1. ArchDaily
  2. Paulo Mendes Da Rocha

Paulo Mendes Da Rocha: O mais recente de arquitetura e notícia

Feliz aniversário, Paulo Mendes da Rocha!

Todo o espaço deve ser ligado a um valor, a uma dimensão pública. Não há espaço privado. O único espaço privado que você pode imaginar é a mente humana. 

Comemoramos hoje o aniversário de 92 anos de Paulo Mendes da Rocha. Nascido em Vitória, formou-se em São Paulo em 1954 na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Tornou-se um dos arquitetos brasileiros mais reconhecidos mundialmente e um dos grandes nomes da Escola Paulista. Foi também professor de projeto da FAU-USP entre 1961 e 1999, afastado em 1969 pela ditadura militar e sendo reintegrado ao corpo docente da universidade somente em 1980, após a anistia. Além disso foi presidente do IAB/SP em duas ocasiões.

A ida do acervo de Paulo Mendes da Rocha à Casa da Arquitectura: entrevista com Nuno Sampaio

Semanas após a Casa da Arquitectura, centro português de documentação, acervo e exposições de arquitetura, ter anunciado o recebimento da coleção completa de projetos de Paulo Mendes da Rocha, conversamos com Nuno Sampaio, diretor executivo da instituição, sobre os trâmites envolvidos na doação, o trabalho da equipe portuguesa em catalogar e disponibilizar o material online, e os próximos passos na salvaguarda deste que é um dos acervos mais valiosos da arquitetura brasileira.

Espaço dedicado às maquetes. Image Cortesia de Casa da ArquitecturaAcervo de Paulo Mendes da Rocha chegando à Casa da Arquitectura. Image Cortesia de Casa da ArquitecturaMaquete em madeira de Paulo Mendes da Rocha. Image Cortesia de Casa da ArquitecturaMaquete em metal de Paulo Mendes da Rocha. Image Cortesia de Casa da Arquitectura+ 10

Visite a Pinacoteca de São Paulo sem sair de casa com este passeio em realidade virtual

Distâncias físicas já não são um problema para os grandes museus do mundo. Outrora presos às suas localizações geográficas e, assim, acessíveis apenas a quem pudesse chegar visitá-los, hoje, muitos museus já têm seus acervos digitalizados e outros estão em vias de fazer o mesmo - uma estratégia de difusão e, em certa medida, democratização do acesso à cultura.

"Um abraço no Paulo": arquitetos e artistas assinam carta em apoio a Paulo Mendes da Rocha

Na semana passada, Paulo Mendes da Rocha anunciou a doação de todo o seu acervo de projetos à Casa da Arquitectura, instituição portuguesa com sede em Matosinhos que se dedica a manter a exibir coleções de arquitetura. A notícia foi divulgada na data pelo ArchDaily e causou comoção entre arquitetos, docentes, pesquisadores e instituições brasileiras – em especial a FAUUSP, que lamentou a decisão de Rocha.

Por uma rede de acervos de arquitetura e urbanismo no Brasil

A doação do acervo de Paulo Mendes da Rocha à Casa da Arquitectura, instituição sediada em Matosinhos, Portugal, levantou intenso debate entre arquitetos e acadêmicos desde seu anúncio, no início da semana passada. Opiniões contrárias e a favor foram amplamente divulgadas nas redes sociais e meios de comunicação, e, inclusive, um acordo de colaboração institucional entre a FAUUSP e a Casa da Arquitectura chegou a ser proposto.

À luz do debate sobre a permanência de coleções de arquitetura e urbanismo no Brasil, o IABsp publicou uma carta aberta por uma rede nacional de acervos. Leia, na íntegra, a seguir:

Paulo Mendes da Rocha doa seu acervo completo à Casa da Arquitectura em Portugal

O arquiteto Paulo Mendes da Rocha doou todo seu acervo à Casa da Arquitectura, instituição portuguesa com sede em Matosinhos que se dedica a preservar e difundir documentações de arquitetura. Arquiteto brasileiro vivo de maior proeminência internacional, o capixaba assinou o contrato com a Casa em dezembro do ano passado, um mês após ter recebido o convite para doar o material.

