Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Ella Comberg

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Fazenda orgânica em Cuchi, Vietnã, promoverá agricultura orgânica de ciclo fechado

19:00 - 29 Agosto, 2018
Fazenda orgânica em Cuchi, Vietnã, promoverá agricultura orgânica de ciclo fechado, Cortesia de Integrated Field Architects
Cortesia de Integrated Field Architects

Um projeto em andamento do escritório de arquitetura tailandês Integrated Field (IF) trará as virtudes da agricultura orgânica de ciclo fechado para o público. O chamado Plano Diretor de Agricultura Orgânica de Cuchi envolve a reutilização de uma plantação de seringueiras desativada em Cuchi, no Vietnã, como uma “fazenda de produção de alimentos orgânicos” com “ração animal, gado, frutas e vegetação na operação de ciclo fechado”.

Cortesia de Integrated Field Architects Cortesia de Integrated Field Architects Cortesia de Integrated Field Architects Cortesia de Integrated Field Architects + 23

Como o Parc de la Villette influenciou a maneira como projetamos nossos parques no século XXI

10:00 - 23 Agosto, 2018
Como o Parc de la Villette influenciou a maneira como projetamos nossos parques no século XXI,  © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/50/LaVillette100911.jpg'> Creative Commons User Jean-Marie Hullot</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by/3.0/deed.en/'>CC BY 3.0</a>
© Creative Commons User Jean-Marie Hullot licensed under CC BY 3.0

 © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/6f/Do_pedalar_e_da_ciência.jpg'> Creative Commons User Alix Ferreira</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/'>CC BY-SA 4.0</a>  © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f6/Parc_de_La_Villette_%40_Paris_%2828926264776%29.jpg'> Creative Commons User Guilhem Vellut</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>  © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d2/Folie_N8_%40_La_Villette_%40_Paris_%2833893431256%29.jpg'> Creative Commons User Guilhem Vellut</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a>  © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b4/Canal_%40_La_Villette_%40_Paris_%2833091237904%29.jpg'> Creative Commons User Guilhem Vellut</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a> + 11

Como seria um tradicional parque parisiense para você? Para muitos, só existe uma imagem capaz retratar com exatidão a essência deste espaço: A Sunday Afternoon on the Island of La Grande Jatte, de Georges Seurat. A famosa pintura retrata a burguesia desfrutando de um oásis natural, uma ilha verde em meio a uma cidade industrializada.

Universidade de Hong Kong oferece curso online gratuito sobre arquitetura vernacular asiática

07:00 - 4 Agosto, 2018
Universidade de Hong Kong oferece curso online gratuito sobre arquitetura vernacular asiática, Santuário de Ise em Osaka, Japão. Imagem © Flickr User Tetsuya Yamamoto
Santuário de Ise em Osaka, Japão. Imagem © Flickr User Tetsuya Yamamoto

Um novo curso on-line oferecido pela Universidade de Hong Kong (UHK) através da plataforma de compartilhamento de conhecimento edX examinará a relação entre a cultura asiática e a arquitetura vernacular daquele continente. Livre e aberto a qualquer pessoa, o curso introdutório intitulado “Interpretando a arquitetura vernacular na Ásia” tem um objetivo inclusivo: tornar o mundo da arte e da história da arquitetura, muitas vezes alienante, acessível ao público em geral.

25 Exemplos de habitações vernaculares ao redor do mundo

12:00 - 31 Julho, 2018
25 Exemplos de habitações vernaculares ao redor do mundo, © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/2d/Pfahlbaumuseum_Unteruhldingen_amk.jpg'>Creative Commons user AngMoKio </a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/'>CC BY-SA 3.0</a>
© Creative Commons user AngMoKio licensed under CC BY-SA 3.0

De que forma as pessoas vivem ao redor do mundo? Parece evidente que a maioria das arquiteturas residenciais não é tão focada na estética quanto as casas minimalistas que cobrem as páginas de revistas de projeto (e, reconhecidamente, sites como este). Por mais divertido que seja olhar para esses projetos, elas não são representativas de como as casas se parecem geralmente. A maioria das pessoas vive em estruturas construídas no estilo vernacular de sua região, ou seja, o estilo tradicional que evoluiu de acordo com o clima ou a cultura da região. Embora definições estritas de arquitetura vernacular residencial frequentemente excluam edifícios construídos por arquitetos profissionais, para muitas pessoas o termo chegou a abranger qualquer tipo de casa que seja considerada média, típica ou característica de uma região ou cidade. Confira nossa lista abaixo para ampliar seu léxico de arquiteturas residenciais:

