O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Eduardo Souto De Moura

Conheça o interior das Capelas do Vaticano na Bienal de Veneza com este vídeo do Spirit of Space

10:00 - 3 Agosto, 2018
Norman Foster. Imagem Cortesia de Foster + Partners
Norman Foster. Imagem Cortesia de Foster + Partners

A Cidade do Vaticano participou da Bienal de Arquitetura de Veneza pela primeira vez este ano, convidando o público a explorar uma sequência de capelas exclusivas projetadas por renomados arquitetos, incluindo Norman Foster, Eduardo Souto de Moura e Carla Juaçaba. Localizadas nos bosques que cobrem a ilha de San Giorgio Maggiore, as obras oferecem interpretações da capela de 1920 de Gunnar Asplund, no Woodland Cemetery, em Estocolmo, um exemplo inspirador de arquitetura memorialista modernista, ambientado em um contexto similarmente arborizado.

Um novo vídeo produzido pela Spirit of Space oferece um breve tour virtual pelas estruturas que compõem o pavilhão da Santa Sé, permanecendo em cada uma delas apenas o tempo suficiente para mostrar diferentes ângulos e vistas. À medida que o público circula pelas capelas é possível perceber uma ideia do percurso em cada ambiente.

Em foco: Eduardo Souto de Moura

06:00 - 25 Julho, 2018
Em foco: Eduardo Souto de Moura, Metrô do Porto. © Luis Ferreira Alves
Metrô do Porto. © Luis Ferreira Alves

Eduardo Elísio Machado Souto de Moura completa hoje 66 anos. Nascido no Porto em 1952, formou-se em arquitetura pela Escola de Belas Artes do Porto e iniciou sua carreira trabalhando com Álvaro Siza, com quem mantém até hoje uma relação profissional muito rica.

Eduardo Souto de Moura e META divulgam imagens de sala de exposições em Bruges, Bélgica

07:30 - 5 Julho, 2018
Eduardo Souto de Moura e META divulgam imagens de sala de exposições em Bruges, Bélgica, © infunctievan
© infunctievan

Eduardo Souto de Moura, em colaboração com o escritório META architectururbeau, divulgou imagens de um projeto de renovação urbana na cidade belga de Bruges. O Beursplein & Congresgebouw consiste em uma sala de exposições e praça pública coberta que ocupará o terreno outrora ocupado por uma feira.

O projeto de 40 milhões de euros pretende ser um catalisador para a renovação urbana no centro de Bruges, com um papel duplo de sala de exposições e centro de conferências capaz de abrigar eventos corporativos durante a semana e receber turistas nos finais de semana.

© infunctievan © infunctievan © infunctievan © infunctievan + 10

Alvaro Siza: "O projetista de sonhos"

10:00 - 26 Junho, 2018
Alvaro Siza: "O projetista de sonhos", Cortesía de Raúl García García
Cortesía de Raúl García García

Direto do Blog da Fundación Arquia, o arquiteto Raúl García García, nos convida a conhecer um pouco mais sobre o processo criativo de Álvaro Siza através de seus esboços mais elementares, um dos arquitetos mais importantes de meados do século XX e início do século XXI.

Primeira participação do Vaticano na Bienal de Veneza: Pavilhão da Santa Sé

15:00 - 25 Maio, 2018
Aerial view. Imagem © Laurian Ghinitoiu
Aerial view. Imagem © Laurian Ghinitoiu

A 16ª edição da Bienal de Arquitetura de Veneza traz pela primeira vez a participação do Vaticano. Com seu pavilhão da Santa Sé, a cidade-estado convidou arquitetas e arquitetos a projetarem capelas que, após a Bienal, serão relocadas em diferentes partes do mundo.

Localizadas em uma área arborizada na ilha veneziana de San Giorgio Maggiore, dez capelas projetadas por arquitetos como Norman Foster, Eduardo Souto de Moura e Carla Juaçaba se unem a uma décima primeira projetada pelo escritório MAP Architects. Esta última serve como um prelúdio para as demais capelas, ao mesmo tempo que reflete sobre o projeto de Gunnar Asplund para a Capela Woodland, de 1920.

