1. ArchDaily
  2. Francis Kéré

Francis Kéré: O mais recente de arquitetura e notícia

Salone del Mobile 2024 anuncia programação com intervenções de David Lynch

O Salone del Mobile.Milano anunciou as datas de abertura e o programa de eventos, expandindo a feira comercial para abranger mais narrativas e projetos relevantes para a comunidade de design. A 62ª edição acontecerá na Rho Fiera Ilano de 16 a 21 de abril de 2024. Serão mais de 1900 expositores de todo o mundo, com contribuições de designers emergentes e várias escolas de design no SaloneSatellite, agora em sua edição de 25 anos. O programa cultural também inclui instalações imersivas, como as "Salas de Pensamento" de David Lynch.

Salone del Mobile 2024 anuncia programação com intervenções de David Lynch - 1 的图像 4Salone del Mobile 2024 anuncia programação com intervenções de David Lynch - 2 的图像 4Salone del Mobile 2024 anuncia programação com intervenções de David Lynch - 3 的图像 4Salone del Mobile 2024 anuncia programação com intervenções de David Lynch - 4 的图像 4Salone del Mobile 2024 anuncia programação com intervenções de David Lynch - Mais Imagens+ 3

Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023

A Fundação Holcim para Construção Sustentável revelou os projetos vencedores da competição Holcim Awards 2023, assim como os prêmios de prata, bronze e menção honrosa, em uma cerimônia realizada em 18 de novembro em Veneza, Itália. Avaliados por um júri composto por cinco painéis de especialistas independentes de todo o mundo, esses projetos foram escolhidos por destacar abordagens contextuais e práticas para a construção sustentável, mostrando diversidade em termos de escalas, orçamentos, geografias e formas. Houve também a participação de Francis Kéré, vencedor do Holcim Gold Global em 2012 e laureado com o Prêmio Pritzker de Arquitetura em 2022, que subiu ao palco para falar sobre a influência do Holcim Award em sua carreira.

O estúdio de Design e Arquitetura DnA recebeu o prêmio de ouro na região da Ásia-Pacífico por um projeto de reuso adaptativo de um edifício histórico, enquanto Husos, Elii, e Ultrazul venceram na Europa com um processo de co-design para a reabilitação de um edifício industrial. Na América Latina, Cano Vera Arquitectura foi eleito pelo projeto de um bosque urbano e um complexo de infraestrutura social, e na região do Oriente Médio e África, Juergen Strohmayer e Glenn DeRoché foram selecionados por uma cooperativa de empoderamento juvenil e turismo responsável. Na América do Norte, a Partisans Architects e a Well-Grounded Real Estate conquistaram o primeiro prêmio com uma solução de habitação modular de alta tecnologia e baixo custo.

Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 1 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 2 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 3 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Image 4 of 4Conheça os vencedores do Holcim Awards 2023 - Mais Imagens+ 21

Diébédo Francis Kéré recebe o Praemium Imperiale de Arquitetura 2023

O vencedor do Prêmio Pritzker 2022, Diébédo Francis Kéré, foi laureado com o Praemium Imperiale de Arquitetura 2023. Apresentada pela Japan Art Association, a honraria reconhece anualmente cinco profissionais das áreas de arquitetura, música, pintura, escultura e teatro/cinema. Francis Kéré, que lidera o escritório Kéré Architecture, com sede em Berlim, recebeu o prestigiado prêmio por sua influência na arquitectura africana e global, envolvendo comunidades e materiais locais em soluções inovadoras de design e engenharia.

Diébédo Francis Kéré recebe o Praemium Imperiale de Arquitetura 2023 - Image 1 of 4Diébédo Francis Kéré recebe o Praemium Imperiale de Arquitetura 2023 - Image 2 of 4Diébédo Francis Kéré recebe o Praemium Imperiale de Arquitetura 2023 - Image 3 of 4Diébédo Francis Kéré recebe o Praemium Imperiale de Arquitetura 2023 - Image 4 of 4Diébédo Francis Kéré recebe o Praemium Imperiale de Arquitetura 2023 - Mais Imagens+ 2

Francis Kéré e Minik Rosing: repensando os recursos e como fazer mais com menos

A mudança de uma ideologia de design explorador para uma ideologia de design restaurador e circular é fundamental para transformar a arquitetura e o ambiente construído em algo mais sustentável. Analisamos estratégias para uma nova engenhosidade na arquitetura e discutimos como trazer o ambiente construído de volta aos limites do planeta Terra.

Esta sessão é um diálogo moderado por Connie Hedegaard. Os diálogos destaques do Congresso Mundial de Arquitetos da UIA 2023 são projetados como uma série de diálogos entre arquitetos pioneiros e especialistas em ciência, negócios e política. Todos os principais diálogos são moderados por Connie Hedegaard.

