1. ArchDaily
  2. Mo Ma

Mo Ma: O mais recente de arquitetura e notícia

A cidade como organismo

A natureza tem sido continuamente considerada uma musa inspiradora para os arquitetos. Cores e formas do mundo natural encontram-se embutidas em construções artificiais. Os edifícios também são moldados por padrões de vento e sol, topografia e vegetação. Enquanto a arquitetura é alimentada pelos efeitos da natureza, os edifícios têm sido propostos como objetos inertes que permanecem estáticos num mundo em evolução biológica. As “selvas” de concreto antropocêntricas são desprovidas de vida, separando os humanos dos ambientes naturais e causando desequilíbrios que se manifestaram em forma de pandemias. Mas, como seriam as cidades se não houvesse fronteiras entre humanos e ecossistemas?

A cidade como organismoA cidade como organismoA cidade como organismoA cidade como organismo+ 10

Qual o papel dos museus de arte nos dias de hoje?

O que define um museu nos dias de hoje: seu conteúdo ou sua arquitetura? Lauren McQuistion, arquiteta e doutoranda da Universidade da Virginia, explora os possíveis novos significados das instituições de arte na contemporaneidade em seu artigo recentemente publicado pelo Architect's Newspaper.

MoMA inaugura exposição "Reconstruções: Arquitetura e Negritude na América"

O Museu de Arte Moderna de Nova Iorque inaugurou recentemente a exposição Reconstructions: Architecture and Blackness in America [Reconstruções: Arquitetura e Negritude na América], quarto desdobramento da série Issues in Contemporary Architecture. Investigando as interseções da arquitetura, negritude e racismo no contexto dos Estados Unidos, a exposição e a publicação que a acompanha examinam a arquitetura contemporânea no contexto de como o racismo sistêmico fomentou histórias violentas de discriminação e injustiça nos EUA.

MoMA inaugura exposição Reconstruções: Arquitetura e Negritude na AméricaMoMA inaugura exposição Reconstruções: Arquitetura e Negritude na AméricaMoMA inaugura exposição Reconstruções: Arquitetura e Negritude na AméricaMoMA inaugura exposição Reconstruções: Arquitetura e Negritude na América+ 7

MoMA disponibiliza para download "Brazil Builds": o livro que apresentou a arquitetura brasileira para o mundo

Em 13 de janeiro de 1943, cidadãos de Nova Iorque - e, de modo geral, arquitetos de todo o mundo - puderam conhecer a arquitetura brasileira. Brazil builds : architecture new and old, 1652-1942 foi a exposição realizada pelo MoMA - Museu de Arte Moderna sobre a arquitetura produzida no Brasil não apenas naquele momento, mas desde meados do século XVII.

MoMA suspende Programa Young Architects PS1 por motivos de organização

O MoMA PS1 anunciou recentemente que a edição de 2020 do Programa Young Architects não será realizada, colocando um dos principais eventos voltados à promoção do trabalho de jovens arquitetos em stand-by por um período de pelo menos um ano. O MoMA PS1, anteriormente chamado de P.S.1 Contemporary Art Center, é um dos mais importantes e mais antigos centros dedicados a arte contemporânea dos Estados Unidos. O Young Architects Program, fundado pelo MoMA em parceria com o MoMA PS1, foi criado para oferecer a talentos emergentes de arquitetura a oportunidade de “projetar e apresentar projetos inovadores, desafiando os jovens arquitetos todos os anos a desenvolverem instalações temporárias para o pátio do PS1 na cidade de Nova Iorque.”

