Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Riga

Riga: O mais recente de arquitetura e notícia

Schmidt Hammer Lassen é selecionado em concurso para revitalização do bairro histórico de Riga

19:00 - 28 Março, 2018
O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects
O edifício de escritórios foi inspirado nos arcos da cervejaria histórica. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects

A firma dinamarquesa Schmidt Hammer Lassen Architects foi escolhida para projetar a reforma de Kimmel Quarter, um bairro histórico no coração da capital da Letônia, Riga, depois de um concurso internacional. O complexo da cervejaria Kimmel, do século XIX, agora em grande parte abandonado, será transformado em um centro de uso misto com um novo prédio de escritórios, hotel e uma variedade de instalações públicas. Schmidt Hammer Lassen foi um dos onze participantes, com empresas como Henning Larsen e Zaha Hadid convidados para a competição aberta.

A proposta para o distrito de 11.500 metros quadrados se manifesta como um programa vibrante e voltado ao público, que inclui academia, creche, café, praça de alimentação e spa. Uma série de pátios e praças conectam-se ao longo do esquema, ligando o antigo e o novo em uma “aparência atemporal clássica que também é singularmente contemporânea”. O projeto ficou em 2º lugar em um concurso no qual nenhum vencedor foi selecionado, uma vez que o júri avaliou que nenhuma entrada satisfez totalmente os critérios de competição. Como a entrada com melhores notas, os organizadores do concurso se comprometeram a iniciar negociações com Schmidt Hammer Lassen para refinar o projeto.

Superfícies e fachadas são construídas com tijolos reciclados. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Croqui. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Terraço dos escritórios. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects Pátios oferecem uma conexão entre o antigo e o novo. Image Cortesia de Schmidt Hammer Lassen Architects + 19

O arquiteto como educador: o legado de Gunnar Birkerts

12:00 - 20 Outubro, 2017

Gunnar Birkerts, arquiteto e educador de origem letã, morreu em 15 de agosto de 2017, aos 92 anos. Um defensor apaixonado de um processo criativo que ele chamou de "síntese orgânica", deixa como legado dezenas de obras construídas em três continentes e a influência a centenas de estudantes de arquitetura e colegas através de seu processo baseado na pesquisa e interações dinâmicas. Eric Hill e John Gallagher, em seu AIA Guide to Detroit, falaram sobre a arquitetura de Birkerts:

Cada uma de suas obras parece ser abordada como uma oportunidade para explorar a essência de um problema arquitetônico, resultando em uma declaração que geralmente excede o projeto imediato.

Gunnar Birkerts (data não conhecida). Image via The Republic Corning Fire Station, New York. Image© <a href=“https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brikerts_Corning_Fire_Station.jpg”>Unknown Wikimedia Author</a> licensed under <a href=“https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/“>CC BY 3.0</a> The Latvian National Library (2014). © <a href=“https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Riga_Petrikirche_Blick_vom_Turm_zur_Nationalbibliothek.JPG”>Wikimedia user Zairon</a> licensed under <a href=“https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/“>CC BY 4.0</a>. Image Courtesy of Wikimedia User Zairon Federal Reserve Bank of Minneapolis, 1973, (agora: Marquette Plaza), em sua configuração original.. ImageVia <a href=“https://en.wikipedia.org/wiki/File:Marquette_Plaza.jpg”>Wikimedia Commons / Historic American Buildings Survey</a> licensed under <a href=“https://creativecommons.org/publicdomain/zero/1.0/deed.en“>CC0 1.0 (Public Domain)</a> + 4

PLH Arkitekter é um dos vencedores em concurso para centro multimodal de transportes na Letônia

19:00 - 28 Janeiro, 2017
PLH Arkitekter é um dos vencedores em concurso para centro multimodal de transportes na Letônia, Cortesia de PLH Arkitekter
Cortesia de PLH Arkitekter

PLH Arkitekter foi anunciado como um dos dois vencedores do concurso internacional de projetos para Rail Baltica, organizado pela The European Railroad Lines, Ltd. Como parte da rede europeia de transportes, a Rail Baltica será um centro de transporte público multimodal na capital letã de Riga, com uma ponte ferroviária atravessando o rio Daugava.

O ponto focal do projeto será uma estação ferroviária "que cria uma forte identidade visual na paisagem urbana, reforçando o sentido de Riga como uma metrópole." Inspirado pela forma arquetípica do arco e do período Art Nouveau, o edifício irá destacar coberturas que se assemelham a folhas arqueadas de samambaias. No lado norte do edifício, a forma da cobertura permite uma vista única sobre a cidade histórica, ideal para viajantes que entram ou saem da cidade, criando um forte senso de lugar.

