1. ArchDaily
  2. Zurique

Zurique: O mais recente de arquitetura e notícia

House 2 - Counter City / Alice

© Anna Positano© Anna Positano© Anna Positano© Anna Positano+ 20

  • Arquitetos: Alice
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  240
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2917
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Debrunner Acifer Romandie, Edalith Schweiz, Etex Colombia, Gétaz-Miauton, Jaquet, +6

Casa com uma parede / Christian Kerez

© Walter Mair© Walter Mair© Walter Mair© Walter Mair+ 12

Zurique, Suíça

Loja Bucherer / Office Haratori + Office Winhov

© Georg Aerni
© Georg Aerni

© Georg Aerni© Georg Aerni© Georg Aerni© Georg Aerni+ 30

Zurique, Suíça

Casa num parque / Think Architecture

© Simone Bossi© Simone Bossi© Simone Bossi© Simone Bossi+ 26

  • Arquitetos: Think Architecture
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  500
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Airlux, Bisazza, Brun del Re, Ceadesign, Egli Jona AG, +7

Técnicas construtivas góticas inspiram o desenvolvimento de lajes leves de concreto na ETH Zurich

Com a intenção de maximizar os vãos disponíveis e diminuir custos de construção, pesquisadores do Departamento de Arquitetura da ETH de Zurique criaram uma laje de concreto que, com uma espessura de apenas 2cm, é estrutural e simultaneamente sustentável. Inspirado pela construção de abóbadas catalãs, este novo sistema de lajes substitui barras de aço reforçadas por nervuras verticais estreitas, reduzindo significativamente o peso da estrutura e garantindo a estabilidade para resistir às distribuições irregulares em sua superfície.

Ao contrário dos pisos de concreto tradicionais que são evidentemente planos, estas placas são projetadas para arquear e suportar cargas principais, reminiscente dos tetos abobadados encontrados em catedrais góticas. Sem a necessidade de reforços de aço e com menos concreto, a produção de CO2 é minimizada e os pisos de 2 cm resultantes são 70% mais leves do que suas contrapartes típicas de concreto.

via Block Research Groupvia Block Research Groupvia Block Research Groupvia Block Research Group+ 5

Habitação Oetlisberg / Urben Seyboth Architekten

© Kuster Frey Fotografie© Kuster Frey Fotografie© Kuster Frey Fotografie© Kuster Frey Fotografie+ 16

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1590
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: GRAPHISOFT, Harmony Beton-Ciré, Jakob, domovari

Último edifício projetado por Le Corbusier é reaberto em Zurique

O Centro Le Corbusier é considerado o último projeto construído por Le Corbusier. Entretanto, ele foi inaugurado somente em 1967, dois anos após a morte do seu renomado criador. Ao longo dos últimos anos o edifício esteve fechado, atravessando um longo projeto de reforma e restauração. Finalmente, o edifício construído em aço e vidro, volta a abrir as suas portas para o público na cidade de Zurique.

© Paul Clemence© Paul Clemence© Paul Clemence© Paul Clemence+ 35

Apartamentos Waffenplatzstrasse / Andreas Fuhrimann Gabrielle Hächler Architekten

© Valentin Jeck© Valentin Jeck© Valentin Jeck© Valentin Jeck+ 31

Um projeto de Habitação social em Zurique / Gus Wüstemann

© Bruno Helbling© Bruno Helbling© Bruno Helbling© Bruno Helbling+ 45

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1115
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Atlas Schindler, Agosti, Cremer Bruhin, Fiechter + Fuchs, Gautschi Fensterbau, +10

Herzog & de Meuron projeta "estrutura flutuante" para a Universidade de Zurique

Herzog & de Meuron divulgou detalhes de sua proposta para o Fórum UZH, que criará um novo centro de educação e pesquisa no campus central da Universidade de Zurique. O novo edifício é visto como um elemento crucial para garantir a futura viabilidade de Zurique como um pólo de ensino superior, melhorando e consolidando um campus antigo e disperso.

Com conclusão prevista para 2027, o Fórum UZH ocupará um importante terreno de esquina, combinando amplo espaço público com a linguagem limpa e contemporânea, marca dos arquitetos. Situado no bairro universitário da cidade antiga, dominado por prédios isolados no lote, recuados da rua em plintos e terraços abaixo do solo,o Fórum UZH forma a personificação do século 21 do imponente campus urbano.

