1. ArchDaily
  2. Foster + Partners

Foster + Partners: O mais recente de arquitetura e notícia

Propostas para a sede da empresa Statoil - OMA, Foster + Partners, Snøhetta e outros

A empresa de energia norueguesa Statoil divulgou as propostas para sua nova sede corporativa, concebidas pelos cinco escritórios finalistas divulgados em outubro: OMA, Foster + Partners + Space Group, Snøhetta, Wingårdhs, e Helen & Hard + Saah. A competição - anunciada em setembro do ano passado - buscava projetos que "levassem em consideração uma série de novas medidas em relação ao transporte público, estacionamentos, sistema viário e outros tipos de infraestrutura da região." O vencedor será anunciado em abril/maio.

A Statoil não revelou qual é o projeto de cada escritório, mas a equipe do ArchDaily Brasil se divertiu tentando adivinhar os autores de cada proposta. Dê o seu palpite nos comentários abaixo!

Por que o Skycycle nunca funcionaria?

Escrito no Future Cape Town, este artigo de Julia Tahyne - originalmente intitulado The Skycycle: A Plan for the People? (The Skycycle: Um plano para as pessoas?) - analisa a proposta do escritório Foster + Partners para construir uma ciclovia elevada acima de Londres, explicando porque ela não passa de um sonho otimista.

As manchetes em Londres do último mês de novembro foram sombrias. Seis ciclistas mortos em menos de quinze dias. Quase todos mortos em acidentes envolvendo caminhões, ônibus ou carros. As pessoas estavam compreensivelmente preocupadas. De 5.000 km de distância, minha mãe me enviou um colete fluorescente e outro conjunto de luzes para a bicicleta, e eu, como uma ciclista habitual, evitei as rotatórias e notei que os carros pareciam estar andando mais devagar e os outros ciclistas pensando duas vezes antes de desrespeitar as leis de trânsito.

Em resposta às mortes, tanto o setor público quanto o privado anunciaram um "estado de emergência do ciclismo". Os policiais patrulhavam as ruas para multar os veículos que estivessem trafegando em condições perigosas e os ciclistas que desobedeciam as leis. Milhares de cidadãos reuniram-se para uma vigília à luz de velas na rotatória onde as vidas dos três ciclistas foram interrompidas. Outros milhares protestaram em frente a sede de Transportes de Londres, onde os participantes deitaram sobre a rua usando suas bicicletas para bloquear o tráfego. Colunas de jornal, artigos de revista e blogs examinavam e re-examinavam a segurança das ciclovias em Londres. As Cycle Superhighways do Prefeito Boris Johnson (pintadas de azul, as faixas supostamente reforçavam a segurança das ciclovias de Londres) tornaram-se um tema particularmente controverso da discussão, já que três das seis mortes durante essas duas semanas (e das 14 até agora em 2013) ocorreram nesses caminhos ou perto deles.

Foi a partir das discussões sobre ciclismo e segurança que o Skycycle surgiu.

Leia sobre os problemas do projeto Skycycle.

Norman Foster fala sobre ter conhecido Niemeyer

Nesta entrevista, publicada originalmente pela Revista Metropolis, como "Q&A: Norman Foster on Niemeyer, Nature and Cities", Paul Clemence conversa com Lord Norman Foster sobre seu respeito por Oscar Niemeyer, seu encontro pouco antes da morte do grande mestre e como a obra de Niemeyer influenciou a sua própria.

Em dezembro passado, em meio a uma agitada agenda de eventos que vieram a definir o Art Basel / Design Miami, encontrei-me assistindo a uma apresentação, durante o almoço, dos planos para o Museu de Arte Norton em Palm Beach, por Foster + Partners. Durante a conversa com Lord Foster, mencionei a minha experiência brasileira e rapidamente a conversa se voltou para Oscar Niemeyer. Foster mencionou a conversa que ele e Niemeyer tiveram pouco antes da morte do brasileiro (coincidentemente aquela mesma semana em dezembro marcou o primeiro aniversário da morte de Niemeyer). Curioso para saber mais sobre a reunião e seu bate-papo, perguntei a Foster sobre esse encontro lendário e algumas das ideias que norteiam o seu projeto para o Museu Norton.

Leia a entrevista:

Proposta de Norman Foster pretende transformar Londres em uma "utopia cicloviária"

O escritório Foster + Partners divulgou um plano que pretende transformar as vias férreas de Londres em ciclovias. Se aprovada, a proposta - concebida com a ajuda do escritório de paisagismo Exterior Architecture e da consultora de transportes Space Syntax - conectaria mais de seis milhões de habitantes através de uma rede elevada de ciclovias sobre as ferrovias existentes da capital inglesa.

"SkyCycle é uma abordagem paralela para encontrar espaço em uma cidade congestionada", disse Norman Foster, que é ciclista e presidente da National Byway Trust. "Ao utilizar corredores sobre as ferrovias metropolitanas, poderíamos criar uma rede de transporte cicloviário segura e livre de automóveis com ótima localização para os usuários."

Proposta de Foster + Partners para aeroporto no rio Tâmisa corre o risco de ser descartada

O prognóstico não é promissor para o aeroporto proposto por Foster + Partners no estuário do Tâmisa. O jornal The Guardian publicou que a Independent Airports Commission divulgou um relatório provisório revelando uma lista de opções para o Reino Unido - e o Thames Hub, de Foster + Partners (com custo estimado em £112 bilhões), não está nela. Ainda há esperança (ainda que pequena) para a proposta, já que seu persistente defensor, o Prefeito de Londres Boris Johnson, conseguiu convencer a comissão a rever a ideia no início de 2014. Saiba mais sobre o desenrolar deste processo no The Guardian.

Quais arquitetos são mais admirados por outros arquitetos?

Como parte de sua pesquisa anual para o World Architecture Top 100, o jornal BD compilou uma lista dos arquitetos que são mais admirados por seus colegas de profissão de todas as partes do mundo. Os resultados do ano passada foram de certa forma previsíveis, com Foster + Partners liderando lista, seguido de perto por Renzo Piano's Building Workshop e Herzog + de Meuron. Segundo BD, "este ano houve uma tendência para nomes mais comerciais."

A lista dos "mais admirados" deste ano inclui:

Vídeo: Norman Foster fala sobre o Campus da Apple em Cupertino

Foi um longo caminho trilhado pelo escritório Foster + Partners desde seu primeiro contato com o projeto para o novo campus da Apple em 2009. Quatro anos mais tarde - e apesar das críticas e das restrições de orçamento - o projeto da sede corporativa da Apple foi aprovado pela comissão de planejamento de Cupertino. Um recente vídeo divulgado pelo Conselho Municipal de Cupertino revela algumas informações sobre as decisões de projeto, incluindo declarações de Sir Norman Foster. Como diz o arquiteto no vídeo, o presidente da Apple, Steve Jobs, lhe telefonou inesperadamente em 2009 e disse: "Oi Norman, aqui é o Steve. Preciso de ajuda."

Campus da Apple em Cupertino, Califórnia, recebe aprovação unânime do Conselho Municipal

ATUALIZADO: Embora já tenha passado por uma votação preliminar, a sede da Apple recebeu, no final da semana passada, aprovação unânime do conselho de Cupertino. Embora a decisão já tenha sido tomada, trâmites legais exigem uma votação formal, marcada para 15 de Novembro. Imagens do projeto a seguir...

Richard Nieva, da CNET, comunicou que os planos para a nova sede corporativa da Apple foram aprovados pela comissão de planejamento de Cupertino (o voto final e decisivo será em maio de 2014). A "nave espacial", projetada por Foster + Partners, em colaboração com Kier & Wright, cobrirá 260 mil m², empregará 14 mil funcionários, incluirá um restaurante com 600 lugares, terá em seus arredores mais de 6000 árvores, e custará quase U$ 5 bilhões.

Divulgada a lista com os finalistas para a nova sede da Scotland Yard

O RIBA e o Gabinete do Prefeito de Londres divulgaram a lista com os cinco finalistas do concurso para a nova sede do Metropolitan Police Service (MPS), que deve ser concluído em 2015. Os escritórios selecionados são: Foster + Partners, Allies & Morrison,Keith Williams Architects, Allford Hall Monaghan Morris (AHMM), e Lifschutz Davidson Sandilands.

Saiba mais a seguir...

Projetando o "Final Frontier"

Três meses atrás, o comandante Chris Hadfield chamou a atenção de milhões de pessoas ao gravar um cover de Space Oddity de David Bowie inteiramente a bordo da Estação Espacial Internacional. O vídeo foi o resultado de cinco meses de esforços das mídia social para aumentar a conscientização e interesse em programas espaciais em todo o mundo e, pelo que parece, Hadfield obteve sucesso ao despertar o interesse de futuros astronautas.

No entanto, para arquitetos, outra coisa provavelmente se destaca no vídeo: a ISS parece um ambiente extremamente clínico e desconfortável para viver por cinco meses. As razões para isso são óbvias: é um ambiente de engenharia altamente controlado, enviar coisas luxuosas para o espaço é caro. Os astronautas estão lá para trabalhar e eles são treinados para lidar com ambientes estressantes e desconfortáveis. No entanto, com propostas para missões mais longas - como uma viagem tripulada a Marte ou a promessa de voos espaciais comerciais - o projeto destes espaços pode se tornar um tema no qual os arquitetos deverão se envolver.

Saiba mais sobre os desafios da arquitetura no espaço, a seguir.

