1. ArchDaily
  2. Entrevista

Entrevista: O mais recente de arquitetura e notícia

Gênero e raça na arquitetura: entrevista com Gabriela de Matos

Espaço Agô, assinado pelo Estúdio de Arquitetura Gabriela de Matos para a CASACOR São Paulo 2021. Foto: Salvador Cordaro/CASACOR
Espaço Agô, assinado pelo Estúdio de Arquitetura Gabriela de Matos para a CASACOR São Paulo 2021. Foto: Salvador Cordaro/CASACOR

Elaborar espaços que sejam confortáveis e seguros para toda a população passa pela necessidade de que esses espaços sejam pensados por pessoas diversas. Uma cidade que acolha cidadãs negras e cidadãos negros é uma cidade melhor para todos. O Betoneira Podcast convidou a arquiteta e urbanista Gabriela de Matos para falar sobre a importância de evidenciar, enaltecer e estimular a participação de mulheres e pessoas negras nos projetos das cidades para uma discussão mais democrática sobre a organização dos territórios urbanos.

Edifícios, espaços públicos e concursos de arquitetura: entrevista com Estúdio 41

Sede da Fecomércio, Sesc e Senac / Estúdio 41. Foto © Leonardo Finotti
Sede da Fecomércio, Sesc e Senac / Estúdio 41. Foto © Leonardo Finotti

Formado pelos arquitetos João Gabriel Rosa, Martin Kaufer Goic, Eron Costin, Emerson Vidigal e Fabio Henrique Faria, o Estúdio 41 possui um trabalho bastante diversificado, tanto em escala quanto em programas. Essa característica foi conquistada ao longo de mais de 10 anos investidos na participação de concursos nacionais e internacionais de arquitetura, com presença marcante entre os finalistas e as menções honrosas, além das vitórias expressivas, como no edital para a reconstrução da Estação Antártica Comandante Ferraz em 2013.

Edifícios, espaços públicos e concursos de arquitetura: entrevista com Estúdio 41Edifícios, espaços públicos e concursos de arquitetura: entrevista com Estúdio 41Edifícios, espaços públicos e concursos de arquitetura: entrevista com Estúdio 41Edifícios, espaços públicos e concursos de arquitetura: entrevista com Estúdio 41+ 10

Espaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel Furman

© Kaoru Yamada
© Kaoru Yamada

"Crescer sendo queer significa experimentar a desestabilizadora ausência de uma história queer ampla e acessível, principalmente em relação ao pensamento espacial". Este relato é o que intrigou o designer Adam Nathaniel Furman e o historiador de arquitetura Joshua Mardell a reunir uma comunidade de colaboradores para apresentar novas perspectivas ao campo da arquitetura. A partir de histórias de espaços que desafiam a moral cis-heteronormativa e abrigam pessoas que buscam viver suas próprias verdades, surgiu o livro intitulado "Queer Spaces: An Atlas of LGBTQIA+ Places and Stories", o qual explora distintos contextos sociais, políticos e geográficos da comunidade LGBTQIA+.

Espaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel FurmanEspaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel FurmanEspaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel FurmanEspaços queer e um caminho de outras possibilidades na arquitetura: entrevista com Adam Nathaniel Furman+ 21

Cidades do futuro: Julia Watson sobre tecnologias baseadas na natureza e materiais radicais

Las Islas Flotantes is a floating island system on Lake Titicaca in Peru inhabited by the Uros, who build their entire civilization from the locally grown totora reed. Image © Enrique Castro-Mendivil
Las Islas Flotantes is a floating island system on Lake Titicaca in Peru inhabited by the Uros, who build their entire civilization from the locally grown totora reed. Image © Enrique Castro-Mendivil

Olhando para o futuro do nosso ambiente construído, escolher somente uma abordagem simplesmente não funcionará. Questões como o aumento do nível do mar, das temperaturas e escassez de água nas comunidades urbanas precisam de soluções localizadas que levem em consideração questões de sustentabilidade, cultura e saúde pública. Tendo investigado infraestrutura vernacular em comunidades nativas para seu livro Lo-TEK. Design by Radical Indigenism, a designer Julia Watson é especialista em tecnologias locais baseadas na natureza que são inerentemente adaptáveis e resilientes. Conversamos com ela sobre o futuro de nossas cidades, materiais de construção e seu mais recente projeto para Our Time on Earth – uma exposição de cinco anos e turismo que acabou de abrir no Barbican Centre de Londres para investigar como ideias colaborativas e radicais da maneira como vivemos podem nos levar a um local muito melhor até o ano de 2040.

