Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Manhattan

Manhattan: O mais recente de arquitetura e notícia

Torre 270 Park Avenue projetada pelo SOM pode se tornar o edifício mais alto do mundo a ser demolido

© Flickr <a href='http://https://www.flickr.com/photos/16801915@N06/8191438808/'>usuário Reading Tom</a>. sob licença CC BY 2.0t
© Flickr usuário Reading Tom. sob licença CC BY 2.0t

Apenas alguns meses após as plantas serem apresentadas para uma grande transformação do AT & T Building na 550 Madison, de Philip Johnson, outro arranha-céu icônico do centro de Manhattan está em risco - e desta vez, pode ser que o edifício seja completamente demolido.

Projetado por Natalie de Blois e Gordon Bunshaft, do escritório SOM, e concluído em 1961, o 270 Park Avenue (anteriormente conhecido como Union Carbide Building) é considerado um exemplo importantíssimo do Estilo Internacional na cidade de Nova Iorque, originado a partir do precedente estabelecido pelo Edifício Seagram, de Mies van der Rohe.

Mas depois que a nova legislação de zoneamento para o bairro foi aprovada no ano passado, o atual proprietário do prédio, JPMorgan Chase, anunciou planos para substituir o prédio de 215,50 metros de altura por um novo arranha-céu hi-tech. Se a ideia prevalecer, seria o maior e mais alto edifício do mundo a ser demolido intencionalmente.

Calatrava e Gehry com propostas para dois novos arranha-céus no complexo Hudson Yards em Nova Iorque

Uma fotografia do Hudson Yards em Outubro de 2017. Imagem cortesia de Related-Oxford
Uma fotografia do Hudson Yards em Outubro de 2017. Imagem cortesia de Related-Oxford

Um dos projetos mais instigantes atualmente em construção na cidade de Nova Iorque, o Hudson Yards, parece ter incorporado outros dois renomados arquitetos, isso se a fonte citada em matéria publicada no Wall Street Journal estiver correta.

De acordo com o Wall Street Journal, segundo a fonte descrita como "alguém muito familiarizado com o assunto", Santiago Calatrava e Frank Gehry teriam sido contratados para projetar outras duas novas torres residenciais durante a segunda fase do complexo de mais de 100.000 metros quadrados, localizado no extremo norte do High Line, no oeste de Manhattan.

Projeto 'Vessel' de Heatherwick Studio toma forma em Nova Iorque

Vessel, o monumento cintilante de Heatherwick Studio, toma forma após oito meses de construção no empreendimento Hudson Yards em Nova Iorque. Com um conjunto de 154 escadas, 2.500 degraus e 80 patamares, o espaço público escultural alcançou seus 45 metros, o que lhe permitirá oferecer vistas panorâmicas para Manhattan quando for inaugurado no início de 2019.

Cortesia de Related-Oxford Cortesia de Related-Oxford Cortesia de Related-Oxford Cortesia de Related-Oxford + 24

Snøhetta projeta arranha-céu residencial e sinagoga em Manhattan

Vista sudeste. Imagem © Binyan Studios
Vista sudeste. Imagem © Binyan Studios

O escritório Snøhetta apresentou o seu novo projeto de arranha-céu residencial que será construído no Upper West Side de Manhattan, contando com um amplo terraço e uma área de uso público de vários pavimentos esculpida no meio da torre. Localizada na 50 West 66th Street, a poucos metros de elementos emblemáticos da cidade de Nova Iorque, como o Lincoln Center e o Central Park, a torre pretende responder de maneira sensível à arquitetura histórica do contexto através da sua complexa forma e refinada materialidade.

Vista nordeste do terraço. Imagem © Binyan Studios Vista da 65th Street e acesso da sinagoga. Imagem © Binyan Studios Vista Oeste. Imagem © Binyan Studios Vista da 66th Street e acesso do edifício residencial. Imagem © Binyan Studios + 8

Clássicos da Arquitetura: Radio City Music Hall / Edward Durell Stone & Donald Deskey

Ao abrir suas portas pela primeira vez em uma noite chuvosa de inverno em 1932, o Radio City Music Hall, em Manhattan, foi proclamado tão extraordinariamente lindo que não precisava de artistas. O primeiro componente construído do enorme Rockefeller Center, o Music Hall tem sido o maior teatro de rua do mundo há mais de oitenta anos. Com os seus elegantes interiores Art Deco e maquinário de palco, o teatro desafiou a tradição, definindo um novo padrão para locais de entretenimento modernos que permanecem até hoje.

Courtesy of Flickr user Ed Schipul Courtesy of Flickr user Roger Courtesy of Flickr user Steve Huang Courtesy of Flickr user Mattia Panciroli + 10

Nova Iorque submersa: vídeo mostra as consequências de um aumento de 2°C na temperatura global

James Hansen, professor de Ciências da Terra e do Meio Ambiente da Universidade de Columbia, ex-funcionário da NASA e notável climatologista, foi um dos primeiros a alertar sobre a mudança climática durante seu depoimento em 1988 no Congresso dos EUA. Desde então, ele continuou a falar do problema através de palestras, entrevistas, conversas TED e seu blog. Advertiu que um pequeno aumento de 2 graus célsius na temperatura global poderia resultar em um aumento do nível do mar de cinco a nove metros até o final do século, inundando boa parte das as cidades costeiras e tornando-os inabitáveis.

Inspirados por Hansen, os cineastas do estúdio Menilmonde imaginaram Manhattan submersa. Os vídeos anteriores da dupla francesa apresentam subversões sutis do mundo real, e este mais recente, intitulado two ° C New York City, é indiscutivelmente o mais poderoso até agora.

Cortesia de Menilmonde via screenshot do vídeo Cortesia de Menilmonde via screenshot do vídeo Cortesia de Menilmonde via screenshot do vídeo Cortesia de Menilmonde via screenshot do vídeo + 4

Meganom divulga projeto de mais um arranha-céu em Nova Iorque

O escritório Meganom, de Moscou, divulgou seu projeto para um arranha-céus de luxo em Manhattan. O edifício, na 262 Fifth Avenue, se localiza no bairro NoMad, próximo ao Madison Square Park. O dono do terreno, o empreendendor israelense Boris Kuzinez, da Five Points Development, apresentou planos para o projeto em setembro de 2016. Kuzinez e Meganom já trabalharam juntos em vários projetos, incluindo o premiado Tsvetnoy Central Market em Moscou. A 262 Fifth Avenue é o primeiro projeto de ambos nos EUA, e o arranha-céu mais alto já construído por um arquiteto russo na América.

Cortesia de Meganom Cortesia de Meganom Cortesia de Meganom Cortesia de Meganom + 5

Herzog & de Meuron divulga imagens de seu novo hotel em Manhattan

Novas imagens do mais recente hotel de luxo de Herzog & de Meuron foram divulgadas, mostrando os interiores atualizados da torre de 28 pavimentos na 215 Chrystie Street, em Manhattan. Construído em concreto aparente e com inauguração prevista para este mês, o hotel de 370 apartamentos conta, em seus pavimentos superiores, com onze residências de luxo.

"Para introduzir uma sensação de escala e potencializar ainda mais a expressão de cada pavimento individualmente, cada coluna é ligeiramente inclinada", explicou Jacques Herzog no anúncio do projeto em 2014. "O canto proeminente do edifício voltado para a Rua Chrystie é onde as duas geometrias de colunas inclinadas se encontram. Em vez de dar prioridade a uma direção, as duas direções se fundem. O resultado é uma coluna de canto escultural que se torna a referência visual de todo o edifício."

Cortesia de Ian Schrager Company Cortesia de Ian Schrager Company Cortesia de Ian Schrager Company Cortesia de Ian Schrager Company + 6

Assista à construção do projeto "Vessel" de Heatherwick em Nova Iorque

A construção do projeto Vessel, uma escultura de escadarias de 15 pavimentos de altura concebida pelo Heatherwick Studio que servirá como a peça central do novo empreendimento Hudson Yards em Nova Iorque, foi oficialmente inaugurada. Para construir a estrutura, 75 unidades individuais estão sendo pré-fabricadas pela Cimolai S.p.A. em Monfalcone, Itália, e depois enviadas para Nova Iorque, onde serão montadas no local. As 10 primeiras destas unidades já concluíram sua viagem transatlântica de 15 dias, com as restantes programadas para chegar ao longo do ano.

