1. ArchDaily
  2. Paulo Mendes Da Rocha

Paulo Mendes Da Rocha: O mais recente de arquitetura e notícia

Maison d´Architecture de Genebra promove exposição sobre Paulo Mendes da Rocha

A Maison d´Architecture de Genebra comemora dez anos de atividades e para celebrar a data organizou ao longo de 2017 até o presente, uma série de palestras intitulada 10 anos/10 olhares. Arquitetos reconhecidos como Steven Holl, Kengo Kuma e Elizabeth Diller fizeram parte do seleto painel de palestrantes.

Para encerrar as comemorações será realizada, com o apoio do Consulado Brasileiro de Genebra, uma exposição inédita e exclusiva da obra do arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha.

Paulo Mendes da Rocha e Raquel Rolnik falam sobre a paralisação das obras do Museu do Trabalho e do Trabalhador

Projetado pelo escritório Brasil Arquitetura, o Museu do Trabalho e do Trabalhador se localiza na cidade de São Bernado do Campo e deverá abrigar, quando tiver suas obras concluídas, registros da "memória do mundo do trabalho, desde a chegada dos portugueses até os dias de hoje." Com 5.500 metros quadrados já construídos, as obras foram paralisadas e o espaço encontra-se abandonado há cerca de um ano e meio.

Em artigo publicado na seção de opinião do jornal Folha de S. Paulo, o Pritzker brasileiro Paulo Mendes da Rocha e a ex-relatora especial da ONU Raquel Rolnik sugerem que a paralisação do museu, justificada por uma suspeita de superfaturamento do projeto, está, na realidade, mais ligada a uma espécie de aversão ao imaginário cultural em torno da obra.

Paulo Mendes da Rocha, Carla Juaçaba e GrupoSP entre os participantes da exposição FREESPACE da Bienal de Veneza 2018

A Bienal de Arquitetura de Veneza divulgou a lista de participantes da exposição principal da edição deste ano, FREESPACE. Entre os 71 arquitetos, escritórios e grupos selecionados, três brasileiros figuram na lista: Carla Juaçaba, GrupoSP e Paulo Mendes da Rocha, laureado com o Leão de Ouro por sua trajetória profissional na edição de 2016.

Com curadoria geral da dupla irlandesa Yvonne Farrell e Shelley McNamara, sócias do escritório Grafton Architects, o tema deste ano busca revelar a "diversidade, a especificidade e a continuidade na arquitetura". Segundo Paolo Baratta, presidente de La Biennale di Venezia, FREESPACE busca promover o "desejo" na arquitetura.

Projeto de Paulo Mendes da Rocha para o parque Ibirapuera é cancelado pela prefeitura de São Paulo

Paulo Mendes da Rocha é, atualmente, o nome que mais desperta admiração e respeito na arquitetura brasileira, e por muito pouco não pôde contar, em sua extensa lista de obras, com um projeto de intervenção na obra de outro mestre, Oscar Niemeyer. Contratado em 2015 pela anterior gestão municipal de São Paulo para realizar um projeto de adequação no parque Ibirapuera, a proposta do vencedor do Pritzker de 2006 foi engavetada em dezembro do ano passado.

A arquitetura das lojas de Design: espaço, objeto e expectador

Conceber espaços destinados à exposição de peças de mobiliário com alto grau de complexidade no desenvolvimento – estrutural, ergonômico, artístico e histórico, requer uma abordagem projetual distinta, já que é importante expor e persuadir o expectador-cliente a adquirir o produto. No Brasil, exímios exemplos como a loja Forma (1987), Micasa (2004), Casa Matriz (2004), Micasa Volume B (2007), Ouvidor (2013), Dpot (2016), Líder (2016) e Micasa Volume C (2017) destacam-se por unir com maestria tais fundamentos. Em linhas gerais, pode-se dizer que asseguram a “caixa branca” requerida como plano de fundo, comparativamente como obras de arte na neutralidade dos espaços expográficos, e ainda, dispostas de modo a provocar o desejo pela aquisição.

Palestra com Toyo Ito e Paulo Mendes da Rocha na Expo Revestir

Promovida pela Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (ANFACER), a Expo Revestir promove palestra com os arquitetos Toyo Ito e Paulo Mendes da Rocha no Transamerica Expo Center, em São Paulo.