MoMA suspende Programa Young Architects PS1 por motivos de organizaçãoMoMA suspende Programa Young Architects PS1 por motivos de organizaçãoMoMA suspende Programa Young Architects PS1 por motivos de organizaçãoMoMA suspende Programa Young Architects PS1 por motivos de organização+ 8

Expansão do MoMA projetada por Diller Scofidio + Renfro será inaugurada este mês

O projeto de expansão do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque, a cargo dos escritórios Diller Scofidio + Renfro e Gensler, foi concluído. Iniciada em 2014, a primeira fase das renovações na ala leste foi finalizada em 2017; a ala oeste foi alterada posteriormente e está agora pronta para ser aberta ao público. A ampliação acrescenta mais de quatro mil metros quadrados de espaços expositivos ao famoso MoMA.

Expansão do MoMA projetada por Diller Scofidio + Renfro será inaugurada este mêsExpansão do MoMA projetada por Diller Scofidio + Renfro será inaugurada este mêsExpansão do MoMA projetada por Diller Scofidio + Renfro será inaugurada este mêsExpansão do MoMA projetada por Diller Scofidio + Renfro será inaugurada este mês+ 20

Pedro & Juana inauguram 'Hórama Rama' no MoMA PS1

A instalação "Hórama Rama", projetada pela dupla Pedro & Juana (Ana Paula Ruiz Galindo e Mecky Reuss), acaba de ser inaugurada como parte da 20ª edição do Programa Jovens Arquitetos do MoMA PS1. A instalação projetada para ocupar o pátio do PS1 neste ano de 2019 é composta por uma estrutura metálica circular, espacial e suspensa. Simulando uma floresta vertical interior, esta estrutura ambígua se revela como um ouriço de ripas de madeira, criando um espaço sombreado e agradável dentro do pátio do PS1. Após ter sido selecionado entre outros cinco finalistas, Hórama Rama foi finalmente construído no pátio do MoMA PS1 e estará aberto à visitação durante todo o verão, abrigando uma programação diversa e uma série de eventos ao ar livre.

Pedro & Juana inauguram 'Hórama Rama' no MoMA PS1Pedro & Juana inauguram 'Hórama Rama' no MoMA PS1Pedro & Juana inauguram 'Hórama Rama' no MoMA PS1Pedro & Juana inauguram 'Hórama Rama' no MoMA PS1+ 6

O MoMA e a América Latina: construindo olhares, tecendo relações

Em 1955, o Museu de Arte Moderna de Nova York organiza seu primeiro levantamento de arquitetura latino-americana: a exposição Latin American Architecture since 1945. Sob a curadoria do historiador e teórico da arquitetura moderna Henry-Russell Hitchcock, a exposição e o catálogo que a acompanha agenciam um discurso específico sobre a arquitetura latino-americana produzida entre 1945 e 1955, sob a rubrica de dois conceitos unificadores: o do modernismo e o da América Latina[1].

Conheça as mulheres pioneiras da arquitetura socialista iugoslava

Projeto da arquiteta Svetlana Kana Radević para o Hotel Podgorica (1967) na capital montenegrina pode ser descrito como um exemplo de brutalismo. Image © Valentin Jeck, 2016, comissionado pelo Museum of Modern Art
Projeto da arquiteta Svetlana Kana Radević para o Hotel Podgorica (1967) na capital montenegrina pode ser descrito como um exemplo de brutalismo. Image © Valentin Jeck, 2016, comissionado pelo Museum of Modern Art

O tema da diversidade na arquitetura tem se mantido relevante e aquecido nos últimos anos - no entanto, um artigo recente publicado pela Metropolis Magazine oferece um relato que é, de algum modo, surpreendente: uma celebração das contribuições únicas de mulheres arquitetas no antigo estado socialista da Iugoslávia. De acordo com o artigo, as mulheres destacadas deixaram sua marca na história da Iugoslávia "apesar, não do desmantelamento do estado, mas daquela cultura regional e profissional dominada por homens."

MoMA abre exposição sobre a arquitetura soviética da Iugoslávia

O MoMA - Museum of Modern Art abrirá uma nova exposição que explora a arquitetura da antiga Iugoslávia. Toward a Concrete Utopia: Architecture in Yugoslavia, 1948–1980 [Por uma utopia concreta: Arquitetura na Iugoslávia, 1948-1980], será a primeira exposição nos Estados Unidos a celebrar a arquitetura peculiar daquela que foi uma das maiores nações socialistas.