Cidades do futuro: Julia Watson sobre tecnologias baseadas na natureza e materiais radicaisCidades do futuro: Julia Watson sobre tecnologias baseadas na natureza e materiais radicaisCidades do futuro: Julia Watson sobre tecnologias baseadas na natureza e materiais radicaisCidades do futuro: Julia Watson sobre tecnologias baseadas na natureza e materiais radicais+ 13

Um novo modo de habitar: o conjunto do Pedregulho

Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes (Pedregulho). Foto © Pedro Mascaro
Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes (Pedregulho). Foto © Pedro Mascaro

Localizado no bairro de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, o Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes, mais conhecido como Pedregulho, foi projetado pelo arquiteto Affonso Eduardo Reidy em 1947 para abrigar funcionários públicos do então Distrito Federal. O projeto marca um momento de reconhecimento internacional das obras arquitetônicas e urbanísticas de Reidy, além de ser mais uma obra que mostra a grande parceria que tinha com Carmem Portinho.

"Na arquitetura, a relação com a vida é fundamental": entrevista com Gonçalo Byrne

No País dos Arquitectos é um podcast criado por Sara Nunes, responsável também pela produtora de filmes de arquitetura Building Pictures, que tem como objetivo conhecer os profissionais, os projetos e as histórias por trás da arquitetura portuguesa contemporânea de referência. Com pouco mais de 10 milhões de habitantes, Portugal é um país muito instigante em relação a este campo profissional, e sua produção arquitetônica não faz jus à escala populacional ou territorial.

Na arquitetura, a relação com a vida é fundamental: entrevista com Gonçalo ByrneNa arquitetura, a relação com a vida é fundamental: entrevista com Gonçalo ByrneNa arquitetura, a relação com a vida é fundamental: entrevista com Gonçalo ByrneNa arquitetura, a relação com a vida é fundamental: entrevista com Gonçalo Byrne+ 16

Uma viagem pela arquitetura românica em Portugal: entrevista com spaceworkers

No País dos Arquitectos é um podcast criado por Sara Nunes, responsável também pela produtora de filmes de arquitetura Building Pictures, que tem como objetivo conhecer os profissionais, os projetos e as histórias por trás da arquitetura portuguesa contemporânea de referência. Com pouco mais de 10 milhões de habitantes, Portugal é um país muito instigante em relação a este campo profissional, e sua produção arquitetônica não faz jus à escala populacional ou territorial.

Neste episódio Sara conversa com Rui Dinis e Henrique Marques, do ateliê spaceworkers, sobre a Centro de Interpretação do Românico em Lousada. Ouça a entrevista completa e leia parte da transcrição da conversa, a seguir:

Uma viagem pela arquitetura românica em Portugal: entrevista com spaceworkersUma viagem pela arquitetura românica em Portugal: entrevista com spaceworkersUma viagem pela arquitetura românica em Portugal: entrevista com spaceworkersUma viagem pela arquitetura românica em Portugal: entrevista com spaceworkers+ 10

"As visualizações sempre começam com uma história": entrevista com a artista visual Ceren Arslan

Além de renderizações hiper-realistas e representações precisas de como são os projetos após serem concluídos, as visualizações se tornaram ferramentas para comunicar atmosferas e emoções retratadas pelos arquitetos. O uso de diferentes mídias, combinando composições arquitetônicas, arte, iluminação e muitas vezes música, gerou um novo gênero de narrativa arquitetônica que mistura realidade com imaginação. À medida que o mundo mergulha em NFTs e experimenta tecnologias de ponta para criar ambientes digitais, as visualizações podem em breve se tornar "a nova realidade".