Curso "Arquitetura Moderna em São Paulo" - Abertas as inscrições para as turmas de Março e Abril

História da Arquitetura: curso sobre a obra de quatro arquitetos brasileiros – Oscar Niemeyer, Vilanova Artigas, Lina Bo Bardi e Paulo Mendes da Rocha – com foco em suas produções em São Paulo. A arquitetura será discutida a partir da dimensão teórica e dos usos

Documentário "Tudo É Projeto" sobre Paulo Mendes da Rocha estreia em quatro capitais

O documentário longa-metragem Tudo É Projeto, sobre a vida e a obra de um dos arquitetos mais respeitados do Brasil e do mundo, Paulo Mendes da Rocha, terá estreia dia 14 de dezembro em São Paulo, Porto Alegre, Brasília e Goiânia. O filme ganhou o prêmio do público de Melhor Documentário na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e no Arquiteturas Film Festival de Lisboa. A partir do olhar e das entrevistas da filha, Joana Mendes da Rocha, que divide a direção do longa-metragem com Patricia Rubano, Tudo É Projeto apresenta as ideias e as opiniões, por vezes consideradas polêmicas, sobre urbanidade, natureza, humanidade, arte e técnica do profissional de quase 90 anos de idade.

Uma Genealogia da Imaginação de Paulo Mendes da Rocha, Lições de Veneza

Este livro procura examinar o fascínio que a cidade de Veneza exerce no pensamento e na obra de Paulo Mendes da Rocha, um dos mais importantes arquitectos da actualidade. Quem já leu ou ouviu as suas palavras sabe que Mendes da Rocha recorre frequentemente à cidade lacustre para tentar definir a natureza profunda — e os deveres genuínos — da arquitectura. Para o arquitecto, Veneza é um «exemplo» necessário, um «modelo» ou «paradigma» da arquitectura. Ao observar Veneza através de Mendes da Rocha, e ao descobrir Mendes da Rocha através de Veneza, este livro constrói novas perspectivas sobre ambos. Ao contrário da imagem estereotipada e vazia que Veneza teima em apresentar nos dias de hoje, Daniele Pisani põe-nos perante uma Veneza invulgar, rica em projectos e formas alternativas de ver o mundo, permitindo-nos acompanhar a descoberta de uma genealogia da imaginação — talvez a mais íntima e profunda de entre tantas possíveis — do arquitecto brasileiro.

A história do MuBE em três vídeos

O Intermeios FAUUSP, site da Sessão Técnica de Audiovisual da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, reúne um importante acervo gráfico e audiovisual da arquitetura moderna brasileira - e sobretudo paulistana - produzido por alunos, professores e técnicos especializados da faculdade.

Em sua página no vimeo, tem publicado três vídeos - que totalizam aproximadamente uma hora - sobre a história do MuBE, o Museu Brasileiro da Escultura, projetado por Paulo Mendes da Rocha em 1987, sua concepção arquitetônica e estrutural.

Paulo Mendes da Rocha: "O objeto da arquitetura é a realização da cidade"

Em entrevista ao jornal Carta Capital, Paulo Mendes da Rocha fala sobre o recém-inaugurado Sesc 24 de Maio e sua visão da arquitetura, que "saiu do interesse do edifício como um fato isolado e deteve-se na questão da cidade." "O objeto da arquitetura, hoje, é a cidade, a realização da cidade. E aí entram conflitos incríveis."

PMR 29’: vinte e nove minutos com Paulo Mendes da Rocha

Em comemoração aos 89 anos de Paulo Mendes da Rocha, apresentamos aqui o filme "PMR 29’: vinte e nove minutos com Paulo Mendes da Rocha" que tem direção de Carolina Gimenez, Catherine Otondo, João Sodré, José Paulo Gouvêa e Juliana Braga.

Mobiliários projetados por arquitetos brasileiros

A frente de trabalho de um arquiteto é quase sempre marcada pelo insaciável desejo por desenhar tudo, da maior à menor escala na tentativa de assumir o controle integral do projeto. Como dizia Mies Van Der Rohe, “Deus está nos detalhes”. E, para uma extensa lista de arquitetos, conceber o mobiliário especialmente à composição de suas obras, tornou-se fundamental.

Ao longo da história da Arquitetura brasileira, especialmente desde o Modernismo, arquitetos destacaram-se não apenas no desenho de residências e edifícios, mas também, pelos minuciosos projetos de mobiliários. Muitos nasceram para compor projetos específicos e posteriormente, pela notoriedade assumida, passaram a ser produzidos em série pela indústria.