O belo e o feio na arquitetura: uma conversa entre Álvaro Siza e Souto de Moura

07:00 - 2 Março, 2018
O belo e o feio na arquitetura: uma conversa entre Álvaro Siza e Souto de Moura, © Paulo Pimenta. via Público.pt
© Paulo Pimenta. via Público.pt

Parceiros de trabalho e amigos há mais de quatro décadas, Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura somam dois Pritzkers e uma série de outros prêmios que atraem a admiração e o respeito de qualquer profissional da arquitetura. Em conversa mediada por Isabel Lucas e publicada no jornal português Público.pt, a dupla discute os primeiros momentos dessa longa parceria que, com o passar do tempo, se transmutou em cumplicidade que permite um desenhar sobre o croqui do outro num processo que os próprios chamam de "osmose".

Quem já ganhou o Prêmio Pritzker?

15:00 - 27 Fevereiro, 2018
Quem já ganhou o Prêmio Pritzker?, Cerimonia de premiação de 2017: Ryue Nishizawa (esquerda), Tadao Ando, Kazuyo Sejima, Rafael Aranda, Glenn Murcutt, Carme Pigem, Ramon Vilalta, Toyo Ito, Shigeru Ban. Imagem © The Hyatt Foundation / Pritzker Architecture Prize
Cerimonia de premiação de 2017: Ryue Nishizawa (esquerda), Tadao Ando, Kazuyo Sejima, Rafael Aranda, Glenn Murcutt, Carme Pigem, Ramon Vilalta, Toyo Ito, Shigeru Ban. Imagem © The Hyatt Foundation / Pritzker Architecture Prize

O Prêmio Pritzker é o reconhecimento mais importante que um arquiteto(a) pode receber em vida. A honraria é outorgada todos os anos a arquitetos e arquitetas cuja obra construída "tenha produzido significativas contribuições para a humanidade ao longo dos anos", segundo explica a própria organização responsável pela premiação. Por esta razão, o júri presta homenagem a pessoas e não a escritórios, como já aconteceu em 2000 (Rem Koolhaas ao invés do OMA), 2001 (Herzog & de Meuron), 2010 (SANAA), 2016 (Elemental) e 2017 (RCR Arquitectes), premiando seus fundadores (como no caso do SANAA), o então, um deles (Elemental).

O prêmio surgiu de uma iniciativa criada por Jay Pritzker através da Fundação Hyatt, organização associada a empresa hoteleira que o mesmo fundou em conjunto com seu irmão Donald em 1957. A primera edição do prêmio foi realizada em 1979, quando Philip Johnson se tornou o primeiro arquiteto a ser homenageado. Estadunidense, Johnson é autor de importantes obras da história da arquitetura moderna, como a Glass House (1949).

O Prêmio Pritzker já conta com quarenta edições anuais ininterruptas, galardoando arquitetos e arquitetas de 18 nacionalidades diferentes. Metade dos premiados são europeus; América, Ásia e Oceania dividem as outras vinte edições, e até hoje nenhum arquiteto o arquiteta africano(a) teve a chance de receber o prêmio, sendo o único continente do globo a não possuir representantes no hall da fama da arquitetura.

Eduardo Souto de Moura: "Ser incompetente é uma forma de ser reacionário"

10:00 - 27 Fevereiro, 2018

Eduardo Souto de Moura, vencedor do Prêmio Pritzker de 2011, talvez seja, ao lado de Álvaro Siza, o arquiteto português influente da atualidade, com uma produção consistente marcada por obras que mostram impressionante atenção às especificidades locais.

Por ocasião da abertura da Casa da Arquitectura em Matosinhos, em novembro do ano passado, tivemos a oportunidade de conversar com o arquiteto sobre temas que cobriram desde um possível diálogo entre a arquitetura portuguesa e a brasileira, sua visão da arquitetura latino-americana e africana de hoje e a importância das maquetes em sua prática profissional.

Dez arquitetos projetam capelas para o Vaticano na Bienal de Veneza 2018

15:00 - 17 Janeiro, 2018
Dez arquitetos projetam capelas para o Vaticano na Bienal de Veneza 2018, © <a href='https://www.flickr.com/photos/archer10/5115399433/'>Dennis Jarvis [Flickr]</a>, licença <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>CC BY-SA 2.0</a>. Imagem da Basílica Papal de São Pedro, Vaticano
© Dennis Jarvis [Flickr], licença CC BY-SA 2.0. Imagem da Basílica Papal de São Pedro, Vaticano

Este ano, o Vaticano participará pela primeira vez da Bienal de Arquitetura de Veneza - e o fará através da construção de dez capelas projetadas por dez arquitetos de diferentes partes do mundo. A notícia foi confirmada pelos jornais paraguaios ABC e Última Hora, que revelaram o nome de Javier Corvalán, arquiteto paraguaio, entre os participantes.

