1. ArchDaily
  2. Sanaa

Sanaa: O mais recente de arquitetura e notícia

Após uma década em obras, projeto do SANAA para o La Samaritaine em Paris será inaugurado

Após superar muitos obstáculos, a renovação da loja de departamentos La Samaritaine, dedenvolvida pelo escritório japonês SANAA, está pronta para abrir suas portas ao público. A remodelação da famosa loja parisiense restitui seu valor histórico ao trazer uma contribuição contemporânea à arquitetura do Segundo Império.

© Simón García | arqfoto© Simón García | arqfoto© Simón García | arqfoto© Simón García | arqfoto+ 8

Miralles Tagliabue EMBT vence concurso para o novo Conservatório de Música de Shenzhen

O escritório catalão de arquitetura, Miralles Tagliabue EMBT, fundado e dirigido pela arquiteta Benedetta Tagliabue, acaba de ser anunciado como vencedor do Concurso Internacional de Arquitetura para o projeto do Conservatório de Música de Shenzhen, um dos dez novos edifícios culturais que estão atualmente em fase de projeto. Buscando estabelecer um diálogo direto com o seu entorno imediato, a proposta apresentada pela equipe do Miralles Tagliabue EMBT integra espaços dedicados à música e à arte à exuberante paisagem natural de Shenzhen, delineando um edifício de formas orgânicas e altamente sustentável.

Cortesia de Miralles Tagliabue EMBTCortesia de Miralles Tagliabue EMBTCortesia de Miralles Tagliabue EMBTCortesia de Miralles Tagliabue EMBT+ 14

SANAA vence concurso internacional para o novo Museu Marítimo de Shenzhen

A proposta concebida pela dupla de arquitetos do SANAA e chamada de “The Cloud on the Ocean”, acaba de ser escolhida como a grande vencedora do Concurso Internacional de Arquitetura para o projeto do novo Museu Marítimo de Shenzhen, na China. Para o desenho do museu, os arquitetos Kazuyo Sejima e Ryue Nishizawa buscaram inspiração na paisagem natural, nas montanhas e o no mar, criando um edifício moderno e profundamente enraizado na cultura local.

Cortesia de International Architecture Design Competition for the Shenzhen Maritime MuseumCortesia de International Architecture Design Competition for the Shenzhen Maritime MuseumCortesia de International Architecture Design Competition for the Shenzhen Maritime MuseumCortesia de International Architecture Design Competition for the Shenzhen Maritime Museum+ 5

Interpretando a arquitetura: como o projeto sai do papel através de técnicas de análise

A arquitetura nunca é um acidente. É um esquema cuidadosamente planejado de padrões e estilos que respondem ao ambiente natural, celebram a materialidade e / ou são referenciais de movimentos estilísticos ao longo da história, isto é, todas as formas de entender porque os projetos foram feitos daquela maneira. Existem diferentes maneiras de analisar a arquitetura, por meio do uso de diagramas, padrões, relacionamentos e proporções, para citar alguns. Para arquitetos e leigos, existe um desejo subconsciente de uma estrutura de tomada de decisão no projeto. Como resultado, a arquitetura se tornou um exercício de auto posicionamento - um reflexo microcósmico do mundo ao nosso redor, visto nos projetos que construímos.

Museu Louvre Lens / SANAA

© Julien Lanoo© Julien Lanoo© Julien Lanoo© Julien Lanoo+ 30

  • Arquitetos: SANAA
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2006
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AMAG, Cofrino, Cricursa, Goppion, Polypane Glasindustrie NV, +1

SANAA projeta expansão da Galeria de Arte de New South Wales em Sydney

O escritório japonês SANAA projetou o anexo da Galeria de Arte de New South Wales (AGNSW) em Sydney. Primeira obra do escritório na Austrália, o projeto visa transformar um dos principais museus de arte da região, conectando-o a um jardim público com vista para o porto. Com uma natureza diáfana e iluminada, o novo edifício foi concebido para contrastar com o antigo, uma construção neoclássica do século XIX.

Cortesia de Art Gallery of New South Wales, 2018Cortesia de Art Gallery of New South Wales, 2018Cortesia de Art Gallery of New South Wales, 2018Cortesia de Art Gallery of New South Wales, 2018+ 6

Novo conjunto habitacional do SANAA em Paris, pelas lentes de Vincent Hecht

O complexo de moradias sociais recentemente concluído da SANAA em Paris foi registrado em uma série de fotografias de Vincent Hecht. Iniciativa da Paris Habitat, a maior empresa de habitação social da França, o projeto compreende quatro edifícios que acomodam mais de 100 unidades de habitação social.

