenvolvendo sistemas estatais para proteger suas terras e aprimorar a qualidade de vida de seus cidadãos. As propostas ousadas de arquitetos e urbanistas como Gerrit Rietveld, Piet Blom, Rem Koolhaas e o Office for Metropolitan Architecture (OMA) têm impacto global, desafiando as formas tradicionais de prática.

Ainda assim, o país enfrenta desafios tanto esperados quanto inesperados, desde uma grave escassez de habitação até a crescente preocupação em relação às alterações climáticas e à evolução das ideias sobre ecologia. Nas palavras da curadora Suzanne Mulder, o país está "mais uma vez na prancheta", à medida que arquitetos, urbanistas e designers retomam as conversas sobre o futuro, olhando para as lições do passado. Para auxiliá-los nesse processo, o Nieuwe Instituut de Roterdã está organizando a exposição "Projetando os Países Baixos: 100 anos de Futuros Passados e Presentes".

Países Baixos em foco: futuros do passado e do presente na arquitetura holandesa - Imagen 1 de 4Países Baixos em foco: futuros do passado e do presente na arquitetura holandesa - Imagen 2 de 4Países Baixos em foco: futuros do passado e do presente na arquitetura holandesa - Imagen 3 de 4Países Baixos em foco: futuros do passado e do presente na arquitetura holandesa - Imagen 4 de 4Países Baixos em foco: futuros do passado e do presente na arquitetura holandesa - Mais Imagens+ 29

Festival Concéntrico 10 de Arquitetura e Design anuncia projetos vencedores

Em sua 10ª edição, o Concéntrico, o festival internacional de arquitetura e design em Logronho, Espanha, anunciou os vencedores das chamadas abertas para intervenções urbanas. Em resposta à convocatória para "Celebrar a Cidade", as propostas vencedoras serão temporariamente construídas na Plaza Escuelas Trevijano, em Viña Lanciano de Bodegas LAN, e no Paseo del Espolón, na cidade espanhola de Logronho. O Festival recebe visitantes entre 25 de abril e 1º de maio de 2024 para explorar a cidade por meio de instalações, exposições, encontros e performances.

Festival Concéntrico 10 de Arquitetura e Design anuncia projetos vencedores - Image 1 of 4Festival Concéntrico 10 de Arquitetura e Design anuncia projetos vencedores - Image 2 of 4Festival Concéntrico 10 de Arquitetura e Design anuncia projetos vencedores - Image 3 of 4Festival Concéntrico 10 de Arquitetura e Design anuncia projetos vencedores - Image 4 of 4Festival Concéntrico 10 de Arquitetura e Design anuncia projetos vencedores - Mais Imagens+ 5

DAAR apresenta "tenda de concreto" na Trienal de Arquitetura de Sharjah 2023

A Trienal de Sharjah estreou em 11 de novembro de 2023, com o tema "A Beleza da Impermanência: Uma Arquitetura de Adaptabilidade". No centro de "Al Madam", uma cidade abandonada dos anos 1970 no deserto oriental de Sharjah, a "Tenda de Concreto", projetada por DAAR, um estúdio experimental palestino-sueco, combina elementos de uma tenda móvel e uma casa de concreto e explora a noção de "temporariedade permanente".

DAAR apresenta "tenda de concreto" na Trienal de Arquitetura de Sharjah 2023 - Imagen 1 de 4DAAR apresenta "tenda de concreto" na Trienal de Arquitetura de Sharjah 2023 - Imagen 2 de 4DAAR apresenta "tenda de concreto" na Trienal de Arquitetura de Sharjah 2023 - Imagen 3 de 4DAAR apresenta "tenda de concreto" na Trienal de Arquitetura de Sharjah 2023 - Imagen 4 de 4DAAR apresenta tenda de concreto na Trienal de Arquitetura de Sharjah 2023 - Mais Imagens+ 12

Arte digital e a arquitetura: para além de outdoors e esferas

Em julho, Las Vegas surpreendeu com um espetáculo extravagante: uma estrutura esférica colossal revestida de LED, com 110 metros de altura e 157 metros de largura. Esse espaço de entretenimento atraiu instantaneamente o olhar do público, tornando-se um marco local e atraindo atenção global por meio de uma extensa cobertura da mídia. Ideias semelhantes de esferas já foram propostas em Londres e em uma escala menor em Los Angeles. Essas estruturas de exibição massivas abrem discussões sobre as fachadas como telas digitais. Que papel a arquitetura pode desempenhar como uma tela urbana, além de ser um outdoor? E como a arquitetura pode envolver o público por meio da arte digital, indo além das enormes esferas de LED?

