1. ArchDaily
  2. Breeam

Breeam: O mais recente de arquitetura e notícia

LOM Architecture projeta novo hub digital do Santander na Inglaterra

As obras do novo espaço de trabalho do Santander na Inglaterra começaram e deverão ser finalizadas até 2022, quando esta prevista a inauguração do novo marco da cidade. O campus, Unity Place, projetado pelo LOM architecture and design, é um centro de inovação em bancos digitais, reunindo em um espaço os 6.000 funcionários do Santander.

© LOM© LOM© LOM© LOM+ 11

Zaha Hadid Architects vence concurso para projetar novo terminal da Rail Baltica

Os escritórios Zaha Hadid Architects e Esplan, da Estônia, foram selecionados para projetar o novo terminal da Rail Baltic em Ülemiste, Tallinn. Sua proposta para a primeira estação da linha que liga Tallinn, Riga e Vilnius à rede ferroviária europeia de alta velocidade levou o primeiro lugar no concurso internacional que envolveu participantes de vários países.

Cortesia de Zaha Hadid Architects© ZOA Studio, cortesia de Zaha Hadid ArchitectsCortesia de Zaha Hadid Architects© ZOA Studio, cortesia de Zaha Hadid Architects+ 11

Foster + Partners projeta torre em forma de tulipa para o centro de Londres

Foster + Partners revelou detalhes de sua última proposta de arranha-céu para a cidade de Londres. "The Tulip" procura se tornar uma "nova atração cultural pública" ao lado do The Gherkin: uma das estruturas mais icônicas de Foster e de Londres.

O projeto de 305 metros de altura, em forma de botão de flor, nomeado em função de seu volume inspirado na natureza, oferecerá uma instalação educacional operada pelos proprietários dos edifícios J. Safra Group. O programa, com 20.000 vagas gratuitas por ano para as crianças das escolas públicas de Londres, contará com “mirante incomparável para ver Londres a uma altura de cerca de 300 metros”.

© DBOX for Foster + Partners© DBOX for Foster + Partners© DBOX for Foster + Partners© DBOX for Foster + Partners+ 8

Schmidt Hammer Lassen projeta edifício de carbono zero para empresa de produtos químicos em Bruxelas

Quad campus. Imagem Cortesia de Schmidt Hammer Lassen
Quad campus. Imagem Cortesia de Schmidt Hammer Lassen

O escritório Schmidt Hammer Lassen divulgou imagens e detalhes de seu projeto para o concurso da sede da Solvay, uma empresa de materiais e produtos químicos, a ser construída em Bruxelas, na Bélgica. O projeto receou o primeiro prêmio no concurso e é resultado do trabalho em colaboração com o escritório Modulo Architects e a VK Engineers. Os arquitetos dinamarqueses priorizaram a sustentabilidade e a resiliência neste edifício zero carbono e praticamente auto-suficiente em energia.

A equipe vencedora foi escolhida dentre um seleto grupo internacional de escritórios de arquitetura, incluindo OMA, Valode & Pistre, Wilmotte & Associés e Henning Larsen.

Visão noturna. Imagem Cortesia de Schmidt Hammer LassenFachada. Imagem Cortesia de Schmidt Hammer LassenLobby. Imagem Cortesia de Schmidt Hammer LassenParque. Imagem Cortesia de Schmidt Hammer Lassen+ 18

T2.a Architects utiliza algoritmos para que moradores possam participar da concepção de seus próprios apartamentos

Imagine se você pudesse participar do processo de projeto do seu próprio apartamento a ser construído às margens de um dos maiores rios da Europa. O escritório T2.a Architects acaba de apresentar o seu mais recente projeto, o DANUBIO, um novo empreendimento residencial em Budapeste, que propõe exatamente este desafio.

A ideia dos arquitetos por trás do projeto do DANUBIO é devolver a liberdade de criação aos moradores, convidando-os a participar da concepção dos seus próprios apartamentos. Utilizando ferramentas como o Grasshopper e o Rhinoceros, um sistema foi desenvolvido para permitir que cada um dos clientes possa participar de forma criativa no projeto de sua futura moradia. O algoritmo é alterado toda vez que um novo morador entra no processo, permitindo que ele escolha a tipologia, a orientação e a localização de sua futura residência durante o processo de projeto.

Cortesia de DANUBIO/T2.a ArchitectsCortesia de DANUBIO/T2.a ArchitectsCortesia de DANUBIO/T2.a ArchitectsCortesia de DANUBIO/T2.a Architects+ 23

Schmidt Hammer Lassen é selecionado em concurso para revitalização do bairro histórico de Riga

O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects
O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects

A firma dinamarquesa Schmidt Hammer Lassen Architects foi escolhida para projetar a reforma de Kimmel Quarter, um bairro histórico no coração da capital da Letônia, Riga, depois de um concurso internacional. O complexo da cervejaria Kimmel, do século XIX, agora em grande parte abandonado, será transformado em um centro de uso misto com um novo prédio de escritórios, hotel e uma variedade de instalações públicas. Schmidt Hammer Lassen foi um dos onze participantes, com empresas como Henning Larsen e Zaha Hadid convidados para a competição aberta.

A proposta para o distrito de 11.500 metros quadrados se manifesta como um programa vibrante e voltado ao público, que inclui academia, creche, café, praça de alimentação e spa. Uma série de pátios e praças conectam-se ao longo do esquema, ligando o antigo e o novo em uma “aparência atemporal clássica que também é singularmente contemporânea”. O projeto ficou em 2º lugar em um concurso no qual nenhum vencedor foi selecionado, uma vez que o júri avaliou que nenhuma entrada satisfez totalmente os critérios de competição. Como a entrada com melhores notas, os organizadores do concurso se comprometeram a iniciar negociações com Schmidt Hammer Lassen para refinar o projeto.

Superfícies e fachadas são construídas com tijolos reciclados. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen ArchitectsCroqui. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen ArchitectsTerraço dos escritórios. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen ArchitectsPátios oferecem uma conexão entre o antigo e o novo. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects+ 19

Certificado WELL: Uma ajuda arquitetônica para a saúde e bem estar humano

A arquitetura evolui continuamente para atender às demandas da sociedade. Recentemente, um esforço global para combater a mudança climática e alcançar a eficiência energética ideal em edifícios trouxe padrões como BREEAM e LEED para o centro da discussão. No entanto, à medida que a análise científica e a conscientização da saúde mental humana aumentou, os arquitetos são mais uma vez obrigados a colocar as pessoas centro do processo de projeto. Esta tendência crescente levou ao desenvolvimento do WELL Building Certification - considerada o primeiro certificado do mundo focado exclusivamente na saúde e no bem-estar humano.

Sede da Symantec. Cortesia de LittleSede da Symantec. Cortesia de LittleSede da Symantec. Cortesia de LittleSede da Symantec. Cortesia de Little+ 16