Montagem ao ar livre na fábrica da Cimolai em Monfalcone. Imagem © Related-Oxford Primeira unidade em trânsito. Imagem © Related-Oxford Stephen Ross e Thomas Heatherwick no terceiro pavimento em Monfalcone, Itália. Imagem © Related-Oxford Montagem em Monfalcone. Imagem © Related-Oxford + 16

Por dentro da subestimada casa de vidro de Philip Johnson em Manhattan

O legado arquitetônico da família Rockefeller em Manhattan é bem conhecido, evidenciado pelas torres art déco do Rockefeller Center e pelo campus do MoMA. Mas em uma cidade que está cheia de marcos e edifícios históricos, não é incomum que alguns projetos notáveis passem despercebidos. A Rockefeller Guest House de Philip Johnson em Manhattan foi concluída em 1950, apenas um ano após a construção de sua casa de vidro mais conhecido em New Canaan. A Casa de Vidro é uma influência óbvia para a casa de hóspedes posterior: ambas apresentam uma estrutura de aço e vidro e um amplo espaço interno que evidencia a solução arquitetônica adotada.

E se nossos edifícios fossem longos em vez de altos? Um futuro para Manhattan

Em 2014, o centro de Manhattan recebeu seu primeiro edifício residencial super alto (mais de 300 metros), o One57 de Christian de Portzamparc. No ano seguinte, o 432 Park Avenue, de Rafael Viñoly Architects, superou a marca, confirmando a tendência de arranha-céus estreitos ao longo da borda sul do Central Park. Ao todo, pelo menos 10 projetos de grande altura foram planejados para a região, que recebeu o apelido de Billionaire's Row.

Em resposta a esse fenômeno, o arquiteto Ioannis Oikonomou, do estúdio de arquitetura Oiio, propôs uma solução alternativa, chamada "The Big Bend", que levanta a seguinte questão: "E se nossos edifícios fossem longos em vez de altos?"

© ioannis Oikonomou – oiio architecture studio © ioannis Oikonomou – oiio architecture studio © ioannis Oikonomou – oiio architecture studio © ioannis Oikonomou – oiio architecture studio + 21

Zaha Hadid Architects divulga projeto de arranha-céu de uso misto em Nova Iorque

Um arranha-céu de uso misto de 420 metros de altura, projetado por Zaha Hadid Architects, pode ser a próxima megaestrutura a ocupar o centro de Manhattan. Localizado no 666 Fifth Avenue entre as 52nd e 53rd Street, o projeto foi comissionado pela empresa Kushner Properties que, juntamente com a Vornado Realty Trustatualmente, é co-proprietária do edifício existente no local.

Com um custo estimado em US$ 12 bilhões, a empresa está atualmente negociando um acordo bilionário com a holding chinesa Anbang Insurance Group para financiar o projeto. Se os planos para comprar o prédio tiverem êxito, a Kushner dará início à construção da torre projetada por ZHA, que contará com unidades residenciais, um hotel de onze pavimentos e uma base comercial de 9 pavimentos.

Em construção: Primeiro edifício residencial de Tadao Ando em Nova Iorque

O primeiro edifício residencial de Tadao Ando em Nova Iorque - chamado de 152 Elizabeth - está e fase de construção no bairro Nolita, em Manhattan. Uma colaboração com o arquiteto e designer Michael Gabellini de Gabellini Sheppard Associates, além da empresa Sumaida + Khurana, o projeto apresentará as características de uma obra de Ando, concreto in loco polido, metal, superfícies de vidro e uma parede de vegetação.

Concebido como um santuário interior no centro de Manhattan, o edifício mostra uma preocupação singular com a acústica, contando com um sistema de fachada e vidro exterior que garantem uma alta classificação OITC para "assegurar um ambiente familiar tranquilo no centro deste bairro vibrante".

