Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Noticias

Noticias

"Precisamos mudar nossa maneira de viver em larga escala": entrevista com Mark Kingwell

No início de setembro de 2019 o curso de pós-graduação da Escola da Cidade, Geografia, Cidade e Arquitetura recebeu o filósofo canadense Mark Kingwell para uma série de aulas. Numa quarta-feira, dia 4, os estudantes Pedro Perez Barroso, Lua Victor Vieira Lima e Igor Augusto, convidados pelo Conselho Científico da Escola da Cidade, entrevistaram Kingwell sobre temas que envolvem sociedade, política, emergência climática, arquitetura e cidades.

Conheça os vencedores dos Prêmios Cidade 2019 do Open House Madrid

A Open House Madrid apresentou recentemente os vencedores dos “Premios Ciudad 2019”, um galardão criado com o intuito de reconhecer e celebrar as propostas mais inovadoras e socialmente comprometidas, as quais estão ajudando a construir o futuro melhor para as nossas cidades. Segundo os idealizadores do evento, “o prêmio foi concebido para homenagear projetos e iniciativas que contribuem com a qualidade de vida das pessoas através de projetos inovadores, fomentando a cultura da arquitetura e da inovação na Espanha.”

O idealismo por trás do planejamento urbano norte-americano

O Show de Truman é um filme de comédia dramática de 1998 estrelada por Jim Carrey como Truman Burbank, a estrela principal - ainda que inconsciente - de um reality show em uma cidade cenográfica vigiada 24 horas por dia. A cidade de Truman, Seahaven, é um gigantesco estúdio de televisão construído para filmar a vida de Truman através de milhares de câmeras escondidas que transmitem a vida do pacato cidadão para bilhões de espectadores ao redor do mundo.

Um degrau para cada pé: conheça as escadas Santos Dumont

Convencional, helicoidal, curva, em “U”, tipo marinheiro... são vários os modelos e possibilidades para o projeto de escadas nos projetos, de acordo com as possibilidades de espaço e as intenções projetuais. Mas as escadas Santos Dumont apresenta características peculiares se comparada às demais? Batizada com o nome de seu criador, inventor e pioneiro da aviação brasileira, este modelo configura-se como um “meio-termo” entre a típica escada inclinada e a vertical , de modo que sua inclinação é bem mais acentuada que uma escada convencional e seus degraus apresentam recortes que variam entre a pisada esquerda e direita, permitindo redução de comprimento e economia espacial. 

Como serão os banheiros no futuro?

A automação residencial, desde assistentes virtuais controlados por voz a termostatos controlados por aplicativos, introduziu o futuro de maneira rápida e inesperada em nossas próprias casas. À medida que a tecnologia continua a progredir, a maneira como interagimos com o ambiente provavelmente se tornará cada vez mais futurista - até em espaços tão pessoais quanto os banheiros de nossas casas. Embora a perspectiva de uma vida pessoal altamente digitalizada possa ser assustadora para alguns, outros veem o potencial dessa tendência para melhorar não apenas o conforto, mas também a saúde e a segurança. Abaixo, descrevemos algumas das tecnologias que esperamos ver nos banheiros do futuro.

Oficina gratuita de saneamento ecológico em São Paulo

No dia 19 de outubro será realizada uma oficina de implantação de sistema de saneamento ecológico. A atividade acontece na Zona Sul de São Paulo e é aberta a todos os interessados. O evento é organizado pelo escritório cooperativo de projetos socioambientais Sapiência Ambiental em parceria com o Núcleo de Agroecologia da UFABC.

Grafton Architects vence o prêmio RIBA Royal Gold Medal 2020

O Royal Institute of British Architects (RIBA) concedeu a Medalha Real de Ouro de 2020 ao escritório irlandês Grafton Architects. Outorgada pelo RIBA todos os anos, a Medalha Real de Ouro é a maior honraria concedida à um arquiteto ou escritório de arquitetura no Reino Unido. Tanto é verdade que, o vencedor do prêmio deve ser aprovado por Sua Majestade, a Rainha Elisabeth II. Reconhecendo a significativa contribuição do escritório irlandês para a prática da arquitetura no Reino Unido e no mundo, os responsáveis pelo prêmio chamaram à atenção para o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Gratton Architects ao longo das últimas décadas, principalmente por seus edifícios públicos excepcionais e a 'humanidade' de seus projetos.