Arquitetura emocional: como soluções contextuais podem combater a "epidemia do tédio"

Em seu mais recente TED Talk, Thomas Heatherwick lamenta uma condição que afeta áreas da cidade definidas por edifícios monótonos, ou o que ele chama de "epidemia de tédio". Reconhecendo a funcionalidade que impulsionou esses projetos, ele afirma que essa característica por si só não pode garantir que as estruturas se tornem partes ativas da vida urbana, pois muitas vezes não conseguem provocar uma resposta emocional nas pessoas. Heatherwick explica que, em sua opinião, essa função emocional, ou a capacidade dos edifícios de significar algo para seus usuários e visitantes, é essencial. Quando bem-sucedida, a arquitetura pode contribuir positivamente para a qualidade de vida e bem-estar de seus moradores, promover a coesão social e contribuir para um senso de identidade. Então, como a arquitetura pode provocar uma conexão emocional positiva e fornecer um pano de fundo agradável para as comunidades que atende?

Arquitetura emocional: como soluções contextuais podem combater a "epidemia do tédio" - Image 1 of 4Arquitetura emocional: como soluções contextuais podem combater a "epidemia do tédio" - Image 2 of 4Arquitetura emocional: como soluções contextuais podem combater a "epidemia do tédio" - Image 3 of 4Arquitetura emocional: como soluções contextuais podem combater a "epidemia do tédio" - Image 4 of 4Arquitetura emocional: como soluções contextuais podem combater a epidemia do tédio - Mais Imagens+ 10

Representando a África na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023: conceitos e abordagens recorrentes

A 18ª Exposição Internacional de Arquitetura, com curadoria da arquiteta, educadora e romancista ganensa-escocesa Lesley Lokko – que também é fundadora e diretora do African Futures Institute (AFI) em Accra, Gana – foi aberta ao público em 20 de maio e ficará em exibição até 26 de novembro. Intitulada O Laboratório do Futuro, a Bienal de Arquitetura de Veneza deste ano destaca pela primeira vez o continente africano como uma força líder na formação do mundo que está por vir, e a curadoria de Lokko leva os participantes a questionar as noções tradicionais sobre o que o futuro pode trazer e como será a arquitetura.

Representando a África na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023: conceitos e abordagens recorrentes - Image 1 of 4Representando a África na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023: conceitos e abordagens recorrentes - Image 2 of 4Representando a África na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023: conceitos e abordagens recorrentes - Image 3 of 4Representando a África na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023: conceitos e abordagens recorrentes - Image 4 of 4Representando a África na Bienal de Arquitetura de Veneza 2023: conceitos e abordagens recorrentes - Mais Imagens+ 10

Reveja as seis últimas edições do Serpentine Pavilion

Desde o seu lançamento em 2000, o Serpentine Pavilion tem oferecido a arquitetos renomados e emergentes uma plataforma para experimentação de projetos, tornando-se uma importante mostra da arquitetura contemporânea. Ao nos aproximarmos da inauguração do Serpentine Pavilion 2023, projetado por Lina Ghotmeh e intitulado À Table (expressão francesa que se refere ao ato de sentar juntos para comer) relembramos as últimas seis edições do pavilhão.

Reveja as seis últimas edições do Serpentine Pavilion - Image 1 of 4Reveja as seis últimas edições do Serpentine Pavilion - Image 2 of 4Reveja as seis últimas edições do Serpentine Pavilion - Image 3 of 4Reveja as seis últimas edições do Serpentine Pavilion - Image 4 of 4Reveja as seis últimas edições do Serpentine Pavilion - Mais Imagens+ 2

Prêmio Aga Khan de Arquitetura anuncia vencedores do ciclo 2020-2022

O Prêmio Aga Khan de Arquitetura (AKAA) anunciou os vencedores da edição de 2022. Entre 463 projetos indicados ao 15º Ciclo de Prêmios (2020-2022), os seis vencedores apresentam exemplos de excelência arquitetônica nas áreas de design contemporâneo, habitação social, melhoria e desenvolvimento comunitário, preservação histórica, reutilização e conservação de áreas, bem como paisagismo e melhoria do meio ambiente. Dois projetos de Bangladesh e um da Indonésia, Irã, Líbano e Senegal dividirão o prêmio de 1 milhão de dólares, um dos maiores da arquitetura.