A escolha dos arquitetos foi feita por Francesco Dal Co, historiador italiano de arquitetura e curador do pavilhão do Vaticano. As capelas deverão se projetadas de modo que possam, ao fim da Bienal, ser transportadas a diferentes locais do mundo, de acordo com a demanda por espaços de culto. 

Os arquitetos selecionados são:

Building Views

14:00 - 15 Novembro, 2017
Building Views

A janela minimalista conheceu um notável sucesso nas últimas duas décadas, continuando e enriquecendo o legado de um dos maiores ícones da Arquitectura Moderna — a janela horizontal e os envidraçados de correr. Partindo da experiência internacional da Jofebar — uma empresa com 30 anos nos sectores da serralharia, do vidro estrutural e das janelas minimalistas —, este livro oferece diferentes perspectivas sobre a janela e um panorama abrangente da construção e arquitectura contemporâneas. Entre os autores contam-se arquitectos, críticos, fotógrafos, escritores, empresários e académicos, que propõem um conjunto rico e articulado de imagens e contributos originais.

Casa das Histórias de Eduardo Souto de Moura, pelas lentes de Manuel Sá

10:00 - 31 Outubro, 2017
Casa das Histórias de Eduardo Souto de Moura, pelas lentes de Manuel Sá, © Manuel Sá
© Manuel Sá

Projetada pelo Pritzker português Eduardo Souto de Moura, a Casa das Histórias - também conhecida como Museu Paula Rego - é uma das obras mais emblemáticas da arquitetura contemporânea portuguesa. A geometria simples e o modesto gabarito do edifícios são rompidos por dois volumes piramidais avermelhados que garantem a entrada de luz natural difusa nos interiores expositivos.

A coloração do concreto contrasta com o azul do céu e o verde da vegetação circundante, como se pode ver na série de fotografias compartilhadas por Manuel Sá.

© Manuel Sá © Manuel Sá © Manuel Sá © Manuel Sá + 12

Eduardo Souto de Moura: "Cada vez tenho menos prazer na arquitetura que me pedem"

15:00 - 3 Agosto, 2017
Eduardo Souto de Moura: "Cada vez tenho menos prazer na arquitetura que me pedem", © Columbia GSAPP via VisualHunt /  CC BY
© Columbia GSAPP via VisualHunt / CC BY

Em entrevista ao jornal português Diário de Notícias, o Pritzker lusitano Eduardo Souto de Moura fala a Ana Sousa Dias sobre sua trajetória desde a escola de Belas Artes, seu trabalho ao lado de Noé Diniz e Álvaro Siza, até sua consolidada carreira internacional - que tem lhe rendido projetos, mas não prazer.

"Se tenho de fazer 30 projetos, há três que me dão gozo e 27 que não. Estou farto. Não me chateia discutir desde que o pressuposto seja inteligível. Mas neste momento só interessa o tempo e o dinheiro, até pode ficar feio. Politicamente, respeitar as eleições e economicamente ter grandes lucros", comentou Souto de Moura.

Souto de Moura e Abalo Alonso Arquitectos entre os vencedores do Prêmio Europeu de Intervenção em Patrimônio Arquitetônico 2017

16:30 - 15 Junho, 2017
Souto de Moura e Abalo Alonso Arquitectos entre os vencedores do Prêmio Europeu de Intervenção em Patrimônio Arquitetônico 2017, © Luis Ferreira Alves. ImageConversión del Convento das Bernardas / Eduardo Souto de Moura
© Luis Ferreira Alves. ImageConversión del Convento das Bernardas / Eduardo Souto de Moura

A transformação de um convento em um conjunto de alojamentos turísticos, a recuperação de terrenos em hortas urbanas e um planejamento urbanístico decorrente de uma demanda realizada por uma organização de vizinhos, entre os vencedores da Terceira Edição do Prêmio Europeu de Intervenção em Patrimônio Arquitetônico - AADIPA. O júri, destacou a qualidade e o rigor das propostas gerais, e selecionou os 18 finalistas, os 4 projetos vencedores e as 2 menções dentro de um total de quase 200 projetos.