© Vincent Hecht© Vincent Hecht© Vincent Hecht© Vincent Hecht+ 20

Arquitetura japonesa em 7 aulas

A Escola da Cidade compartilhou conosco a série de aulas sobre Arquitetura e Cultura japonesa que integra o programa Estúdio Deriva. Nesta série conta com as seguintes aulas: "A ambiência sem hierarquia: Sanaa e a música eletrônica" com Guilherme Wisnik, "Cultura Contemporânea Japonesa" com Gabriel Kogan, "A atuação profissional dos arquitetos japoneses" com Lourenço Gimenes, "Uma análise gráfica das midiatecas de Toyo Ito" com Marina Lacerda, "Destruir para construir: O impacto dos planos de reconstrução de Tokyo em Akira" com Beatriz Oliveira, "Jidai no nagare, o fluxo das eras: encaixes japoneses em madeira" com Heloisa Ikeda e "A estrada de Tōkaidō: viagens, xilogravuras e cidades do período Tokugawa (1603-1868)" com Fernanda Sakano. Assista aqui todas as aulas.

Foster, Rafael Moneo, Nieto Sobejano, Snøhetta, BIG e SANAA são os finalistas para reformar o Museu de Belas Artes de Bilbao

A administração do Museu de Belas Artes de Bilbao divulgou a lista de finalistas do concurso para a reforma de suas instalações. Localizado a poucos metros do famoso Museu Guggenheim de Frank Gehry, o Belas Artes é uma das instituições culturais mais importantes do País Basco. Com a participação de 57 escritórios de diversas partes do mundo durante a etapa inicial, o concurso selecionou como finalistas Norman Foster, Rafael Moneo, Nieto Sobejano, Snøhetta, BIG e SANAA, que continuarão desenvolvendo o projeto até que o vencedor seja anunciado no final de julho.

Academia Bezalel de Artes e Design projetada pelo SANAA em Jerusalém tem inauguração prevista para 2022

O novo campus da Academia Bezalel de Artes e Design em Jerusalém, projetado pelo escritório japonês SANAA, tem nova data de inauguração. Inicialmente proposto em 2013, o projeto para a escola de arte nacional de Israel teve início em 2015 e será inaugurado, segundo as previsões, em 2022. O campus está sendo construído no centro da cidade de Jerusalém e terá capacidade para receber 2.500 estudantes e 500 membros do corpo docente.

Bezalel Academy of Art and Design. Image Cortesia de SANAABezalel Academy of Art and Design. Image Cortesia de SANAABezalel Academy of Art and Design. Image Cortesia de Bezalel Academy of Arts and DesignBezalel Academy of Art and Design. Image Cortesia de Bezalel Academy of Arts and Design+ 5

ARCHIVOIDS de Federico Babina exalta as arquiteturas do vazio

O artista italiano Federico Babina compartilhou conosco seu mais recente trabalho de ilustração arquitetônica. Archivoid procura "esculpir massas invisíveis de espaço" através da leitura de negativos - usando a linguagem arquitetônica de arquitetos famosos do passado e do presente, de Frank Lloyd Wright a Bjarke Ingels.

As imagens de Babina criam um ponto de vista inverso, uma inversão de percepção para uma leitura alternativa do espaço e da própria realidade. Fazendo do espaço negativo seu protagonista, Babina traça as “pegadas arquitetônicas” de arquitetos famosos, unindo misteriosas geometrias com uma combinação de cores vibrantes.

© Federico Babina© Federico Babina© Federico Babina© Federico Babina+ 9

Abertas as inscrições para o curso em SP . Arquitetura Contemporânea Internacional - Gabriel Kogan

Curso em quatro aulas conduzidas por Gabriel Kogan sobre arquitetura contemporânea internacional com foco na obra de Rem Koolhaas, SANAA, Toyo Ito, Souto de Moura, Álvaro Siza e Peter Zumthor.

O que acontece com os Pavilhões da Serpentine Gallery quando são desmontados?

Se o sinal mais seguro do início do verão em Londres é a aparição de um novo pavilhão em frente à Serpentine Gallery, talvez seja justo dizer que o verão termina quando o pavilhão é desmontado. As instalações ganharam destaque desde sua edição inaugural em 2000, atuando como uma espécie de honra exclusiva e indicação de talento para os escolhidos para construir ali. Arquitetos anteriores incluem Zaha Hadid, Rem Koolhaas e Olafur Eliasson.

Serpentine Pavilion 2015 / Selgas Cano. Image © Iwan BaanSerpentine Pavilion 2014 / Smiljan Radic. Image © Iwan BaanSerpentine Pavilion 2006 / Rem Koolhaas. Image © John OffenbachSerpentine Pavilion 2007 / Olafur Eliasson, Kjetil Thorsen, Cecil Balmond. Image © Luke Hayes+ 20

Kazuyo Sejima: "Projetar um edifício não é apenas um exercício de escala, mas principalmente de detalhe"

A cofundadora do escritório japonês de arquitetura SANAA, Kazuyo Sejima, apresentou mais detalhes do seu novo projeto para a futura Galeria Nacional de Budapest na ocasião de sua participação no Hay Festival Segovia, realizado na cidade homônima na última sexta-feira na zona metropolitana de Madri. A ganhadora do Prêmio Pritzker de 2010 (junto ao seu sócio Ryue Nishizawa) assinalou que o conceito deste projeto segue a linha de outros três icônicos museus realizados anteriormente pelo seu aclamado escritório de arquitetura: o Museu de Arte Contemporânea do século XXI em Kanazawa (2004), o New Art Museum na cidade de Nova Iorque e o Louvre de Lens, na França (2012).

