1. ArchDaily
  2. Europa

Europa: O mais recente de arquitetura e notícia

8 Casas na Croácia que renovam a arquitetura tradicional do país

© Bosnić+Dorotić
© Bosnić+Dorotić

A Croácia é um encontro de culturas. Localizada ao longo do Mar Adriático, faz fronteira com cinco países e possui uma das mais ricas biodiversidades da Europa. O ambiente construído reflete influências da Europa Central e do Mediterrâneo, bem como dos Impérios Romano e Bizantino. Hoje, novos projetos residenciais reinterpretam o passado do país, ao passo que arquitetos e designers procuram reimaginar o que o futuro reserva.

© Jure Živković© Ivan Dorotić© Jan Stojkovic© Jure Živković+ 12

De questões urbanas a moradias multifamiliares: 4 jovens escritórios europeus

New Generations é uma plataforma europeia que analisa os escritórios emergentes mais inovadores do continente, proporcionando um novo espaço de troca de conhecimentos, teoria e produção. Desde 2013, a New Generations já envolveu mais de 300 práticas em um programa diversificado de atividades culturais como festivais, exposições, chamadas públicas, vídeo-entrevistas, workshops e formatos experimentais.

Praga: uma janela para o mundo

Poucas cidades no mundo são capazes de combinar a riqueza de sua história e a leveza da vida moderna tão bem quanto Praga. Chamada de “a mãe de todas as cidades”, Praga foi uma das poucas cidades poupada da destruição generalizada durante a Segunda Guerra Mundial e, como resultado disso, seu patrimônio arquitetônico abarca estruturas construídas ao longo de quase um milênio. Como centro político, cultural e econômico do país, a cidade se tornou uma das metrópoles mais visitadas de toda a Europa, um lugar incrível onde o passado e futuro convivem em perfeita harmonia.

© Alex Shoots Buildings© Ondřej Bouška© Ester Havlová© BoysPlayNice+ 13

Fundação Mies van der Rohe divulga finalistas do Young Talent Architecture Award 2020

A Fundação Mies van der Rohe e a Creative Europe anunciaram os 12 projetos finalistas que concorrem ao Young Talent Architecture Award 2020 (YTAA 2020) e os 9 finalistas da edição asiática do YTAA 2020.

De desenho de mobiliário a projetos curatoriais: 5 escritórios europeus em ascensão

A New Generations é uma plataforma europeia que analisa os mais inovadores e promissores escritórios de arquitetura da Europa, promovendo um espaço para trocas, discussões, teoria e produção de arquitetura. Desde 2013, o New Generations já envolveu mais de 300 escritórios com os mais diversos programas culturais, desde festivais, até exposições, oficinas, entrevistas e, ainda, testou novos formatos experimentais de eventos.

Equidade, otimismo e descentralização: 5 jovens escritórios europeus

O New Generations é uma plataforma europeia que analisa jovens escritórios inovadores, proporcionando um novo espaço de troca de conhecimento e confronto, teoria e produção. Desde 2013, o New Generations já envolveu mais de 300 escritórios em um programa diversificado de atividades culturais, como festivais, exposições, chamadas públicas, vídeo-entrevistas, workshops e formatos experimentais.

Comprometimento e responsabilidade: 6 escritórios europeus emergentes com perspectivas inovadoras

A New Generations é uma plataforma dedicada a descobrir e promover o trabalho de arquitetos jovens e emergentes no cenário europeu, proporcionando um espaço de troca e aprendizado, voltado tanto aqueles que se dedicam a prática quanto a teoria na arquitetura. Desde a sua fundação em 2013, a New Generations trouxe à público mais de 300 escritórios promissores de arquitetura, apresentando um cenário diversificado de studios e ateliês dedicados às mais diferentes atividades culturais, promovendo festivais, exposições, chamadas abertas, entrevistas e oficinas.

