Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Bjarke Ingels Group

Bjarke Ingels Group: O mais recente de arquitetura e notícia

Divulgados os vencedores do Prêmio "Design que Educa" 2020

Com o objetivo de promover e destacar a arquitetura e o design que impactam o campo educacional, o Design that Educates Awards - iniciativa que é fruto da colaboração entre a Laka Foundation e a Solarlux GmbH - divulgou sua lista de vencedores da edição de 2020

BIG U: Espaços comunitários que servem como barreiras de inundação em Nova Iorque

Em 2012, o furacão Sandy atingiu a costa leste dos Estados Unidos e causou estragos sem precedentes em Nova Iorque. A tempestade trouxe uma quantidade assustadora de água para as ruas, túneis e metrôs da cidade; o National Ocean Service relatou um aumento do nível de água de quase três metros no Battery Park. Muitas infraestruturas foram danificadas em diversas regiões, casas foram inundadas e pessoas ficaram ilhadas.

BIG divulga projeto de novo edifício corporativo em Newcastle

Os arquitetos do BIG acabaram de divulgar imagens do No 1 Quayside, seu mais recente prédio de escritórios em Newcastle. Projetado em colaboração com o estúdio local Xsite Architecture, a curvatura do projeto é diretamente inspirada nas pontes sobre o rio Tyne e nas colinas vizinhas.

Cortesia do BIG - Bjarke Ingels Group Cortesia do EYELEVEL Cortesia do EYELEVEL Cortesia do EYELEVEL + 15

“Se você olha, escuta e aprende, há muito com o que brincar”: entrevista com Bjarke Ingels

O arquiteto dinamarquês, Bjarke Ingels, é famoso por ideias um tanto excêntricas. Fundador do escritório BIG (Grupo Bjarke Ingels), advoga a favor de ambientes urbanos flexíveis - algo que acredita ser vital em um mundo em constante mudança. Em um novo vídeo produzido para a série de entrevistas Time Space Existence, da PLANE -- SITE, Ingels revela alguns aspectos de sua abordagem projetual, que frequentemente envolve humor, surpresa e sustentabilidade.

Como garantir que nossas cidades tenham futuro? 4 iniciativas para aumentar a resiliência

Nossas cidades, vulneráveis por natureza e desenho, geraram o maior desafio que a humanidade precisa enfrentar. Com a expectativa de que a grande maioria da população se estabeleça em aglomerações urbanas, a rápida urbanização levantará a questão da adaptabilidade à futuras transformações sociais, ambientais, tecnológicas e econômicas.

De fato, a principal problemática da década questiona como nossas cidades irão lidar com fatores que mudam rapidamente. Ela também analisa os aspectos mais importantes a serem considerados para garantir o crescimento a longo prazo. Neste artigo, destacamos os principais pontos que ajudam a proteger nossas cidades no futuro criando um tecido habitável, inclusivo e competitivo que se adapta a qualquer transformação futura inesperada.

Planeta vermelho: a arquitetura na corrida para Marte

O espaço há muito tempo capturou nossa imaginação, olhando para a imensidão acima de nós, escritores, cientistas e designers sempre sonharam com novas visões para o futuro em planetas distantes. Marte está no centro desse discurso, o planeta mais habitável em nosso sistema solar depois da Terra. As propostas para o planeta vermelho exploram como podemos criar territórios humanos no espaço sideral.

Cortesia de AI SpaceFactory Cortesia de AI Xiaomi Cortesia de AI SpaceX Cortesia de AI Karim Moussa, Warith Zaki, Amir Amzar, Nasril Zarudin + 19

BIG projeta a primeira cidade da Toyota no Japão

O BIG acaba de divulgar seu mais recente projeto, a Toyota Woven City, primeiro empreendimento imobiliário da empresa no Japão. Localizado aos pés do monte Fuji, o projeto, desenvolvido em colaboração com a Toyota Motor Corporation, é a primeira incubadora urbana do mundo voltada para o desenvolvimento de estratégias de mobilidade.

Cortesia de BIG - Bjarke Ingels Group Cortesia de BIG - Bjarke Ingels Group Cortesia de BIG - Bjarke Ingels Group Cortesia de BIG - Bjarke Ingels Group + 20

BIG e WXY projetam um Brooklyn mais verde e seguro

Bjarke Ingels Group e a WXY architecture + urban design, em colaboração com a Downtown Brooklyn Partnership, imaginaram um novo futuro para a região centra do Brooklyn, em Nova Iorque. A proposta apresenta uma abordagem mais verde e segura voltada para um bairro que privilegie os pedestres.