© <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/5e/Iglu_1999-04-02.jpg'>Creative Commons user Ansgar Walk</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by/2.5/'>CC BY-SA 2.5</a> © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/e/e1/Wohnsiedlung-Wassertorplatz-Bergfriedstr-Berlin-Kreuzberg-Okt-2016.jpg'>Creative Commons user Gunnar Klack</a> licensed under <a href=https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/'>CC BY-SA 4.0</a> © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/18/Bay-and-gable_2.JPG'>Creative Commons user SimonP</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/'>CC BY-SA 3.0</a> © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/09/Swiss_chalet.jpg'>Creative Commons user Cristo Vlahos</a> licensed under <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/'>CC BY-SA 3.0</a> + 26

Como a construção civil está usando drones para melhorar o canteiro de obras

16:00 - 26 Julho, 2018
Como a construção civil está usando drones para melhorar o canteiro de obras

Nos canteiros de obras, drones estão sendo usados para fazer o que humanos não podem. Já publicamos matérias sobre drones usados para assentar tijolos, seus impactos (para melhor e pior) no ambiente urbano e como essa tecnologia pode ajudar a melhorar a precisão das visualizações digitais. No entanto, a CNBC recentemente publicou um artigo sobre o uso de drones para fotografias aéreas de canteiros de obras, permitindo alcançar ângulos e posições difíceis para fotógrafos humanos - um uso inovador que fez aumentar visivelmente a venda de drones. Segundo o artigo, "o uso de drones na construção tem aumentado na taxa de 239% ano após ano."

Atelier Bow-Wow projeta palco para festival de música e arte na Bélgica

16:00 - 8 Julho, 2018
Atelier Bow-Wow projeta palco para festival de música e arte na Bélgica, Horst Castle. Imagem © <a href='https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/9c/Kasteel_van_Horst_-_Sint_Pieters_Rode_-_Belgica.jpg'>Francisco Conde Sánchez</a> licença <a href=’https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.en/'>CC BY-SA 3.0</a>
Horst Castle. Imagem © Francisco Conde Sánchez licença CC BY-SA 3.0

Kasteel van Horst, um castelo do século XVII na zona rural da Bélgica, e o festival de música que ele abriga todos os anos fazem uma combinação improvável. Mas nos últimos quatro anos, o Horst Music and Art Festival que acontece no castelo nos arredores de Leuven tem reunido artistas, músicos, arquitetos e designers internacionais para um fim de semana de celebração criativa. Para a quinta edição do festival deste ano, o Atelier Bow-Wow, de Tóquio, se unirá aos demais participantes.

Cortesia de Atelier Bow-Wow Cortesia de Atelier Bow-Wow Cortesia de Atelier Bow-Wow Cortesia de Atelier Bow-Wow + 15

A obra de Victor Horta, arquiteto do Art Nouveau

12:00 - 4 Julho, 2018
© Henry Townsend
© Henry Townsend

Situado ao longo de Bruxelas, a arquitetura de Victor Horta varia do inócuo ao vanguardista. Enquanto muitos de seus edifícios foram concluídos no estilo tradicional do Beaux Arts, são os trabalhos Art Nouveau de Horta - a maioria deles construídos como residências para a elite belga - que são os mais destacados. Emergindo da tradição das artes decorativas e, de certa forma, antecipando a próxima investida do modernismo, os edifícios Art Nouveau de Horta foram erguidos durante uma década fugaz: aproximadamente de 1893 a 1903.