Cortesia de PLH Arkitekter Cortesia de PLH Arkitekter Cortesia de PLH Arkitekter Cortesia de PLH Arkitekter + 11

Adjaye Associates é selecionado para projetar o Museu de Arte Contemporânea da Letônia

19:00 - 28 Junho, 2016
Adjaye Associates é selecionado para projetar o Museu de Arte Contemporânea da Letônia, © Malcolm Reading Consultants
© Malcolm Reading Consultants

A Fundação do Museu de Arte Contemporânea da Letônia selecionou o escritório Adjaye Associates para liderar o projeto para um novo museu de arte contemporânea no centro da cidade de Riga. Escolhido entre um grupo de 7 finalistas, dentre os quais wHY e Lahdelma & Mahlamäki, o projeto vencedor apresenta uma cobertura de geometria extremamente dinâmica, concebida para introduzir a suave luz do norte em cada espaço da galeria.

Adjaye Associates, trabalhando junto com o escritório local AB3D, pensou no museu como uma incubadora social, um espaço convidativo e permeável, onde as pessoas poderiam se reunir por meio de uma variedade de interações formais e espontâneas. O júri achou que a silhueta distinta da proposta daria ao museu uma presença forte dentro de seu contexto de empreendimentos comerciais e residenciais planejados e que sua orientação e materialidade mostraram uma consciência aguçada de contextos vernáculos e culturais.

Ciclistas criam intervenção que mostra o espaço ocupado pelos automóveis nas ruas

17:00 - 16 Outubro, 2014
Ciclistas criam intervenção que mostra o espaço ocupado pelos automóveis nas ruas, Cortesia de Let’s Bike It (© delfi.lt)
Cortesia de Let’s Bike It (© delfi.lt)

Para a comemoração do Dia Mundial Sem Carros realizada no final de setembro, o subsecretário de transportes de Santiago (Chile), Cristián Bowen, anunciou uma modificação na Lei de Trânsito visando “esclarecer, tanto aos usuários deste meio de transporte (bicicleta) como aos outros usuários do espaço das vias, os direitos e deveres dos ciclistas”.

Em função das comemorações deste dia, na capital da Letônia, Riga, um grupo de ciclistas realizou uma intervenção muito interessante e provocativa. Durante um dos momentos mais movimentados do dia - que entre as 7h e 9h da manhã – os ciclistas percorreram as principais avenidas sobre suas bicicletas acopladas a estruturas que simulavam o volume de um automóvel. A iniciativa tinha por objetivo mostrar a grande área ocupada por um carro e, em comparação, o espaço ínfimo ocupado pela pessoa.

Esta intervenção se soma a tantas outras iniciativas que buscam refletir sobre o espaço de nossas ruas que são utilizadas pelos automóveis. Entre estas, podemos mencionar a vaga de carro transformada em estacionamento para 10 bicicletas e o gif que mostra quantos passageiros podem viajar em um bonde elétrico e como ficam as ruas se cada passageiro se deslocar em seu próprio carro.

Veja mais fotografias da intervenção em Riga, a seguir.

Cortesia de Let’s Bike It (© delfi.lt) Cortesia de Let’s Bike It (© delfi.lt) Cortesia de Let’s Bike It (© delfi.lt) Cortesia de Let’s Bike It (© delfi.lt) + 10

Arte e Arquitetura: The Happiness Machine / Mark Lascelles Thornton

16:00 - 23 Dezembro, 2012
Arte e Arquitetura: The Happiness Machine / Mark Lascelles Thornton, © Mark Lascelles Thornton
© Mark Lascelles Thornton

Mark Lascelles Thornton é um artista Inglês que é especialista no uso da caneta nanquim em um suporte tão simples como pode ser um papel em branco. The Hapinness Machine, como chamou seu mais recente projeto, consiste em oito painéis desenhados em cinza e vermelho, cada um representando alguma cidade ícone da arquitetura deste século; no século XX, Nova York, Chicago, Londres e algumas cidades asiáticas, como Taipei e Kuala Lumpur.

Em cada um desses painéis, Mark destaca sua técnica para desenhar todos os detalhes e destacar, de uma forma muito elegante, distintos aspectos de cada edifício. A peça final -os oito painéis- medem 2,4 x 1,5 metros.

Mais imagens a seguir.

© Mark Lascelles Thornton © Mark Lascelles Thornton © Mark Lascelles Thornton © Mark Lascelles Thornton + 7

Treehouse Riga / Appleton & Domingos

12:00 - 19 Setembro, 2012
Treehouse Riga / Appleton & Domingos, © FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra
© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra

© FG + SG – Fernando Guerra, Sergio Guerra