Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Paul Clemence

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Último edifício projetado por Le Corbusier é reaberto em Zurique

O Centro Le Corbusier é considerado o último projeto construído por Le Corbusier. Entretanto, ele foi inaugurado somente em 1967, dois anos após a morte do seu renomado criador. Ao longo dos últimos anos o edifício esteve fechado, atravessando um longo projeto de reforma e restauração. Finalmente, o edifício construído em aço e vidro, volta a abrir as suas portas para o público na cidade de Zurique.

© Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence + 35

Série de fotografias mostra o andamento das obras da 111 W 57 Tower projetada pelo SHoP Architects

Paul Clemence compartilhou conosco mais uma série de fotografias, desta vez, mostrando o andamento das obras do arranha-céu 111 W 57 Tower, projetado pelo escritório SHoP Architects em Nova Iorque. Nas imagens, a fachada de vidro e terracota parece praticamente concluída. Com inauguração prevista para este ano, a torre se elevará acima do famoso Empire State Building, oferecendo vistas inigualáveis para o skyline da cidade.

© Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence + 8

Novas fotografias mostram o andamento das obras do conjunto "The Eleventh" do BIG em Manhattan

© Paul Clemence
© Paul Clemence

Novas fotografias de Paul Clemence, do Archi-Photo, mostram o andamento das obras do conjunto “The Eleventh”, projetado pelo BIG-Bjarke Ingels Group em Manhattan, Nova Iorque. Tendo atingido sua altura máxima em agosto de 2018, as geometrias sinuosas do projeto atraem a atenção em um local conhecido como "Distrito do Pritzker", região que conta com edifícios como o IAC Building de Frank Gehry, o 100 11th Avenue de Jean Nouvel e o 551 West 21st Street de Foster + Partners.

O conjunto é formado por duas estruturas - uma de 121 metros de altura e 35 andares e outra de 91 metros de altura - revestidas de bronze e mármore travertino que compartilham o mesmo embasamento e são conectadas por uma passarela. 

© Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence + 27

Conheça a casa em que viveu Pierre Jeanneret, primo e colaborador de Le Corbusier

O fotógrafo da Archi-Photo, Paul Clemence, compartilhou conosco algumas raras imagens da casa de Pierre Jeanneret em Chandigarh. Ele descreveu esta fantástica experiência em um artigo publicado na revista Modern Magazine, que republicamos aqui com sua permissão.

Chandigarh, a cidade modernista concebida e planejada por Le Corbusier na Índia, oculta o trabalho de outro arquiteto de quem se fala muito pouco. Além do do plano urbanístico e da maioria dos mais importantes edifícios públicos da cidade, projetados pelo arquiteto ícone do modernismo, também é importante destacar o primoroso trabalho desenvolvido por seu primo mais jovem, Pierre Jeanneret, que foi seu colaborador ao longo de muitos anos e foi responsável por transformar as visões de Le Corbusier em realidade. Os dois trabalharam lado a lado nesse grande empreendimento, compartilhando a mesma sensibilidade projetual. Nomeado arquiteto sênior, Jeanneret, de origem suíça, supervisionou as obras deste ambicioso projeto e mostrou suas muitas habilidades, desenvolvendo importantes relações com os profissionais e a comunidade local. "Ele é respeitado como um pai, adorado como um irmão pelos quase cinquenta jovens que se candidataram para trabalhar no Gabinete do Arquiteto", escreveu Corbusier em admiração ao seu primo.

56 Leonard Street de Herzog & de Meuron pelas lentes de Paul Clemence

O fotógrafo Paul Clemence do ARCHI-PHOTO compartilhou conosco imagens do projeto 56 Leonard Street de Herzog & de Meuron. Perto de ser concluída, a torre de 60 pavimentos será o edifício mais alto de Tribeca quando for inaugurada. A ideia por trás do projeto consiste em romper com a monotonia dos típicos edifícios em altura através de uma articulação variada proporcionada pelo empilhamento de residências unifamiliares. Pavimentos desalinhados criam cantos, balanços e balcões distintos que oferecem aos apartamentos um caráter singular. Pensado de dentro para fora, os cômodos pixelados são arranjados de modo que a base da torre responda às condições da rua e seu volume vertical se funda com o céu.

Veja a série completa de fotos, a seguir.

© Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence + 46

Galeria: Museu Nacional da História Afro-americana de David Adjaye, pelas lentes de Paul Clemence

O fotógrafo Paul Clemence, do ARCHI-PHOTO, compartilhou conosco uma série de imagens do novo Museu Nacional de História Afro-americana, de Washington, EUA, projetado por David Adjaye.

O edifício tem como inspiração o monumento a Washington, que se reflete no ângulo de 17º que dá a forma em seus diferentes níveis. Adjaye descreveu a estrutura ornamental de bronze do edifício como "uma referência histórica ao artesanato afro-americano". Esta pele pode ser modulada para controlar a transparência e a quantidade de luz solar que chega nos interiores. O edifício será inaugurado dia 24 de setembro de 2016.

Veja a seguir, a sessão fotográfica de Clemence.

© Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence © Paul Clemence + 34

Renzo Piano desenha uma bolsa inspirada no Whitney Museum

O arquiteto Renzo Piano desenhou uma bolsa de edição limitada para a marca italiana Max Mara inspirada em seu recém-concluído Whitney Museum of American Art em Nova Iorque. A bolsa de couro, que tem inspiração no "desenho puro e materiais sofisticados" do Whitney, apresenta nervuras que remetem à fachada do museu.

"Nosso objetivo era aplicar um dos elementos mais característicos do projeto do museu - a fachada - na bolsa: por isso a ideia das faixas modulares envolvendo o exterior", disse Piano em uma entrevista com a marca. "Tentamos manter um desenho simples e puro, trabalhando apenas nos detalhes com uso criativo da tecnologia e destacando o respeito pelos materiais."

ArchDaily Brasil seleciona 20 impressionantes museus do século XXI

Em homenagem ao Dia Internacional do Museu, nossa equipe de editores compilou uma lista com vinte dos museus mais interessantes e emblemáticos do mundo. De obras brasileiras, como o MuBE, de Paulo Mendes da Rocha, o Museu do Pão, do Brasil Arquitetura e a Fundação Iberê Camargo, de Álvaro Siza, a museus internacionais, como o Museu Histórico de Ningbo, de Wang Shu e o Perez Art Museum, de Herzog & de Meuron, convidamos nossos leitores a conhecer o que há de mais representativo no projeto de museus no Brasil e no mundo.

Renzo Piano é contratado para projetar sua primeira torre residencial nos EUA

De acordo com o New York Post, o arquiteto Renzo Piano foi contratado por Michael Shvo e Bizzi & Partners para projetar sua primeira torre residencial nos EUA. Previsto para ser construído no distrito do Soho, na região sul de Manhattan, o edifício de Piano terá aproximadamente 28 mil metros quadrados de área ocupada pelo programa residencial e atingirá quase 90 metros de altura. O projeto contará também com "garagens privativas" e um "estacionamento automatizado". Em breve publicaremos mais informações sobre o projeto, fique de olho.

Por que o feito mais importante da arquitetura em 2015 não é um edifício, mas um artigo do New York Times?

Olhando para os andares mais altos do novo Whitney Museum of American Art, pesadas nuvens atravessam diagonalmente o céu. Quando refletidas na grande janela da galeria principal do museu, elas parecem mudar de direção, ao mesmo tempo que a fachada branca reflete o claro e o escuro em resposta às mudanças das condições de luz. Sobreposto a esta cena, um letreiro em negrito pronuncia o título de um artigo: simples, mas dramático, "A New Whitney.”

Esta é a visão que os leitores tiveram a partir da análise de Michael Kimmelman sobre o Museu no New York Times. Corro os olhos rapidamente e a primeira coisa que encontro é uma lista de créditos: Jeremy Ashkenas e Alicia Desantis produziram o artigo; as ilustrações foram feitas por Mika Gröndahl, Yuliya Parshina-Kottas e Graham Roberts; e vídeos por Damon Winter (o editor por trás de todo o esforço, Mary Suh, não é mencionado).

Antes mesmo de ler as palavras de abertura do artigo, uma coisa é clara: esta não é apenas a crítica de um edifício. O artigo pode até mesmo ser o mais importante na memória arquitetônica recente.

Norman Foster fala sobre ter conhecido Niemeyer

Nesta entrevista, publicada originalmente pela Revista Metropolis, como "Q&A: Norman Foster on Niemeyer, Nature and Cities", Paul Clemence conversa com Lord Norman Foster sobre seu respeito por Oscar Niemeyer, seu encontro pouco antes da morte do grande mestre e como a obra de Niemeyer influenciou a sua própria.

Em dezembro passado, em meio a uma agitada agenda de eventos que vieram a definir o Art Basel / Design Miami, encontrei-me assistindo a uma apresentação, durante o almoço, dos planos para o Museu de Arte Norton em Palm Beach, por Foster + Partners. Durante a conversa com Lord Foster, mencionei a minha experiência brasileira e rapidamente a conversa se voltou para Oscar Niemeyer. Foster mencionou a conversa que ele e Niemeyer tiveram pouco antes da morte do brasileiro (coincidentemente aquela mesma semana em dezembro marcou o primeiro aniversário da morte de Niemeyer). Curioso para saber mais sobre a reunião e seu bate-papo, perguntei a Foster sobre esse encontro lendário e algumas das ideias que norteiam o seu projeto para o Museu Norton.

Leia a entrevista:

Em Construção: The New School University Center / SOM / Skidmore, Owings y Merril

Rapidamente se ergue na esquina da 5ª Avenida e a rua 14 de Manhattan, este novo edifício polivalente que de imediato se converterá no coração da "The New School", uma universidade vanguardista, na cidade de Nova Iorque. O centro universitário projetado por Skidmore, Owings e Merril (SOM), combina todos os aspectos de um campus tradicional em um edifício de 16 andares com mais de 60.000 m2 de espaço para atividades acadêmicas nos primeiros 7 andares e 45.720 m2 para residências universitárias nos andares mais acima.

Esta estrutura de metal e vidro que é o maior projeto universitário desde 1991 (Greenwich Village) deve estar concluído em 2014.

Imagens da cosntrução e maiores informações, a seguir.