© <a href=‘https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Fachada_Casa_Estudio_V%C3%ADctor_Horta.jpg#/media/File:Fachada_Casa_Estudio_V%C3%ADctor_Horta.jpg'>Creative Commons user estebanhistoria</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/'>CC BY-SA 3.0</a>  © <a href=‘https://www.flickr.com/photos/martinehrenhauser/8085701304'>Flickr user Martin Ehrenhauser </a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/'>CC BY 2.0</a> © <a href=‘https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/8d/Belgique_-_Bruxelles_-_Maison_Horta_-_02.jpg'>Creative Commons user EmDee</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.en'>CC BY-SA 4.0</a>  © <a href=‘https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Belgique_-_Bruxelles_-_H%C3%B4tel_Van_Eetvelde_-_18.jpg'>Creative Commons user EmDee</a> licensed under <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/deed.en'>CC BY-SA 4.0</a> + 19

Croquis de Léon Krier, um tipo diferente de desenho de arquitetura

15:00 - 1 Julho, 2018
Croquis de Léon Krier, um tipo diferente de desenho de arquitetura , Cortesia de MIT Press
Cortesia de MIT Press

Quanto Louis Sullivan iniciou a era dos arranha-céus, na virada do século XX, o edifício vertical - com suas vistas e elevadores - estava na vanguarda da arquitetura. Já nos anos 1950, com o espraiamento da malha urbana em subúrbios residências, os centros adensados passaram a se esvaziar. A partir dos anos 80, tanto os edifícios verticalizados dos centros quanto os subúrbios espraiados passaram a ser vistos, cada um à sua maneira, como opressores.

Começara ali o Novo Urbanismo. Divulgado vigorosamente pelo arquiteto Léon Krier, as ideias se pautam no retorno à cidade tradicional europeia, por sua vez, conjurando imagens de uma arquitetura adensada de pequena escala e ruas caminháveis. Os frutos dessas ideias são visíveis em algumas cidades neo-tradicionais como por exemplo Seaside Florida nos Estados Unidos ou Poundbury na Inglaterra.

Cortesia de MIT Press Cortesia de MIT Press Cortesia de MIT Press Cortesia de MIT Press + 23

"Biodomos" nas montanhas dos Emirados Árabes buscam promover o ecoturismo

16:00 - 23 Junho, 2018
"Biodomos" nas montanhas dos Emirados Árabes buscam promover o ecoturismo, Cortesia de Baharash Architecture
Cortesia de Baharash Architecture

O edifício mais alto do mundo, o Burj Khalifa, possui 828 metros de altura e está no coração do centro urbano de Dubai, região em constante crescimento. Mas apenas algumas horas a leste da metrópole, um tipo diferente de monumento está atraindo turistas para os Emirados Árabes Unidos (EAU): as Montanhas Al Hajar. Com o seu pico a 3.008 metros, a elegância natural da cordilheira rivaliza com as conquistas arquitetônicas do país. O Biodomes Wildlife Conservation Center, um projeto da Baharash Architecture para o Eco Resort Group dos EAU, visa celebrar a cordilheira a partir de um paradigma de ecoturismo.

Cortesia de Baharash Architecture Cortesia de Baharash Architecture Cortesia de Baharash Architecture Cortesia de Baharash Architecture + 10

John Portman & Associates vence concurso para torre em Wuxi, China

19:00 - 21 Junho, 2018
Cortesia de John Portman & Associates
Cortesia de John Portman & Associates

Mesmo após a morte do arquiteto John Portman em janeiro, o escritório continua seu legado de arquitetura hoteleira inovadora e elegante. Na segunda-feira, a firma de Atlanta e Xangai anunciou que havia sido escolhida para projetar uma nova torre residencial e hoteleira em Xi Shui, China. O projeto de Portman & Associates, apelidado de “Greenland Wuxi 200”, venceu as inscrições internacionais para um concurso de projeto oferecido pelo empreendedor Greenland Hong Kong Wuxi.

7 Lições do Novo Guia de Projeto de Habitação Acessível de Nova Iorque

12:00 - 20 Junho, 2018
7 Lições do Novo Guia de Projeto de Habitação Acessível de Nova Iorque, A Broadway Housing, em Santa Monica, de Kevin Daly, foi identificada pelo relatório como um estudo de caso por sua circulação. Image © Iwan Baan
A Broadway Housing, em Santa Monica, de Kevin Daly, foi identificada pelo relatório como um estudo de caso por sua circulação. Image © Iwan Baan

Quando pensamos em projetos de habitação social nos Estados Unidos, muitas vezes pensamos em caixas: grandes edifícios de tijolos, sem muito caráter estético. Mas as implicações dos arranha-céus padronizados e reluzentes podem ser muito mais do que estéticos para as pessoas que vivem lá. O geógrafo Rashad Shabazz, por exemplo, lembra em seu livro Spatializing Blackness, como o projeto habitacional em Chicago, onde cresceu - repleto de grades, vigilância por vídeo e detectores de metal - parecia mais uma prisão do que uma casa. Relatos de isolamento, confinamento e manutenção inadequada são ecoados por residentes de habitações públicas em todo o país.