Foster + Partners projeta cabine de avião de primeira classe

Foster + Partners concluiu seu primeiro projeto para uma aeronave comercial: a cabine de primeira classe do Boeing 777 da companhia Cathay Pacific. O escritório não é iniciante na combinação de arquitetura e design industrial; projetou não apenas iates e jatos particulares, mas também os lounges de espera da Cathay Pacific no Aeroporto Internacional de Hong Kong, desenvolvendo o mobiliário sob medida (Cadeira Solus) para a companhia. Mais imagens do lounge a seguir.

Prêmio Foster + Partners 2013 - Vencedor John Naylor

O grupo Architectural Associação e Foster + Partners anunciaram John Naylor da Diploma Unit 16 como o vencedor do Prêmio Foster + Partners 2013, pelo seu projeto Bamboo Lakou. Apresentado anualmente, o prêmio é atribuído a um estudante de arquitetura cujo portfólio melhor aborda os temas da sustentabilidade e infraestrutura.

Brett Steele, diretor da Architectural Association School of Architecture, disse: "O projeto de John Naylor demonstra as maneiras em que as idéias de infraestrutura - e imaginação arquitetônica - podem hoje se expandir para além dos clichés do Modernismo para se tornarem a própria vida, literalmente, respirando vida nas comunidades, cidades e países inteiros - hoje e por muito tempo no futuro ".

Foster + Partners apresentará proposta para o Aeroporto Central do Tâmisa

Foster + Partners confirmou a apresentação de sua proposta para o novo aeroporto no estuário do Tâmisa para a Comissão de Aeroportos, uma organização que investiga a capacidade dos aeroportos no Reino Unido. A apresentação será um passo importante em direção à obtenção da aprovação do plano pelo governo, que será então realizada em meados de julho.

Foster + Partners inaugura o novo aeroporto sustentável na Jordânia

Com sede em Londres, o escritório Foster + Partners celebrou a inauguração do novo terminal energicamente eficiente do aeroporto Queen Alia, localizado ao sul de Amã, na Jordânia. O terminal modular, coberto por pequenas cúpulas de concreto, foi inspirado no desenho tradicional islâmico para criar um espaço único que utiliza tecnologias passivas para manter sua temperatura interna constante apesar das variações climáticas da região.

Mais informações e imagens a seguir.

© Nigel Young© Nigel Young© Nigel Young© Nigel Young+ 10

Vieux Port Pavilion / Foster + Partners

Sábado em Marselha, França, pedestres e autoridades municipais se reuniram com o escritório Foster + Partners para comemorar a conclusão do Vieux Port Pavilion na boca do porto de Marselha, Patrimônio Mundial da Humanidade. Mínimo, mas eficaz, esta intervenção "discreta" fornece um novo espaço de eventos abrigado na margem oriental do porto. Com seis pilares delgados apoiando o seu perfil fino de navalha, o dossel polido de aço inoxidável de 46 por 22 metros amplifica e reflete o movimento ao redor, criando um espetáculo que incentiva os pedestres a relaxar.

Mais sobre o Vieux Port Pavilion de Foster depois do intervalo...

Foster + Partners Vão Fazer Estruturas na Lua Usando Impressora 3D

Cortesia de Foster + Partners
Cortesia de Foster + Partners

Foster + Partners, em conjunto com a Agência Espacial Europeia (ESA), realizou um estudo para explorar as possibilidades de utilização de impressão 3D para a construção de habitações lunares no pólo sul da Lua (onde há luz solar praticamente permanente). A empresa já projetou uma base lunar que poderia abrigar quatro pessoas, e começou a testar a estrutura em uma câmara de vácuo que simula condições lunares.

O escudo protetor da base, que tem uma estrutura celular fechada oca inspirada por sistemas biológicos naturais, deverá ser capaz de proteger os habitantes potenciais de "meteoritos, radiação gama e as elevadas flutuações de temperatura". De acordo com Xavier Kestelier, sócio da Foster + Partners, a empresa está "acostumada a projetar para climas extremos na Terra e explorar os benefícios ambientais da utilização de materiais locais e sustentáveis ​​- nossa habitação lunar segue uma lógica semelhante."

O estudo também vai abordar os desafios do transporte de materiais para a lua, e está investigando o uso do solo lunar, conhecido como regolito, como a matéria de construção em potencial.

Mais detalhes do Release de Imprensa de Foster + Partners' a seguir:

Richard Meier derrota Zaha e Foster no projeto de um edifício em Hamburgo

Richard Meier & Partners recentemente ganhou um concurso internacional para o novo edifício de uso misto em Hamburgo, Alemanha. Na competição deixou para trás prestigiosos escritórios como Foster + Partners e Zaha Hadid Architects.

Video: Avanços do Banco Ciudad de Foster + Partners em Buenos Aires

O projeto da futura sede do Banco Ciudad de Foster + Partners do ano 2010 já está em construção e a pouco metros por baixo da cota zero, já começa sua etapa mais importante.

No bairro de Parque Patricios levanta-se esta construção que garante contar com os mais altos padrões de construção e cuidados de impactos ambientais, convertendo-se no primeiro edifício público latino americano em certificar normas LEED Silver.