A New Generations lançou recentemente uma nova plataforma na qual oferece um espaço único onde arquitetos de toda Europa podem se reunir para trocar idéias, e por que não, construir novas redes de trabalho colaborativo. Projetos de todo o tipo, oportunidades de emprego, idéias, notícias e perfis de escritórios serão publicados todos os dias na nova plataforma da NG. A seção ‘perfis’ é um convite àqueles indivíduos e coletivos que pretendem se juntar à esta rede de escritórios emergentes, proporcionando uma oportunidade única para que estes se engajem e fortaleçam a comunidade européia de jovens arquitetos.

ABACO - The Greek apartment, Paris (France) © Xhuliano LacinaM01 - MINIMO - Photo Credits Imagen Subliminal © Miguel de Guzmán + Rocío RomeroTUN736 is the first step of a future farmyard house in Telemark, functioning temporarily as a vacation house. Courtesy of Kaleidoscope, editing by Vegard AarsethSET Architects, Bologna Shoah Memorial © Simone Bossi+ 7

Mobilidade acima de tudo: as mais novas estruturas de transporte público da Europa

Se tem algo que pode definir o espírito das cidades contemporâneas européias, este algo é a inter-conectividade. Dos sistemas de mobilidade urbana e transporte público à passarelas, calçadões e ciclovias, a conectividade do espaço urbano desempenha um papel fundamental na qualidade de vida de uma cidade. Ao longo das últimas décadas, arquitetos e urbanistas do velho continente têm se dedicado à construir cidades mais acessíveis, respeitando os tecidos históricos pré-existentes e abrindo espaço para novas tecnologias e soluções integradas de transporte urbano.

© Jannes Linders© Ivan BrodeyCourtesy of Mecanoo© Ivan Brodey+ 15

Arquitetura como ato político: 5 escritórios emergentes com uma nova visão de mundo

A New Generations é uma plataforma dedicada a descobrir e promover o trabalho de arquitetos jovens e emergentes no cenário europeu, proporcionando um espaço de troca e aprendizado, voltado tanto aqueles que se dedicam a prática quanto a teoria na arquitetura. Desde a sua fundação em 2013, a New Generations trouxe à público mais de 300 escritórios promissores de arquitetura, apresentando um cenário diversificado de studios e ateliês dedicados às mais diferentes atividades culturais, promovendo festivais, exposições, chamadas abertas, entrevistas e oficinas.

A New Generations lançou recentemente uma nova plataforma na qual oferece um espaço único onde arquitetos de toda Europa podem se reunir para trocar idéias, e por que não, construir novas redes de trabalho colaborativo. Projetos de todo o tipo, oportunidades de emprego, idéias, notícias e perfis de escritórios serão publicados todos os dias na nova plataforma da NG. A seção 'perfis' é um convite àqueles indivíduos e coletivos que pretendem se juntar à esta rede de escritórios emergentes, proporcionando uma oportunidade única para que estes se engajem e fortaleçam a comunidade européia de jovens arquitetos.

Pensando nisso, o ArchDaily decidiu apoiar a causa da New Generations, publicando a cada duas semanas uma seleção dos principais perfis de escritórios emergentes de arquitetura da New Generations.

Varna Library, © Architects for UrbanityHouse of Chickens, Erzincan-Turkey. © Ali TaptıkElle Style, hair studio interior design. © NYXO studioCasa di Belmondo, Crossings 2019 - Belmonte Calabro, Italy - 2019 - on going - in collaboration with Orizzontale. © Nicola Barbuto+ 6

Realismo otimista e autonomia compartilhada: 5 escritórios de arquitetura emergentes

A New Generations é uma plataforma dedicada a descobrir e promover o trabalho de arquitetos jovens e emergentes no cenário europeu, proporcionando um espaço de troca e aprendizado, voltado tanto aqueles que se dedicam a prática quanto a teoria na arquitetura. Desde a sua fundação em 2013, a New Generations trouxe à público mais de 300 escritórios promissores de arquitetura, apresentando um cenário diversificado de studios e ateliês dedicados às mais diferentes atividades culturais, promovendo festivais, exposições, chamadas abertas, entrevistas e oficinas.

