Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Rem Koolhaas

Rem Koolhaas: O mais recente de arquitetura e notícia

Como será o campo quando todo mundo estiver vivendo na cidade?

Em fevereiro de 2020, o Guggenheim de Nova Iorque irá inaugurar uma exposição idealizada por Rem Koolhaas e desenvolvida dentro do AMO, o estúdio de pesquisa e design do OMA. Intitulada de “Countryside, The Future”, a exposição é o resultado de uma das principais linhas de pesquisa desenvolvidas por Koolhaas ao longo dos últimos anos; o impacto de um mundo cada vez mais urbanizado nas áreas não urbanas.

Analisando o "Manual of Section": o desenho arquitetônico mais intrigante

Para Paul Lewis, Marc Tsurumaki e David J. Lewis, o corte "é muitas vezes entendido como um tipo simplificado de desenho, produzido no final do processo de concepção para descrever condições estruturais e materiais para a etapa da construção."

Esta é uma definição muito familiar para a maioria das pessoas que estudam ou trabalham com a arquitetura. Muitas vezes pensamos primeiramente na planta baixa, pois nos permite abraçar as expectativas programáticas de um projeto e fornecer um resumo das várias funções necessárias. Na idade moderna, programas de software de modelagem digital oferecem cada vez mais possibilidades quando se trata de criar objetos tridimensionais complexos, tornando o corte uma reflexão ainda mais tardia.

Com o seu Manual of Section (Manual do Corte) lançado em 2016, os três sócios fundadores do LTL architects apresentam o corte como uma ferramenta essencial no projeto arquitetônico, e vamos admitir isso, essa leitura pode fazer você mudar de ideia sobre o tema. Para os co-autores, "pensar e projetar o corte requer a construção de um discurso sobre ele, reconhecendo-o como um local de intervenção." Talvez, na verdade, precisamos entender as capacidades dos desenhos em corte tanto para usá-los de forma mais eficiente, quanto para desfrutar ao fazê-los.

Bagsværd Church by Jørn Utzon (1976). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects Notre Dame du Haut by Le Corbusier (1954). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects United States Pavilion at Expo '67 by Buckminster Fuller and Shoji Sadao (1967). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects The Solomon R. Guggenheim Museum by Frank Lloyd Wright (1959). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects + 15

Milano Arch Week divulga programação que inclui palestras de Stefano Boeri e Rem Koolhaas

Milano Arch Week publicou detalhes de seu evento de 2019, viabilizando uma semana de palestras, conversas, workshops e passeios sobre os principais desafios da transformação urbana contemporânea. De 21 a 26 de maio de 2019, a Milano Arch Week “explora o futuro da arquitetura e das cidades através de uma polifonia de vozes; arquitetos, urbanistas, paisagistas, cientistas, filósofos, artistas e curadores de todo o mundo”.

A Casa da Música e a Cidade das Artes: por uma monumentalidade

Em sua tese de doutorado, Guilherme Essvein de Almeida apresenta uma análise de duas importantes obras da arquitetura contemporânea: a Casa da Música do Porto projetado por Rem Koolhaas e a Cidade das Artes no Rio de Janeiro, da autoria de Christian de Portzamparc. A tese, defendida em 2018, foi orientada pelo Prof. Dr. Carlos Eduardo Dias Comas e faz parte do programa de pós-graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Veja abaixo o resumo informado pelo autor e o link para a tese completa.

Rem Koolhaas tem participação no novo álbum da banda de música eletrônica Tempers

Dizem que diversidade é fundamental para um bom portfólio. Agora, Rem Koolhaas, do OMA, pode acrescentar “participação em álbum musical” ao seu. A dupla de Nova York, Tempers, em colaboração com a artista alemã Katja Eichinger, apresenta Koolhaas em um álbum conceitual que tem o shopping center como temática.

Abertas as inscrições para o curso em SP . Arquitetura Contemporânea Internacional - Gabriel Kogan

Curso em quatro aulas conduzidas por Gabriel Kogan sobre arquitetura contemporânea internacional com foco na obra de Rem Koolhaas, SANAA, Toyo Ito, Souto de Moura, Álvaro Siza e Peter Zumthor.

O que acontece com os Pavilhões da Serpentine Gallery quando são desmontados?

