1. ArchDaily
  2. Cores

Cores: O mais recente de arquitetura e notícia

Decoração emotiva: a tendência dos espaços voltados para a emoção

Como seria um projeto se as emoções do usuário fossem parte do programa? Planejar ambientes que possam acolher diferentes sensações é, segundo o Pinterest Predicts 2022, uma das tendências de decoração para os próximos anos. Cada vez mais pessoas tem procurado como montar quartos que proporcionam uma exaltação de seus sentimentos, não importa se o objetivo é ficar mais tranquilo, externar sua raiva, ouvir música ou fazer uma atividade de lazer, o foco da dita "decoração emotiva" está em fazer com que as emoções fluam livremente e de forma segura.

Decoração emotiva: a tendência dos espaços voltados para a emoçãoDecoração emotiva: a tendência dos espaços voltados para a emoçãoDecoração emotiva: a tendência dos espaços voltados para a emoçãoDecoração emotiva: a tendência dos espaços voltados para a emoção+ 14

Apartamento CR.IS / A2OFFICE

Apartamento CR.IS / A2OFFICEApartamento CR.IS / A2OFFICEApartamento CR.IS / A2OFFICEApartamento CR.IS / A2OFFICE+ 28

  • Arquitetos: A2OFFICE
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  95
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  BRUMA, CIN, Galrão, Ineslam, JNF, +7

Espaços sensoriais: quando a arquitetura envolve todos os sentidos

Espaços sensoriais: quando a arquitetura envolve todos os sentidosEspaços sensoriais: quando a arquitetura envolve todos os sentidosEspaços sensoriais: quando a arquitetura envolve todos os sentidosEspaços sensoriais: quando a arquitetura envolve todos os sentidos+ 9

Um espaço é muito mais do que apenas sua imagem. Suas texturas, cheiro e som podem influenciar diretamente na experiência do usuário. É neste sentido que pensar uma arquitetura sensorial pode ser fundamental para que a interação existente entre as pessoas e o ambiente construído seja ainda mais profunda.

Introduzindo cores na marcenaria: 17 projetos com mobiliário colorido

A marcenaria, como são comumente chamados os mobiliários de madeira executados por um marceneiro, tem ganhado atenção especial nos projetos de arquitetura. Por serem projetados para se adequarem a espaços e fins objetivos, esses objetos são importantes elementos de organização do espaço, sendo introduzidos em qualquer ambiente, tanto em salas, quartos e escritórios, quanto em cozinhas e banheiros. Além de resolver questões funcionais, a marcenaria introduz outras materialidades, texturas e cores para os ambientes. Neste artigo iremos explorar alguns exemplos de como a marcenaria colorida pode tornar os projetos de arquitetura mais vibrantes. 

Introduzindo cores na marcenaria: 17 projetos com mobiliário coloridoIntroduzindo cores na marcenaria: 17 projetos com mobiliário coloridoIntroduzindo cores na marcenaria: 17 projetos com mobiliário coloridoIntroduzindo cores na marcenaria: 17 projetos com mobiliário colorido+ 18

Arquitetura para colorir: 7 cidades de cores vibrantes vistas de cima

Fascinantes e fotogênicas, cidades coloridas costumam não apenas atrair os olhares dos milhares de turistas que as visitam anualmente, mas também de muitas arquitetas e arquitetos em todo o mundo. Sob o ponto de vista aéreo — que aliás, é o mesmo através do qual muitos visitantes têm o primeiro contato com essas cidades, a partir das janelas dos aviões —, são sobretudo as diferentes tonalidades dos telhados e das coberturas as responsáveis pelo visual multicolorido.

Os motivos por trás da multiplicidade das cores observadas do alto podem ser bastante variados. Enquanto a arquitetura de algumas cidades faz uso das cores nas coberturas como estratégia climática, outras seguem a colorir as casas com base em uma tradição da qual muitas vezes não se sabe ao certo a origem. De toda maneira, a presença da variedade de cores em uma cidade sem dúvidas chama a atenção pelo seu apelo visual.