Arte digital e a arquitetura: para além de outdoors e esferas - Image 1 of 4Arte digital e a arquitetura: para além de outdoors e esferas - Image 2 of 4Arte digital e a arquitetura: para além de outdoors e esferas - Image 3 of 4Arte digital e a arquitetura: para além de outdoors e esferas - Image 4 of 4Arte digital e a arquitetura: para além de outdoors e esferas - Mais Imagens+ 2

Arquitetura e protesto: exposição aborda o papel da arquitetura em movimentos ativistas

Em termos de ativismo, a interrupção é um elemento necessário para um protesto eficaz. Quando atos de perturbação se espalham pelo domínio público, eles criam espaços por meio de bloqueios, defesas e reivindicações territoriais, dando origem à "arquitetura de protesto". Esse conceito é o foco da exposição organizada pelo DAM - Deutsches Architekturmuseum e pelo MAK - Museum für Angewandte Kunst, de Viena. Intitulada Protest/Architecture. Barricades, Camps, Superglue, o evento apresenta uma coleção de maquetes, fotografias e filmes sobre a arquitetura de protesto em todo o mundo. A exposição, com curadoria de Oliver Elser e assistência curatorial e pesquisa de Anna-Maria Mayerhofer, estará aberta até 14 de janeiro de 2024 no DAM OSTEND em Frankfurt.

Arquitetura e protesto: exposição aborda o papel da arquitetura em movimentos ativistas - Image 1 of 4Arquitetura e protesto: exposição aborda o papel da arquitetura em movimentos ativistas - Image 2 of 4Arquitetura e protesto: exposição aborda o papel da arquitetura em movimentos ativistas - Image 3 of 4Arquitetura e protesto: exposição aborda o papel da arquitetura em movimentos ativistas - Image 4 of 4Arquitetura e protesto: exposição aborda o papel da arquitetura em movimentos ativistas - Mais Imagens+ 20

Dos escombros ao renascimento: revelando a transformação do tecido urbano de Varsóvia

A exposição "Warsaw 1945-1949: Rising from Rubble" ocorreu este ano no Museu de Varsóvia, explorando o processo de reconstrução da cidade que ocorreu após a Segunda Guerra Mundial. Neste período, toda a estrutura urbana, arquitetura, status social e econômico de Varsóvia tiveram de ser reconstruídos do zero. Com curadoria de Adam Przywara, a exposição "ofereceu uma nova perspectiva sobre o mito da reconstrução pós-guerra da capital polonesa e uma das páginas mais interessantes de sua história".

Dos escombros ao renascimento: revelando a transformação do tecido urbano de Varsóvia - Image 1 of 4Dos escombros ao renascimento: revelando a transformação do tecido urbano de Varsóvia - Image 2 of 4Dos escombros ao renascimento: revelando a transformação do tecido urbano de Varsóvia - Image 3 of 4Dos escombros ao renascimento: revelando a transformação do tecido urbano de Varsóvia - Image 4 of 4Dos escombros ao renascimento: revelando a transformação do tecido urbano de Varsóvia - Mais Imagens+ 21

Ecologias em movimento: o futuro não será apenas construído, será semeado e plantado

A 18ª Exposição Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza, inaugurada em 20 de maio, está sendo uma verdadeira materialização do tema O laboratório do futuro, definido por Lesley Lokko. A curadora convidou "arquitetos e profissionais de um campo ampliado de disciplinas criativas a buscarem exemplos nas práticas contemporâneas que apresentem um caminho para que o público avance, imaginando eles mesmos o que o futuro pode trazer".

O Pavilhão do Chile, com a curadoria de Gonzalo Carrasco, Alejandro Beals e Loreto Lyon (Beals Lyon Arquitectos), explorou o tema Ecologias em Movimento. A exposição apresenta os desafios atuais acerca da reparação e restauração ecológica com o estudo dos processos de recuperação do solo com sementes endêmicas.

