Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Plane—Site

Plane—Site: O mais recente de arquitetura e notícia

“Trabalhar com diferentes escalas é a maior sabedoria de um arquiteto”: entrevista com Ricardo Bofill

Em sua recente entrevista para a série Time Space Existence, a Plane-Site, com o apoio do Centro Cultural Europeu, entrevistou o arquiteto espanhol Ricardo Bofill. A série de entrevistas será exibida na próxima bienal de Arquitetura de Veneza, nos dias 21 e 22 de maio de 2020.

Arquitetos propõem reaproveitar tanques industriais na orla de Nova Iorque

Cortesia de STUDIO V Architecture e Ken Smith Workshop Cortesia de STUDIO V Architecture e Ken Smith Workshop Cortesia de STUDIO V Architecture e Ken Smith Workshop Cortesia de STUDIO V Architecture e Ken Smith Workshop + 27

Em Nova Iorque, ativistas e profissionais têm trabalhado por muitos anos para tentar salvar 10 tanques industrias desativados da demolição, propondo o uso alternativo dessas estruturas. Em parceria com o STUDIO V, o escritório de arquitetura e paisagismo Ken Smith Workshop criou uma proposta inventiva que reimagina essas relíquias industriais como um parque do século XXI, uma novidade na definição e configuração tradicional dos espaços públicos.

Aerial Futures explora o futuro da mobilidade urbana aérea

Os avanços na tecnologia mudaram a forma como as pessoas trabalham e se deslocam em cidades congestionadas. Como o espaço livre nessas áreas urbanas tornou-se escasso, as pessoas mudaram sua perspectiva e agora olham para o céu buscando novos meios de mobilidade, transportando seus produtos através de drones ou "táxis" aéreos.

Construindo imagens: como as redes sociais estão mudando a arquitetura contemporânea

Antes das redes sociais surgirem, edifícios eram publicados em revistas, editados e refinados segundo as preferências dos arquitetos que os projetaram. Hoje, as revistas foram ofuscadas por novas plataformas muito mais influentes e que não estão no controle dos arquitetos. A comunicação digital transformou o modo como as pessoas veem e interagem com a arquitetura, oferecendo aos profissionais novos pontos de vista sobre como projetar seus edifícios.

A PLANE—SITE, uma agência global dedicada a estudos relacionados aos espaços sociais e cultura urbana, produziu um vídeo que analisa o impacto das redes sociais nos escritórios de arquitetura. Intitulado Building Images, o vídeo mostra as opiniões de profissionais do OMA/AMO e UNStudio, dois escritórios com abordagens muito distintas em relação às redes sociais, que explicam como estas novas plataformas os têm ajudado a compreender seus projetos de modos nunca antes possíveis.

Aerial Futures explora as possibilidades cívicas dos aeroportos para drones na África

Um novo vídeo da AERIAL FUTURES explora o potencial dos aeroportos de drone na África Oriental e no hemisfério sul do globo. A Fundação Norman Foster foi um dos primeiros grupos a propor a criação de uma rede de droneports para fornecer suprimentos médicos e outras necessidades a regiões africanas de difícil acesso devido à falta de estradas ou outras infraestruturas. O projeto busca construir estes aeroportos de drone em pequenas cidades na África e em outras economias emergentes até 2030.

Aerial Futures explora as possibilidades cívicas dos aeroportos para drones na África AERIAL FUTURES: Lake Victoria Challenge. Cortesia de AERIAL FUTURES AERIAL FUTURES: Lake Victoria Challenge. Cortesia de AERIAL FUTURES AERIAL FUTURES: Lake Victoria Challenge. Cortesia de AERIAL FUTURES + 7

Aerial Futures explora viagem espacial para fins comerciais em Houston

Um novo vídeo da AERIAL FUTURES explora o voo espacial para fins comerciais pelo Aeroporto Espacial de Houston. O vídeo foi produzido como parte de uma iniciativa de pesquisa mais ampla, reunindo importantes pensadores, profissionais e operadores para imaginar o potencial aberto pelos "aeroportos espaciais". O vídeo explora esse como uma nova tipologia arquitetônica, e pergunta que tipo de impacto um aeroporto espacial provavelmente terá sobre a cidade e sua população.

Aeroporto Espacial de Houston. Imagem Cortesia de Houston Airport System Aeroporto Espacial de Houston. Imagem Cortesia de Houston Airport System Próxima Fronteira. Imagem Cortesia de AERIAL FUTURES Aeroporto Espacial de Houston. Imagem Cortesia de Houston Airport System + 8

Exposição "Lightbox" na Bienal de Veneza explora as qualidades da iluminação na arquitetura

A exposição Time Space, promovida pelo Centro Europeu de Cultura durante a Bienal de Veneza, apresenta um curta-metragem sobre as qualidades espaciais da luz no projeto arquitetônico, material ou metaforicamente.

Essa colaboração entre o arquiteto e professor Jorge L. Hernández e o fotógrafo Carlos Domenech explora a solução projetual encontrada pelo primeiro para o tribunal de Williamsburg, nos EUA, uma proposta fortemente embasada na iluminação. Confrontando as questões de segurança e privacidade do pogama com a necessidade de luz natural, Hernández propôs uma nova cúpula como uma torre vernacular para iluminação. A luz, que banha o tribunal de cima, transforma o espaço outrora monótono em uma “alegoria da justiça”.

Odile Decq sobre a importância da ousadia e por que a "arquitetura ainda é uma luta"

No último episódio da série de vídeos do PLANE — SITE, Time-Space-Existence, a arquiteta francesa Odile Decq aconselha jovens arquitetos: sejam ousados. “Se você quer construir e criar o novo século, é preciso pessoas que tenham personalidades específicas. Adoro quando as pessoas se expressam com muita força e clareza."

MACRO Contemporary Art Museum. Imagem © Roland Halbe Phantom - Opera Garnier Restaurant. Imagem © Roland Halbe The Cargo. Imagem © Roland Halbe MACRO Contemporary Art Museum. Imagem © Roland Halbe + 22

Toshiko Mori busca um diálogo que transcende tempo e espaço

Dando sequência à série de vídeos Time-Space-Existence que antecedem a Bienal de Veneza deste ano, o PLANE-SITE publicou uma nova conversa com a arquiteta e ex-diretora de arquitetura da Harvard GSD, Toshiko Mori. Cada vídeo destaca as ideias que impulsionam o trabalho desses conhecidos designers e arquitetos, com esse episódio focando na filosofia de comunicação visual de Mori, seu diálogo com a história e as considerações do futuro em seu trabalho.

Cortesia de Tashiko Mori Architect © Paul Warchol © Hiroshi Abe © Iwan Baan + 15

Como a arte pode se apropriar da arquitetura para extrapolar o espaço da galeria

No mais recente vídeo da série Time-Space-Existence, o PLANE — SITE apresenta o aclamado artista conceitual Lawrence Weiner e suas ideias sobre a relação entre pessoas e objetos, linguagem como gesto, e como tornar a arte acessível ao público. Lawrence Weiner é conhecido por sua arte tipográfica aplicada a elementos do ambiente construído e descreve como a própria arquitetura pode se tornar um espaço alternativo para a arte contemporânea.

Rose F. Kennedy Greenway Mural, Boston 2015. Imagem © Geoff Hargadon Rocca Albornoziana, Spoleto, Itália1996. Imagem © Aurelio Amendola Galeria Alfonso Artiaco, Nápoles, 2016. Imagem © Luciano Romano Milwaukee Art Museum, 2017. Imagem © John Magnoski + 8

Daniel Libeskind fala sobre a poética da memória e o tempo na arquitetura

No mais recente vídeo do PLANE-SITE da série Time-Space-Existence, Daniel Libeskind descreve seu trabalho em relação à citação de Shakespeare de que "o tempo está fora do comum". Tecendo a partir de sua filosofia sobre tempo, memória e arquitetura, Libeskind discute seus trabalhos seminais como o Museu Judaico de Berlim e o masterplan do Marco Zero. Essas ideias serão transferidas para seu novo projeto chamado Facing Gaia, uma escultura arquitetônica localizada em Giardini Marinaressa, que explora as conexões entre clima, tempo, espaço e existência.

Monumento Nacional do Holocausto. Imagem © Doublespace Croqui de Facing Gaia. Imagem © Studio Libeskind Mons International Cogress Xperience. Imagem © Georges de Kinder Museu de Arte Moderna Vilnius. Imagem © Studio Libeskind + 12

Moshe Safdie discute sua obra não construída e o significado da atemporalidade na arquitetura

Embora Moshe Safdie possa ser mais conhecido por ousados projetos que compõe seu portfólio de obras construídas, o arquiteto considera sua obra não construída tão, se não mais, importante. Safdie reflete sobre o papel desses projetos no mais recente vídeo da série Time-Space-Existence da PLANE-SITE.

Fumihiko Maki: a importância do projetar consciente na arquitetura

Conheça um pouco da obra e da mente de Fumihiko Maki com o mais recente vídeo da série Time-Space-Existence, produzido pela PLANE—SITE. Cada vídeo foca em diferentes princípios que norteiam a produção de renomados arquitetos. Maki é conhecido por suas experimentações com materiais e por buscar a fusão das culturais oriental e ocidental.

4 World Trade Center. Imagem © Tectonic MIT Media Lab. Imagem © Anton Grassl Spiral. Imagem © Toshiharu Kitajima Spiral. Imagem © Toshiharu Kitajima + 17

Richard Meier fala sobre cor na arquitetura e seus edifícios monocromáticos

Conheça um pouco mais sobre Richard Meier com o mais recente vídeo da série Time-Space-Existence, produzido pela PLANE-SITE. A série foca nos princípios por trás da produção de cada arquitetura apresentado. Conhecido por seus edifícios brancos e geométricos, Meier fala sobre o contexto na arquitetura, atemporalidade, cor e seus edifícios monocromáticos.

Kengo Kuma explica como sua prática foi influenciada pela crise financeira

O renomado arquiteto japonês Kengo Kuma tem sua visão e prática apresentadas no mais recente vídeo da série Time-Space-Existence da PLANE-SITE, que explora o funcionamento interno de seu escritório em Tóquio e como a crise financeira japonesa do início da década de 1990 influenciou sua vida profissional. No vídeo, Kuma discute a ethos de trabalhar lentamente e com cuidado para alcançar a felicidade dentro da arquitetura e enfatiza a importância de sentir a energia do lugar e se envolver com o meio ambiente para entender realmente as possibilidades de um novo projeto.

© Mitsumasa Fujitsuka © Mitsumasa Fujitsuka © Mitsumasa Fujitsuka © Takeshi YAMAGISHI + 12

Como as salas de concerto contemporâneas operam como catalisadoras de transformações urbanas

Na série de vídeos desenvolvidos para o World Architecture Festival em novembro de 2017, o PLANE-SITE apresenta uma imersão nos projetos das salas de concertos contemporâneas. Os quatro vídeos realizados destacam os principais elementos da arquitetura contemporânea dos espaços musicais através de um painel multimídia interativo. Como exemplo, são apresentados os projetos do Harpa Concert Hall em Reykjavik, o Fórum Nacional da Música em Wroclaw e a Filarmônica de Paris. Os vídeos revelam que as salas de concertos contemporâneas nunca foram tão tecnológicas e multifuncionais como nos dias de hoje, e que a arquitetura tem proporcionado uma transformação efetiva das experiências musicais.

Esta série de vídeos serviu como ponto de partida para um debate aberto entre o público da WAF e seus palestrantes, moderado por Andres Ramirez do PLANE-SITE. Entre os convidados estavam Michel Cova da dUCKS scéno, Tateo Nakajima representando a Arup e Jacob Kurek do Henning Larsen Architects.

Tatiana Bilbao: Criar espaços relevantes significa melhorar a vida de alguém

No segundo vídeo da série Time-Space-Existence da PLANE-SITE, a arquiteta mexicana Tatiana Bilbao compartilha sua visão de como a arquitetura deve ser projetada com a experiência do usuário em mente, e não em função de qualidades estéticas autônomas. No vídeo, ela comenta que os arquitetos devem, em certa medida, deixar de lado suas intenções artísticas para focar em uma abordagem mais prática, visando atender as necessidades das pessoas. Fala também sobre como a arquitetura se separou, nos últimos cinquenta anos, de seu objetivo maior devido à influência do capitalismo.

© Rory Gardiner © Jaime Navarro © Jaime Navarro © Jaime Navarro + 12

Arata Isozaki fala sobre "ma", o conceito japonês do "espaço entre"

Veja o estúdio do arquiteto e teórico japonês Arata Isozaki no primeiro vídeo da série Time-Space-Existence, produzida pela PLANE-SITE. Neste vídeo inaugural, Isozaki discute o conceito japonês do espaço e do tempo que existe entre as coisas, chamado "ma". Especialmente inspiradora é a recusa de Isozaki em permanecer em um estilo arquitetônico único; o arquiteto descreve como cada um de seus projetos apresenta uma solução específica nascida a partir do contexto do projeto.