O ArchDaily teve a oportunidade de conversar com a artista visual Ceren Arslan sobre expandir a prática de arquitetura, seu processo criativo, seu último projeto EXIT e o que o futuro guarda para visualizações arquitetônicas.

As visualizações sempre começam com uma história: entrevista com a artista visual Ceren ArslanAs visualizações sempre começam com uma história: entrevista com a artista visual Ceren ArslanAs visualizações sempre começam com uma história: entrevista com a artista visual Ceren ArslanAs visualizações sempre começam com uma história: entrevista com a artista visual Ceren Arslan+ 15

Mobilidade urbana e planejamento territorial: um problema de escala

Foto: Mauro Mora
Foto: Mauro Mora

Planejamento urbano é do interesse de todos, mas não é assunto para iniciantes. Por isso, o Arquicast convidou profissionais que contribuem diretamente para o campo através de muita pesquisa e experiência prática para uma conversa. Participam do podcast Roberto Ghidini, engenheiro, observador urbano, fundador da Sociedad Peatonal e doutor em Urbanismo pela UPM (universidade politécnica de Madri); e João Flávio Folly, arquiteto, mestre em Urbanismo pela UFF e doutorando em mobilidade e Urbanismo pelo PROURB/UFRJ.

Open House Lisboa 2022 propõe redescobrir a arquitetura invisível

No País dos Arquitectos é um podcast criado por Sara Nunes, responsável também pela produtora de filmes de arquitetura Building Pictures, que tem como objetivo conhecer os profissionais, os projetos e as histórias por trás da arquitetura portuguesa contemporânea de referência. Com pouco mais de 10 milhões de habitantes, Portugal é um país muito instigante em relação a este campo profissional, e sua produção arquitetônica não faz jus à escala populacional ou territorial.

Neste episódio Sara conversa com Sofia Couto e Sérgio Antunes, do escritório Aurora Arquitectos, responsáveis pelo Open House Lisboa 2022, que tem como tema "A Rebeldia do Invisível”. Ouça a entrevista completa e leia parte da transcrição da conversa, a seguir:

Open House Lisboa 2022 propõe redescobrir a arquitetura invisívelOpen House Lisboa 2022 propõe redescobrir a arquitetura invisívelOpen House Lisboa 2022 propõe redescobrir a arquitetura invisívelOpen House Lisboa 2022 propõe redescobrir a arquitetura invisível+ 7

Redesenhando o caminho para uma arquitetura neutra em carbono: entrevista com CO Adaptive Architecture

A crise climática reformulou a arquitetura contemporânea. A sustentabilidade se tornou uma força orientadora importante no projeto e, por sua vez, os arquitetos estão repensando como devem construir. Para o escritório CO Adaptive Architecture, abordar a crise climática começa com uma prática orientada a processos. Juntos, Ruth Mandl e Bobby Johnston criaram uma empresa que incorpora como uma abordagem baseada em valores pode abordar as questões mais urgentes de nosso tempo. O resultado é uma arquitetura elegante e impactante trazida à vida com equilíbrio e finesse.

Redesenhando o caminho para uma arquitetura neutra em carbono: entrevista com CO Adaptive ArchitectureRedesenhando o caminho para uma arquitetura neutra em carbono: entrevista com CO Adaptive ArchitectureRedesenhando o caminho para uma arquitetura neutra em carbono: entrevista com CO Adaptive ArchitectureRedesenhando o caminho para uma arquitetura neutra em carbono: entrevista com CO Adaptive Architecture+ 9

Arquitetura como roteiro: entrevista com Marcio Kogan

Não são poucos os cineastas formados em arquitetura, e nem os arquitetos apaixonados por cinema. No Betoneira Podcast, o arquiteto e cineasta Marcio Kogan conversou com os apresentadores Marcelo Barbosa e André Scarpa, arquitetos e cinéfilos, sobre os filmes que marcaram suas vidas e influenciaram suas arquiteturas.