Cadeira Isa d’aprés siza_Marcenaria Baraúna. Image Cortesia de DpotCadeira Nóize_Guto Requena. Image Cortesia de Guto RequenaPoltrona Bowl_Lina Bo Bardi. Image © Nelson KonPoltrona Paulistano_Paulo Mendes da Rocha. Image Cortesia de Dpot+ 55

"Tudo É Projeto": documentário sobre Paulo Mendes da Rocha na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Tudo É Projeto, documentário sobre a vida e a obra de Paulo Mendes da Rocha, estreará em São Paulo na 41ª Mostra Internacional de Cinema, no dia 28 de outubro. Depois da pré-estreia em Portugal, em 2016, e da pré-estreia brasileira no Festival do Rio no início deste mês, agora o público paulistano poderá conhecer o cotidiano, as obras e a trajetória do arquiteto capixaba que é considerado um dos profissionais mais importantes da atualidade.

Paulo Mendes da Rocha: “Arquitetura não é para ser vista, é para ser vivida”

Paulo Mendes da Rocha é o arquiteto brasileiro vivo com maior reconhecimento no mundo. Ganhador do Prêmio Pritzker em 2006, do Leão de Ouro da Bienal de Arquitetura de Veneza em 2016 e da Medalha de Ouro do Instituto Rea Britânico de Arquitetos (RIBA), ele é responsável por obras icônicas como o Pavilhão do Brasil em Osaka em 1970, o Museu Brasileiro de Escultura (Mube), a reforma da Pinacoteca de São Paulo, do Museu do Museu dos Coches em Portugal e, mais recentemente, do Sesc 24 de Maio na capital paulista. Porém, na sua palestra magna na II Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo ele fez questão de ressaltar a importância das cidades, em vez de obras isoladas. “A cidade é o monumento supremo da Arquitetura. Arquitetura não é para ser vista, é para ser vivida”, afirmou.   

Documentário "Tudo É Projeto" sobre Paulo Mendes da Rocha terá pré-estreia no Festival do Rio

O documentário Tudo É Projeto, sobre a vida e a obra de um dos arquitetos mais respeitados do Brasil e do mundo, Paulo Mendes da Rocha, terá pré-estreia brasileira na mostra Itinerários Únicos, da Première Brasil, no Festival do Rio, no dia 10 de outubro. Depois da pré-estreia em Portugal, em 2016, agora o público brasileiro poderá conhecer o cotidiano, as obras e a trajetória do arquiteto capixaba que é considerado um dos profissionais mais importantes da atualidade.

A partir do olhar e das entrevistas da filha, Joana Mendes da Rocha, que divide a direção do longa-metragem com Patricia Rubano, “Tudo É Projeto” apresenta as ideias e as opiniões, por vezes consideradas polêmicas, sobre urbanidade, natureza, humanidade, arte e técnica do profissional de quase 90 anos de idade.

Arquivo: Entrevistas com Paulo Mendes da Rocha

Para aproveitar o momento gerado pela inauguração, em agosto deste ano, do tão aguardado edifício do Sesc 24 de Maio, localizado no centro de São Paulo, compilamos a seguir uma série de entrevistas publicadas em diversos veículos de comunicação com nosso mais ilustre arquiteto em atividade: Paulo Mendes da Rocha.

O conjunto de textos a seguir ajuda a compreender algumas das ideias que norteiam a prática arquitetônica de Paulo Mendes da Rocha, além de flagrarem o quão aforístico e, por vezes, radical, é o arquiteto mais premiado do Brasil.

Paulo Mendes da Rocha: "Quem tem medo do centro tem medo da liberdade"

Em entrevista ao portal A Vida no Centro, Paulo Mendes da Rocha, responsável pelo projeto do Sesc 24 de Maio, o mais novo atrator urbano da região central de São Paulo, afirma que o frequente discurso de insegurança e medo associados ao centro das grandes cidades é fruto do medo da liberdade por parte de quem aceita e reforça esse discurso.

Indagado sobre o porquê de sua predileção pelo centro de São Paulo, o arquiteto disse que "a vida urbana, de um modo geral, é a coisa mais livre que pode existir para um homem hoje, no mundo. É viver nas áreas centrais das cidades. Tanto que você pode dormir na rua. Este dito medo das áreas centrais é justamente de quem tem medo da liberdade. Tem gente que tem pavor desta liberdade."