Prêmio Aga Khan de Arquitetura anuncia vencedores do ciclo 2020-2022 - Image 1 of 4Prêmio Aga Khan de Arquitetura anuncia vencedores do ciclo 2020-2022 - Image 2 of 4Prêmio Aga Khan de Arquitetura anuncia vencedores do ciclo 2020-2022 - Image 3 of 4Prêmio Aga Khan de Arquitetura anuncia vencedores do ciclo 2020-2022 - Image 4 of 4Prêmio Aga Khan de Arquitetura anuncia vencedores do ciclo 2020-2022 - Mais Imagens+ 4

Prêmio Pritzker divulga vídeo da cerimônia de premiação de Francis Kéré

Em homenagem ao vencedor de 2022, o arquiteto burquinense Francis Kéré, o Prêmio Pritzker lançou um vídeo da cerimônia do recém-inaugurado Marshall Building na LSE, projetado pelas vencedoras de 2020 Yvonne Farrell e Shelley McNamara. O documentário inclui comentários de Tom Pritzker, e de vencedores anteriores, como Alejandro Aravena, Norman Foster, Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal. Esta cerimônia entrega a Kéré o medalhão do Prêmio Pritzker 2022, a mais alta honraria da arquitetura, certificando-o como Laureado por seu extraordinário trabalho com comunidades e habilidade em arquitetura.

Prêmio Pritzker divulga vídeo da cerimônia de premiação de Francis Kéré - Image 1 of 4Prêmio Pritzker divulga vídeo da cerimônia de premiação de Francis Kéré - Image 2 of 4Prêmio Pritzker divulga vídeo da cerimônia de premiação de Francis Kéré - Image 3 of 4Prêmio Pritzker divulga vídeo da cerimônia de premiação de Francis Kéré - Image 4 of 4Prêmio Pritzker divulga vídeo da cerimônia de premiação de Francis Kéré - Mais Imagens+ 2

Ursula von der Leyen e Francis Kéré abrem a Bauhaus Earth Conference

A Conferência “Reconstructing the Future for People and Planet”, organizada pela Bauhaus Earth e pela Pontifícia Academia de Ciências (PAS), começou na Casina Pio IV nos jardins do Vaticano. A conferência foi aberta com um discurso de Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia. O extenso programa reúne renomados cientistas, arquitetos, pessoas que planejam espaços e que formulam políticas, para discutir a transformação do ambiente construído de um impulsionador de crises climáticas e sociais em uma força de regeneração.

Ursula von der Leyen e Francis Kéré abrem a Bauhaus Earth Conference - Image 1 of 4Ursula von der Leyen e Francis Kéré abrem a Bauhaus Earth Conference - Image 2 of 4Ursula von der Leyen e Francis Kéré abrem a Bauhaus Earth Conference - Image 3 of 4Ursula von der Leyen e Francis Kéré abrem a Bauhaus Earth Conference - Image 4 of 4Ursula von der Leyen e Francis Kéré abrem a Bauhaus Earth Conference - Mais Imagens+ 1

Francis Kéré, Banga Nossa e Dele Adeyemo entre os participantes da 13ª Bienal de Arquitetura de São Paulo

A 13ª edição da Bienal de Arquitetura, realizada pelo IAB-São Paulo, será inaugurada no próximo dia 27 de maio e parte de uma realidade de intensas transformações geradas pela pandemia de Covid-19 em todo o mundo que exigiu esforços intensos de organização das dinâmicas urbanas, sociais e profissionais pela sobrevivência.

Travessias, tema desta edição, entende que a pandemia reforça desigualdades socioespaciais que já se estabeleciam, não só no país, como no mundo, compreendendo que essas estruturas sofrem fragmentações, tanto físicas quanto simbólicas, enraizadas nos violentos processos de colonização e apagamentos históricos. Como consequência, provocam inúmeras manifestações de opressão – como o racismo, o sexismo, o capacitismo e a colonialidade – no Brasil e outros territórios. 

Escassez material e inclusão social: o Prêmio Pritzker de Francis Kéré

O arquiteto africano Diébédo Francis Kéré, conhecido mundialmente pelo trabalho pautado na visão social da arquitetura e na prática do projeto como instrumento de inclusão e transformação, foi o vencedor do Prêmio Pritzker deste ano. Para debater a premiação, as escolhas do júri e sua implicação para a cultura arquitetônica em geral, o Arquicast convidou Caio Dias e Bruno Sarmento.

Por que Francis Kéré ganhou o Prêmio Pritzker?

Por que Francis Kéré ganhou o Prêmio Pritzker? - Image 1 of 4
Francis Kéré, 2022 Pritzker Prize Laureate . Image © Lars Borges

Na última terça-feira, 15 de março, Francis Kéré se tornou o primeiro arquiteto africano a ganhar o Prêmio Pritzker, a honraria mais importante da arquitetura.

A escolha de Kéré não é apenas simbólica em um momento de demandas identitárias, onde as instituições que compõem o mainstream enfim começam a representar mais fielmente as realidades sociais, culturais e sexuais que compõem nossas sociedades, mas também confirma a abordagem mais recente do júri do Prêmio Pritzker.

