1. ArchDaily
  2. De Stijl

De Stijl: O mais recente de arquitetura e notícia

Amarelo, azul e vermelho: o uso das cores primárias em projetos de arquitetura

Naturalmente associadas a características como simplicidade e clareza, mas também expressividade, vivacidade e energia, as três cores primárias, responsáveis por dar origem a outras cores, oferecem uma série de possibilidades de aplicação na arquitetura. Elementos cruciais das composições dos principais expoentes do movimento De Stijl, como Piet Mondrian, Theo van Doesburg e Gerrit Rietveld, o amarelo, azul e vermelho, quando usados em conjunto, tornaram-se uma espécie de ícone no design e na arquitetura, e para muitos profissionais da área, uma obsessão.

Servete Maçi Primary and Secondary School / Studioarch4. Imagem: © Besart CaniSchoolyard Pavilion / Holweck Bingen Architectes. Cortesia de Holweck Bingen ArchitectesSede da 21 Cake / People’s Architecture Office. Cortesia de People’s Architecture Office Jinlong Prefab School / Crossboundaries. Imagem: © Qingshan Wu+ 14

Explicando 12 estilos da arquitetura moderna

O modernismo pode ser descrito como um dos momentos mais otimistas da história da arquitetura, um estilo inovador inspirado por pensamento e idéias utópicas que finalmente reinventou nossos espaços de vida e trabalho, assim como a maneira como as pessoas se relacionavam entre si e com o ambiente construído. Conforme expusemos em nosso artigo AD Essentials Guide to Modernism, a filosofia moderna ainda permanece vigente no discurso arquitetônico contemporâneo, mesmo que as condições específicas que deram origem ao movimento moderno na arquitetura no início do século passado, já não tenham mais nada que ver com o mundo em que vivemos hoje.

Ao nos despedirmos do ano que marcou o centenário da Bauhaus, compilamos uma lista dos principais estilos arquitetônicos que definiram o modernismo na arquitetura. Como uma ferramenta para entender o desenvolvimento da arquitetura ao longo do século 20, esta lista tem como principal objetivo apresentar um panorama completo sobre os desdobramentos do modernismo para além de seu contexto teórico.

Café L’Aubette/ Theo van Doesburg. Image Courtesy of Wikimedia user Claude Truong-NgocBarcelona Pavilion / Mies van der Rohe. Image © Gili MerinVilla Savoye / Le CorbusierVitra Design Museum / Gehry Partners. Image © Liao Yusheng+ 13

Diagramas da Casa Schröder relevam sua genialidade geométrica

Um dos exemplos mais proeminentes do movimento De Stijl, a Casa Schröder, projetada por Gerrit Rietveld em 1925, representa um momento radical na arquitetura moderna. Marcada por formas geométricas puras e cores primárias, as características do movimento são evidentes na abordagem do arquiteto a este projeto. Localizada em Utrecht, a casa apresenta elementos modulares e paredes flexíveis que proporcionam um modo de vida em constante mudança, aspectos que ainda hoje influenciam o design e arquitetura.

Por sua importância, a Casa Schröder tem sido objeto de estudo para muitos arquitetos, artistas e historiadores. Inspirado pelo seu projeto revolucionário, o artista Yun Frank Zhang criou uma série de diagramas analíticos e um vídeo para compreender a funcionalidade, as dimensões e os elementos programáticos da casa. Veja, a seguir, as explorações de Zhang.

Cortesia de Yun Frank ZhangCortesia de Yun Frank ZhangCortesia de Yun Frank ZhangCortesia de Yun Frank Zhang+ 5

Câmara Municipal de Haia de Richard Meier é pintada como uma obra de Mondrian

Richard Meier é conhecido por adorar a cor branca, descrevendo-a como "a cor mais maravilhosa, porque dentro dela você pode ver todas as cores do arco-íris" em seu discurso de aceitação do Prêmio Pritzker. Deste modo, muitos dos seus edifícios, incluindo a Câmara Municipal de Haia nos Países Baixos (concluída em 1995), são totalmente pintados de branco. No entanto, no caso do edifício em Haia, o branco deu ao edifício uma função não intencional, servindo como uma tela perfeita para o maior Mondrian do mundo.

Clássicos da Arquitetura: Residência Rietveld Schröder / Gerrit Rietveld