Arquitetura para colorir: 7 cidades de cores vibrantes vistas de cimaArquitetura para colorir: 7 cidades de cores vibrantes vistas de cimaArquitetura para colorir: 7 cidades de cores vibrantes vistas de cimaArquitetura para colorir: 7 cidades de cores vibrantes vistas de cima+ 8

As possibilidades do Concreto Pigmentado: 20 edifícios impregnados de cor

Quando pensamos em concreto, a cor cinza geralmente nos vem à cabeça. O traço tradicional do concreto, que leva cimento, brita, areia e água pode apresentar variações por conta dos seus elementos compositivos, mas sempre varia entre o cinza claro e o escuro. No entanto, um recurso que vem sendo cada vez mais utilizado é o de agregar pigmentos a essa mistura, para se alcançar cores variadas na aparência final da obra, já que tornam todo o concreto, por dentro e por fora, colorido. Essas tonalidades decorrem da adição de óxidos: as cores amarelo, vermelho e suas derivações (marrons) são obtidas com a adição do óxido de ferro, enquanto que o óxido de cromo e de cobalto criam o efeito de cor verde e azul, respectivamente. Para o concreto preto, geralmente inclui-se óxido de ferro preto e óxido de carbono, combinados com cimento pozolânico .

As possibilidades do Concreto Pigmentado: 20 edifícios impregnados de corAs possibilidades do Concreto Pigmentado: 20 edifícios impregnados de corAs possibilidades do Concreto Pigmentado: 20 edifícios impregnados de corAs possibilidades do Concreto Pigmentado: 20 edifícios impregnados de cor+ 21

Apartamento Floresta / Estúdio Minke

Apartamento Floresta / Estúdio MinkeApartamento Floresta / Estúdio MinkeApartamento Floresta / Estúdio MinkeApartamento Floresta / Estúdio Minke+ 35

  • Arquitetos: Estúdio Minke
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  350
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Tramontina, Brastemp, Portobello, Alba Barbosa, Ana neute - itens, +18

Interiores monocromáticos: a cor como protagonista do espaço

Sabemos que as cores podem influenciar nossas sensações e provocar diferentes percepções do espaço, o que reitera a importância do seu estudo nos projetos arquitetônicos e a relevância da concepção de uma paleta de cores coerente. O impacto que a cor pode provocar no espaço e nas pessoas que o habitam torna-se ainda mais perceptível quando todo o ambiente é envolvido com apenas uma cor. Nesses casos não há limites para a quantidade de elementos arquitetônicos em que a tonalidade escolhida pode ser aplicada. Pisos, forros, paredes, mobiliário e até mesmo as tubulações e eletrocalhas podem ter uma coloração específica atribuída para estar em concordância com o ambiente monocromático.

Interiores monocromáticos: a cor como protagonista do espaçoInteriores monocromáticos: a cor como protagonista do espaçoInteriores monocromáticos: a cor como protagonista do espaçoInteriores monocromáticos: a cor como protagonista do espaço+ 11

Amarelo, azul e vermelho: o uso das cores primárias em projetos de arquitetura

Naturalmente associadas a características como simplicidade e clareza, mas também expressividade, vivacidade e energia, as três cores primárias, responsáveis por dar origem a outras cores, oferecem uma série de possibilidades de aplicação na arquitetura. Elementos cruciais das composições dos principais expoentes do movimento De Stijl, como Piet Mondrian, Theo van Doesburg e Gerrit Rietveld, o amarelo, azul e vermelho, quando usados em conjunto, tornaram-se uma espécie de ícone no design e na arquitetura, e para muitos profissionais da área, uma obsessão.

Amarelo, azul e vermelho: o uso das cores primárias em projetos de arquiteturaAmarelo, azul e vermelho: o uso das cores primárias em projetos de arquiteturaAmarelo, azul e vermelho: o uso das cores primárias em projetos de arquiteturaAmarelo, azul e vermelho: o uso das cores primárias em projetos de arquitetura+ 14

Apartamento Tempo / Ohma

Apartamento Tempo / OhmaApartamento Tempo / OhmaApartamento Tempo / OhmaApartamento Tempo / Ohma+ 11

  • Arquitetos: Ohma
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  80
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Ana Neute, Australis Plantas, Mais Trasso, Ner Iluminação, Oldine Marcenaria, +2

Escritório no Edifício Itália / RAWI Arquitetura + Design

Escritório no Edifício Itália / RAWI Arquitetura + DesignEscritório no Edifício Itália / RAWI Arquitetura + DesignEscritório no Edifício Itália / RAWI Arquitetura + DesignEscritório no Edifício Itália / RAWI Arquitetura + Design+ 38

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  145
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2020
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Alberflex, Averaldo Decorações, Bastos Esquadrias, Cavaletti, Cremme, +8

10 Dicas para projetar edificações mais saudáveis

Os seres humanos passam a maior parte de suas vidas no interior de uma edificação, seja para morar, trabalhar ou lazer. A COVID-19 evidenciou ainda mais esta questão durante o período de isolamento mostrando a necessidade de pensarmos projetos de edificações mais saudáveis e confortáveis.