Mais de 400 desenhos, modelos, fotografias e rolos de filme selecionados a partir de uma série de arquivos municipais, coleções familiares e museus em toda a região serão apresentados pela primeira vez a um público internacional. Toward a Concrete Utopia contará com obras de muitos dos principais arquitetos da Iugoslávia e explorará "a urbanização em grande escala, a experimentação tecnológica e sua aplicação na vida cotidiana, o consumismo, os monumentos e a memorialização e o alcance global da arquitetura iugoslava".

MoMA abre exposição sobre a arquitetura soviética da IugosláviaMoMA abre exposição sobre a arquitetura soviética da IugosláviaMoMA abre exposição sobre a arquitetura soviética da IugosláviaMoMA abre exposição sobre a arquitetura soviética da Iugoslávia+ 15

Exposição do Young Architects Program 2018 é inaugurada no MoMA PS1

O Museu de Arte Moderna (MoMA) abriu sua exposição Young Architects Program 2018 no MoMA PS1 em Long Island City, Nova York. Agora, em sua 19ª edição, o Young Architects Program oferece aos talentos emergentes no mundo da arquitetura a oportunidade de “projetar e apresentar projetos inovadores, desafiando os vencedores de cada ano a desenvolverem ideias criativas para uma instalação externa temporária que forneça sombra, assentos e água. "

O projeto vencedor deste ano foi “Hide & Seek”, de Jennifer Newsom e Tom Carruthers, do Dream The Combine, trabalhando em colaboração com Clayton Binkey, da ARUP.

Exposição do Young Architects Program 2018 é inaugurada no MoMA PS1Exposição do Young Architects Program 2018 é inaugurada no MoMA PS1Exposição do Young Architects Program 2018 é inaugurada no MoMA PS1Exposição do Young Architects Program 2018 é inaugurada no MoMA PS1+ 6

Elizabeth Diller mais uma vez entre as 100 pessoas mais influentes do mundo segundo a revista TIME

A arquiteta Elizabeth Diller, do escritório Diller Scofidio + Renfro, foi novamente nomeada uma das pessoas mais influentes do mundo pela TIME em 2018. A lista anual da TIME Magazine, chamada de "Time 100", reconhece a conquista dos artistas, líderes, ativistas, empreendedores e atletas mais exemplares em suas áreas de atuação. Elizabeth foi nomeada para a categoria de "Titãs", juntamente com Roger Federer, Oprah Winfrey, Jeff Bezos, Elon Musk e Kevin Durant. Esta é a segunda vez que Diller consta na lista da revista, mas a primeira como uma "Titã".

Outras personalidades homenageadas neste ano são Shinzo Abe, Justin Trudeau, Xi Jinping e Jimmy Kimmel. 

Estúdio "Dream the Combine" vence o Young Architects Program 2018 do MoMA PS1

A instalação Hide & Seek, proposta por Jennifer Newsom e Tom Carruthers do estúdio de arte e arquitetura Dream The Combine, em colaboração com Clayton Binkley da ARUP, foi selecionada como vencedora do Programa para Jovens Arquitetos 2018 do MoMA PS1. Jennifer Newsom e Tom Carruthers foram selecionados entre outros cinco escritórios emergentes finalistas do Programa de 2018.

Inspirada nas "vibrantes interrelações pessoais que acontecem na cidade contemporânea", Hide & Seek apresentará uma paisagem de elementos cinéticos e responsivos que conectam os pátios do MoMA PS1 às ruas do entorno.

5 Escritórios emergentes finalistas no Programa de Jovens Arquitetos MoMA PS1 2018

O Museu de Arte Moderna e o MoMA P.S.1 anunciaram os cinco finalistas do Programa de Jovens Arquitetos de 2018 -Young Architects Program (YAP).