A New Generations lançou recentemente uma nova plataforma na qual oferece um espaço único onde arquitetos de toda Europa podem se reunir para trocar idéias, e por que não, construir novas redes de trabalho colaborativo. Projetos de todo o tipo, oportunidades de emprego, idéias, notícias e perfis de escritórios serão publicados todos os dias na nova plataforma da NG. A seção 'perfis' é um convite àqueles indivíduos e coletivos que pretendem se juntar à esta rede de escritórios emergentes, proporcionando uma oportunidade única para que estes se engajem e fortaleçam a comunidade européia de jovens arquitetos.

Pensando nisso, o ArchDaily e a New Generations decidiram unir forças! A cada duas semanas publicaremos aqui no ArchDaily uma seleção dos principais escritórios europeus emergentes de arquitetura.

Centro Europeu de Arquitetura anuncia os vencedores do "Europe 40 Under 40"

O Centro Europeu de Arquitetura, Design e Estudos Urbanos e o Chicago Athenaeum anunciaram os vencedores do "Europe 40 Under 40" de 2019. O prêmio anual é promovido pelo Centro Europeu a fim de destacar e distinguir a próxima geração de arquitetos e designers que terão impacto nos futuros ambientes de vida e trabalho, cidades e áreas rurais.

© Lukas PelechCortesia de EKKY© Alex Shoots Buildings© Lukas Ildza+ 5

A maior estrutura de eventos ao ar livre da Europa entra em fase final de construção

Atualmente em construção e projetada por uma equipe multidisciplinar de três diferentes escritórios italianos de arquitetura – Iotti + Pavarani Architetti, Tassoni & Partners e Lauro Sacchetti Associati –, a RCF Arena, deverá se tornar em breve a maior estrutura para a realização de eventos ao ar livre da Europa. Localizada na cidade de Reggio Emilia, a estrutura terá capacidade para acolher até 100.000 pessoas durante a realização de shows e outros grandes eventos.

© Iotti+Pavarani, Tassoni, LSA© Iotti+Pavarani, Tassoni, LSA© Iotti+Pavarani, Tassoni, LSA© Iotti+Pavarani, Tassoni, LSA+ 8

Subúrbios de concreto: a arquitetura brutalista da Europa Oriental

Após a Segunda Guerra Mundial, o brutalismo se espalhou pela Europa, redefinindo a arquitetura moderna e estabelecendo um novo estilo para moradias populares e edifícios comunitários. Embora a maior parte da atenção tenha se detido em monumentos nas principais cidades, os subúrbios europeus também abrigam muitos edifícios brutalistas excepcionais.

Para apresentar a arquitetura brutalista "despercebida" da Europa Central e Oriental, a editora Zupagrafika registrou e reuniu mais de 100 fotografias em um livro intitulado Eastern Blocks, convidando os leitores a explorar conjuntos habitacionais brutalistas em Moscou, Berlim Oriental, Varsóvia, Budapeste, Kiev e São Petersburgo.

© Zupagrafika© Zupagrafika© Zupagrafika© Zupagrafika+ 22

Os monumentos condenados da Europa revolucionária, pelas lentes de Darmon Richter

O pesquisador britânico Darmon Richter lançou recentemente o Monumentalism, um estudo visual de mais de 200 fotografias que mostram projetos construídos pelos regimes socialistas do século XX em todo o mundo. Essas fotos foram feitas em mais de 30 países diferentes e retratam diferentes assuntos, desde desfiles militares na antiga União Soviética até memoriais revolucionários.