© Brunetti © Ros Kavanagh Cortesia de Grafton Architects © Iwan Baan + 10

MASS lab vence concurso para masterplan e conjunto habitacional no Porto

O escritório português MASS lab, liderado pelos arquitetos Diogo Rocha, Duarte Fontes e Lourenço Rodrigues, foi anunciado como vencedor do Concurso de Ideias para o Antigo Quartel de Monte Pedral, organizado pela Câmara Municipal do Porto, Portugal. O projeto vencedor combina uma nova rede de espaços públicos com uma variedade de tipologias habitacionais, conformando uma espécie de arquipélago no meio da cidade: um conjunto de ilhas urbanas que estruturam a malha urbana e onde a relação de proximidade prioriza o espaço entre - um espaço que será preenchido pelo tempo e pelas pessoas.

Demolir ou recuperar? 20 projetos de remodelação no Brasil

Um dos principais desafios das cidades contemporâneas é a renovação da infraestrutura existente visando acomodar o crescente número de habitantes urbanos. Passando à escala da arquitetura, do objeto construído, recuperar antigas estruturas para lhes atribuir novos usos e funções parece ser também um desafio e uma grande oportunidade dos tempos atuais. Nunca se construiu no ritmo que se constrói hoje no mundo, mas não se deve perder de vista as qualidades daquilo que já está construído e que pode ser reaproveitado.

CopenHill: a usina de energia com uma pista de esqui na cobertura projetada pelo BIG

Após quase uma década em construção, a usina de geração de energia a partir de resíduos CopenHill, imaginada pela primeira vez pelo Bjarke Ingels Group, foi finalmente inaugurada em Copenhague. O ArchDaily cobriu inicialmente o projeto do BIG em janeiro de 2011, mas a usina incluiria posteriormente ideias hedonísticas do primeiro gerador de anéis de vapor do mundo e o financiamento coletivo através do Kickstarter. Hoje, o projeto cumpriu muitas de suas promessas e a CopenHill permanece como um zeitgeist arquitetônico moderno, refletindo a própria evolução do BIG.

© Justin Hummerston © Laurian Ghinitoiu © Soren Aagaard © Dragoer Luftfoto + 14

Cobogós e azulejos: designer mapeia afetivamente a arquitetura de Olinda

No Centro Histórico de Olinda (PE), a arquitetura furta formas e cores da natureza: os furos dos cobogós nas varandas lembram folhas leves e frutos redondos; os portões de gradil espiralam com um quê de galho retorcido de flor. Há também cor de terra e de céu no chão: quintais, cozinhas e salas de casas coloniais são ladrilhadas em marrom e azul.

Google Arts & Culture oferece experiência em realidade virtual do Palácio de Versailles

Uma nova experiência da Google Arts & Culture leva os visitantes ao Palácio de Versalhes através da tecnologia da realidade virtual. Agora, turistas do mundo todo poderão fazer um passeio pelos Royal Grand Apartments, pela Capela e pela Ópera, sem sair de casa. Por meio de fotogrametria, um universo tridimensional foi reconstruído a partir de imagens bidimensionais das 24 salas do palácio.

Bonell+Dòriga vence o Prêmio Début da Trienal de Arquitetura de Lisboa 2019

A Trienal de Arquitetura de Lisboa anunciou como vencedor da terceira edição do Prêmio Début o escritório catalão Bonell+Dòriga, formado pela jovem dupla de arquitetos Laura Bonell e Daniel López-Dòriga. O escritório ganhou reconhecimento com o trabalho reunido na plataforma A Series of Rooms, que apresenta um estudo extenso e multidisciplinar sobre espaços domésticos e os arquétipos do habitar.

O que as escolas mais inovadoras do século XXI têm? 8 exemplos que você precisa conhecer

Se pensarmos como era o sistema educativo antigamente, percebemos que tanto a pedagogia aplicada nas escolas, como as infraestruturas escolares, eram muito diferentes do sistema atual. O modelo educativo do século XX poderia ser definido como similar ao 'modelo espacial das prisões, sem interesse nenhum em estimular uma formação integral, flexível e versátil', como já foi exposto há algum tempo aqui no ArchDaily.

