O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Entrevista

Entrevista: O mais recente de arquitetura e notícia

“A cidade é feita mais de homens do que de construções”: entrevista com Paulo Mendes da Rocha

07:00 - 14 Novembro, 2018
“A cidade é feita mais de homens do que de construções”: entrevista com Paulo Mendes da Rocha, © André Scarpa
© André Scarpa

Tendo recentemente completado 90 anos, Paulo Mendes da Rocha continua ativo no ofício da arquitetura e suas ideias seguem aguçadas.

Em entrevista ao El País, conduzida pelo jornalista Tom C. Avedaño, o arquiteto revisita algumas de suas obras, reflete sobre o objetivo da arquitetura e fala sobre "o dia em que tudo fez sentido."

"Criar problemas é muito mais divertido que resolvê-los": entrevista com Liz Diller e Ricardo Scofidio

10:00 - 20 Setembro, 2018
"Criar problemas é muito mais divertido que resolvê-los": entrevista com Liz Diller e Ricardo Scofidio, © Hufton + Crow
© Hufton + Crow

É tão revigorante ouvir algo como o que eu acabei de ouvir: “Procuramos fazer tudo de maneira diferente. Pensamos diferentemente. Podemos dizer que não fazemos parte de nenhum estilo ou grupo.” A seguir, apresentarei um resumo da minha recente conversa com Liz Diller e Ric Scofidio em seu movimentado escritório de Nova Iorque. Falamos sobre como a maioria dos arquitetos segue trabalhando segundo sistemas bastante convencionais, o que fazer para evitá-los e como reinventar-se a cada novo projeto. Na cidade de Nova Iorque encontram-se alguns dos projetos mais representativos desenvolvidos pela Scofidio + Renfro, como o popular High Line Park, a remodelação do Lincoln Center, o Columbia University Medical Center e o fantástico "The Shed", um museu totalmente dinâmico e aberto que está sendo construído no Hudson Yards para atender às crescentes demandas dos artistas contemporâneos, porque ninguém sabe (nem pretende definir) como será a arte no futuro.

Institute of Contemporary Art / Diller Scofidio + Renfro. Image © Iwan Baan Roy and Diana Vagelos Education Center / Diller Scofidio + Renfro. Image © Iwan Baan Zaryadye Park / Diller Scofidio + Renfro. Image © Maria Gonzalez The Broad Museum / Diller Scofidio + Renfro. Image © Iwan Baan + 39

Bjarke Ingels: "Nova Iorque não é a capital dos Estados Unidos. É a capital do mundo"

10:00 - 21 Agosto, 2018

Desde que se mudou para Nova Iorque em 2010, o fundador do BIG, Bjarke Ingels, construiu um portfólio impressionante, de projetos construídos como VIA 57 West e The Eleventh a propostas como West 29th Street e The Spiral.

Em uma recente entrevista com o Louisiana Channel, Ingels evita falar de projetos individuais e, em vez disso, reflete sobre sua visão de Nova Iorque, do multiculturalismo e desigualdade à regeneração e arranha-céus.

The Eleventh, BIG. Imagem © TheXI.com The High Line, James Corner Field Operations e Diller Scofidio + Renfro. Imagem © Iwan Baan VIA 57 West, BIG. Imagem © Nic Lehoux 2 World Trade Center, BIG. Imagem © DBOX, Courtesy of BIG + 21

Rem Koolhaas sobre identidade, conformismo e cidades digitais

10:00 - 23 Julho, 2018
Rem Koolhaas sobre identidade, conformismo e cidades digitais, De Rotterdam. Imagem © Richard John Seymour
De Rotterdam. Imagem © Richard John Seymour

Na medida em que cresce a influência de políticas baseadas em identidade, faz cada vez mais sentido examinar o efeito que ela têm na maneira como pensamos e projetamos nossas cidades. Em uma recente entrevista ao Washington Post, Rem Koolhaas discute essas mudanças - e como elas marcam uma evolução do conceito de cidade genérica introduzido por ele no livro S, M, L, XL.