"Sem uma história, não há razão para construir": entrevista com Daniel Libeskind

Museu Judaico de Berlim. Imagem © Hufton+Crow
Museu Judaico de Berlim. Imagem © Hufton+Crow

Daniel Libeskind (n. 1946, Lodz, Polônia) estudou arquitetura na Cooper Union em Nova York, graduou-se em 1970 e recebeu seu diploma de pós-graduação na Universidade de Essex, na Inglaterra, em 1972. Enquanto seguia a carreira de professor, ganhou o concurso internacional de 1989 para projetar o Museu Judaico em Berlim, antes mesmo de construir um único edifício. Ele então, mudou-se com sua família para lá estabelecendo um escritório com sua esposa Nina e dedicou a próxima década à conclusão do museu que abriu em 2001. O projeto levou a uma série de outras comissões de museus que exploraram noções como memória e história na arquitetura.

Sem uma história, não há razão para construir: entrevista com Daniel LibeskindSem uma história, não há razão para construir: entrevista com Daniel LibeskindSem uma história, não há razão para construir: entrevista com Daniel LibeskindSem uma história, não há razão para construir: entrevista com Daniel Libeskind+ 20

Escassez material e inclusão social: o Prêmio Pritzker de Francis Kéré

O arquiteto africano Diébédo Francis Kéré, conhecido mundialmente pelo trabalho pautado na visão social da arquitetura e na prática do projeto como instrumento de inclusão e transformação, foi o vencedor do Prêmio Pritzker deste ano. Para debater a premiação, as escolhas do júri e sua implicação para a cultura arquitetônica em geral, o Arquicast convidou Caio Dias e Bruno Sarmento.

Entendendo as contribuições de Ray Eames ao design

Na esteira do aniversário de 80 anos do Eames Office, data marcada por uma exposição e por sneakers inspirados em Ray, o diretor Eames Demetrios falou ao Metropolis sobre a matriarca que continua inspirando o design.

Entendendo as contribuições de Ray Eames ao designEntendendo as contribuições de Ray Eames ao designEntendendo as contribuições de Ray Eames ao designEntendendo as contribuições de Ray Eames ao design+ 12

Hospitalidade como ponto de partida para descobrir uma cidade: entrevista com Pedra Líquida

No País dos Arquitectos é um podcast criado por Sara Nunes, responsável também pela produtora de filmes de arquitetura Building Pictures, que tem como objetivo conhecer os profissionais, os projetos e as histórias por trás da arquitetura portuguesa contemporânea de referência. Com pouco mais de 10 milhões de habitantes, Portugal é um país muito instigante em relação a este campo profissional, e sua produção arquitetônica não faz jus à escala populacional ou territorial.

Neste episódio Sara conversa com Nuno Grande, do ateliê Pedra Líquida, sobre a Casa do Conto e o Hotel Tipografia do Conto. Ouça a entrevista completa e leia parte da transcrição da conversa, a seguir:

Hospitalidade como ponto de partida para descobrir uma cidade: entrevista com Pedra LíquidaHospitalidade como ponto de partida para descobrir uma cidade: entrevista com Pedra LíquidaHospitalidade como ponto de partida para descobrir uma cidade: entrevista com Pedra LíquidaHospitalidade como ponto de partida para descobrir uma cidade: entrevista com Pedra Líquida+ 20

A importância de projetar para diferentes públicos: entrevista com AND-RÉ

© Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

No País dos Arquitectos é um podcast criado por Sara Nunes, responsável também pela produtora de filmes de arquitetura Building Pictures, que tem como objetivo conhecer os profissionais, os projetos e as histórias por trás da arquitetura portuguesa contemporânea de referência. Com pouco mais de 10 milhões de habitantes, Portugal é um país muito instigante em relação a este campo profissional, e sua produção arquitetônica não faz jus à escala populacional ou territorial.

A importância de projetar para diferentes públicos: entrevista com AND-RÉA importância de projetar para diferentes públicos: entrevista com AND-RÉA importância de projetar para diferentes públicos: entrevista com AND-RÉA importância de projetar para diferentes públicos: entrevista com AND-RÉ+ 8