© Herzog & de Meuron© Herzog & de Meuron© Herzog & de Meuron© Herzog & de Meuron+ 6

Tägern / Urben Seyboth AG

© Bruno Helbling Fotografie© Bruno Helbling Fotografie© Bruno Helbling Fotografie© Bruno Helbling Fotografie+ 13

Zurique, Suíça
  • Arquitetos: Urben Seyboth AG
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  310
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2015
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Bisazza, Ceadesign, Dinesen, Poliform, domovari

O que influencia na qualidade de vida dos ambientes urbanos?

Ao sair pelas ruas de Zurique, após participar de uma conferência sobre qualidade de vida, me deparei com o exemplo vivo do que havia acabado de escutar. Virei a esquina e me senti dentro de uma renderização arquitetônica: as árvores estavam podadas e verdes, não havia fios elétricos por todos os lados e os meios-fios subiam e desciam conformando rampas. Ciclistas trafegavam elegantemente pelas ciclovias, o bonde se deslocava silencioso e pontual e banhistas desfrutavam o verão nos rios e lagos no centro da cidade. Para minha surpresa, caminhei sob um viaduto e percebi que até locais como esse podem ser qualificados e seguros. Em seguida, tomei um café sabendo que quem me atendeu recebe um salário justo e não precisa se desdobrar em três empregos para pagar as contas (é claro que o café não saiu barato…). São essas pequenas constatações, quase mundanas para alguns, que juntas proporcionam um bem-estar difícil de mensurar.

Artista brasileiro cria escultura de cordas na estação central de Zurique

O artista contemporâneo brasileiro Ernesto Neto concluiu recentemente uma escultura feita de cordas de algodão tecidas à mão que ocupa o átrio da estação central de trens de Zurique - Zürich Hauptbahnhof. Intitulada Gaia Mother Tree, a obra faz lembrar uma grande árvore, estendendo-se do chão à cobertura da estação.

Promovida pela Fondation Beyeler, a escultura é uma obra de arte imersiva, um espaço onde se pode entrar, caminhar e meditar. Enquanto estiver montada, até o dia 29 de julho, uma série de atividades para adultos e crianças, incluindo concertos musicais, workshops e debates, está prevista para acontecer sob a rede de algodão tecida por Neto.

Casa com uma coluna ausente / Christian Kerez

© Georg Aerni© Georg Aerni© Georg Aerni© Georg Aerni+ 9

  • Arquitetos: Christian Kerez
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2014
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Airflex, Flumroc, Foster, Isolation, Lafarge Holcim, +1

ELLI – Edifício residencial e estúdio / Holzer Kobler Architekturen

© Radek Brunecky© Radek Brunecky© Radek Brunecky© Radek Brunecky+ 26

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  1060
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Arper, Kinnasand, Norma, Reggiani, WALO Bertschinger

Um Pavilhão Jardim em Zurique / Oliv Brunner Volk Architekten

© Eliane Rutishauser© Christian Brunner© Eliane Rutishauser© Eliane Rutishauser+ 15

Zurique, Suíça
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  130
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2013
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Contec AG, Kästli, Rametall, Sky-Frame, VELUX Commercial, +1

Como a estratégia de iluminação noturna discreta de Zurique potencializa a identidade local

Enquanto muitas cidades se esforçam para parecem espetaculares à noite,Zurique adota uma estratégia modesta para a iluminação noturna. Muitos centros urbanos no mundo ficam supersaturados à noite, com edifícios individuais chamando a atenção com luzes brilhantes, fortes contrastes ou iluminação colorida de fachada. O master plan de Zurique para iluminação, por sua vez, focou numa imagem geral da cidade, com níveis sensíveis de luz branca. No entanto, esta presença noturna não é fruto de um projeto simples; ela foi baseada em estudos urbanos detalhados e projeções precisas e personalizadas, onde a tecnologia é discretamente escondida em favor da autenticidade cultural.

Iluminação do Stadthausquai com a Igreja Fraumünster e St. Peter Church, Zürich. Foto de Benno Tobler. Imagem © Stadt ZürichIluminação do Stadthausquai com a Igreja Fraumünster e St. Peter. Foto de Juliet Haller. Imagem © Stadt ZürichIluminação na facahda com projeção na Ópera de Zurique na Sechseläutenplatz. Foto de Juliet Haller. Imagem © Stadt ZürichVista noturna da Ponte Rudolf Brun. Foto de Georg Aerni. Imagem © Stadt Zürich+ 12