Como os filmes de Bêka & Lemoine incorporam as emoções dos usuários da arquitetura

16:01 - 8 Junho, 2018

Celebrados por seu olhar único, vívido e íntimo sobre a arquitetura em seus filmes, Ila Bêka e Louise Lemoine romperam com a representação tradicional da arquitetura, optando por seguir pessoas que vivem dentro de edifícios, concentrando-se nelas em vez de registrar estruturas vazias. Em um recente vídeo, o Louisiana Channel entrevista o cineasta e arquiteto italiano Ila Bêka, que discute o ritmo da vida cotidiana nos projetos de arquitetura contemporânea e sua importância no desencadeamento de emoções.

Sentimos que o movimento dentro da arquitetura é muito importante para entender como a ela funciona.
– Ila Bêka

Juhani Pallasmaa: "Arquitetura é uma mediação entre o mundo e nossas mentes"

15:00 - 30 Maio, 2018

Juhani Pallasmaa Interview: Art and Architecture from Louisiana Channel on Vimeo.

Neste vídeo do Louisiana Channel, o arquiteto finlandês Juhani Pallasmaa expõe sua visão da importância da arte e da arquitetura. Para começar a entender essa relação, Pallasmaa enfatiza a importância da literatura e da autoconstrução, além do valor de compreender a história e a cultura de um lugar.

Entrevista com Daniel Libeskind sobre sua vida e trajetória na arquitetura

16:00 - 29 Maio, 2018
Entrevista com Daniel Libeskind sobre sua vida e trajetória na arquitetura , Masterplan do World Trade Center em Nova Iorque. Imagem © Joe Woolhead
Masterplan do World Trade Center em Nova Iorque. Imagem © Joe Woolhead

O Louisiana Channel publicou uma nova entrevista em vídeo com o aclamado arquiteto Daniel Libeskind, em que ele repassa a história por trás de sua carreira arquitetônica. Na entrevista, Libeskind fala sobre sua visão do campo e da profissão, fazendo comparações entre arquitetura e música, ao mesmo tempo em que reflete sobre a relação da produção arquitetônica com a legislação e as perspectivas otimistas inerentes à prática da arquitetura.

Na entrevista de 30 minutos, Libeskind revisita sua infância, as raízes de sua carreira, e reflete sobre seus projetos mais notáveis, incluindo o Museu Judaico em Berlim e o Masterplan do World Trade Center em Nova Iorque.

Anna Puigjaner: Por que devemos adotar a tipologia 'sem cozinhas"?

16:00 - 6 Abril, 2018
Cortesia de Anna Alba Yruela via Metropolis
Cortesia de Anna Alba Yruela via Metropolis

A arquiteta espanhola Anna Puigjaner comenta sobre sua tipologia de moradia "sem cozinha" em uma recente entrevista para a Metropolis Magazine como um dos Game Changers de 2018. Depois de receber fundos do Prêmio GSD Wheelwright de Harvard por sua polêmica proposição em 2016 (após a publicação de sua entrevista feita pelo ArchDaily), Puigjaner fala sobre o tempo em que passou viajando pelo mundo e visitando as diferentes culturas que compartilham sua ideia de cozinha comunitária e afirmou que os millennials estão mais inclinados a coabitar e compartilhar recursos.

A cozinha é a parte mais provocativa da casa. Foi utilizada como uma ferramenta política durante muito tempo, até o ponto em que hoje em dia não podemos aceitar viver sem uma cozinha. 

Moshe Safdie discute sua obra não construída e o significado da atemporalidade na arquitetura

15:00 - 24 Março, 2018

Embora Moshe Safdie possa ser mais conhecido por ousados projetos que compõe seu portfólio de obras construídas, o arquiteto considera sua obra não construída tão, se não mais, importante. Safdie reflete sobre o papel desses projetos no mais recente vídeo da série Time-Space-Existence da PLANE-SITE.