Mas a habitação pública americana não precisa ser desolada. Um novo conjunto de padrões de projeto da Comissão de projeto Público de Nova Iorque (PDC) - em colaboração com a Federação de Belas Artes de Nova Iorque e o Instituto Americano de Arquitetos de Nova Iorque - espera virar uma nova página na arquitetura habitacional acessível.

Step Up on Fifth, em Santa Mônica, da Brooks + Scarpa, foi identificado pelo relatório como um estudo de caso por suas janelas e portas. Cortesia de Brooks + Scarpa O empreendimento Navy Green no Brooklyn foi um estudo de caso fundamental no relatório. Aqui, a habitação de apoio, projetada por Architecture in Formation e Curtis + Ginsburg. Imagem © Tom Powel Imaging Os apartamentos Tetris em Ljubljana, por OFIS Arhitekti, foram identificados pelo relatório como um estudo de caso por sua concentração. Imagem Cortesia de OFIS Arhitekti Creston Avenue Residence no Bronx. Cortesia de MAP Architects + 16

Odile Decq sobre a importância da ousadia e por que a "arquitetura ainda é uma luta"

10:00 - 16 Junho, 2018

No último episódio da série de vídeos do PLANE — SITE, Time-Space-Existence, a arquiteta francesa Odile Decq aconselha jovens arquitetos: sejam ousados. “Se você quer construir e criar o novo século, é preciso pessoas que tenham personalidades específicas. Adoro quando as pessoas se expressam com muita força e clareza."

MACRO Contemporary Art Museum. Imagem © Roland Halbe Phantom - Opera Garnier Restaurant. Imagem © Roland Halbe The Cargo. Imagem © Roland Halbe MACRO Contemporary Art Museum. Imagem © Roland Halbe + 22

Ponte flutuante de madeira poderá conectar o Brooklyn a Long Island, em Nova Iorque

16:00 - 15 Junho, 2018
Ponte flutuante de madeira poderá conectar o Brooklyn a Long Island, em Nova Iorque, Cortesia de CRÈME Architecture and Design
Cortesia de CRÈME Architecture and Design

A partir do Manhattan Avenue Park, no bairro de Greenpoint, no Brooklyn, é possível apreciar perfeitamente o skyline de Long Island City do outro lado do rio. Este bairro histórico da cidade de Nova Iorque, maioritariamente constituído por casas geminadas e galpões industriais, está se transformando rapidamente. Por outro lado, na margem oposta do rio, em Long Island City, centenas de arranha-céus, galerias de arte e estúdios ocupam a orla do East River. Ainda que o Greenpoint e o Long Island estejam frente à frente, o Long Island pode parecer um mundo completamente diferente a partir do Greenpoint. Isso se deve em grande parte ao fato de que apenas uma ponte faz a conexão entre estes dois bairros vizinhos - priorizando apenas os veículos motorizados ao invés de pedestres e ciclistas. Não poderia haver um outro caminho possível? O Arquiteto Jun Aizaki acredita que sim. Nos últimos anos, ele e sua equipe da CRÈME Architecture and Design têm trabalhado no projeto apelidado de “Ponte de Madeira do Longpoint Corridor”.

Cortesia de CRÈME Architecture and Design Cortesia de CRÈME Architecture and Design Cortesia de CRÈME Architecture and Design Cortesia de CRÈME Architecture and Design + 8

WORKac projeta uma cobertura "invisível" em edifício centenário

19:00 - 12 Junho, 2018
WORKac projeta uma cobertura "invisível" em edifício centenário, © Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

À primeira vista, o Stealth Building parece um prédio de apartamentos de ferro fundido primorosamente restaurado. Isso é porque, tecnicamente, é o que ele é. Mas, após uma observação mais minuciosa, o edifício de Lower Manhattan é repleto de práticas inovadoras de restauração e renovação da WORKac.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 23

AIA anuncia os melhores projetos de pequena escala de 2018

19:00 - 9 Junho, 2018
AIA anuncia os melhores projetos de pequena escala de 2018,  Rear Window House / Edward Ogosta Architecture. Image © Steve King
Rear Window House / Edward Ogosta Architecture. Image © Steve King

O Instituto Americano de Arquitetos (AIA) selecionou onze beneficiários no 2018 Small Projects Awards. Estabelecido há quinze anos pela Small Project Practitioners, do AIA, o programa “reconhece praticantes de pequenos projetos pela alta qualidade de seu trabalho” e “visa conscientizar sobre o valor e a excelência de projeto que os arquitetos podem trazer para os projetos, independentemente de seu tamanho ou escopo."