A recente doação do acervo completo de Mendes da Rocha vem na esteira da doação do projeto do Museu Nacional dos Coches, em 2015, e de um conjunto de sete projetos para a Coleção Arquitetura Brasileira, realizada em 2018. O material chegará à instituição amanhã, dia 10 de setembro, onde será recebido por mais de 30 funcionários dedicados a inventariar e organizar os milhares de itens doados, produzidos desde os anos 50 até os dias de hoje.

Loja Uniflex Cidade Jardim / Estudio Tupi

© Andrés Otero© Andrés Otero© Andrés Otero© Andrés Otero+ 37

Jardim Europa, Brasil
  • Arquitetos: Estudio Tupi
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Armstrong, Bellart, By Kamy, Consult, Di Mármore, +14

Entrevista com Paulo Mendes da Rocha sobre coronavírus e o futuro das metrópoles

Paulo Mendes da Rocha é entrevistado por Paulo Markun em mais um episódio da série “Conversas na Crise – Depois do Futuro”, organizado pelo Instituto de Estudos Avançados (IdEA) da Unicamp em parceria com o portal UOL. A entrevista abordará temas como o impacto da pandemia de coronavírus nas cidades, a crise sanitária e a precariedade da habitação urbana no Brasil.

A partir do Centro

A Partir do Centro é um projeto cultural composto por um ciclo de debates, workshops, entrevistas e exposição que acontecerá em espaços culturais do Centro de Vitória com o objetivo de promover a valorização da memória e do futuro. O evento de abertura ao público ocorrerá no dia 12 de março, às 19 horas, no Palácio Sônia Cabral e terá como palestrante o arquiteto e urbanista capixaba Paulo Archias Mendes da Rocha.
O projeto vai abordar temas urbanos contemporâneos, de forma transversal, tendo como ponto de partida o Centro Histórico da cidade de Vitória/ES. Dentre os eventos a serem

Quem já ganhou o Prêmio Pritzker?

O Prêmio Pritzker é o reconhecimento mais importante que um arquiteto(a) pode receber em vida. A honraria é outorgada todos os anos a arquitetos e arquitetas cuja obra construída "tenha produzido significativas contribuições para a humanidade ao longo dos anos", segundo explica a própria organização responsável pela premiação. Por esta razão, o júri presta homenagem a pessoas e não a escritórios, como já aconteceu em 2000 (Rem Koolhaas ao invés do OMA), 2001 (Herzog & de Meuron), 2010 (SANAA), 2016 (Elemental) e 2017 (RCR Arquitectes), premiando seus fundadores (como no caso do SANAA), o então, um deles (Elemental).

Palestra de Paulo Mendes da Rocha na Bienal de Arquitetura de São Paulo

Paulo Mendes da Rocha, arquiteto brasileiro mais prestigiado em atividade, fará uma palestra como parte da programação da 12ª edição da Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo.

Roteiro de projetos de Paulo Mendes da Rocha em São Paulo

© Luiza Sigulem, via CAU/SP
© Luiza Sigulem, via CAU/SP

Nem todo cinza de São Paulo é triste. A cidade foi o caldeirão de uma das escolas mais importantes da arquitetura brasileira, a brutalista. Com nomes fortes como Lina Bo Bardi e Vilanova Artigas, o movimento buscou a poesia dura do concreto. Mas o maior expoente do brutalismo paulista acaba de entrar também para o seletíssimo grupo de um dos maiores arquitetos do mundo. Na semana passada, Paulo Mendes da Rocha recebeu a medalha de ouro do Royal Institute of British Architects, honraria que receberam também Le Corbusier e Frank Lloyd Wright. Esse prêmio só vem a se somar a tantos outros como o Leão de Ouro na Bienal de Veneza, o Praemium Imperiale japonês e o Prêmio Pritzker.