Entretanto, agora, nos encontramos em uma época em que as transformações sociais, econômicas e os avanços na tecnologia têm criado uma sociedade mais global na qual a informação e a aprendizagem são cada vez mais acessíveis. Esta mudança radical tem transformado a sociedade em que vivemos, tornando obsoleto o modelo educativo atual baseado em um ensino rígido e unidirecional.

Desta maneira, existem escolas que não somente romperam com o modelo de ensino tradicional, mas também, traçaram novas referências educativas internacionais, explorando novos paradigmas e abrindo novas possibilidade dentro do desenho dos espaços educacionais. Posto que a arquitetura como os modelos educativos costumam refletir a ideologia de uma sociedade, como se define a escola do século XXI?

Vittra Telefonplan / Rosan Bosch. Image Hakusui Nursery School / Yamazaki Kentaro Design Workshop. Image Cortesía de Yamazaki Kentaro Design Workshop Kwel Ka Baung School / A.gor.a Architect. Image Cortesía de Agora Architects Jardim de Infância de Cultivo / Vo Trong Nghia Architects. Imagem © Hiroyuki Oki + 31

Conselho de Patrimônio de Ponta Grossa se recusa a tombar casas de Vilanova Artigas e Miguel Juliano

O Conselho Municipal de Patrimônio Cultural de Ponta Grossa negou o pedido de tombamento de duas das últimas casas modernistas preservadas da cidade. Os imóveis são a Residência Família Correia de Sá, de 1948, projetada por João Vilanova Artigas, e a Residência Família Justus, de 1950, concebida pelo arquiteto goiano Miguel Juliano, que ganhou destaque nacional pelas obras de cunho público.

Casas brasileiras: 16 residências com planta livre

Desde que Le Corbusier formulou, na década de 1920, os cinco pontos para uma nova arquitetura, a planta livre tem sido adotada como solução para projetos de arquitetura residencial. A princípio, seu surgimento esteve ligado à libertação das paredes de sua função estrutural, possibilitada pelos pilotis - outro dos cinco pontos elaborados pelo arquiteto franco-suíço. A planta livre, então, possibilitou não só uma conexão mais direta entre os espaços, sem barreiras físicas, mas também a diversidade de possibilidades na distribuição e divisão de espaços.

Sesc 24 de Maio de Paulo Mendes da Rocha e MMBB vence prêmio especial da XI BIAU

Em Assunção, Paraguai, a XI Bienal Ibero-americana de Arquitetura e Urbanismo apresentou hoje os vencedores da seção Panorama das Obras desta edição do evento, "todos fiéis ao espírito da XI BIAU: o habitar, o habitante", segundo a organização.

Entre 997 projetos na América Latina, 17 obras arquitetônicas - predominantemente de uso coletivo - construídas na Argentina, Brasil, Chile, Equador, Espanha, México, Paraguai, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela foram premiadas.

OMA vence concurso para projetar loja de departamentos e hotel em Viena

O OMA venceu o concurso de projeto para a nova loja de departamentos e hotel KaDeWe no Museumsquartier de Viena. Liderado por Ellen van Loon, Ippolito Pestellini Laparelli e Laurence Bolhaar, o projeto será o primeiro empreendimento da OMA na capital austríaca.

Cortesia de OMA Cortesia de OMA Cortesia de OMA Cortesia de OMA + 13

Como será o campo quando todo mundo estiver vivendo na cidade?

Em fevereiro de 2020, o Guggenheim de Nova Iorque irá inaugurar uma exposição idealizada por Rem Koolhaas e desenvolvida dentro do AMO, o estúdio de pesquisa e design do OMA. Intitulada de “Countryside, The Future”, a exposição é o resultado de uma das principais linhas de pesquisa desenvolvidas por Koolhaas ao longo dos últimos anos; o impacto de um mundo cada vez mais urbanizado nas áreas não urbanas.

Afinal, por que ainda falamos sobre o modernismo?

O modernismo deixou de existir como movimento da arquitetura e urbanismo desde, pelo menos, os anos 1980. Na arquitetura, movimentos como o metabolismo japonês e o desconstrutivismo ajudaram a superar os resquícios da arquitetura moderna. No urbanismo, nomes como Jane Jacobs e Christopher Alexander, ainda na década de 1960, contribuíram para sepultar as premissas do urbanismo moderno.

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.