© The Boundary and Noë & Associates © The Boundary and Noë & Associates © The Boundary and Noë & Associates © Noë & Associates + 5

As curiosas histórias por trás de 10 icônicos arranha-céus

Enquanto houver edifícios, a humanidade continuará a procura por construir o seu caminho para o céu. De pirâmides de pedra aos arranha-céus de aço, sucessivas gerações de arquitetos criaram maneiras cada vez mais inovadoras de aumentar os limites verticais da arquitetura. Seja em pedra ou aço, cada tentativa de atingir alturas sem precedentes representou um vasto empreendimento em termos de materiais e trabalho - e quanto mais complexo o projeto, maior a chance das coisas darem errado.

Ryugyong Hotel. Image © José Tomás Franco Robot Building. Image © José Tomás Franco CCTV Headquarters. Image © José Tomás Franco Cayan Tower. Image © José Tomás Franco + 21

Clássicos da Arquitetura: Edifício Empire State / Shreve, Lamb e Harmon

Mesmo em Manhattan, o Edifício Empire State destaca-se. Desde a sua conclusão em 1931 tem sido um dos mais emblemáticos monumentos arquitetônicos nos Estados Unidos, permanecendo como a estrutura mais alta do mundo até as Torres Gêmeas do World Trade Center serem construídas no centro de Manhattan, quatro décadas depois. Sua construção nos primeiros anos da Grande Depressão, empregando milhares de trabalhadores e exigindo vastos recursos materiais, foi impulsionada por mais do que interesse comercial: o Edifício Empire State seria um monumento à audácia dos Estados Unidos da América ", a Terra que alcançou o céu com seus pés no chão." [1]

Fundações da Torre. Image via Wikimedia (Domínio Público). Pináculo da Torre. Image © Wikimedia user David Corby (CC BY-SA 3.0) Image via Wikimedia (Domínio Público). ImageUnder construction Image via Wikimedia (Domínio Público). ImageUnder construction + 6

Studio Seilern Architects divulga projeto para arranha-céu em Manhattan

Studio Seilern Architects (SSA) divulgou seu projeto para um novo arranha-céu em Nova Iorque, localizado na beira do Rio Hudson, que oferecerá vistas para o sudoeste em direção ao rio e Hoboken, bem como para o leste em direção ao Edifício Empire State e o skyline de Manhattan.

O edifício de 16.107 metros quadrados (24 pavimentos) contará com unidades comerciais na forma de uma galeria na base - que é reduzida para formar um jardim de esculturas -, enquanto os pavimentos superiores contarão com unidades residenciais.

Cortesia de Studio Seilern Architects (SSA) Cortesia de Studio Seilern Architects (SSA) Cortesia de Studio Seilern Architects (SSA) Cortesia de Studio Seilern Architects (SSA) + 7

Começa a construção da segunda maior torre de Nova Iorque

O arranha-céu One Vanderbilt Avenue, projetado por Kohn Pedersen Fox, começou a ser construído e será o segundo edifício mais alto de Nova Iorque quando for concluído. Localizada próximo ao Grand Central Terminal na 42nd Street, a torre será integrada ao entorno através de uma série de conexões subterrâneas.

Cortesia de SL Green Realty Corp Cortesia de SL Green Realty Corp Cortesia de SL Green Realty Corp Cortesia de SL Green Realty Corp + 36

Heatherwick Studio divulga o projeto "Vessel" em Nova Iorque

ATUALIZAÇÃO: Acrescentamos um vídeo de Thomas Heatherwick explicando o projeto "Vessel", a seguir. 

Thomas Heatherwick propôs recentemente um monumento público de Nova Iorque. O Heatherwick Studio divulgou as primeiras imagens de "Vessel", uma estrutura de 15 andares de altura composta por 154 lances de escada interligados que servirão como elemento central de um novo empreendimento em Hudson Yards, Manhattan.

Vista para a praça de eventos. Cortesia de  VisualHouse-NelsonByrdWoltz Vista dos pavimentos superiores. Cortesia de  Forbes Massie-Heatherwick Studio Vista da praça pública e dos jardins. Cortesia de  Forbes Massie-Heatherwick Studio Vista para o bosque. Cortesia de VisualHouse-NelsonByrdWoltz + 5