Monumento aos Nove Irmãos Kherkheulidze. Imagem © Darmon RichterMemorial do parque Dudik. Imagem © Darmon RichterMemorial do genocídio armênio. Imagem © Darmon RichterPortões de Artsakh. Imagem © Darmon Richter+ 11

A arquitetura de Chernobyl: passado, presente e futuro

Parque de Diversões Abandonado, Pripyat. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/oinkylicious/2329332355/in/photolist-4xQrmF-Zy21ao-Kk1D9g-Gb2HP2-Gbd54x-JowQgL-Gbd2dH-kmncdm-HhH4ar-vjHaG4-UEr5H6-a18skw-4Jfgyq-a15xDt-b8aKqR-79Cs8L-7f8k5o-6mTumV-AchudK-nMskBH-21Paa6J-YtFY7A-Zym38a-GqNxX-Zu4Rj7-Zvy49y-o4Cvtz-GvJskr-Zvy4ZV-a18r3j-nMrmxp-22mw4E4-a18sfj-9pfhyd-a18srJ-6mTu12-8AFucS-6mTu6v-6mXBWu-a18q1b-6mXBNJ-a18rMf-a15AuP-a15Aor-aR4JPT-CJcGwg-d7Z5uq-GqPr6-GqKb1-a15B3P'>Flickr user oinkylicious</a> licensed under <a href=' https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/'>CC BY-NC-ND 2.0</a>
Parque de Diversões Abandonado, Pripyat. Imagem © Flickr user oinkylicious licensed under CC BY-NC-ND 2.0

No dia 26 de abril completou-se 32 anos do desastre nuclear de Chernobyl ocorrido em 1986, com a explosão do Reator 4 da usina nuclear na Ucrânia, causando a morte direta de 31 pessoas, a dispersão de nuvens radioativas pela Europa e o desmantelamento efetivo de 30 km de terras em todas as direções desde o centro da explosão. Trinta e dois anos mais tarde forma-se uma leitura dual da paisagem: uma de extremos de engenharia e outra de inquietude e desolação.

A medida que se transcorre o aniversário do desastre e suas consequências, exploramos o passado, o presente e o futuro da arquitetura de Chernobyl traçando o caminho de uma paisagem que ardeu no fogo, mas que ainda pode ressurgir das cinzas.

Reator 4, Chernobyl foi envolvido na maior estrutura metálica móvel do mundo. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/entoropi/35375407185/in/photolist-VU1d6x-ikWQJ1-TsSEwh-9qYCRm-9r6pCQ-5m9uAf-hQxGTt-9qW5dX-9qZ86h-ikXxJp-VGwNBV-9r3mCk-9qW8b4-JnBeTu-JEs1bN-JPwDqi-5m9uKY-VTZpwk-9qW1gt-pquPBw-o5xhEA-o5CtPv-ikXzoX-9qYYe5-9qW5Cv-ViPtB3-a1f2LP-24v4vJn-ikXG5T-ikXae5-ikXbbA-HS2sCx-ikX47f-JFgyt9-ikWQvz-JFuDgD-4JaWEF-9qYUAA-4JaXwp-ikX25w-ikX5uL-9r3dEz-21K4gzj-VLhgQ8-9qZaH1-9qVN4v-9r3vVX-9qYCb9-qVuDsv-9qW9kr'>Flickr user entoropi</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0/'>CC BY-NC-ND 2.0</a>O quinto reator inacabado de Chernobyl. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/spoilt_exile/35540029246/in/photolist-W9xWuW-8EJWzQ-8EFKjR-nYASP9-b5mfSF-KaKzfq-JoyU1p-LeqYKQ-db7Rjb-g9sy6Z-eFjTwt-8EJRUJ-9HxbYc-9ChyMP-eFqD41-9r6syY-b5jZX8-8E3Gq8-UBvtEu-eFjVJH-2cMJbu-S1h3Ni-G8UJNf-HbTHda-oDXEJ-SSthoT-JFpB8R-oDXyo-76kFmX-sfX8km-atjDdx-8EJBQm-GbcxvD-GbcuAR-FL67kj-FfKC19-G8UGMb-Gbchbv-25mkvaF-FBeQuK-HgSNsj-8EJX9S-5m9vfu-22Epjzj-fai36Q-8EJP1W-4jMERm-JFuDgD-YYzhkv-eFqCuS'>Flickr user spoilt_exile</a> licensed under <ahref='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>CC BY-SA 2.0</a>Piscina Abandonada, Pripyat. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/22746515@N02/26563907296/in/photolist-GtmYaE-eLaenJ-eeUnTA-SF9h32-Bo4Gq1-7f8nJw-uQ48C-6qxrvs-9BV2oD-HFWifd-6qxqAm-eLaehW-4JEQH3-RX8AcC-SNS9DU-RPNywP-TC6jR6-7FU6vg-D3PFi5-UYXshy-eLaeey-SSsDqz-V3p7Lt-TNWtAx-TNRUWT-TKSjx9-V3se2D-TKVEVC-TKWHey-6w9yh1-TNqymV-TNVDBr-RX6McY-V3r94z-TNpNft-RzXz6U-6jNwgu-TNsYHr-UN3K7h-UQEByr-V3rvgz-UYsKFu-UQKsgt-TKrHko-UMYEZY-9dGEHv-XRsh7D-7f8k5o-XArcfz-UsfA6W'>Flickr user Bert Kaufmann</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nc/2.0/'>CC BY-NC 2.0</a>Parque de Diversões Abandonado, Pripyat. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/thedakotakid/6216419723/in/photolist-atjM1p-9qZbyw-fai36Q-VU1fxr-fahXd9-o1wcX3-Dy5et5-VU1d6x-ikWQJ1-TsSEwh-9qYCRm-9r6pCQ-5m9uAf-hQxGTt-9qW5dX-9qZ86h-ikXxJp-VGwNBV-9r3mCk-9qW8b4-JnBeTu-JEs1bN-JPwDqi-5m9uKY-VTZpwk-9qW1gt-pquPBw-o5xhEA-o5CtPv-ikXzoX-9qYYe5-9qW5Cv-ViPtB3-a1f2LP-24v4vJn-ikXG5T-ikXae5-ikXbbA-HS2sCx-ikX47f-JFgyt9-ikWQvz-JFuDgD-4JaWEF-9qYUAA-4JaXwp-ikX25w-ikX5uL-9r3dEz-21K4gzj'>Flickr user thedakotakid</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>CC BY-SA 2.0</a>+ 18