Se o sinal mais seguro do início do verão em Londres é a aparição de um novo pavilhão em frente à Serpentine Gallery, talvez seja justo dizer que o verão termina quando o pavilhão é desmontado. As instalações ganharam destaque desde sua edição inaugural em 2000, atuando como uma espécie de honra exclusiva e indicação de talento para os escolhidos para construir ali. Arquitetos anteriores incluem Zaha Hadid, Rem Koolhaas e Olafur Eliasson.

Serpentine Pavilion 2015 / Selgas Cano. Image © Iwan Baan Serpentine Pavilion 2014 / Smiljan Radic. Image © Iwan Baan Serpentine Pavilion 2006 / Rem Koolhaas. Image © John Offenbach Serpentine Pavilion 2007 / Olafur Eliasson, Kjetil Thorsen, Cecil Balmond. Image © Luke Hayes + 20

Rem Koolhaas encerrará o World Architecture Festival 2018 com palestra em Amsterdã

Rem Koolhaas, arquiteto holandês e fundador do escritório OMA, com sede em Roterdã, será o responsável pela palestra de encerramento do World Architecture Festival 2018. O evento será realizado em Amsterdã, no Centro de Exposições e Convenções RAI, de 28 a 30 de novembro.

Como o Parc de la Villette influenciou a maneira como projetamos nossos parques no século XXI

 © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/6f/Do_pedalar_e_da_ciência.jpg'> Creative Commons User Alix Ferreira</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/'>CC BY-SA 4.0</a>  © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f6/Parc_de_La_Villette_%40_Paris_%2828926264776%29.jpg'> Creative Commons User Guilhem Vellut</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>  © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d2/Folie_N8_%40_La_Villette_%40_Paris_%2833893431256%29.jpg'> Creative Commons User Guilhem Vellut</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>  © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b4/Canal_%40_La_Villette_%40_Paris_%2833091237904%29.jpg'> Creative Commons User Guilhem Vellut</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a> + 11

Como seria um tradicional parque parisiense para você? Para muitos, só existe uma imagem capaz retratar com exatidão a essência deste espaço: A Sunday Afternoon on the Island of La Grande Jatte, de Georges Seurat. A famosa pintura retrata a burguesia desfrutando de um oásis natural, uma ilha verde em meio a uma cidade industrializada.

Rem Koolhaas sobre identidade, conformismo e cidades digitais

Na medida em que cresce a influência de políticas baseadas em identidade, faz cada vez mais sentido examinar o efeito que ela têm na maneira como pensamos e projetamos nossas cidades. Em uma recente entrevista ao Washington Post, Rem Koolhaas discute essas mudanças - e como elas marcam uma evolução do conceito de cidade genérica introduzido por ele no livro S, M, L, XL.

Assista à apresentação de Rem Koolhaas no Fórum Urbano de Moscou

No Fórum Urbano de Moscou, Rem Koolhaas conversou com Vladimir Pozner sobre sua vida, obra e como foi influenciado pela arquitetura russa. Os dois discutem como a cidade de Moscou evoluiu e seu papel no mundo atual. O evento foi originalmente transmitido ao vivo no YouTube, e seu registro pode ser visto no vídeo acima.

7 Edifícios incríveis nunca construídos ganham vida com essas renderizações

Precisa-se apenas de caneta, papel e uma mente criativa para criar projetos inovadores. No entanto, é no momento de concretizar as ideias que surgem os verdadeiros desafios. Enquanto alguns arquitetos podem esbanjar seu virtuosismo e criatividade ao projetar e construir algumas das estruturas mais incríveis que o mundo já viu, outros apenas sonham em um dia construir um de seus mais ambiciosos projetos. Seja devido a limitações econômicas ou tecnológicas, a maioria destes projetos surpreendentes nunca verão a luz do dia.

Embora você nunca tenha visitado essas magníficas estruturas - e provavelmente nunca o fará - elas estão disponíveis para uma visita virtual. Estes sete edifícios poderiam ser os projetos mais icônicos e inovadores que o mundo já viu, e por cortesia da Onward, o blog da Onstride Financial, você pode visita-los sem sair de casa.

Rem Koolhaas e seu filho Tomas falam sobre o longo processo de filmagem de "REM"

O ArchDaily teve a chance de conversar com Rem Koolhaas e seu filho, Tomas Koolhaas, quando se encontraram para um final de semana em Los Angeles. Em sua primeira entrevista juntos, após o lançamento online de “REM”, conversamos com os dois sobre o documentário que levou quatro anos para ser produzido. No filme, Tomas seguiu seu pai do deserto ao oceano e à Bienal de Veneza de 2014, assim como a vários projetos do OMA ao redor do mundo, como a Biblioteca Central de Seattle nos Estados Unidos e a Maison à Bordeaux na França.