O belo e o feio na arquitetura: uma conversa entre Álvaro Siza e Souto de Moura

07:00 - 2 Março, 2018
O belo e o feio na arquitetura: uma conversa entre Álvaro Siza e Souto de Moura, © Paulo Pimenta. via Público.pt
© Paulo Pimenta. via Público.pt

Parceiros de trabalho e amigos há mais de quatro décadas, Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura somam dois Pritzkers e uma série de outros prêmios que atraem a admiração e o respeito de qualquer profissional da arquitetura. Em conversa mediada por Isabel Lucas e publicada no jornal português Público.pt, a dupla discute os primeiros momentos dessa longa parceria que, com o passar do tempo, se transmutou em cumplicidade que permite um desenhar sobre o croqui do outro num processo que os próprios chamam de "osmose".

Eduardo Souto de Moura: "Ser incompetente é uma forma de ser reacionário"

10:00 - 27 Fevereiro, 2018

Eduardo Souto de Moura, vencedor do Prêmio Pritzker de 2011, talvez seja, ao lado de Álvaro Siza, o arquiteto português influente da atualidade, com uma produção consistente marcada por obras que mostram impressionante atenção às especificidades locais.

Por ocasião da abertura da Casa da Arquitectura em Matosinhos, em novembro do ano passado, tivemos a oportunidade de conversar com o arquiteto sobre temas que cobriram desde um possível diálogo entre a arquitetura portuguesa e a brasileira, sua visão da arquitetura latino-americana e africana de hoje e a importância das maquetes em sua prática profissional.

Renzo Piano: "Criatividade só faz sentido quando compartilhada"

08:30 - 21 Janeiro, 2018

Se você perde a capacidade de criar emoções, então não funciona, não é suficiente.
- Renzo Piano

Neste minucioso vídeo biográfico do Louisiana Channel, Renzo Piano fala sobre suas influências, a importância de viajar, o prazer em desenhar, o verdadeiro significado da criatividade, quão estúpidos podem ser os computadores, como "a beleza pode transformar o mundo" e muito mais.

Renzo Piano: o prazer instintivo na leveza

07:00 - 13 Dezembro, 2017

"Leveza e transparência estão muito próximas. Você começa subtraindo algo e então você tira, tira, tira... E em um certo momento você tem que parar de tirar coisas, caso contrário, tudo desaba. Através disso, é possível encontrar uma espécie de beleza. É uma beleza profunda, não apenas uma maquiagem."

Neste vídeo de Luis Fernández-Galiano, o arquiteto italiano Renzo Piano fala sobre seu percurso para encontrar beleza na leveza e transparência. Este trecho é parte de um documentário e série de livretos da Fundación arquia, produzidos pela White Horse.

Paulo Mendes da Rocha: "O objeto da arquitetura é a realização da cidade"

09:00 - 12 Novembro, 2017
Paulo Mendes da Rocha: "O objeto da arquitetura é a realização da cidade", Sesc 24 de Maio. Image © FLAGRANTE
Sesc 24 de Maio. Image © FLAGRANTE

Em entrevista ao jornal Carta Capital, Paulo Mendes da Rocha fala sobre o recém-inaugurado Sesc 24 de Maio e sua visão da arquitetura, que "saiu do interesse do edifício como um fato isolado e deteve-se na questão da cidade." "O objeto da arquitetura, hoje, é a cidade, a realização da cidade. E aí entram conflitos incríveis."

Urbanismo tático, utopias e curadoria ativista: uma entrevista com Pedro Gadanho

10:00 - 2 Novembro, 2017
Urbanismo tático, utopias e curadoria ativista: uma entrevista com Pedro Gadanho , Exposição Utopia/Distopia. Image © Bruno Lopes
Exposição Utopia/Distopia. Image © Bruno Lopes

Apresentamos a seguir uma entrevista com o arquiteto e curador português, Pedro Gadanho, realizada pela arquiteta e pesquisadora Carol Farias. Na conversa, discutem temas como urbanismo tático, utopias e curadoria ativista, temas abordados em exposições realizadas pelo curador em Nova Iorque e Lisboa.

