O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Mulheres ganham menos no escritório Foster + Partner

Mulheres ganham menos no escritório Foster + Partner

Mulheres ganham menos no escritório Foster + Partner
Mulheres ganham menos no escritório Foster + Partner, Escritório Foster + Partners em Londres. Image © Marc Goodwin
Escritório Foster + Partners em Londres. Image © Marc Goodwin

A disparidade entre homens e mulheres em locais de trabalho tem sido motivo de preocupação dentro e fora do campo da arquitetura. Para aumentar a conscientização sobre a necessidade de igualdade salariam entre homens e mulheres, o governo britânico exigiu em 2017 que companhias do Reino Unido com mais de 250 funcionários publicassem relatórios anuais sobre as diferenças de remuneração entre os gêneros em seus escritórios.

Uma das maiores empresas de arquitetura do mundo, a Foster + Partners, com sede em Londres, divulgou seu relatório sobre questões de remuneração de gênero, tornando-se uma das primeiras empresas de arquitetura a fazer isso. O relatório revela que há pouca representatividade feminina em cargos superiores, resultando em uma diferença de remuneração em toda a empresa, e destaca o compromisso de incentivar a diversidade de gênero em todos os níveis da companhia.

Norman Foster fundou o escritório Foster + Partners em 1967. Image via Norman Foster Foundation
Norman Foster fundou o escritório Foster + Partners em 1967. Image via Norman Foster Foundation

O relatório revela uma diferença de remuneração de cerca de 10,5% entre os funcionários, acima da média nacional britânica de 9,4%, que Foster + Partners atribui ao fato de "haver mais homens com mais tempo de serviço e em cargos de maior remuneração". Com efeito, o relatório destaca como a proporção entre homens e mulheres se torna mais díspar à medida que se sobe na escala hierárquica - de 56% de homens e 44% de mulheres nos cargos iniciais, passa-se a 80% de homens e 20% de mulheres nos cargos superiores. Esta estrutura também explica uma disparidade média de bonificação de 33% entre os gêneros.

Nossa disparidade de remuneração não é uma questão de pagamento igualitário. Homens e mulheres são pagos igualmente por fazerem trabalhos equivalentes em todo o escritório. A análise de nossa diferença salarial entre homens e mulheres mostra que há mais homens que mulheres no escritório e também que há mais homens em cargos de maior remuneração. Isso está presente em toda a indústria da construção. - Matthew Streets, Sócio-gerente, Foster + Partners

Escritório Foster + Partners em Londres. Image © Marc Goodwin
Escritório Foster + Partners em Londres. Image © Marc Goodwin

Para resolver as disparidades reveladas no relatório, a Foster + Partners definiu compromissos para alcançar "um equilíbrio igualitário entre os gêneros". O escritório destaca que, ao longo dos últimos cinco anos, promoveu mais mulheres para o nível de SócioSócio Sênior. Além de estabelecer fóruns de engajamento, iniciativas de orientação e um compromisso de partilha parental, a empresa também é parceira do Fórum AJ de Mulheres na Arquitetura.

O escritório entende que esta é uma questão complexa e que levará tempo para alcançar o equilíbrio correto. Estamos empenhados em reduzir a disparidade entre gêneros e garantir a diversidade e a inclusão em todos os níveis. - Matthew Streets, Sócio-gerente, Foster + Partners

Leia o relatório completo aqui.

O que pode ser feito para eliminar a desigualdade entre gêneros na arquitetura

Nos últimos anos, muita atenção tem sido dada ao debate de gênero na arquitetura e muitos se perguntam por que, em pleno século XXI, nossa profissão se mostra ainda tão desafiadora para as mulheres.

Via: Foster + Partners

Sobre este autor
Niall Patrick Walsh
Autor
Cita: Walsh, Niall. "Mulheres ganham menos no escritório Foster + Partner" 08 Mar 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/890399/mulheres-ganham-menos-no-escritorio-foster-plus-partner> ISSN 0719-8906
Ler comentários