No seu 18º ano, o concurso foi criado para oferecer aos talentos arquitetônicos emergentes a oportunidade de projetar uma instalação temporária e externa dentro dos muros do pátio P.S.1 para a série anual "Warm-Up" do MoMA. Os arquitetos são desafiados a desenvolver projetos criativos que forneçam sombra, assentos e água, enquanto trabalham dentro de diretrizes que abordam questões ambientais, incluindo sustentabilidade e reciclagem.

Os finalistas são:

Urbanismo tático, utopias e curadoria ativista: uma entrevista com Pedro Gadanho

Apresentamos a seguir uma entrevista com o arquiteto e curador português, Pedro Gadanho, realizada pela arquiteta e pesquisadora Carol Farias. Na conversa, discutem temas como urbanismo tático, utopias e curadoria ativista, temas abordados em exposições realizadas pelo curador em Nova Iorque e Lisboa.

Carlos Eduardo Comas recebe prêmio internacional de curadoria

O arquiteto e pesquisador brasileiro Carlos Eduardo Comas recebeu o prêmio internacional Philip Johnson Exhibition Catalogue Award 2017 por conta do catálogo da exposição “Latin American in Construction: Architecture 1955-1980”, realizada no MoMA, em Nova Iorque. Além de Comas, os curadores da exposição, ocorrida durante 2015, incluem Barry Bergdoll (Columbia University, EUA), Francisco Liernur (Universidad Torcuato Di Tella, AR) e Patricio del Real (MoMA).

MoMA divulga projeto de extensão por Diller Scofidio + Renfro e Gensler

Em evento fechado para a imprensa no início deste mês, o Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) apresentou as reformas concluídas para o extremo leste da área do museu e também divulgou o projeto completo de expansão concebido por Diller Scofidio + Renfro em colaboração com a Gensler.

Com a conclusão da renovação da ala leste, que começou em fevereiro de 2016, o museu criou duas galerias espaçosas no terceiro andar, reconfigurando 1.393,5 metros quadrados de espaço, permitindo uma melhor flexibilidade na instalação do acervo e exposições temporárias.

MoMA divulga projeto de extensão por Diller Scofidio + Renfro e GenslerMoMA divulga projeto de extensão por Diller Scofidio + Renfro e GenslerMoMA divulga projeto de extensão por Diller Scofidio + Renfro e GenslerMoMA divulga projeto de extensão por Diller Scofidio + Renfro e Gensler+ 10

Clássicos da Arquitetura: Exposição desconstrutivista de 1988 no MoMA

Quando Philip Johnson foi o curador o Museu de Arte Moderna (MoMA) na "Exposição Internacional de Arquitetura Moderna", em 1932, ele fez isso com a intenção explícita de definir o Estilo Internacional. Como curador convidado na mesma instituição em 1988, ao lado de Mark Wigley (agora Decano Emérito da Columbia GSAPP), Johnson tomou a abordagem oposta: ao invés de apresentar a arquitetura derivada de um conjunto rigidamente uniforme de princípios projetuais, ele reuniu uma coleção de trabalhos de arquitetos cujas abordagens semelhantes (mas não idênticas) tiveram resultados similares. Os arquitetos que ele selecionou - Peter Eisenman, Frank Gehry, Zaha Hadid, Rem Koolhaas, Daniel Libeskind, Bernard Tschumi e o escritório Coop Himmelblau (liderado por Wolf Prix) - provaram ser alguns dos arquitetos mais influentes do final do século XX até os dias atuais. [1,2]

Clássicos da Arquitetura: Exposição desconstrutivista de 1988 no MoMAClássicos da Arquitetura: Exposição desconstrutivista de 1988 no MoMAClássicos da Arquitetura: Exposição desconstrutivista de 1988 no MoMAClássicos da Arquitetura: Exposição desconstrutivista de 1988 no MoMA+ 6