Por que Francis Kéré ganhou o Prêmio Pritzker? - Image 2 of 4Por que Francis Kéré ganhou o Prêmio Pritzker? - Image 3 of 4Por que Francis Kéré ganhou o Prêmio Pritzker? - Image 5 of 4Por que Francis Kéré ganhou o Prêmio Pritzker? - Image 6 of 4Por que Francis Kéré ganhou o Prêmio Pritzker? - Mais Imagens+ 3

“Arquitetura é mais que arte e muito mais do que edifícios”: uma conversa com Francis Kéré

Conheça o vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura, Francis Kéré, em uma entrevista ao Louisiana Channel em que ele conta sobre sua visão de arquitetura. Como a nota oficial do Prêmio Pritzker de Arquitetura diz "por meio de edifícios que demonstram beleza, modéstia e invenção, e pela integridade de sua arquitetura e gesto, Keré assume graciosamente a missão deste prêmio", de maneira contínua "empoderando e transformando comunidade através do processo da arquitetura".

“Arquitetura é mais que arte e muito mais do que edifícios”: uma conversa com Francis Kéré - Image 1 of 4“Arquitetura é mais que arte e muito mais do que edifícios”: uma conversa com Francis Kéré - Image 2 of 4“Arquitetura é mais que arte e muito mais do que edifícios”: uma conversa com Francis Kéré - Image 3 of 4“Arquitetura é mais que arte e muito mais do que edifícios”: uma conversa com Francis Kéré - Image 4 of 4“Arquitetura é mais que arte e muito mais do que edifícios”: uma conversa com Francis Kéré - Mais Imagens+ 16

Quem é Diébédo Francis Kéré? 15 fatos sobre o vencedor do Prêmio Pritzker 2022

"Eu só queria que minha comunidade fizesse parte desse processo", disse Diébédo Francis Kéré em entrevista ao ArchDaily publicada no ano passado. Difícil pensar em outra frase que resuma tão bem a modéstia e o impacto causado pelo mais novo vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura, cujo trabalho ganhou notoriedade justamente por envolver os habitantes de sua vila na construção de obras que combinam compromisso ético, eficiência ambiental e qualidade estética.

Quem é Diébédo Francis Kéré? 15 fatos sobre o vencedor do Prêmio Pritzker 2022 - Image 1 of 4Quem é Diébédo Francis Kéré? 15 fatos sobre o vencedor do Prêmio Pritzker 2022 - Image 2 of 4Quem é Diébédo Francis Kéré? 15 fatos sobre o vencedor do Prêmio Pritzker 2022 - Image 3 of 4Quem é Diébédo Francis Kéré? 15 fatos sobre o vencedor do Prêmio Pritzker 2022 - Image 4 of 4Quem é Diébédo Francis Kéré? 15 fatos sobre o vencedor do Prêmio Pritzker 2022 - Mais Imagens+ 15

Francis Kéré: conheça a obra construída do vencedor do Pritzker 2022

Diébédo Francis Kéré fundou seu escritório, Kéré Architecture, em Berlim, Alemanha, em 2005, após o início de uma trajetória defendendo a construção de uma arquitetura educacional de qualidade em seu país de origem, Burkina Faso. Desprovido de salas de aula e condições de aprendizagem adequadas quando criança, e enfrentando a realidade da maioria dos jovens estudantes do país, seus primeiros trabalhos foram o resultado da busca por soluções tangíveis para os problemas que a comunidade enfrentava.

Francis Kéré: conheça a obra construída do vencedor do Pritzker 2022 - Image 1 of 4Francis Kéré: conheça a obra construída do vencedor do Pritzker 2022 - Image 2 of 4Francis Kéré: conheça a obra construída do vencedor do Pritzker 2022 - Image 3 of 4Francis Kéré: conheça a obra construída do vencedor do Pritzker 2022 - Image 4 of 4Francis Kéré: conheça a obra construída do vencedor do Pritzker 2022 - Mais Imagens+ 51

Francis Kéré: "Eu desenho em papel, mas prefiro desenhar no solo"

Essa frase chamou a atenção durante a palestra de Diébédo Francis Kéré no AAICO (Architecture and Art International Congress), que ocorreu no Porto, em Portugal, entre 3 e 8 de setembro. Após ser introduzido por ninguém menos que Eduardo Souto de Moura, Kéré iniciou sua fala com a simplicidade e humildade que pautam seu trabalho. Suas obras mais conhecidas foram construídas em locais bastante remotos, onde materiais são escassos e a força de trabalho é dos próprios moradores, utilizando os recursos e técnicas locais.