Hoje, na sede da COAC de Barcelona, foi anunciada a decisão do júri da Terceira Edição do Prêmio Europeu de Intervenção em Patrimônio Arquitetônico - AADIPA Os projetos vencedores são:

Architectural Foundation exibe filmes sobre Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura

10:00 - 5 Maio, 2017
Architectural Foundation exibe filmes sobre Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura, Piscinas de Marés de Leça da Palmeira, de Álvaro Siza. Image © Fernando Guerra | FG+SG
Piscinas de Marés de Leça da Palmeira, de Álvaro Siza. Image © Fernando Guerra | FG+SG

No próximo dia 9 de maio a Architectural Foundation exibirá dois filmes sobre dois Pritzkers portugueses: Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura. Ambos egressos da Universidade do Porto, a dupla vêm trabalhando em diversas colaborações há décadas e aparecem, respectivamente, como protagonistas dos filmes Having A Cigarette with Álvaro Siza, de Iain Dilthey, e Reconversão, de Thom Andersen.

A exibição será introduzida pelo arquiteto, escritor e curador da Trienal de Lisboa de 2016, André Tavares, e acontecerá na próxima terça-feira, 9 de maio, às 18h e às 20h55. Os dois filmes serão projetados duas vezes, devido à demanda do público.

Eduardo Souto de Moura desenha moeda comemorativa de Álvaro Siza

12:30 - 22 Fevereiro, 2017
Eduardo Souto de Moura desenha moeda comemorativa de Álvaro Siza, Moeda comemorativa de Álvaro Siza. Image via OASRS - Facebook
Moeda comemorativa de Álvaro Siza. Image via OASRS - Facebook

O plano de Moedas Comemorativas 2017 de Portugal foi apresentado esta semana na área fabril da Casa da Moeda, onde foram mostradas as temáticas, os autores e o desenho das moedas comemorativas, correntes e de coleção, a serem emitidas ao longo do ano.

Entre as novidades, destaca-se uma nova série dedicada à Arquitetura Portuguesa, que começa com uma moeda dedicada a Álvaro Siza Vieira e desenhada por Eduardo Souto Moura, outro grande nome da arquitetura nacional.

Casa da Arquitectura: Primeira Instituição que une acervo e exposições exclusivamente de arquitetura em Portugal

08:00 - 14 Dezembro, 2016
Casa da Arquitectura: Primeira Instituição que une acervo e exposições exclusivamente de arquitetura em Portugal, Cortesia de Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura
Cortesia de Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura

Foi anunciada recentemente durante a finissage da Representação Oficial Portuguesa na 15ª Exposição Internacional de Arquitetura La Biennale di Venezia 2016 o projeto e a programação da Casa da Arquitectura - Centro Português de Arquitectura que inaugurará no dia 16 de Junho de 2017.

Casa da Arquitectura - Centro Português de Arquitectura inaugura no dia 16 de junho de 2017

20:14 - 25 Novembro, 2016
Casa da Arquitectura - Centro Português de Arquitectura inaugura no dia 16 de junho de 2017, Cortesia de Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura
Cortesia de Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura

Foi anunciado hoje durante parte da programação da finissage da Representação Oficial Portuguesa na 15ª Exposição Internacional de Arquitetura La Biennale di Venezia 2016 que o projeto A Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura será inaugurado no dia 16 de junho de 2017, em Matosinhos, com a exposição “Poder Arquitectura”, comissariada por Jorge Carvalho, Pedro Bandeira e Ricardo Carvalho.

Eduardo Souto de Moura é premiado com o Piranesi Prix de Rome 2017

10:00 - 23 Novembro, 2016
Eduardo Souto de Moura é premiado com o Piranesi Prix de Rome 2017, Cortesia de Centro Cultural de Belém
Cortesia de Centro Cultural de Belém

O arquiteto português Eduardo Souto de Moura foi premiado com o Piranesi Prix de Rome 2017, um reconhecimento pela trajetória profissional atribuído pela Academia Adrianea de Arquitetura e Arqueologia Onlus, em Roma, em colaboração com a Ordem dos Arquitetos, Paisagistas e Conservadores de Roma, e o Polo de Mantova do Politécnico de Milão.

Anunciado oficialmente ontem, dia 21 de novembro, o arquiteto receberá o prêmio em uma cerimônia marcada para o dia 24 de março de 2017, na Casa da Arquitetura - Acquario Romano, onde fará uma palestra sobre os momentos mais importantes da carreira, iniciada nos anos 1980.