A dupla revela como é a relação entre pai e filho, como as profissões de arquiteto e cineasta se relacionam, e lança luz sobre os desafios de filmar um membro da família muito conhecido. Além disso, o que apareceu com bastante força ao longo da conversa foi o respeito que eles têm pelo ofício um do outro e sua gratidão pela oportunidade de trabalhar tão intimamente como pai e filho.

A nova aventura arquitetônica de Kanye West: quem, o que, por que e... é sério?

Na noite de domingo, o rapper Kanye West foi ao Twitter para anunciar a criação de um novo segmento de arquitetura em sua popular empresa Yeezy. Com “Yeezy Home”, West está “procurando arquitetos e designers industriais que queiram tornar o mundo melhor”, o que gerou um turbilhão de especulações, empolgação — e um pouco de ridicularização — na internet.

Quer você goste ou não da notícia, ou acredite que isso será levado a cabo, há, sem dúvida, uma interessante relação entre West e a arquitetura que merece ser explorada, e que pode fornecer pistas sobre o futuro de Yeezy Home, se é que há algum. Com isso em mente, mergulhamos em três perguntas: Qual a chance de que Yeezy Home aconteça? Como seria a arquitetura de Yeezy Home? E como arquitetos podem se envolver?

Rem Koolhaas e Eurolab lançam chamada de ideias para redesenhar a marca da União Europeia

O fundador do OMA, Rem Koolhaas, está trabalhando em parceria com Stephan Petermann e o artista Wolfgang Tillmans na chamada de ideias para o redesenho da marca da União Européia, justamente em um momento em que a UE sofre com a pressão da crescente onda de movimentos nacionalistas de extrema direita. Composta por um conjunto de artistas e especialistas em comunicação de toda a Europa, a equipe do "Eurolab" apresentará os primeiros resultados desta iniciativa no próximo Fórum da Cultura Européia no dia 3 de junho de 2018.

O Eurolab acredita que, embora a UE seja um projeto que visa a paz, a cooperação e a solidariedade, ela não é vista como uma organização positiva e progressista pela maioria dos cidadãos europeus. À medida que o apoio ao nacionalismo e à extrema-direita cresce em toda a Europa, o Eurolab tem a difícil tarefa de descobrir por que a ideia de uma Europa unificada está sendo ofuscada pelos movimentos separatistas. Mais além de identificar as questões que cercam este desdém pela UE, o Eurolab procura desenvolver uma nova linguagem de comunicação, perguntando-se “como a cooperação e a solidariedade entre as nações podem ser melhor expressas”.

MPavilion 2017 do OMA será relocado na Universidade de Monash em Melbourne

O MPavilion de 2017, projetado por Rem Koolhaas & David Gianotten / OMA, será relocado para seu destino permanente na Universidade de Monash em Melbourne, anunciou a Naomi Milgrom Foundation. Este é o quarto pavilhão doado ao público pela Fundação.

"A mudança do MPavilion de Rem Koolhaas e David Gianotten para a Universidade de Monash garante que este continuará sendo uma incubadora dinâmica, onde ideias sobre arquitetura, design e criatividade são incentivadas e nutridas. Estou extremamente satisfeita em saber que o pavilhão continuará inspirando nossos jovens profissionais", disse Naomi Milgrom, fundadora da Naomi Milgrom Foundation.

Fotografia por Timothy Burgess. Cortesia de MPavilion Fotografia por Timothy Burgess. Cortesia de MPavilion Fotografia por Timothy Burgess. Cortesia de MPavilion David Gianotten, Naomi Milgrom e Rem Koolhaas (da esq. para a dir.). Fotografia por Timothy Burgess. Cortesia de MPavilion + 35

Rem Koolhaas lidera projeto de renovação do novo museu Tretyakov em Moscou

O Office for Metropolitan Architecture (OMA), apresentou as primeiras imagens do projeto de renovação da Galeria New Tretyakov em Krymsky Val, em Moscou. Conduzido por seu principal arquiteto, Rem Koolhaas, o esquema que pretende ampliar a acessibilidade e a visibilidade dos quatro setores da galeria, fará uso de cor e de diferentes materiais para criar uma nova identidade visual e estabelecer novas e importantes conexões com o espaço aberto para o rio de Moscou.

© OMA © OMA © OMA © OMA + 7