Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Escola Da Cidade

Escola Da Cidade: O mais recente de arquitetura e notícia

"Todo projeto é uma oportunidade para construir": conversa com Solano Benítez e Gloria Cabral

O curso de pós-graduação da Escola da Cidade - Geografia, Cidade e Arquitetura recebeu o arquiteto Solano Benítez e a arquiteta Gloria Cabral para uma série de aulas. Na ocasião, foi realizada uma entrevista com os sócios do escritório Gabinete de Arquitetura, que conquistou prêmios como SI Swiss Architectural Award 2007-2008 (SUI), o AIA Honorary Fellowship 2012 (EUA) e o Leão de Ouro da Bienal de Veneza de 2016.

Três banheiros, três danças: experimentações do corpo na arquitetura

Este artigo é um excerto originalmente publicado na Revista Cadernos de Pesquisa #7 da Associação Escola da Cidade. Trata-se de uma publicação proveniente do trabalho final de graduação “Três banheiros, três danças”, de autoria de Manuella Ferreira Leboreiro, realizado na Escola da Cidade em 2018, sob a orientação do professor Yuri Fomim Quevedo. Este ensiaio também integrou a seleção de trabalhos expostos no CCSP como parte da 12ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo.

São 12:11 do dia 7 de novembro (de 2018). Um "S" na porta indica a quem supostamente se destina esse banheiro. Estou em um banheiro localizado em um predinho que o Vilanova Artigas, arquiteto modernista brasileiro, projetou na década de 1950 no bairro de Santa Cecília. É a segunda vez que entro nele e para mim ainda é um espaço que vai se revelando. De primeira, o que chamou muito a atenção foi o azul quase roxo causado pela luz negra que faz com que todos os tons do banheiro tendam para essa cor. Traz um sentimento de muita serenidade durante o dia.

© Manuella Ferreira Leboreiro © Manuella Ferreira Leboreiro © Manuella Ferreira Leboreiro © Manuella Ferreira Leboreiro + 10

Brasil, dentro da câmara de mentiras: Guilherme Wisnik conversa com Nuno Ramos

No debate promovido pela Escola da Cidade neste semana, Guilherme Wisnik conversa com Nuno Ramos, pintor, desenhista, escultor, escritor, cineasta, cenógrafo e compositor formado em filosofia pela Universidade de São Paulo.

Paisagem, geometria e materialidade na arquitetura peruana: entrevista com Juan Carlos Doblado

A Escola da Cidade, através do curso de pós-graduação Geografia, Cidade e Arquitetura, recebeu o arquiteto peruano Juan Carlos Doblado para uma série de aulas. O arquiteto apresentou sua produção arquitetônica, algumas influências em sua formação, arquitetura contemporânea do Peru e explorou temas relacionados ao ensino no curso de arquitetura da Universidad Peruana de Ciências Aplicadas (UPC), onde é professor. As estudantes, Alline Lais Nunes, Carolina Lyra e Adelí Palacios, convidadas pelo Conselho Científico da Escola da Cidade (EC), entrevistaram-no sobre alguns desses temas abordados durante o curso.

Utopias e distopias urbanas em tempo de pandemia: Guilherme Wisnik conversa com Raquel Rolnik

Qual é o arco histórico que descreve o percurso da utopia social-democrata (e urbana) de Brasília até o desmonte neo-escravocrata do pacto democrático nos dias de hoje? Que cidade é essa que vemos hoje, afastada de todas as utopias, e com regimes distintos de vulnerabilidade à pandemia do coronavírus?

Guilherme Wisnik conversa com Raquel Rolnik, arquiteta e urbanista, é professora titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Foi diretora de planejamento da Secretaria Municipal de Planejamento de São Paulo (1989-92), Secretária Nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades (2003-07) entre outras atividades ligadas ao setor público. O Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea é organizado pela Escola da Cidade com o apoio do IABsp.

Organização social em territórios vulneráveis em tempos de coronavírus

Guilherme Wisnik conversa com Ester Carro, líder comunitária do Jardim Colombo, em Paraisópolis, sobre as formas de organização em territórios vulneráveis em tempos de epidemia, assim como na importância de ações sociais realizadas a partir da comunidade.

“A realidade é que temos que seguir remando”: conversa com Sandra Barclay e Jean Pierre Crousse

O curso de pós-graduação da Escola da Cidade - Geografia, Cidade e Arquitetura recebeu o arquiteto Jean Pierre Crousse e a arquiteta Sandra Barclay para uma série de aulas. Na ocasião, foi realizada uma entrevista com os sócios do escritório Barclay & Crousse Architecture, vencedores de prêmios como o Obra do Ano do ArchDaily em Espanhol (2019), a XVIII Bienal de Arqutiectura del Perú (2018), Prêmio Oscar Niemeyer (2016), entre outros.

Guilherme Wisnik e Fernando Haddad conversam sobre antipolíticas e resistências

A política brasileira atual, uma antipolítica que visa a aniquilação das instituições, tais como as noções de público e de estado. Guilherme Wisnik conversa com Fernando Haddad sobre perspectivas para se imaginar saídas desse abismo.

O futuro engavetado: conversa entre Guilherme Wisnik e Francisco Bosco

No Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea desta semana, promovido pela Escola da Cidade, Guilherme Wisnik conversa com Francisco Bosco, ensaísta, autor e apresentador, a partir de um texto do filósofo Jean Luc Nancy "Comunovírus", sobre como a pandemia impactará o futuro do Brasil, em suas diversas dimensões: política, social, cultural e econômica.

