1. ArchDaily
  2. Budapeste

Budapeste: O mais recente de arquitetura e notícia

Espaços públicos: lugares de protesto, manifestação e engajamento social

Por definição, “espaço público” é uma terminologia que aborda a noção de propriedade da terra, sugerindo que esse não pertence a ninguém em particular, mas ao próprio estado e portanto, a todos e cada um de nós. Isso significa que a manutenção destes espaços é uma obrigação que recai sobre as administrações públicas, seja em âmbito municipal, estadual ou federal. Abertos, gratuitos e acessíveis, espaços públicos encontram a sua relevância não apenas em suas definições legais, mas principalmente quando assumem um papel ativo em direção à mudança.

Espaços públicos são lugares de protestos e manifestações – poderosas ferramentas de expressão social e transformação política. Desde a marcha em Washington por melhores oportunidades e liberdade de expressão em 1963, passando pela Primavera Árabe em 2010 até a mais recente onda mundial de manifestações em defesa da vida e contra toda forma de discriminação racial, historicamente, espaços públicos operam como uma importante ferramenta de transformação social. Em momentos como esse, enquanto ainda precisamos “ir às ruas” para lutar por nossos direitos, para nos fazer ouvir e sermos vistos, os espaços públicos finalmente voltam à estar no centro das atenções – lançando uma nova luz sobre o seu importante papel na construção da identidade coletiva e como ferramenta de expressão social.

Zócalo, México City. Image © Santiago ArauMartyrs' Square, Beirut. Image © Rami RizkPlaza Alfredo Sadel, Caracas. Image via Shutterstock/ By EddvlpPuerta del Sol in Madrid during the 2011 Spanish protests. Image via Wikipedia By Fotograccion under CC BY-SA 3.0+ 16

Projeto do Museu Húngaro dos Transportes de Diller Scofidio + Renfro é retomado

O governo da Hungria decidiu dar seguimento ao projeto do novo Museu dos Transportes em Budapeste, de Diller Scofidio + Renfro. Nos últimos meses, a pandemia do COVID-19 colocou em dúvida o futuro do projeto, mas as últimas notícias são um sinal positivo em apoio aos esforços das equipes de planejamento e projeto que se preparam para iniciar as obras.

Museu dos Transportes. Cortesia de Diller Scofidio + RenfroMuseu dos Transportes. Cortesia de Diller Scofidio + RenfroMuseu dos Transportes. Cortesia de Diller Scofidio + RenfroMuseu dos Transportes. Cortesia de Diller Scofidio + Renfro+ 6

Pavilhão da Hungria na Bienal de Veneza 2020 revisita 12 ícones modernos de Budapeste

O Pavilhão Húngaro na Biennale di Venezia de 2020 fará um apanhado sobre as principais obras modernistas construídas na cidade de Budapeste. Doze escritórios de arquitetura foram convidados para participar da exposição que pretende apresentar uma visão alternativa de algusn ícones da arquitetura moderna do país, apresentando uma reflexão sobre o valor e o legado do modernismo húngaro e o seu impacto no desenvolvimento da arquitetura contemporânea. Nesta 17ª edição da Exposição Internacional de Arquitetura da Biennale, o pavilhão húngaro terá curadoria de Dániel Kovács, um jovem historiador de arquitetura.

Cortesia de Biennale di Venezia, Pavilhão HúngaroCortesia de Biennale di Venezia, Pavilhão HúngaroCortesia de Biennale di Venezia, Pavilhão HúngaroCortesia de Biennale di Venezia, Pavilhão Húngaro+ 7

Apartamento O / Studio Nomad

© Studio Nomad© Studio Nomad© Studio Nomad© Studio Nomad+ 15

  • Arquitetos: Studio Nomad
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  60
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Studio Nomad, Tilka

Apartamento V / Architres Studio

© Gergo Gosztom© Gergo Gosztom© Gergo Gosztom© Gergo Gosztom+ 24

  • Arquitetos: Architres Studio
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  61
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Cole and Son, EQUIPE CERAMICS, Fabrika, Graphisoft SE, H&M Home, +9

Diller Scofidio + Renfro projetará o novo Museu de Transporte da Hungria

O escritório de arquitetura e design Diller Scofidio + Renfro foi selecionado para projetar o Museu de Transporte da Hungria em Budapeste. Como o novo lar de um dos mais antigos museus de transporte da Europa, o projeto será instalado em um antigo pátio ferroviário. O projeto usa a ideia de transporte terrestre como um princípio organizador central, destacando o papel central do terreno no planejamento urbano e na infraestrutura. O projeto reconfigura o solo escavando, levantando e cortando para produzir ambientes inesperados.