Frank Lloyd Wright confirma reputação de egocêntrico em entrevista aos 83 anos de idade

07:00 - 10 Outubro, 2017

No começo da minha carreira, tive que escolher entre a honesta arrogância e a humildade hipócrita. Eu escolhi a arrogância, e até hoje não encontrei nenhuma razão para mudar.

Frank Lloyd Wright é o maior nome da arquitetura nos Estados Unidos. As histórias à respeito de seu ego são tão difusas quanto o seu prolífico trabalho. Ver Frank Lloyd Wright aos 83 anos de idade não é uma aula de história comum. A entrevista foi transmitida pela NBC Chicago em 1958 e mostra Frank Lloyd Wright contando histórias para Hugh Downs sobre a sua educação, o início de sua carreira com Louis Sullivan, as inspirações para os projetos Taliesin e Taliesin West e as suas contribuições para a arquitetura (digamos que esta questão não precisa necessariamente de uma resposta tão humilde).

Eduardo Souto de Moura: "Cada vez tenho menos prazer na arquitetura que me pedem"

15:00 - 3 Agosto, 2017
Eduardo Souto de Moura: "Cada vez tenho menos prazer na arquitetura que me pedem", © Columbia GSAPP via VisualHunt /  CC BY
© Columbia GSAPP via VisualHunt / CC BY

Em entrevista ao jornal português Diário de Notícias, o Pritzker lusitano Eduardo Souto de Moura fala a Ana Sousa Dias sobre sua trajetória desde a escola de Belas Artes, seu trabalho ao lado de Noé Diniz e Álvaro Siza, até sua consolidada carreira internacional - que tem lhe rendido projetos, mas não prazer.

"Se tenho de fazer 30 projetos, há três que me dão gozo e 27 que não. Estou farto. Não me chateia discutir desde que o pressuposto seja inteligível. Mas neste momento só interessa o tempo e o dinheiro, até pode ficar feio. Politicamente, respeitar as eleições e economicamente ter grandes lucros", comentou Souto de Moura.

Christian de Portzamparc: “Ninguém além do arquiteto pode solucionar os problemas da cidade contemporânea"

07:00 - 19 Julho, 2017
Christian de Portzamparc: “Ninguém além do arquiteto pode solucionar os problemas da cidade contemporânea", Filarmônica de Luxemburgo, 2005. Image © Wade Zimmerman
Filarmônica de Luxemburgo, 2005. Image © Wade Zimmerman

Da ilustre lista de laureados do prêmio Pritzker, o vencedor de 1994, Christian de Portzamparc, talvez seja o menos coberto pela mídia. No entanto, esse reconhecimento aparentemente escasso desmente a compreensão sutil e perspicaz de questões arquitetônicas e urbanas que, em muitos aspectos, o coloca décadas à frente - com os princípios de base social que ele vem desenvolvendo desde o início dos anos 80, tornando-se agora amplamente populares nos círculos arquitetônicos . Nesta entrevista realizada por Vladimir Belogolovsky e publicada pelo ArchDaily, Portzamparc explica seu percurso profissional nas últimas décadas.

Após se desinteressar pela arquitetura, na década de 1960, Portzamparc, que na época vivia em Nova Iorque, preferiu trabalhar como garçom, uma ocupação que lhe renderia mais dinheiro que poderia ganhar como desenhista em um escritório e, além disso, lhe faria conhecer mais pessoas. "Meu interesse pela arquitetura foi retomado através de meu interesse em política e sociologia, a preocupação com as pessoas que não estavam felizes em seus bairros lotados e apartamentos claustrofóbicos. E nunca deixei de perceber o espaço como meio artístico. Compreendi que ninguém além do arquiteto poderia solucionar os problemas da cidade contemporânea."