Fotógrafo registra as composições geométricas na evolução da arquitetura de Viena

© Zsolt Hlinka
© Zsolt Hlinka

Em sua mais recente série de fotos intitulada "Viennametry", o fotógrafo e gravurista húngaro Zsolt Hlinka captura os vazios inexplorados na colcha de retalhos da arquitetura histórica e contemporânea de Viena. Depois de estudar os edifícios simétricos de esquina de Budapeste, Hlinka mudou-se para o norte, para a Áustria, em sua busca pela geometria e simetria na paisagem urbana.

Sede da Mondadori de Oscar Niemeyer, pelas lentes de Karina Castro

Como um dos pioneiros do modernismo brasileiro, Oscar Niemeyer é célebre por suas formas ousadas e sinuosas e pelo uso da "curva livre e sensual". Paul Goldberger descreveu isso quando afirmou que Niemeyer não comprometeu os ideais utópicos do modernismo, mas, quando filtrado através da sua sensibilidade, o severo e implacável rigor da modernidade europeia tornou-se tão suave como a música brasileira.

Quando Georgio Mondadori, presidente da editora italiana Mondadori, encomendou a Niemeyer o projeto da nova sede da empresa em 1968, queria que o prédio parecesse ao Palácio Itamaraty (também conhecido como Palácio dos Arcos) em Brasília. Niemeyer concordou, mas, dado seu espírito brincalhão, desviou-se deliberadamente do projeto anterior e procedeu a construção do que mais tarde ele identificaria como sua obra favorita na Europa. Continue lendo para ver um conjunto impressionante de dezesseis fotografias do edifício Mondadori feitas pela fotógrafa e artista visual Karina Castro, com sede em Milão, que foi convidada por Mondadori para capturar sua sede 40 anos após a conclusão do edifício.

© Karina Castro© Karina Castro© Karina Castro© Karina Castro+ 15