Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Daniel Libeskind

Daniel Libeskind: O mais recente de arquitetura e notícia

Daniel Libeskind projeta instalação que marca os 75 anos da libertação de Auschwitz

15:00 - 3 Junho, 2019
Daniel Libeskind projeta instalação que marca os 75 anos da libertação de Auschwitz , © Studio Libeskind
© Studio Libeskind

Daniel Libeskind trabalhou em pareceria com o fotógrafo Caryl Englander e o curador Henri Lustiger Thaler, do Amud Aish Memorial Museum, para projetar uma instalação temporária no Museu de Auschwitz-Birkenau. Through the Lens of Faith será inaugurada em 1 de julho de 2019, marcando o 75º aniversário da libertação do campo de extermínio em 1945.

© Studio Libeskind © Studio Libeskind © Studio Libeskind © Studio Libeskind + 6

Daniel Libeskind projeta Museu Antropológico de Iquique no Chile

19:00 - 21 Março, 2019
Daniel Libeskind projeta Museu Antropológico de Iquique no Chile, Cortesía de I. Municipalidad de Iquique y autorías ©StudioLibeskind
Cortesía de I. Municipalidad de Iquique y autorías ©StudioLibeskind

"Dragão de Tarapacá" é o nome do projeto do novo Museu Antropológico Regional de Iquique, de Daniel Libeskind, que será construído na praia de Huayquique. No ano passado, o arquiteto americano visitou o Chile para conhecer o local e se encontrar com o prefeito de Iquique, Mauricio Soria Macchiavello.

A partir de demandas acumuladas nos últimos 30 anos, o projeto é uma busca para melhorar a orla costeira, permitir que a população que vive na parte alta do setor se aproxime do mar e aumente os espaços públicos dentro do comuna

Exposição apresenta o TCC de Daniel Libeskind e Liz Diller

15:00 - 6 Novembro, 2018
Exposição apresenta o TCC de Daniel Libeskind e Liz Diller, Autor: Christian Dickson. Título: The Mark of Cain and Cain’s Mark. Curso / AY: Tese, 1991-92. Professores: John Hejduk, Roderick Knox, Sean Sculley, Regi Weile. Imagem Cortesia do Arquivo da Escola de Arquitectura Irwin S. Chanin, The Cooper Union
Autor: Christian Dickson. Título: The Mark of Cain and Cain’s Mark. Curso / AY: Tese, 1991-92. Professores: John Hejduk, Roderick Knox, Sean Sculley, Regi Weile. Imagem Cortesia do Arquivo da Escola de Arquitectura Irwin S. Chanin, The Cooper Union

A faculdade Cooper Union for the Advancement of Science and Art de Nova Iorque inaugurou uma exposição que apresenta 50 anos de trabalhos de conclusão de curso em arquitetura produzidos por alunos da Escola de Arquitetura Irwin S. Chanin.

Reunindo as obras de Elizabeth Diller, Laurie Hawkinson, Daniel Libeskind e outros, a exposição intitulada Archive and Artifact: The Virtual and the Physical [Arquivo e Artefato: O Virtual e o Físico] apresenta trabalhos desenhados à mão, digitais e tridimensionais.

Margaux Wheelock-Shew The Factory of Fake Autonomy: Reassembling the Social Landscape of Labor. Tese, 2017-18. Foto de Lea Bertucci. Imagem Cortesia do Arquivo da Escola de Arquitectura Irwin S. Chanin, The Cooper Union Autor: Stanley Allen Título do Projeto: The Theater of Production. Curso / AY: Tese, 1980-81. Professores: John Hejduk, Raimund Abraham, Anthony Cândido, Ricardo Scofidio, Robert Slutzky, Bernard Tschumi. Imagem Cortesia do Arquivo da Escola de Arquitectura Irwin S. Chanin, The Cooper Union Autor: Daniel Libeskind. Título do Projeto: Collage. Curso / AY: Tese, 1969-1970. Professores: John Hejduk, Lewis Davis, Robert Slutzky e Fred Travsiano. Imagem Cortesia do Arquivo da Escola de Arquitectura Irwin S. Chanin, The Cooper Union Autor: Edward Arcari Título do Projeto: Construction Site. Curso / AY: Tese, 1985-86. Professores: John Hejduk, Donald Wall, Regi Weile. Imagem Cortesia do Arquivo da Escola de Arquitectura Irwin S. Chanin, The Cooper Union + 13

O que acontece com os Pavilhões da Serpentine Gallery quando são desmontados?

12:00 - 19 Outubro, 2018
O que acontece com os Pavilhões da Serpentine Gallery quando são desmontados?, Serpentine Pavilion 2016 / Bjarke Ingels. Image © Laurian Ghinitoiu
Serpentine Pavilion 2016 / Bjarke Ingels. Image © Laurian Ghinitoiu

Se o sinal mais seguro do início do verão em Londres é a aparição de um novo pavilhão em frente à Serpentine Gallery, talvez seja justo dizer que o verão termina quando o pavilhão é desmontado. As instalações ganharam destaque desde sua edição inaugural em 2000, atuando como uma espécie de honra exclusiva e indicação de talento para os escolhidos para construir ali. Arquitetos anteriores incluem Zaha Hadid, Rem Koolhaas e Olafur Eliasson.

Serpentine Pavilion 2015 / Selgas Cano. Image © Iwan Baan Serpentine Pavilion 2014 / Smiljan Radic. Image © Iwan Baan Serpentine Pavilion 2006 / Rem Koolhaas. Image © John Offenbach Serpentine Pavilion 2007 / Olafur Eliasson, Kjetil Thorsen, Cecil Balmond. Image © Luke Hayes + 20

Cores, formas e materiais: o charme modernista de Berlim do pós-guerra

16:00 - 15 Outubro, 2018
Cores, formas e materiais: o charme modernista de Berlim do pós-guerra, © Andres Gallardo
© Andres Gallardo

Em mais um capítulo do projeto Urban Geometry, o fotógrafo espanhol Andres Gallardo registra as cores, formas e a materialidade da arquitetura do pós-guerra em Berlim. O projeto conta ainda com registros de arquiteturas modernas de Pequim, Seul, Copenhague e Tallinn.

© Andres Gallardo © Andres Gallardo © Andres Gallardo © Andres Gallardo + 21

Como seria viver na Lua? 8 arquitetos e artistas compartilham suas ideias

10:00 - 13 Outubro, 2018
Como seria viver na Lua? 8 arquitetos e artistas compartilham suas ideias, Pavilhão de Asif Khant nas Olimpíadas Pyeongchang. Imagem © Luke Hayes
Pavilhão de Asif Khant nas Olimpíadas Pyeongchang. Imagem © Luke Hayes

Elon Musk, fundador de SpaceX, anunciou em meados de setembro que o milionário japonês Yusaku Maezawa será o primeiro cliente da companhia a visitar a Lua. A notícia causou muito entusiasmo principalmente porque Maezawa pretende viajar acompanhado por entre seis e oito artistas.

Conhecido como Dear Moon (Querida Lua), o projeto procura fazer com que os artistas "tenham sonhos que nunca tiveram antes, cantem canções que nunca haviam cantado antes, pintem o que nunca viram antes".

Entrevista com Daniel Libeskind sobre sua vida e trajetória na arquitetura

16:00 - 29 Maio, 2018
Entrevista com Daniel Libeskind sobre sua vida e trajetória na arquitetura , Masterplan do World Trade Center em Nova Iorque. Imagem © Joe Woolhead
Masterplan do World Trade Center em Nova Iorque. Imagem © Joe Woolhead

O Louisiana Channel publicou uma nova entrevista em vídeo com o aclamado arquiteto Daniel Libeskind, em que ele repassa a história por trás de sua carreira arquitetônica. Na entrevista, Libeskind fala sobre sua visão do campo e da profissão, fazendo comparações entre arquitetura e música, ao mesmo tempo em que reflete sobre a relação da produção arquitetônica com a legislação e as perspectivas otimistas inerentes à prática da arquitetura.

Na entrevista de 30 minutos, Libeskind revisita sua infância, as raízes de sua carreira, e reflete sobre seus projetos mais notáveis, incluindo o Museu Judaico em Berlim e o Masterplan do World Trade Center em Nova Iorque.

Daniel Libeskind fala sobre a poética da memória e o tempo na arquitetura

07:00 - 21 Abril, 2018

No mais recente vídeo do PLANE-SITE da série Time-Space-Existence, Daniel Libeskind descreve seu trabalho em relação à citação de Shakespeare de que "o tempo está fora do comum". Tecendo a partir de sua filosofia sobre tempo, memória e arquitetura, Libeskind discute seus trabalhos seminais como o Museu Judaico de Berlim e o masterplan do Marco Zero. Essas ideias serão transferidas para seu novo projeto chamado Facing Gaia, uma escultura arquitetônica localizada em Giardini Marinaressa, que explora as conexões entre clima, tempo, espaço e existência.

Monumento Nacional do Holocausto. Imagem © Doublespace Croqui de Facing Gaia. Imagem © Studio Libeskind Mons International Cogress Xperience. Imagem © Georges de Kinder Museu de Arte Moderna Vilnius. Imagem © Studio Libeskind + 12

As histórias por trás dos 7 óculos mais icônicos da arquitetura

07:00 - 18 Dezembro, 2017
As histórias por trás dos 7 óculos mais icônicos da arquitetura

Óculos, pequenas obras de arquitetura que você pode usar - uma expressão externa da sua personalidade interior. Sejam quadrados, redondos ou wire-frame, pretos, brancos, tartaruga ou em tons de néon brilhante, eles ajudam a comunicar nossos ideais e nossa visão de mundo. Como tais, guardam histórias interessantes que merecem ser contadas. Leia a seguir as histórias dos sete óculos mais famosos no mundo da arquitetura.

Museu Militar de Daniel Libeskind, pelas lentes de Alexandra Timpau

15:00 - 16 Novembro, 2017
Museu Militar de Daniel Libeskind, pelas lentes de Alexandra Timpau, © Alexandra Timpau
© Alexandra Timpau

As complicações da guerra e da violência exigem uma arquitetura ousada para provocar a compreensão de seu impacto na Alemanha. Daniel Libeskind opta por se envolver com tais eventos em seu projeto de extensão do Museu de História Militar de Dresden, ao atravessar uma enorme estrutura de aço e concreto através da fachada neoclássica, arruinando a simetria do antigo edifício.

© Alexandra Timpau © Alexandra Timpau © Alexandra Timpau © Alexandra Timpau + 28

Sete arquitetos famosos e seus curiosos primeiros empregos

07:00 - 15 Agosto, 2017
Sete arquitetos famosos e seus curiosos primeiros empregos

Envelhecer é, sem dúvida, importante no campo da arquitetura. Apesar do que se diz, a profissão pode pagar relativamente bem - assumindo que você já trabalha há algumas décadas. Mesmo Bjarke Ingels, provocador e criador de vídeos, que fez parte de um documentário do Netflix e fundador do ultra-contemporâneo BIG não é um milenar; com 42 o dinamarquês é nove anos mais velho do que Mark Zuckerberg.

Como resultado, é comum levar uma vida complexa antes de encontrar fama arquitetônica e muitos dos arquitetos mais bem sucedidos do mundo começaram suas carreiras em um campo completamente diferente. Se você ainda não conseguiu o seu trabalho dos seus sonhos, fique tranquilo e confira a lista dos primeiros trabalhos de arquitetos famosos.

Série fotográfica registra o estado dos ícones arquitetônicos chineses

08:00 - 18 Maio, 2017
Série fotográfica registra o estado dos ícones arquitetônicos chineses, © Kris Provoost
© Kris Provoost

Uma celebração simultânea de sua iconicidade cultural e destilação de seus variados contextos, Beautified China é um ensaio fotográfico por Kris Provoost (integrante da dupla de vlogging por trás de #donotsettle) que acompanha a evolução dos marcos arquitetônicos chineses nos últimos sete anos. Começando sua investigação com a 2010 World Expo em Xangai, Provoost considera uma década de arquitetura proposta para China pelos maiores nomes da profissão, muitos dos quais foram construídos agora com uma reputação monumental em cidades em ascensão.

“Muitos dos ‘starchitects’ tiveram sua chance de construir ou de realizar seus sonhos mais selvagens," explica Provoost. “Alguns dos quais se tornaram verdadeiros marcos: a sede da CCTV por Rem Koolhaas e Ole Scheeren ou o Ninho de Pássaro/Estádio Nacional por Herzog e de Meuron por exemplo. Outros transformaram subúrbios em novas centralidades ou estabeleceram uma nova cidade por conta própria."

Centro Jovem International / Zaha Hadid Architects. Imagem © Kris Provoost Pavilhão da China / JingTang. Imagem © Kris Provoost Pavilhão Britânico / Heatherwick Studio. Imagem © Kris Provoost Galaxy SOHO / Zaha Hadid Architects. Imagem © Kris Provoost + 22

Clássicos da Arquitetura: Exposição desconstrutivista de 1988 no MoMA

12:00 - 3 Maio, 2017
Clássicos da Arquitetura: Exposição desconstrutivista de 1988 no MoMA, Dentro da exposição (1988). Fotógrafo desconhecido. Image via MoMA
Dentro da exposição (1988). Fotógrafo desconhecido. Image via MoMA

Quando Philip Johnson foi o curador o Museu de Arte Moderna (MoMA) na "Exposição Internacional de Arquitetura Moderna", em 1932, ele fez isso com a intenção explícita de definir o Estilo Internacional. Como curador convidado na mesma instituição em 1988, ao lado de Mark Wigley (agora Decano Emérito da Columbia GSAPP), Johnson tomou a abordagem oposta: ao invés de apresentar a arquitetura derivada de um conjunto rigidamente uniforme de princípios projetuais, ele reuniu uma coleção de trabalhos de arquitetos cujas abordagens semelhantes (mas não idênticas) tiveram resultados similares. Os arquitetos que ele selecionou - Peter Eisenman, Frank Gehry, Zaha Hadid, Rem Koolhaas, Daniel Libeskind, Bernard Tschumi e o escritório Coop Himmelblau (liderado por Wolf Prix) - provaram ser alguns dos arquitetos mais influentes do final do século XX até os dias atuais. [1,2]

Dentro da exposição (1988). Fotógrafo desconhecido. Image via MoMA Dentro da exposição (1988). Fotógrafo desconhecido. Image via MoMA Dentro da exposição (1988). Fotógrafo desconhecido. Image via MoMA Capa do Catálogo 1988. Image via MoMA + 6

Proposta de ampliação de estação promove interação social em Nice

19:00 - 12 Janeiro, 2017

Clément Blanchet Architecture divulgou sua proposta para o concurso internacional de Ampliação da Estação de Nice, que também recebeu propostas de Marc Mimram, Jean Duthilleul, e do vencedor Daniel Libeskind. A proposta integra edifícios no centro da cidade de Nice - que é cercada por ferrovias, um anel viário, e a cidade - incluindo um novo complexo público de uso misto, comércios e escritórios, e um hotel boutique.

© Clément Blanchet Architecture © Clément Blanchet Architecture © Clément Blanchet Architecture © Clément Blanchet Architecture + 11

Arquivo: O Serpentine Pavilion ao longo dos anos

14:00 - 6 Julho, 2016
Arquivo: O Serpentine Pavilion ao longo dos anos

Com duração de quase duas décadas, a exibição anual do Serpentine Gallery Pavilion tornou-se um dos eventos mais esperados tanto para a comunidade de arquitetos londrinos quanto para comunidade global. Na edição deste ano foi apresentado não apenas um pavilhão, mas quatro "casas de verão" adicionais, evidenciando que programa não mostra ainda nenhum sinal de abrandamento. Cada um dos dezesseis pavilhões anteriores foram instigantes, deixando uma marca indelével e forte mensagem à comunidade arquitetônica. E mesmo todos os pavilhões sendo removidos após suas curtas temporadas de verão para ocupar propriedades privadas distantes, eles continuam sendo compartilhados através de fotografias e em palestras de arquitetura. Com o lançamento do Pavilhão, que ocorreu dia 16 de junho, vamos olhar para trás e relembrar todos os pavilhões anteriores e sua importância para o público arquitetônico.

Serpentine Pavilion 2013. Imagem © Neil MacWilliams Serpentine Pavilion 2000. Imagem © Hélène Binet Serpentine Pavilion 2006. Imagem © John Offenbach Serpentine Pavilion 2015. Image © Iwan Baan + 38