Neste artigo são apresentadas algumas dicas para pensar projetos mais saudáveis, ressaltando a importância de ter um pensamento sistêmico que considere diferentes disciplinas, como a própria arquitetura, engenharia, ciência dos materiais, mecânica, fisiologia, psicologia, entre outros. 

10 Dicas para projetar edificações mais saudáveis10 Dicas para projetar edificações mais saudáveis10 Dicas para projetar edificações mais saudáveis10 Dicas para projetar edificações mais saudáveis+ 14

Interiores brasileiros: 11 projetos com detalhes coloridos

Casa Ubatuba / Königsberger Vannucchi Arquitetos Associados. Imagem: © Pedro Vannucchi
Casa Ubatuba / Königsberger Vannucchi Arquitetos Associados. Imagem: © Pedro Vannucchi

A concepção de projetos residenciais lida a todo momento com pensar as formas de qualificar o cotidiano daqueles que ocuparão os espaços projetados diariamente. A ideia de subverter radicalmente o programa habitacional tem como limite justamente o contato com a vida do dia a dia, com as atividades e dinâmicas práticas domésticas e com um caráter de grande permanência dos usuários, o que faz com que a inovação e criatividade nesses casos estejam, em geral, materializadas em detalhes, articulações entre cômodos, pontos de interesse, mobiliários e formas de pensar o desenho dos interiores de forma agradável e adequada aos moradores.

Uma das formas de criar pontos de supresa e de quebra da monotonia de um conjunto padrão do programa residencial é o uso de cores de forma estratégica e pontual em ambientes internos. Associar elementos arquitetônicos como vigas, pilares, pisos, lareiras, painéis, armários a tons contrastantes entre si estabelece uma nova leitura para antigos componentes e pode mudar a percepção dos ambientes internos de forma inovadora. Reunimos a seguir uma seleção de projetos brasileiros que exploram o uso desse recurso em suas propostas para interiores.

Interiores brasileiros: 11 projetos com detalhes coloridosInteriores brasileiros: 11 projetos com detalhes coloridosInteriores brasileiros: 11 projetos com detalhes coloridosInteriores brasileiros: 11 projetos com detalhes coloridos+ 12

Casas brasileiras: 13 residências brancas

Casa M / Felipe Hess Arquitetos. Imagem: © Fran Parente
Casa M / Felipe Hess Arquitetos. Imagem: © Fran Parente

A cor pode ser um elemento que contribui muito para a qualidade de projetos de arquitetura. Seu uso eficiente pode transformar completamente a atmosfera de ambientes internos e externos, sinalizar usos específicos em espaços com características diferentes, ressignificar cômodos e destacar elementos arquitetônicos. Este se provou um recurso de grande sucesso, que inclusive se tornou marca registrada de alguns arquitetos importantes, como o caso dos mexicanos Luis Barragan e Ricardo Legorreta.

Casas brasileiras: 22 residências coloridas

Existem muitas pesquisas sobre como as cores podem afetar o nosso humor, mas ainda é difícil estabelecer padrões para determinados comportamentos frente a diferentes tonalidades. O que podemos afirmar é que a escolha de uma cor para uma casa, de fato, reflete a personalidade do seu proprietário, o que atribui ao ambiente uma certa identidade e particularidade.

Escritórios OLX / Pedra Silva Arquitectos

Escritórios OLX / Pedra Silva ArquitectosEscritórios OLX / Pedra Silva ArquitectosEscritórios OLX / Pedra Silva ArquitectosEscritórios OLX / Pedra Silva Arquitectos+ 69

  • Arquitetos: Pedra Silva Arquitectos; Pedra Silva Arquitectos
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área :  4500
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano :  2018
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes :  Interface, Andreu World, Arper, Burel Mountain Originals, HAY, +8

Cores na arquitetura contemporânea brasileira

Embora as cores estejam presentes desde a arquitetura colonial na paisagem de nossas cidades, quando pensamos na arquitetura brasileira, em geral, nos vem a imagem de uma arquitetura brutalista, cobogós ou as formas de Niemeyer - sempre com materiais aparentes ou cores neutras.

No entanto, a produção contemporânea traz cada vez mais elementos coloridos que quebram essa corrente. Selecionamos quinze projetos nacionais que através das cores destacam elementos de sua arquitetura e geram uma diferente percepção do espaço.