Museu de Transporte da Hungria. Cortesia da Imagem de Diller Scofidio + RenfroMuseu de Transporte da Hungria. Cortesia da Imagem de Diller Scofidio + RenfroMuseu de Transporte da Hungria. Cortesia da Imagem de Diller Scofidio + RenfroMuseu de Transporte da Hungria. Cortesia da Imagem de Diller Scofidio + Renfro+ 5

Snøhetta projeta novo distrito do rio Danúbio para Budapeste

Snøhetta venceu o concurso para criar um novo bairro ligado ao rio Danúbio, em Budapeste. O edital pedia propostas inovadoras para 12.000 estudantes, além de instalações educacionais, recreativas e esportivas. O plano diretor do South Gate para o local de 135 hectares na capital húngara concentra-se nas relações urbanas e conecta o novo bairro da cidade à água para criar uma identidade forte. Aspirando para criar um novo bairro urbano animado, diversificado e colorido, o projeto visa criar uma orla animada para o povo de Budapeste.

4 Edifícios selecionados para o Prêmio Internacional RIBA 2018

O Instituto Real de Arquitetos Britânicos (RIBA) anunciou a lista de quatro projetos finalistas na disputa pelo Prêmio Internacional RIBA de 2018. Um prêmio bienal aberto a qualquer arquiteto qualificado do mundo, o Prêmio Internacional busca nomear o edifício "mais inspirador e significativo" do mundo. Os critérios para consideração incluem a demonstração de “excelência em desenho, ambição arquitetônica e [entrega] de impacto social significativo”.

O prêmio inaugural foi concedido à Grafton Architects em 2016 para o prédio da universidade UTEC em Lima, Peru, descrito como um “Machu Picchu moderno”.

Construção da Casa da Música Húngara, de Sou Fujimoto, está prestes a começar

Será iniciada a construção da Casa da Música Húngara de Sou Fujimoto em um cenário natural idílico ao lado do Lago Városliget, no maior parque de Budapeste. Tendo vencido um concurso de projeto em 2014, o arquiteto japonês projetou uma "casa moderna e extravagante para a música", inspirando-se nos mundos natural e musical.

O esquema faz parte do projeto Liget Budapest, um dos maiores empreendimentos museológicos da Europa, que também inclui o estriado Museum of Ethnography do escritório francês Vallet de Martinis DIID Architectes e o cuboidal PhotoMuseum Budapest e o Museum of Hungarian Architecture da firma húngara Középülettervező Zrt.

© Varosliget Zrt© Varosliget Zrt© Varosliget Zrt© Varosliget Zrt+ 6

Apesar da rígida legislação, arranha-céu de Foster + Partners será construído em Budapeste

O governo húngaro está introduzindo uma nova lei que proíbe a construção de arranha-céus com a esperança de preservar o horizonte de Budapeste. Gergely Gulyás, ministro do gabinete do primeiro ministro do país, declarou recentemente que a proibição afetará todos os edifícios novos com mais de 90 metros de altura em Budapeste. A proibição, porém, não limitará os projetos já aprovados com permissão de planejamento, incluindo a Torre MOL de Foster + Partners, um edifício de grande altura que está sendo construído como parte da nova sede do Grupo MOL. A torre de 120 metros estará isenta pois ganhou previamente a permissão.

T2.a Architects utiliza algoritmos para que moradores possam participar da concepção de seus próprios apartamentos

Imagine se você pudesse participar do processo de projeto do seu próprio apartamento a ser construído às margens de um dos maiores rios da Europa. O escritório T2.a Architects acaba de apresentar o seu mais recente projeto, o DANUBIO, um novo empreendimento residencial em Budapeste, que propõe exatamente este desafio.

A ideia dos arquitetos por trás do projeto do DANUBIO é devolver a liberdade de criação aos moradores, convidando-os a participar da concepção dos seus próprios apartamentos. Utilizando ferramentas como o Grasshopper e o Rhinoceros, um sistema foi desenvolvido para permitir que cada um dos clientes possa participar de forma criativa no projeto de sua futura moradia. O algoritmo é alterado toda vez que um novo morador entra no processo, permitindo que ele escolha a tipologia, a orientação e a localização de sua futura residência durante o processo de projeto.

