Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Yugoslavia

Yugoslavia: O mais recente de arquitetura e notícia

Memoriais iugoslavos, pelas lentes de Jonathan Jimenez

15:00 - 25 Agosto, 2018
Memoriais iugoslavos, pelas lentes de Jonathan Jimenez, © Jonathan "Jonk" Jimenez
© Jonathan "Jonk" Jimenez

Trinta anos após o desmembramento da Iugoslávia, traços do regime parecem cada vez mais escassos. Entre os monumentos ainda existentes, as condições são diversas: alguns permanecem intocados enquanto outros foram erodidos pelas intempéries e ações humanas. 

© Jonathan "Jonk" Jimenez © Jonathan "Jonk" Jimenez © Jonathan "Jonk" Jimenez © Jonathan "Jonk" Jimenez + 27

Conheça as mulheres pioneiras da arquitetura socialista iugoslava

16:00 - 25 Julho, 2018
Projeto da arquiteta Svetlana Kana Radević para o Hotel Podgorica (1967) na capital montenegrina pode ser descrito como um exemplo de brutalismo. Image © Valentin Jeck, 2016, comissionado pelo Museum of Modern Art
Projeto da arquiteta Svetlana Kana Radević para o Hotel Podgorica (1967) na capital montenegrina pode ser descrito como um exemplo de brutalismo. Image © Valentin Jeck, 2016, comissionado pelo Museum of Modern Art

O tema da diversidade na arquitetura tem se mantido relevante e aquecido nos últimos anos - no entanto, um artigo recente publicado pela Metropolis Magazine oferece um relato que é, de algum modo, surpreendente: uma celebração das contribuições únicas de mulheres arquitetas no antigo estado socialista da Iugoslávia. De acordo com o artigo, as mulheres destacadas deixaram sua marca na história da Iugoslávia "apesar, não do desmantelamento do estado, mas daquela cultura regional e profissional dominada por homens."

MoMA abre exposição sobre a arquitetura soviética da Iugoslávia

16:00 - 10 Julho, 2018
MoMA abre exposição sobre a arquitetura soviética da Iugoslávia, Berislav Šerbetić e Vojin Bakić.  Monumento à Revolta do Povo de Kordun e Banija. 1979–81. Petrova Gora, Croácia. Vista exterior. Foto: Valentin Jeck, encomendado pelo MoMA em 2016
Berislav Šerbetić e Vojin Bakić. Monumento à Revolta do Povo de Kordun e Banija. 1979–81. Petrova Gora, Croácia. Vista exterior. Foto: Valentin Jeck, encomendado pelo MoMA em 2016

O MoMA - Museum of Modern Art abrirá uma nova exposição que explora a arquitetura da antiga Iugoslávia. Toward a Concrete Utopia: Architecture in Yugoslavia, 1948–1980 [Por uma utopia concreta: Arquitetura na Iugoslávia, 1948-1980], será a primeira exposição nos Estados Unidos a celebrar a arquitetura peculiar daquela que foi uma das maiores nações socialistas.

Mais de 400 desenhos, modelos, fotografias e rolos de filme selecionados a partir de uma série de arquivos municipais, coleções familiares e museus em toda a região serão apresentados pela primeira vez a um público internacional. Toward a Concrete Utopia contará com obras de muitos dos principais arquitetos da Iugoslávia e explorará "a urbanização em grande escala, a experimentação tecnológica e sua aplicação na vida cotidiana, o consumismo, os monumentos e a memorialização e o alcance global da arquitetura iugoslava".

Svetlana Kana Radević. Hotel Podgorica. 1964–67. Podgorica, Montenegro. Vista exterior das varandas. Foto: Valentin Jeck, encomendado pelo MoMA em 2016 odrag Živković e Đorđe Zloković. Monumento à Batalha dos Sutjeska. 1965-71, Tjentište, Bósnia e Herzegovina. Foto: Valentin Jeck, encomendado pelo MoMA em 2016  Vjenceslav Richter. Pavilhão da Iugoslávia na Expo 58. 1958. Bruxelas, Bélgica. Archive of Yugoslavia Andrija Mutnjaković. Biblioteca Nacional e Universitária do Kosovo. 1971-82. Prishtina, Kosovo. Vista exterior. Foto: Valentin Jeck, encomendado pelo MoMA em 2016 + 15

Animação inédita do projeto não-construído do Parlamento Esloveno de Jože Plečnik

16:00 - 8 Julho, 2017

Jože Plečnik é frequentemente citado o maior arquiteto da Eslovênia, apesar de ter deixado este mundo há mais de setenta anos. Seu traço, treinado em Viena sob a tutela de Otto Wagner, pode ser visto por todo o país - e especialmente em Ljubljana. Embora Plečnik seja lembrado por seu trabalho de restauração e renovação do Castelo de Praga na década de 1920, o impacto que deixou na capital eslovena é inconfundível.

A cidade é dominada por um castelo medieval localizado no topo de uma colina, e foi neste local carregado de história que Plečnik propôs uma intervenção radical em meados do século XX. Ele queria construir um novo Parlamento esloveno - um equipamento público para abrigar o poder legislativo da República Popular da Eslovênia dentro da segunda Iugoslávia. Com este plano rejeitado pelas autoridades, Plečnik propôs um segundo projeto, conhecido coloquialmente como a "Catedral da Liberdade", construído e animado virtualmente por Kristijan Tavcar (mostrado no vídeo acima).

Proposta de Jože Plečnik para o Parlamento Esloveno (não construída). Imagem © Kristijan Tavcar Proposta de Jože Plečnik para o Parlamento Esloveno (não construída). Imagem © Kristijan Tavcar Proposta de Jože Plečnik para o Parlamento Esloveno (não construída). Imagem © Kristijan Tavcar Proposta de Jože Plečnik para o Parlamento Esloveno (não construída). Imagem © Kristijan Tavcar + 12