Cortesia de BIG and Downtown Brooklyn Partnership Cortesia de BIG and Downtown Brooklyn Partnership Cortesia de BIG and Downtown Brooklyn Partnership Cortesia de BIG and Downtown Brooklyn Partnership + 16

Os 20 projetos mais esperados para 2020

Pier55. Image Courtesy of Heatherwick Studio Audrey Irmas Pavilion. Image Courtesy of OMA Academy Museum of Motion Pictures. Image Courtesy of Renzo Piano Building Workshop Bee'ah Headquarters. Image Courtesy of Zaha Hadid Architects + 26

À medida que 2019 se aproxima do fim, aumenta nossa expectativa em relação a tudo aquilo que está por vir no mundo da arquitetura para 2020. Uma infinidade de projetos deverão ser concluídos no próximo ano, edifícios das mais variadas escalas e programas, impressionantes obras de arquitetura espalhadas pelos quatro cantos do mundo.

BIG e Field Operations apresentam projeto que transformará a paisagem costeira de Nova Iorque

A empresa novaiorquina Two Trees Management, em parceira com o BIG e a Field Operations, apresentou o projeto de um novo plano diretor para o norte do Brooklyn, um mega empreendimento de uso misto acompanhado de um parque resiliente às margens do East River na cidade de Nova Iorque.

© James Corner Field Operations and BIG-Bjarke Ingels Group, cortesia de Two Trees Management © James Corner Field Operations and BIG-Bjarke Ingels Group, cortesia de Two Trees Management © James Corner Field Operations and BIG-Bjarke Ingels Group, cortesia de Two Trees Management © James Corner Field Operations and BIG-Bjarke Ingels Group, cortesia de Two Trees Management + 12

Bjarke Ingels fala sobre o projeto em espiral para a marca suíça de relógios Audemars Piguet

O novo museu do BIG para a empresa suíça de relógios Audemars Piguet tem inauguração prevista para maio de 2020. O projeto consiste na extensão da sede da empresa em Le Brassus, perto de Le Chenit. Concebido como um pavilhão de vidro em espiral, o edifício levará os visitantes a uma jornada narrativa pelos 139 anos de história da companhia.

© Giulio Ghirardi para WSJ. Magazine © Giulio Ghirardi para WSJ. Magazine © Giulio Ghirardi para WSJ. Magazine © Giulio Ghirardi para WSJ. Magazine + 5

BIG projeta pórtico monumental no CityLife District de Milão

O Bjarke Ingels Group acaba de apresentar o The Portico, um empreendimento de mais de cinquenta mil metros quadrados para o CityLife District de Milão, na Itália. Os responsáveis pelo CityLife apresentaram a proposta em parceira com o BIG, a qual revela dois edifícios independentes conectados por um enorme pórtico suspenso de 140 metros de comprimento, o qual será o principal ponto de referência e portal de acesso do mais novo distrito da cidade de Milão.

The Portico - CityLife Milan. Imagem Cortesia de Beauty and The Bit The Portico - CityLife Milan. Imagem Cortesia de Beauty and The Bit The Portico - CityLife Milan. Imagem Cortesia de Beauty and The Bit The Portico - CityLife Milan. Imagem Cortesia de Bjarke Ingels Group + 9

TED Talk: Bjarke Ingels fala sobre construção e vida em Marte

O Bjarke Ingels Group vem trabalhando no projeto Mars Science City desde que os Emirados Árabes Unidos divulgaram a iniciativa em 2017. A cidade de US$ 140 milhões pretende servir como um "modelo viável e realista" para simular a ocupação de seres humanos na paisagem marciana. O projeto foi desenvolvido com uma equipe de cientistas, engenheiros e designers do Centro Espacial Mohammed bin Rashid.