Cortesia de DANUBIO/T2.a ArchitectsCortesia de DANUBIO/T2.a ArchitectsCortesia de DANUBIO/T2.a ArchitectsCortesia de DANUBIO/T2.a Architects+ 23

Hello Wood constrói cinco árvores de Natal de madeira em cidades da Europa

Kecskemét. Imagem © Máté Lakos
Kecskemét. Imagem © Máté Lakos

O escritório de arquitetura Hello Wood, com sede em Budapeste, seguiu sua tradição anual de construir árvores de Natal de madeira, ampliando este ano o alcance para cinco cidades da Europa. Em Londres e Viena, as árvores feitas de trenós recordam um projeto da Hello Wood de 2013; ao passo que dois pontos de Budapeste e outro cidade húngara de Kecskemét receberam o retorno das "árvores de caridade", instalações feitas de lenha, que foram posteriormente desmanteladas e distribuídas para as famílias que precisam da madeira para se aquecer no inverno.

London Kew Gardens. Imagem © RBG KEWKobánya. Imagem © Máté LakosKobánya. Imagem © Máté LakosKecskemét. Imagem © Máté Lakos+ 52

Série fotográfica cria falsas simetrias na arquitetura de Budapeste

Em sua nova série, "Corner Symmetry", o fotógrafo e gravurista húngaro Zsolt Hlinka registra alguns dos edifícios mais impressionantes de Budapeste, manipulando-os de modo a torná-los perfeitamente simétricos quando vistos a partir das esquinas.

Sobrepostas a fundos de cor pastéis, as fotografias são feitas a partir de perspectivas forçadas de dois pontos de fuga, fazendo com que os edifícios parecem angulados. O estudo é uma continuação de sua série “Urban Symmetry.”

© Zsolt Hlinka© Zsolt Hlinka© Zsolt Hlinka© Zsolt Hlinka+ 12

Foster + Partners projeta campus sustentável com o edifício mais alto de Budapeste

A Foster + Partners apresentou o projeto do campus corporativo sustentável para a nova sede da empresa húngara de petróleo e gás MOL Group, localizado ao sul de Budapeste. Conhecida como MOL Campus, a sede se concentrará em uma estrutura ambientalmente ousada localizada em uma espécie de parque. Quando concluído, será o edifício mais alto da cidade.

"Este será um projeto icônico por várias razões, não só para a MOL, mas também para Budapeste", disse Nigel Dancey, diretor de projeto da Foster + Partners. "A concepção deste edifício apresentou grandes desafios - deveríamos garantir que o projeto atendesse a todas as necessidades funcionais da empresa, estivesse de acordo com os mais altos padrões de sustentabilidade e ainda respeitasse seu entorno histórico."

Hostel FLOW / Partizan Architecture

© Balázs Danyi© Balázs Danyi© Balázs Danyi© Balázs Danyi+ 27

  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  660
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AGROB BUCHTAL, Forbo Flooring Systems, PRTZN, SLV, Tilka

3 em 1 / batlab architects

© Norbert Juhász
© Norbert Juhász

© Norbert Juhász © Norbert Juhász © Norbert Juhász © Norbert Juhász + 26

  • Arquitetos: batlab architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  110
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Atelier Kas, Industrial Lamp Budapest

Escadas Art Déco de Budapeste pelas lentes de Balint Alovits

O fotógrafo Balint Alovits compartilhou conosco sua mais recente série de fotografias, intitulada Time Machine, que registra escadas em estilo Art Déco e Bauhaus de edifícios em Budapeste, Hungria.

Mostradas a partir da mesma perspectiva central, as fotografias "criam uma nova dimensão ao separar espaço e tempo, permanecendo dentro dos limites visuais do conceito do projeto, ao passo que a percepção dos detalhes arquitetônicos evocam a ideia de infinito."

"Sempre gostei de edifícios Art Déco e Bauhaus", disse Alovits. "Sempre que eu passo em um desses caracóis, sinto uma certa energia que me faz olhar para cima ou para baixo. Eu queria coletar e mostrar todas as formas e cores diferentes destas escadas."

© Balint Alovits© Balint Alovits© Balint Alovits© Balint Alovits+ 16

Hello Wood constrói árvore de natal com caixas luminosas recicláveis em Budapeste

O estúdio Hello Wood deu seguimento à sua tradição de construir árvores de natal socialmente conscientes em cidades europeias e desta vez, a cidade escolhida foi Budapeste, onde construíram a Árvore das Artes em frente à maior sala de concertos da cidade.

Com base na ideia de que o espírito natalino deve perdurar para além das férias e continuar a simbolizar a construção da comunidade e da sustentabilidade no Ano Novo, a árvore de 11 metros de altura feita a partir de caixas de luz será reciclado e reutilizada no interior da sala de concertos em 2017.

As caixas de luz na instalação apresentam os nomes de apresentações artísticas que acontecerão em Budapeste no próximo ano, incluindo a Orquestra Filarmônica de Nova Iorque, John McLaughlin e Cameron Carpenter.

© Balazs Turos© Balazs Turos© Balazs Turos© Balazs Turos+ 10