Ampliar imagem | Tamanho original
Quanto Louis Sullivan iniciou a era dos arranha-céus, na virada do século XX, o edifício vertical - com suas vistas e elevadores - estava na vanguarda da arquitetura. Já nos anos 1950, com o espraiamento da malha urbana em subúrbios residências, os centros adensados passaram a se esvaziar. A partir dos anos 80, tanto os edifícios verticalizados dos centros quanto os subúrbios espraiados passaram a ser vistos, cada um à sua maneira, como opressores.  Começara ali o Novo Urbanismo. Divulgado vigorosamente pelo arquiteto Léon Krier, as ideias se pautam no retorno à cidade tradicional europeia, por sua vez, conjurando imagens de uma arquitetura adensada de pequena escala e ruas caminháveis. Os frutos dessas ideias são visíveis em algumas cidades neo-tradicionais como por exemplo Seaside Florida nos Estados Unidos ou Poundbury na Inglaterra.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar