Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Richard Meier

Richard Meier: O mais recente de arquitetura e notícia

Quem já ganhou o Prêmio Pritzker?

O Prêmio Pritzker é o reconhecimento mais importante que um arquiteto(a) pode receber em vida. A honraria é outorgada todos os anos a arquitetos e arquitetas cuja obra construída "tenha produzido significativas contribuições para a humanidade ao longo dos anos", segundo explica a própria organização responsável pela premiação. Por esta razão, o júri presta homenagem a pessoas e não a escritórios, como já aconteceu em 2000 (Rem Koolhaas ao invés do OMA), 2001 (Herzog & de Meuron), 2010 (SANAA), 2016 (Elemental) e 2017 (RCR Arquitectes), premiando seus fundadores (como no caso do SANAA), o então, um deles (Elemental).

O prêmio surgiu de uma iniciativa criada por Jay Pritzker através da Fundação Hyatt, organização associada a empresa hoteleira que o mesmo fundou em conjunto com seu irmão Donald em 1957. A primera edição do prêmio foi realizada em 1979, quando Philip Johnson se tornou o primeiro arquiteto a ser homenageado. Estadunidense, Johnson é autor de importantes obras da história da arquitetura moderna, como a Glass House (1949).

O Prêmio Pritzker já conta com quarenta edições anuais ininterruptas, galardoando arquitetos e arquitetas de 18 nacionalidades diferentes. Metade dos premiados são europeus; América, Ásia e Oceania dividem as outras vinte edições, e até hoje nenhum arquiteto o arquiteta africano(a) teve a chance de receber o prêmio, sendo o único continente do globo a não possuir representantes no hall da fama da arquitetura.

Os desafios de preservar um patrimônio local, mas mundialmente famoso

Em sua periferia, a cidade de Columbus, no estado de Indiana, é uma cidade suburbana como qualquer outra dos Estados Unidos. Mas passeie pelo centro da cidade e você verá uma inesperada variedade de arquitetura moderna. Esta pequena cidade foi, nos últimos cinquenta anos, uma espécie de laboratório para a arquitetura, atraindo arquitetos tão diversos quanto Kevin Roche e IM Pei. As crianças frequentam a escola em um edifício projetado por Richard Meier, os fiéis frequentam uma igreja projetada por Eliel Saarinen.

Está na hora de repensarmos os prêmios de arquitetura?

A arquitetura, em sua forma realizada, não é nem a visão nem o trabalho de uma única pessoa. É uma prática inerentemente coletiva em seus processos. Mas a arquitetura como a conhecemos só é celebrada depois de concluída, e raramente é celebrada pela forma como é produzida. Poucos prêmios reconhecem a vasta rede de pessoas que permite àqueles que estão no topo da pirâmide colocarem seus nomes nas obras concluídas.

Controvérsias recentes lançaram mais luz sobre esse aspecto - da petição para que Denise Scott Brown fosse reconhecida retroativamente pelo trabalho que rendeu ao seu marido, Robert Venturi, o Prêmio Pritzker em 1991 (pedido que foi rejeitado pelo Pritzker) a revelações no início deste ano sobre a maneira como arquitetos como Richard Meier abusam de seu poder no campo profissional para ganhos pessoais.

Por que arquitetos são tão obcecados pela obra de Mondrian?

Na década de 1920, o artista holandês Piet Mondrian começou a pintar seus icônicos quadros com grids pretos e cores primárias. Extrapolando os limites das referências recorrentes no mundo da arte, propôs uma linguagem simples composta de linhas e retângulos coloridos que tornou-se conhecida como Neo Plasticismo, o qual explorava a dinâmica do movimento através da cor e das formas. Este conjunto de telas pintadas em vermelho, amarelo e azul, configuram um dos principais elementos do movimento De Stijl do início do Século XX. Quase um século depois, as abstrações de Mondrian seguem inspirando arquitetos ao redor do mundo.

O que há por trás desta simplicidade que seque cativando artistas, designers e arquitetos depois de tanto tempo?

Richard Meier é acusado de assédio sexual por 5 mulheres e afasta-se temporariamente de seu escritório

O jornal New York Times detalhou as acusações de assédio sexual de cinco mulheres contra Richard Meier. As denúncias foram feitas por quatro mulheres que trabalharam com o arquiteto, incluindo duas mulheres que descrevem assédios ocorridos nos últimos dez anos. Uma quinta mulher, que não trabalhou na empresa, detalha um assédio com ele na década de 1980.

Em resposta às denúncias feitas pelo New York Times, o arquiteto de 83 anos disse que se ausentará por seis meses de sua empresa e emitiu a seguinte declaração: "Estou profundamente incomodado e envergonhado pelos relatos de várias mulheres que se ofenderam com minhas palavras e ações. Embora nossas lembranças possam diferir, peço sinceras desculpas por qualquer pessoa que tenha se ofendido pelo meu comportamento".

Richard Meier fala sobre cor na arquitetura e seus edifícios monocromáticos

Conheça um pouco mais sobre Richard Meier com o mais recente vídeo da série Time-Space-Existence, produzido pela PLANE-SITE. A série foca nos princípios por trás da produção de cada arquitetura apresentado. Conhecido por seus edifícios brancos e geométricos, Meier fala sobre o contexto na arquitetura, atemporalidade, cor e seus edifícios monocromáticos.

Richard Meier & Partners tem planos de concluir quatro novos projetos em 2018

Este ano, o escritório Richard Meier & Partners deverá inaugurar quatro novos projetos internacionais. Estes edifícios de uso misto foram concebidos como volumes transparentes que fazem uso da luz e da sombra como importantes elementos projetuais, além de responderem especificamente a seus respectivos contextos urbanos.

As histórias por trás dos 7 óculos mais icônicos da arquitetura

Óculos, pequenas obras de arquitetura que você pode usar - uma expressão externa da sua personalidade interior. Sejam quadrados, redondos ou wire-frame, pretos, brancos, tartaruga ou em tons de néon brilhante, eles ajudam a comunicar nossos ideais e nossa visão de mundo. Como tais, guardam histórias interessantes que merecem ser contadas. Leia a seguir as histórias dos sete óculos mais famosos no mundo da arquitetura.

Fachadas do primeiro projeto de Richard Meier em Bogotá estão prestes a serem concluídas

A construção do edifício VITRVM, o primeiro projeto de Richard Meier na Colômbia, está avançando: localizado próximo ao parque El Chicó, em Bogotá, o projeto consiste em duas torres de 13 e 11 pavimentos com um total de 37 apartamentos de até 395 metros quadrados cada.

Segundo o Ícono Urbano, a instalação da fachada da Torre 1 e Torre 2 está 80% e 90% completa, respectivamente, enquanto a cobertura está 35% concluída, além de haver também progressos no desenvolvimento de impermeabilização e na instalação dos acabamentos. A empresa também diz que "as fachadas com revestimento termoacústico foram especialmente concebidas" para este projeto.

Câmara Municipal de Haia de Richard Meier é pintada como uma obra de Mondrian

Richard Meier é conhecido por adorar a cor branca, descrevendo-a como "a cor mais maravilhosa, porque dentro dela você pode ver todas as cores do arco-íris" em seu discurso de aceitação do Prêmio Pritzker. Deste modo, muitos dos seus edifícios, incluindo a Câmara Municipal de Haia nos Países Baixos (concluída em 1995), são totalmente pintados de branco. No entanto, no caso do edifício em Haia, o branco deu ao edifício uma função não intencional, servindo como uma tela perfeita para o maior Mondrian do mundo.

Em foco: Richard Meier

Richard Meiervencedor do Prêmio Pritzker e da medalha de ouro do AIA, completa hoje 82 anos. Com influências como Benini e Borromini, assim como Le Corbusier e Louis Kahn, este grande arquiteto é conhecido por sua filosofia de projeto, arquitetura abstrata e uso do branco em suas obras.

Vídeo: Os modelos de Richard Meier

Richard Meier’s Models on Nowness.com

O tempo passou e as tecnologias se transformaram, mas as maquetes físicas continuam tendo um papel fundamental no escritório de Richard Meier. Elas não são apenas objetos táteis e viscerais que representam o espaço de um modo simplesmente inatingível por meio de computadores, mas também servem como "recordações" para Meier (afinal, quem fica com o edifício em si é o cliente). No vídeo acima, publicado pelo NOWNESS, podemos dar uma olhada no Richard Meier's Model Museum at Mana Contemporary em New Jersey, onde muitos dos modelos de Meier estão permanentemente expostos.

40 Documentários de Arquitetura para Assistir em 2014

Gehry's Vertigo. Cortesia de Living Architectures
Gehry's Vertigo. Cortesia de Living Architectures

No ano passado publicamos 30 Documentários de Arquitetura para assistir em 2013, uma grande variedade de filmes nos quais conhecemos a história de alguns dos maiores heróis arquitetônicos anônimos do mundo. Hoje trazemos mais 11 documentários para ver em 2014, uma série de histórias que seguramente não os deixarão indiferentes.

Clássicos da Arquitetura: Casa Rachofsky / Richard Meier

© D Jules Gianakos © D Jules Gianakos © Michael Bodycomb © D Jules Gianakos + 20

Um elemento destoa da solidez da fachada da frente, uma caixa de vidro no lado direito abriga a escada em balanço com vista voltada para o norte do terreno, configurando-se como um momento de transição entre o térreo e área de estar elevada. A sala de estar com pé-direito duplo se abre ao terreno através do pano de vidro da fachada oeste.

Richard Meier derrota Zaha e Foster no projeto de um edifício em Hamburgo

Richard Meier & Partners recentemente ganhou um concurso internacional para o novo edifício de uso misto em Hamburgo, Alemanha. Na competição deixou para trás prestigiosos escritórios como Foster + Partners e Zaha Hadid Architects.

Richard Meier & Partners acaba de anunciar seu primeiro projeto no Rio de Janeiro