Grand Lake Pool House /  Allford Hall Monaghan Morris. Image © Timothy Soar  Rear Window House / Edward Ogosta Architecture. Image © Steve King Rosewood Park Beach Improvements / Woodhouse Tinucci Architects. Image © Bill Timmerman Shadow Play / Howeler + Yoon Architecture, LLP. Image © Matt Winquist + 23

A obra frequentemente esquecida de Denise Scott Brown

12:00 - 7 Junho, 2018
A obra frequentemente esquecida de Denise Scott Brown, Cortesia de Robert Venturi
Cortesia de Robert Venturi

Há algo irresistível no romance arquitetônico de Robert Venturi e Denise Scott Brown. Eles se conheceram quando ambos eram jovens professores da Universidade da Pensilvânia; Scott Brown realizava seminários em planejamento urbano e Venturi dava palestras sobre teoria da arquitetura. Como diz a história, Scott Brown argumentou em sua primeira reunião do corpo docente que a magistral biblioteca gótica veneziana de Frank Furness não deveria ser demolida para se construir uma praça (então uma opinião dissidente). Venturi se aproximou dela após a reunião, oferecendo seu apoio. Como Paul Goldberger escreveu sobre o casal em 1971, “à medida que seus pontos de vista estéticos se aproximavam cada vez mais, o mesmo acontecia com os seus sentimentos.” Nós, amantes da arquitetura, não podemos fazer nada a não ser esse casal de arquitetos.

Aeroporto Tempelhof de Berlim: redenção através do reuso adaptativo

10:00 - 3 Junho, 2018
Aeroporto Tempelhof de Berlim: redenção através do reuso adaptativo, © Danica O. Kus
© Danica O. Kus

A história do Aeroporto Tempelhof de Berlim parece que nunca terá um fim.

Localizado ao sul do tradicional bairro de Kreuzberg e a apenas quinze minutos de bicicleta do centro da cidade, o antigo complexo nazista - contando o terminal, os hangares e seu enorme campo de pouso - ocupa uma área de mais de 400 hectares em um área em pleno desenvolvimento imobiliário da capital alemã. Se estivéssemos em qualquer outra metrópole, esta "mina de ouro" urbana teria sido arrebatada rapidamente há alguns anos, mas, se tratando de Berlim, a apropriação criativa desta histórica estrutra prevaleceu sobre as narrativas de desenvolvimento urbano mais convencionais.

© Danica O. Kus © Danica O. Kus © Danica O. Kus © Danica O. Kus + 24

Clássicos da Arquitetura: Galeria de Arte da Universidade de Yale / Louis Kahn

12:00 - 28 Maio, 2018
Clássicos da Arquitetura: Galeria de Arte da Universidade de Yale / Louis Kahn, © Samuel Ludwig
© Samuel Ludwig

A Escola de Arquitetura da Universidade de Yale estava em meio a uma revolução pedagógica quando Louis Kahn ingressou em 1947. Com o arquiteto de arranha-céus George Howe como reitor e modernistas como Kahn, Philip Johnson e Josef Albers como palestrantes, os anos do pós-guerra em Yale foram para longe da linhagem das Beaux-Arts da escola em direção à vanguarda. E assim, quando a consolidação dos departamentos de arte, arquitetura e história da arte da universidade exigiu em 1950 um novo edifício, uma estrutura modernista foi a escolha natural para concretizar uma partida instrucional e estilística do historicismo. [1] Concluído em 1953, o edifício da Galeria de Arte da Universidade de Yale, de Louis Kahn, forneceria espaços flexíveis para galerias, salas de aula e escritórios para a escola; ao mesmo tempo, a primeira comissão significativa de Kahn sinalizou um avanço em sua própria carreira arquitetônica - uma carreira agora entre as mais celebradas da segunda metade do século XX.

© Samuel Ludwig © Samuel Ludwig © Samuel Ludwig © Samuel Ludwig + 16