Espera in/em comum: conversa entre Guilherme Wisnik e Ana Luiza Nobre

No Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea desta semana, promovido pela Escola da Cidade, Guilherme Wisnik conversa com Ana Luiza Nobre, arquiteta e professora da PUC-Rio, onde coordena o Là/Laboratório de Análises Arquitetônicas.

Arquitetura, forma e trabalho: reflexões sobre Zaha Hadid e as obras do estádio para a Copa 2022 no Qatar

Entre fevereiro de 2014 e setembro de 2015 – poucos meses antes de seu precoce e inesperado falecimento – a arquiteta Zaha Hadid esteve no centro de um acalorado e polêmico debate. Debate esse que teria como foco, de um lado as crescentes e cada vez mais graves denúncias sobre as condições de trabalho no Qatar de forma geral, e em específico nas obras empreendidas para a realização da Copa FIFA – Fédération Internationale de Football Association, de 2022 (ITUC, 2014; Amnesty International, 2016); e do outro o projeto do Al Wakrah Stadium – elaborado pelo escritório de arquitetura sediado em Londres que leva seu nome, e assinado por Hadid e Patrik Schumacher, para o referido evento.

Construção do estádio Al Wakrah. Imagem cortesia do Supreme Committee for Delivery & Legacy Construção do estádio Al Wakrah. Imagem cortesia do Supreme Committee for Delivery & Legacy Estádio Al Wakrah inaugurado. Cortesia de Zaha Hadid Architects Estádio Al Wakrah inaugurado. Imagem © Hufton+Crow + 7

A cultura urbana do coronavírus: conversa entre Guilherme Wisnik e Giselle Beiguelman

A Escola da Cidade volta a realizar seu Seminário de Cultura e Realidade Contemporânea em formato de “lives” públicas e abertas. No episódio de hoje, Guilherme Wisnik recebe Giselle Beiguelman para uma conversa inspirada pela série Coronavida, publicada na Revista seLecT.

Arquitetura japonesa em 7 aulas

A Escola da Cidade compartilhou conosco a série de aulas sobre Arquitetura e Cultura japonesa que integra o programa Estúdio Deriva. Nesta série conta com as seguintes aulas: "A ambiência sem hierarquia: Sanaa e a música eletrônica" com Guilherme Wisnik, "Cultura Contemporânea Japonesa" com Gabriel Kogan, "A atuação profissional dos arquitetos japoneses" com Lourenço Gimenes, "Uma análise gráfica das midiatecas de Toyo Ito" com Marina Lacerda, "Destruir para construir: O impacto dos planos de reconstrução de Tokyo em Akira" com Beatriz Oliveira, "Jidai no nagare, o fluxo das eras: encaixes japoneses em madeira" com Heloisa Ikeda e "A estrada de Tōkaidō: viagens, xilogravuras e cidades do período Tokugawa (1603-1868)" com Fernanda Sakano. Assista aqui todas as aulas.

Escola da Cidade promove XI Jornada de Iniciação Científica

Organizada anualmente pela Escola da Cidade, a Jornada de Iniciação Científica se configurou desde sua primeira edição, realizada em 2009, como espaço prolífico de debates entre alunos, orientadores e comentaristas convidados, acerca de pesquisas acadêmicas e questões fundamentais ao campo de atuação do arquiteto e urbanista em suas múltiplas abordagens – dos temas de habitação social às discussões da paisagem, da arte pública à crítica da arquitetura moderna brasileira, do urbanismo ao design.

"Precisamos mudar nossa maneira de viver em larga escala": entrevista com Mark Kingwell

No início de setembro de 2019 o curso de pós-graduação da Escola da Cidade, Geografia, Cidade e Arquitetura recebeu o filósofo canadense Mark Kingwell para uma série de aulas. Numa quarta-feira, dia 4, os estudantes Pedro Perez Barroso, Lua Victor Vieira Lima e Igor Augusto, convidados pelo Conselho Científico da Escola da Cidade, entrevistaram Kingwell sobre temas que envolvem sociedade, política, emergência climática, arquitetura e cidades.

Motéis / Hotéis - Entre estranhamentos e familiaridades

O estímulo visual que disparou a presente pesquisa[1] foi a insinuante ambiguidade da letra m/h. Menos glamorosos que os de beira de estrada, os motéis hotéis são um convite econômico para uma experiência de realização sexual. Para dar conta de sua complexidade tanto material como intangível, o trabalho se constrói como uma ficção. Assim, a narradora inventou nos motéis hotéis um potencial de revelar outras partes componentes dela própria ‑ como se estes lugares, por também serem ambíguos e incógnitos, permitissem este encontro. Num processo simultâneo de libertação e frustração, as múltiplas narradoras se agenciam.

O edifício modular em série: Gemini, Lark e Coronet

O mercado imobiliário e a construção civil na cidade de São Paulo, em alta desde meados dos anos 1960, graças à criação do Banco Nacional da Habitação, permitiram ampla experimentação arquitetônica, como, por exemplo, a de um programa inédito: a habitação vertical multifamiliar. Não obstante, já na década de 1950, a Revista Pilotis já reivindicava a posição dos arquitetos sobre as problemáticas geradas por esse novo programa: