1. ArchDaily
  2. Michel Rojkind

Michel Rojkind: O mais recente de arquitetura e notícia

Leilão com trabalhos de David Adjaye e Daniel Libeskind levanta fundos para combater racismo na profissão

Recém lançada, a Architecture for Change (ARCH ) é uma iniciativa sem fins lucrativos dedicada a combater o racismo sistêmico na indústria da arquitetura e construção civil. Como parte de sua primeira série de ações, a ARCH realizou um leilão online com obras — esboços, maquetes, plantas, fotografias etc. — doadas por alguns dos mais importantes nomes da arquitetura contemporânea, incluindo Sir David Adjaye, Daniel Libeskind, Michel Rojkind, David Rockwell, Jennifer Bonner, Trey Trahan entre outros.

Rojkind Arquitectos divulga projeto de memorial efêmero para as vitimas da pandemia em Nova Iorque e Cidade do México

© Rojkind Arquitectos© Rojkind Arquitectos© Rojkind Arquitectos© Rojkind Arquitectos+ 37

Comovidos por uma situação que cada dia mais afeta à todos nós e as pessoas ao nosso redor, o escritório mexicano Rojkind Arquitectos acaba de divulgar uma proposta de intervenção que tem como principal objetivo prestar uma singela homenagem às vitimas da atual pandemia de COVID-19. Neste contexto, Michel Rojkind, Arturo Ortíz Struck e Diego Díaz Lezama apresentaram uma projeto de memorial efêmero inicialmente concebido para a Times Square de Nova Iorque e o Zócalo da Cidade do México, com a possibilidade de expandir-se para outras cidades ao redor do mundo.

O que vêem os arquitetos?

Olhos que não vêem é o título de três textos de Le Corbusier, um dedicado aos transatlânticos , outro aos aviões e o último aos automóveis. Saber ver a arquitetura é o título de um livro de Bruno Zevi. Os arquitetos, ao menos é o que dizem, vêem outras coisas. Não sei se mais, porém outras.

Todavia, Walter Benjaim - que não era arquiteto mas muito escreveu sobre edifícios e cidades, e levou Sigfried Giedion, que tampouco era arquiteto mas construiu boa parte da mitologia do modernismo no raiar do século passado - dizia que o cinema é percebido como a arquitetura: de maneira distraída e coletivamente. Ninguém entra em um edifício, dizia Benjamin, apenas para observá-lo. Ou sim: os turistas; mas esses são um caso à parte, ainda que numerosos. 

E o que vêem os arquitetos?

Há algumas semanas vi essa foto feita por Lorenzo Díaz Campos publicada no Podio. Na foto estão, em primeiro plano, David Chipperfield, arquiteto do museu, Mauricio Rocha e Michel Rojkind. Os três estão olhando para cima, coisa que fazemos apenas, creio, ao ar livre, para ver o céu, as nuvens ou algum avião ou, se sob um teto, para olhar a iluminação. A menos, claro, que se esteja na Capela Sistina ou algum edifício similar, se não, não há razão para ver o teto. Mas os três arquitetos olham para cima. Cada um para um lado.

VÍDEO: I LIKE Red

Courtesy of Canal 180
Courtesy of Canal 180

O ArchDaily Brasil fez uma parceria com o Canal 180, de Portugal, para trazer até nossos leitores e leitoras a série "I LIKE". Confira o oitavo episódio: "I LIKE RED". O vídeo apresenta stARTT com Whatami, Carlos Martinez e Pipilotti Rist' com City Lounge, Museu Chocolate Nestlé de Rojkind Arquitectos e outros dois projetos em tons de vermelho.

I LIKE é uma série sobre arquitetura e intervenções espaciais desenvolvida através de uma colaboração entre o Canal 180 e o ateliê LIKEarchitects. Diogo Aguiar e Teresa Otto que criaram um experimento cromático e um exercício espacial que revela algumas das mais interessantes intervenções arquitetônicas do mundo.

Na próxima semana ArchDaily Brasil apresentará o nono episódio "I LIKE". Fique atento!