A Bienal de Design de Londres recebe proojetos de Foster + Partners, PLP e Hassell

A Bienal de Design de Londres foi inaugurada em 1º de junho de 2023, na Somerset House, reunindo participantes de todo o mundo para celebrar novas formas de cooperação internacional por meio da arquitetura. A bienal, agora em sua quarta edição, apresenta mais de 40 instalações focadas no tema O Jogo Global: Remapeando Colaborações, definido pelo Nieuwe Instituut, sob liderança de Aric Chen, responsável pela direção artística desta edição. Além dos participantes nacionais, a exposição Eureka apresentará trabalhos interdisciplinares dos principais centros de pesquisa do Reino Unido.

A Bienal de Design de Londres recebe proojetos de Foster + Partners, PLP e Hassell - Image 1 of 4A Bienal de Design de Londres recebe proojetos de Foster + Partners, PLP e Hassell - Image 2 of 4A Bienal de Design de Londres recebe proojetos de Foster + Partners, PLP e Hassell - Image 3 of 4A Bienal de Design de Londres recebe proojetos de Foster + Partners, PLP e Hassell - Image 4 of 4A Bienal de Design de Londres recebe proojetos de Foster + Partners, PLP e Hassell - Mais Imagens+ 14

David Adjaye divulga projeto do maior centro de arte e cultura da Índia durante a Bienal de Veneza de 2023

O Museu de Arte Kiran Nadar (KNMA) divulgou uma maquete de seu novo edifício durante abertura da 18ª Exposição Internacional de Arquitetura - La Biennale di Venezia. O anúncio fez parte dos Projetos Especiais da Curadoria apresentados no Arsenale - Artiglierie em Veneza. O edifício, localizado em Delhi e projetado pelo arquiteto ganês-britânico Sir David Adjaye em colaboração com a S. Ghosh & Associates, deverá se tornar o maior centro cultural da Índia quando for inaugurado em 2026.

David Adjaye divulga projeto do maior centro de arte e cultura da Índia durante a Bienal de Veneza de 2023 - Image 1 of 4David Adjaye divulga projeto do maior centro de arte e cultura da Índia durante a Bienal de Veneza de 2023 - Image 2 of 4David Adjaye divulga projeto do maior centro de arte e cultura da Índia durante a Bienal de Veneza de 2023 - Image 3 of 4David Adjaye divulga projeto do maior centro de arte e cultura da Índia durante a Bienal de Veneza de 2023 - Image 4 of 4David Adjaye divulga projeto do maior centro de arte e cultura da Índia durante a Bienal de Veneza de 2023 - Mais Imagens+ 3

Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 abre ao público no dia 20 de maio

A 18ª Exposição Internacional de Arquitetura - La Biennale di Venezia, intitulada O Laboratório do Futuro, terá sua inauguração oficial no sábado, 20 de maio, e permanecerá aberta ao público até 26 de novembro de 2023. A ocasião inclui a cerimônia de premiação, durante a qual o júri internacional presidido por Ippolito Pestellini Laparelli concederá os prêmios oficiais: o Leão de Ouro para a melhor Participação Nacional, o Leão de Ouro para o melhor participante, e o Leão de Prata para um jovem participante promissor. O Leão de Ouro pela Trajetória de Vida será entregue a Demas Nwoko, artista, designer e arquiteto nascido na Nigéria.

Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 abre ao público no dia 20 de maio - Image 1 of 4Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 abre ao público no dia 20 de maio - Image 2 of 4Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 abre ao público no dia 20 de maio - Image 3 of 4Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 abre ao público no dia 20 de maio - Image 4 of 4Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 abre ao público no dia 20 de maio - Mais Imagens+ 7

Tadao Ando projeta exposição sobre Karl Lagerfeld no Metropolitan Museum of Art em Nova York

O arquiteto Tadao Ando foi encarregado de projetar a exposição do Costume Institute deste ano, que destaca o trabalho de Karl Lagerfeld. A abertura da exposição, intitulada Karl Lagerfeld: A Line of Beauty, foi marcada pelo renomado Met Gala, um evento de arrecadação de fundos frequentado por celebridades e personalidades consideradas culturalmente relevantes no cenário da moda. Abordada como um ensaio temático e conceitual sobre o trabalho de Lagerfeld, e não como uma retrospectiva tradicional, a exposição tem como objetivo ilustrar o método de expressão criativa do designer e sua importância na indústria da moda.

Tadao Ando projeta exposição sobre Karl Lagerfeld no Metropolitan Museum of Art em Nova York - Image 1 of 4Tadao Ando projeta exposição sobre Karl Lagerfeld no Metropolitan Museum of Art em Nova York - Image 4 of 4Tadao Ando projeta exposição sobre Karl Lagerfeld no Metropolitan Museum of Art em Nova York - Image 2 of 4Tadao Ando projeta exposição sobre Karl Lagerfeld no Metropolitan Museum of Art em Nova York - Image 3 of 4Tadao Ando projeta exposição sobre Karl Lagerfeld no Metropolitan Museum of Art em Nova York - Mais Imagens+ 10

Pavilhão da Hungria explora etnografia histórica na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023

Na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023, o Pavilhão Húngaro se concentra em um novo museu em Budapeste, o Museu de Etnografia. Ele foi projetado por Marcel Ferencz (Napur Architect) e concluído em 2022 como um dos programas de desenvolvimento cultural e urbano mais notáveis da Europa, o Liget Budapest Project. A exposição em Veneza, intitulada “Reziduum – The Frequency of Architecture” e com curadoria de Mária Kondor-Szilágyi, apresentará o acervo do museu através do meio digital. Um curta-metragem de animação intitulado Ethnozoom e um programa de computador interativo, o MotifCreator, permitirão que os visitantes se familiarizem com as tradições húngaras e criem suas próprias composições de motivos. O Pavilhão Húngaro exibirá obras do arquiteto Marcel Ferencz, do arquiteto e compositor Péter Mátrai, da arquiteta Judit Z. Halmágyi e do designer de iluminação Ferenc Haász.

Pavilhão da Hungria explora etnografia histórica na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Image 1 of 4Pavilhão da Hungria explora etnografia histórica na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Image 2 of 4Pavilhão da Hungria explora etnografia histórica na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Image 3 of 4Pavilhão da Hungria explora etnografia histórica na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Image 4 of 4Pavilhão da Hungria explora etnografia histórica na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023 - Mais Imagens+ 2

Centro Pompidou estreia a maior retrospectiva da obra de Norman Foster em Paris

Em maio deste ano, o Centro Pompidou em Paris vai estrear a maior retrospectiva da obra de Norman Foster das últimas seis décadas. A exposição abrange cerca de 2.200 metros quadrados, explorando as várias fases da carreira do renomado arquiteto. Obras essenciais, incluindo a sede da Hong Kong and Shanghai Baking Corporation (Hong Kong, 1979–1986), o Carré d'Art (Nîmes, 1984–1993), o Aeroporto Internacional de Hong Kong (1992–1998) e o Apple Park (Cupertino, Estados Unidos, 2009-2017) estarão em exibição.

Foster + Partners, Norman Foster Foundation e Norman Foster estão trabalhando para desenvolver e executar a retrospectiva completa. Através das lentes dos sete temas escolhidos: Natureza e Urbanidade, Pele e Ossos, Cidade Vertical, História e Tradição, Planejamento e Localização, Redes e Mobilidade, e Futuro, a exposição se prepara para se tornar uma compilação completa do trabalho do arquiteto.

Centro Pompidou estreia a maior retrospectiva da obra de Norman Foster em Paris - Image 1 of 4Centro Pompidou estreia a maior retrospectiva da obra de Norman Foster em Paris - Image 2 of 4Centro Pompidou estreia a maior retrospectiva da obra de Norman Foster em Paris - Image 3 of 4Centro Pompidou estreia a maior retrospectiva da obra de Norman Foster em Paris - Image 4 of 4Centro Pompidou estreia a maior retrospectiva da obra de Norman Foster em Paris - Mais Imagens+ 1

Um parque costeiro como equipamento público e atenuador do clima

Este artigo foi publicado originalmente no Common Edge.

Esta semana, o Museu de Arte Moderna lança oficialmente uma nova série de exposições intitulada Architecture Now. De acordo com o MoMA, “a primeira iteração da série, New York, New Publics, irá explorar as maneiras pelas quais os escritórios com sede na cidade de Nova York têm expandido a relação da arquitetura metropolitana com diferentes públicos através de 12 projetos concluídos recentemente.”

A exposição mostrará trabalhos voltados para o público, como parques, jardins e piscinas comunitárias, feitos por Adjaye Associates, Agency—Agency e Chris Woebken, CO Adaptive, James Corner Field Operations, Kinfolk Foundation, nArchitects, New Affiliates e Samuel Stewart-Halevy, Olalekan Jeyifous, Only If, PetersonRich Office, SO – IL e SWA/Balsley e Weiss/Manfredi.