Cortesia de Bjarke Ingels Group Cortesia de Bjarke Ingels Group Cortesia de Bjarke Ingels Group Cortesia de Bjarke Ingels Group + 6

CopenHill: a usina de energia com uma pista de esqui na cobertura projetada pelo BIG

Após quase uma década em construção, a usina de geração de energia a partir de resíduos CopenHill, imaginada pela primeira vez pelo Bjarke Ingels Group, foi finalmente inaugurada em Copenhague. O ArchDaily cobriu inicialmente o projeto do BIG em janeiro de 2011, mas a usina incluiria posteriormente ideias hedonísticas do primeiro gerador de anéis de vapor do mundo e o financiamento coletivo através do Kickstarter. Hoje, o projeto cumpriu muitas de suas promessas e a CopenHill permanece como um zeitgeist arquitetônico moderno, refletindo a própria evolução do BIG.

© Justin Hummerston © Laurian Ghinitoiu © Soren Aagaard © Dragoer Luftfoto + 14

Analisando o "Manual of Section": o desenho arquitetônico mais intrigante

Para Paul Lewis, Marc Tsurumaki e David J. Lewis, o corte "é muitas vezes entendido como um tipo simplificado de desenho, produzido no final do processo de concepção para descrever condições estruturais e materiais para a etapa da construção."

Esta é uma definição muito familiar para a maioria das pessoas que estudam ou trabalham com a arquitetura. Muitas vezes pensamos primeiramente na planta baixa, pois nos permite abraçar as expectativas programáticas de um projeto e fornecer um resumo das várias funções necessárias. Na idade moderna, programas de software de modelagem digital oferecem cada vez mais possibilidades quando se trata de criar objetos tridimensionais complexos, tornando o corte uma reflexão ainda mais tardia.

Com o seu Manual of Section (Manual do Corte) lançado em 2016, os três sócios fundadores do LTL architects apresentam o corte como uma ferramenta essencial no projeto arquitetônico, e vamos admitir isso, essa leitura pode fazer você mudar de ideia sobre o tema. Para os co-autores, "pensar e projetar o corte requer a construção de um discurso sobre ele, reconhecendo-o como um local de intervenção." Talvez, na verdade, precisamos entender as capacidades dos desenhos em corte tanto para usá-los de forma mais eficiente, quanto para desfrutar ao fazê-los.

Bagsværd Church by Jørn Utzon (1976). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects Notre Dame du Haut by Le Corbusier (1954). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects United States Pavilion at Expo '67 by Buckminster Fuller and Shoji Sadao (1967). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects The Solomon R. Guggenheim Museum by Frank Lloyd Wright (1959). Published in Manual of Section by Paul Lewis, Marc Tsurumaki, and David J. Lewis published by Princeton Architectural Press (2016). Image Courtesy of LTL Architects + 15

BIG inaugura exposição retrospectiva de projetos em Copenhague

O Bjarke Ingels Group (BIG) inaugurou recentemente a sua última exposição de projetos de arquitetura no Danish Architecture Center. Chamada de “Formgiving - Uma História Arquitetural do Futuro, do Big Bang à Singularidade”, a exposição nos convida à refletir sobre a evolução da arquitetura ao longo dos últimos anos.

© Rasmus Hjortshøj © Rasmus Hjortshøj © Rasmus Hjortshøj © Rasmus Hjortshøj + 10

Bjarke Ingels comenta sua pista de esqui na cobertura de uma usina em Copenhague

O arquiteto Bjarke Ingels aparece em um novo documentário sobre a usina de reciclagem Amager Bakke em Copenhague. Conhecida por sua pista de esqui na cobertura, a usina aquece 60 mil residências por ano a partir de resíduos gerados pela população da capital dinamarquesa, além de abastecer com energia elétrica mais de 30 mil lares.

BIG projeta hotel de 18 pavimentos em parque de diversões no centro de Copenhague

O escritório de arquitetura dinamarquês BIG, acaba de revelar o projeto de um novo hotel que será construído dentro dos Jardins do Tivoli, um emblemático parque de diversões da cidade de Copenhague. Conhecido como H.C. Andersen Hotel, a estrutura de 18 pavimentos assumirá a forma de um pagode para tornar-se o novo símbolo do Tivoli. Desenvolvido para o icônico parque de diversões do centro da capital dinamarquesa, o projeto inclui a reforma e a ampliação do histórico edifício do castelo de 1893, bem como a renovação do Pavilhão Panorama, construído em 1883. Projetado por Bjarke Ingels e companhia, o edifício do Hotel será a mais nova adição na estrutura do Tivoli, como mais um capítulo que se escreve sobre um palimpsesto arquitetônico.