No contexto da décima terceira edição do Hay Festival realizado na cidade de Segovia, Laszló Baán, diretor do Museu Húngaro de Belas Artes, revelou seu plano ambicioso, apresentando os detalhes do Projeto em Budapest, um masterplan de 100 hectares em pleno coração da capital, o qual contará com o projeto de outros dez museus, incluindo a Casa da Música Húngara projetada por Sou Fujimoto, a ampliação do jardim zoológico, o museu de belas artes e a própria Galeria Nacional de Budapest, concebida pelo SANAA para abrigar um acervo que vai da arte do século XIX até a contemporaneidade.

"Moriyama-San": novo filme de Bêka & Lemoine aborda um dos projetos residenciais mais influentes do Japão

Moriyama-San - um filme de Bêka & Lemoine - recebeu o prêmio maior no Arquiteturas Film Festival em Lisboa. Centrado em torno da famosa Casa Moriyama, projetada pelo Pritzker Ryue Nishizawa, o filme faz parte de uma série em desenvolvimento chamada "Living Architectures", na qual os cineastas pretendem "colocar em questão o fascínio pela imagem, que encobre os edifícios com ideias preconcebidas de perfeição, virtuosismo e infalibilidade”. Em sua abordagem única, o filme “combina magistralmente imagem, som e narrativa em uma história convincente sobre um personagem singular e sua relação com sua casa e música."

© Bêka & Lemoine© Bêka & Lemoine© Bêka & Lemoine© Bêka & Lemoine+ 21

O legado de Niemeyer 5 anos após sua morte

No livro Amares, publicado em 1993, o escritor uruguaio Eduardo Galeano afirma que Niemeyer conseguiu fazer pouco contra o capitalismo, mas tem feito muito contra o domínio da linha reta na arquitetura moderna. Traçou o caminho para a redescoberta da geometria biomórfica, aproveitando ao máximo as possibilidades técnicas e estruturais do concreto armado, desenvolvido posteriormente por Le Corbusier em Ronchamp, Jørn Utzon e Eero Saarinen.

Niemeyer utilizou um sistema metodológico multifocal tão forte e criativo que acabou por influenciar não apenas os mestres da geração moderna, mas também a linguagem fluida dos contemporâneos Toyo Ito, Kazuyo Sejima, Alvaro Siza e Zaha Hadid. Entrevistada pelo jornal espanhol "El Paìs" em 2015, a própria Hadid afirma que "Niemeyer era um virtuoso do espaço. Possuía um talento inato para a sensualidade. (...) Ele construiu formas de concreto aparentemente líquido e tirou de Le Corbusier todo o talento escultural que a modernidade manteve fechada em uma gaiola cartesiana. O Le Corbusier mais livre saiu no Brasil".

OMA / Shohei Shigematsu e Rem Koolhaas são selecionados para projetar a expansão do New Museum em Nova Iorque

Rem Koolhaas e Shohei Shigematsu, do escritório OMA, foram selecionados para projetar a expansão do New Museum em Nova York. O OMA será encarregado de construir um novo edifício adjacente ao museu do SANAA. O projeto tem inauguração prevista para 2019 e trará à instituição outros 4.650 metros quadrados de "galerias, circulação pública e espaços flexíveis para a contínua exploração do museu com novas plataformas e programas". Este será o primeiro edifício público de Koolhaas em Nova York. De acordo com o New York Times, o New Museum - único museu da cidade dedicado exclusivamente à arte contemporânea - já arrecadou 50% do custo do projeto.

Curso Arquitetura Contemporânea Internacional

Curso em quatro encontros no MuBE (SP) sobre arquitetura contemporânea internacional para análise crítica das obras de Rem Koolhaas, Toyo Ito, SANAA, Álvaro Siza e Peter Zumthor.

Cada aula focará no estudo aprofundado de um a três projetos de cada arquiteto, utilizando como material fotografias, plantas, textos teóricos e vídeos especialmente produzidos.

O curso tem como objetivo apresentar discussões teóricas e produções projetuais paradigmáticas no cenário arquitetônico contemporâneo pelo mundo. Além disso, será analisado também o rebatimento dessas questões no Brasil. A partir da análise crítica da organização do espaço, inserção urbana e técnicas construtivas, os projetos selecionados contribuirão para