Paisagens costeiras do futuro: o pavilhão dinamarquês na Bienal de Veneza de 2023 tem curadoria de Josephine Michau

O Pavilhão da Dinamarca anunciou Josephine Michau como curadora da exposição Imaginários da Costa para representar a Dinamarca na 18ª Exposição Internacional de Arquitetura - La Biennale di Venezia. A exposição destaca soluções de design baseadas na natureza para aliviar os desafios globais como a elevação do nível do mar e as enchentes. A equipe por trás da exposição representa uma colaboração entre o escritório de arquitetura paisagística Schønherr e pesquisadores, artistas, organizações comerciais dinamarquesas e instituições científicas. O assunto selecionado se alinha com o tema abrangente da bienal, Laboratório do Futuro, que vai de 20 de maio a 26 de novembro de 2023, no Giardini, Arsenale e outros locais de Veneza.

Paisagens costeiras do futuro: o pavilhão dinamarquês na Bienal de Veneza de 2023 tem curadoria de Josephine Michau - Image 1 of 4Paisagens costeiras do futuro: o pavilhão dinamarquês na Bienal de Veneza de 2023 tem curadoria de Josephine Michau - Image 2 of 4Paisagens costeiras do futuro: o pavilhão dinamarquês na Bienal de Veneza de 2023 tem curadoria de Josephine Michau - Image 3 of 4Paisagens costeiras do futuro: o pavilhão dinamarquês na Bienal de Veneza de 2023 tem curadoria de Josephine Michau - Image 4 of 4Paisagens costeiras do futuro: o pavilhão dinamarquês na Bienal de Veneza de 2023 tem curadoria de Josephine Michau - Mais Imagens+ 5

Explorando a relação entre tempo e energia: pavilhão da Geórgia na Bienal de Veneza 2023

Intitulado "janeiro, fevereiro, março", o pavilhão da Geórgia na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023 tem a curadoria da Bienal de Arquitetura de Tbilisi. Explorando a relação entre o fluxo de tempo e energia, a intervenção georgiana "representará a natureza morta e viva através da história de um assentamento artificialmente alterado na região de Dusheti". A 18ª Exposição Internacional de Arquitetura será realizada entre 20 de maio e 26 de novembro de 2023, no Giardini, no Arsenale, e em vários locais nos arredores de Veneza, e terá como tema "Laboratório do Futuro".

Explorando a relação entre tempo e energia: pavilhão da Geórgia na Bienal de Veneza 2023 - Image 1 of 4Explorando a relação entre tempo e energia: pavilhão da Geórgia na Bienal de Veneza 2023 - Image 2 of 4Explorando a relação entre tempo e energia: pavilhão da Geórgia na Bienal de Veneza 2023 - Image 3 of 4Explorando a relação entre tempo e energia: pavilhão da Geórgia na Bienal de Veneza 2023 - Image 4 of 4Explorando a relação entre tempo e energia: pavilhão da Geórgia na Bienal de Veneza 2023 - Mais Imagens+ 6

Space Popular adapta os conceitos de urbanismo de Aldo Rossi ao metaverso

Através da exposição “Search History” (Histórico de busca) no Museu MAXXI em Roma, Lara Lesmes e Fredrik Hellberg, diretores do estúdio de arquitetura e arte Space Popular, se propuseram a explorar a obra de Also Rossi e traduzir suas noções de “fato urbano” e “ cidade análoga” ao mundo virtual. A instalação é uma reflexão sobre a proliferação de plataformas do metaverso e o conceito de urbanismo virtual. A exposição está na quinta edição da Studio Visit, uma parceria entre a Alcantara e o MAXXI Museo nazionale delle arti del XXI secolo, que desafia os designers a propor uma reinterpretação pessoal das obras dos mestres das MAXXI Architecture Collections.

Space Popular adapta os conceitos de urbanismo de Aldo Rossi ao metaverso - Image 1 of 4Space Popular adapta os conceitos de urbanismo de Aldo Rossi ao metaverso - Image 2 of 4Space Popular adapta os conceitos de urbanismo de Aldo Rossi ao metaverso - Image 3 of 4Space Popular adapta os conceitos de urbanismo de Aldo Rossi ao metaverso - Image 4 of 4Space Popular adapta os conceitos de urbanismo de Aldo Rossi ao metaverso - Mais Imagens+ 29