Em foco: Paulo Mendes da Rocha

"O arquiteto tem que navegar a um tempo só, enquanto pessoa que pensa, no universo da arte, ciência e técnica." (AD Brasil Entrevista)

Hoje celebramos o aniversário de 91 anos do arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha. Nascido em Vitória, Espírito Santo, em 1928, muda-se jovem para São Paulo, onde titula-se pela FAU-Mackenzie, em 1954. Em poucos anos de atuação consegue consolidar um conjunto de obras, sobretudo residenciais, de grande qualidade, onde prevalece a materialidade do concreto aparente. Sua carreira sempre esteve vinculada ao ensino da arquitetura. Foi professor de projeto da FAU-USP de 1961 a 1999.

Sesc 24 de Maio de Paulo Mendes da Rocha e MMBB vence prêmio especial da XI BIAU

Em Assunção, Paraguai, a XI Bienal Ibero-americana de Arquitetura e Urbanismo apresentou hoje os vencedores da seção Panorama das Obras desta edição do evento, "todos fiéis ao espírito da XI BIAU: o habitar, o habitante", segundo a organização.

Entre 997 projetos na América Latina, 17 obras arquitetônicas - predominantemente de uso coletivo - construídas na Argentina, Brasil, Chile, Equador, Espanha, México, Paraguai, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela foram premiadas.

Escritórios de arquitetura de São Paulo, pelas lentes de Marc Goodwin

A série de fotografias de escritórios de arquitetura de Marc Goodwin finalmente chegou ao Brasil. O experiente fotógrafo visitou vinte dos mais importantes escritórios de São Paulo, mostrando uma imagem - ou muitas - de como é o dia a dia dentro destes espaços de trabalho. Sua vasta série documental conta com registros de firmas da Cidade do Panamá, Holanda, Dubai, Londres, Paris, Pequim, Xangai, Seul, Escandinávia, Barcelona e Los Angeles. Em São Paulo, Marc visitou vinte escritórios das mais variadas escalas, dedicados a diferentes tipos de projeto. Conheça-os a seguir.

© Marc Goodwin© Marc Goodwin© Marc Goodwin© Marc Goodwin+ 38

Lições da arquitetura: leituras a partir de poéticas

O arquiteto Luciano Margotto, orientado pela Profa. Dra. Mônica Junqueira de Camargo, apresenta nessa tese de doutorado cinco lições da arquitetura: Austeridade, Generosidade, Liberdade, Público e Espacialidade. O autor investiga no trabalho as obras de arquitetos como Carlos Millan, Marcello Fragelli, Eduardo Souto de Moura, Oscar Niemeyer, Vilanova Artigas, Fábio Penteado, Lucio Costa, Lina Bo Bardi, Paulo Mendes da Rocha, Brasil Arquitetura, Gabriel Guarda, Martín Correa e Alvaro Siza. Veja abaixo o resumo da tese defendida na FAUUSP em 2016.

Sesc 24 de Maio vence o Prêmio ArchDaily Building of the Year 2019 na categoria 'Arquitetura Pública'

O Prêmio Building of the Year 2019 - reconhecimento anual do ArchDaily em que os projetos vencedores são eleitos por votação do público - anunciou a lista de obras vencedoras e, como de costume, a seleção abrange edifícios em todo o mundo. Entre os escolhidos por nossos leitores, um projeto brasileiro levou o prêmio na categoria "Arquitetura Pública": o Sesc 24 de Maio, de Paulo Mendes da Rocha em parceria com o escritório MMBB Arquitetos.

Prefeitura de São Paulo tomba seis obras de Paulo Mendes da Rocha e outros 32 imóveis

A Prefeitura Municipal de São Paulo homologou ontem o tombamento de sete obras modernistas, seis das quais projetadas por Paulo Mendes da Rocha e uma por Gregori Warchavchik. Além dessas, foram tombados outros 32 imóveis na capital paulista.